Quando as folhas que caem retornarem às suas raízes, você lamentará todo o mal que fez

Todos vocês viram com os próprios olhos a obra que fiz no meio de vocês, vocês mesmos ouviram as palavras que falei e todos conheceram a Minha atitude para com vocês, então deveriam saber por que estou fazendo essa obra em vocês. Eu lhes digo com toda honestidade, vocês não passam de ferramentas para a Minha obra de conquista nos últimos dias, os implementos para expandir a Minha obra entre as nações gentias. Eu falo através de sua injustiça, imundície, resistência e rebeldia, a fim de expandir melhor a Minha obra e espalhar o Meu nome entre as nações gentias, isto é, para espalhá-lo entre todas as nações fora de Israel. Isso é para que o Meu nome, os Meus feitos e a Minha voz possam ser disseminados por todas as nações gentias, e assim todas as nações que não são de Israel possam ser conquistadas por Mim e possam Me adorar, tornando-se as Minhas terras santas fora das terras de Israel e Egito. Expandir a Minha obra é na verdade expandir a Minha obra de conquista e expandir a Minha terra santa; é a expansão da Minha base de apoio na terra. Vocês deveriam ter clareza de que são meramente os seres criados entre as nações gentias que Eu conquisto. Originalmente, não tinham nem status nem valor de uso e não eram de utilidade alguma. Só porque Eu tirei os vermes da pilha de esterco para serem amostras da Minha conquista da terra inteira, para serem os únicos “materiais de referência” para a Minha conquista da terra inteira, é que vocês foram afortunados o suficiente para entrar em contato Comigo e congregar Comigo agora. Foi por causa do seu baixo status que Eu os selecionei para serem as amostras e os modelos para a Minha obra de conquista. É só por essa razão que opero e falo entre vocês, que vivo e tenho estadia com vocês. Vocês deveriam saber que é apenas por causa do Meu gerenciamento e devido à Minha extrema aversão aos vermes na pilha de esterco que estou falando entre vocês — isso chegou a ponto de Eu estar furioso. Meu operar entre vocês não é o mesmo que o operar de Jeová em Israel e, em particular, não é o mesmo que a obra que Jesus fez na Judeia. É com grande tolerância que Eu falo e opero, e é com raiva bem como julgamento que Eu conquisto esses degenerados. Não é nada como Jeová guiando o Seu povo em Israel. Sua obra em Israel foi conceder comida e água viva, e Ele estava cheio de compaixão e amor por Seu povo enquanto os provia. A obra de hoje é feita entre uma nação amaldiçoada de pessoas que não são escolhidas. Não há alimento abundante, nem há o suprimento de água viva que mata a sede e muito menos há um suprimento de bens materiais amplos; há apenas um suprimento de julgamento, maldição e castigo amplos. Esses vermes que vivem na pilha de esterco são absolutamente indignos de ganhar as montanhas repletas de gado e ovelhas, a grande riqueza e os mais belos filhos de toda a terra, tais como os que Eu concedi a Israel. A Israel contemporânea oferece sobre o altar o gado e as ovelhas e itens de ouro e prata com os quais Eu alimento seu povo, superando o dízimo exigido por Jeová sob a lei, e assim lhes dei ainda mais — mais de cem vezes do que era para ser ganho por Israel sob a lei. Isso com que alimento Israel supera tudo que Abraão ganhou e tudo que Isaque ganhou. Eu farei a família de Israel frutífera e multiplicarei, e farei com que o Meu povo de Israel se espalhe por toda a terra. Os que Eu abençoo e cuido ainda são o povo escolhido de Israel — isto é, as pessoas que dedicam tudo a Mim e que ganharam tudo de Mim. É porque Me guardam em sua mente que eles sacrificam seus bezerros e cordeiros recém-nascidos no Meu santo altar e oferecem tudo que têm perante Mim, a ponto até de oferecerem seus filhos primogênitos em antecipação ao Meu retorno. E vocês? Despertam a Minha ira, fazem demandas a Mim, roubam os sacrifícios daqueles que oferecem coisas para Mim e não sabem que estão Me ofendendo; assim, tudo que vocês ganham é choro e punição nas trevas. Vocês provocaram a Minha raiva muitas vezes, e fiz chover Minhas chamas ardentes a tal ponto que um bom número de pessoas encontrou um fim trágico e lares felizes se tornaram tumbas desoladas. Tudo que tenho por esses vermes é uma raiva sem fim, e não tenho intenção de abençoá-los. É só por causa da Minha obra que Eu fiz uma exceção e levantei vocês, que suportei grande humilhação e operei entre vocês. Senão pela vontade de Meu Pai, como Eu poderia morar na mesma casa com os vermes que rolam pela pilha de esterco? Eu sinto um ódio extremo por todas as suas ações e palavras, e, de qualquer forma, porque tenho algum “interesse” em sua imundície e rebeldia, isso se tornou uma grande compilação das Minhas palavras. Do contrário, Eu certamente não teria permanecido entre vocês por tanto tempo. Portanto, deveriam saber que a Minha atitude para com vocês é meramente de compreensão e piedade; não tenho nem um pingo de amor por vocês. O que tenho por vocês é mera tolerância, porque só faço isso pelo bem da Minha obra. E vocês viram Meus feitos só porque escolhi a imundície e a rebeldia como “matérias-primas”; do contrário, Eu certamente não revelaria Meus feitos a esses vermes. Eu opero em vocês só com relutância, de modo algum como a presteza e a disposição com as quais fiz a Minha obra em Israel. Estou aguentando a Minha raiva enquanto Me forço a falar entre vocês. Senão pela Minha obra maior, como Eu poderia tolerar a visão continuada de tais vermes? Senão por causa do Meu nome, Eu teria, há muito tempo, ascendido às alturas mais elevadas e incinerado completamente esses vermes com sua pilha de esterco! Senão pelo bem da Minha glória, como Eu poderia permitir que esses demônios malignos resistissem abertamente a Mim com a cabeça abanando perante os Meus olhos? Senão para ter a Minha obra realizada tranquilamente sem a menor obstrução, como Eu poderia permitir que essas pessoas parecidas com vermes abusassem de Mim como bem quisessem? Se cem pessoas em um povoado em Israel se levantassem para resistir a Mim assim, mesmo que oferecessem sacrifícios a Mim, Eu ainda as destruiria e as jogaria nas rachaduras no chão de forma a impedir as pessoas em outras cidades de se rebelar outra vez. Eu sou um fogo arrebatador e não tolero ofensa. Porque os seres humanos foram todos criados por Mim, a tudo o que Eu disser e fizer, eles precisam obedecer e não podem se rebelar. As pessoas não têm o direito de se intrometer na Minha obra e muito menos estão qualificadas para analisar o que é certo ou errado em Minha obra e em Minhas palavras. Eu sou o Senhor da criação, e os seres criados deveriam alcançar tudo que Eu exijo com um coração de reverência a Mim; eles não deveriam tentar argumentar Comigo e especialmente não deveriam resistir. Com a Minha autoridade Eu governo o Meu povo, e todos os que fazem parte da Minha criação deveriam se submeter à Minha autoridade. Apesar de vocês serem hoje destemidos e presunçosos perante Mim, apesar de desobedecerem às palavras com as quais lhes ensino e não conhecerem o temor, Eu só correspondo a sua rebeldia com tolerância. Eu não perderei a calma e impactarei a Minha obra porque minúsculos vermes insignificantes remexeram a sujeira da pilha de esterco. Eu tolero a existência contínua de tudo que detesto e de todas as coisas que abomino pelo bem da vontade de Meu Pai, e assim o farei até que as Minhas declarações estejam completas, até o Meu último momento. Não se preocupe! Eu não posso afundar ao mesmo nível de um verme inominável e não compararei o Meu grau de habilidade com você. Eu detesto você, mas sou capaz de resistir. Você Me desobedece, mas não pode escapar do dia em que Eu o castigarei, o que Me foi prometido por Meu Pai. Um verme criado pode se comparar ao Senhor da criação? No outono, as folhas que caem retornam às suas raízes; você retornará à casa de seu “pai”, e Eu retornarei para o lado do Meu Pai. Serei acompanhado por Seu carinho terno, e você será seguido pelo pisotear do seu pai. Eu terei a glória do Meu Pai, e você terá a vergonha do seu. Usarei o castigo que há muito retive para acompanhá-lo, e você encontrará o Meu castigo com a sua carne rançosa que foi corrompida por dezenas de milhares de anos. Terei a Minha obra de palavras concluída em você, acompanhada de tolerância, e você começará a cumprir o papel de sofrer desastre a partir das Minhas palavras. Eu Me regozijarei grandemente e operarei em Israel; você chorará e rangerá os dentes, existindo e morrendo na lama. Eu recuperarei a Minha forma original e não ficarei mais na sujeira com você, enquanto você recuperará a sua fealdade original e continuará a escavar a pilha de esterco. Quando a Minha obra e as Minhas palavras terminarem, será um dia de alegria para Mim. Quando sua resistência e rebeldia terminarem, será um dia de choro para você. Não Me condoerei com você, e você nunca Me verá outra vez. Não Me envolverei mais em diálogo com você, e você nunca Me encontrará outra vez. Eu odiarei a sua rebeldia, e você sentirá falta da Minha amabilidade. Eu o golpearei, e você ansiará por Mim. Terei prazer em deixá-lo, e você ficará ciente de sua dívida para Comigo. Nunca mais o verei outra vez, mas você sempre esperará por Mim. Eu o odiarei porque você atualmente resiste a Mim, e você sentirá a Minha falta porque Eu atualmente castigo você. Não estarei disposto a viver ao seu lado, mas você ansiará amargamente por isso e chorará na eternidade, pois lamentará tudo que fez a Mim. Você sentirá remorso por sua rebeldia e resistência, e até se prostrará em terra com arrependimento, cairá perante Mim e jurará nunca desobedecer a Mim outra vez. Em seu coração, porém, você apenas Me amará, mas nunca será capaz de ouvir a Minha voz. Eu o deixarei envergonhado de si mesmo.

Agora, estou olhando para a sua carne indulgente que Me enganaria e só tenho um pequeno aviso para você, embora não o “servirei” com castigo. Você deveria saber que papel desempenhar na Minha obra, e então ficarei satisfeito. Nas questões além desta, se você resistir a Mim ou gastar Meu dinheiro, ou comer os sacrifícios entregues a Mim, Jeová, ou se vocês, vermes, roerem uns aos outros, ou se vocês, criaturas parecidas com cães, tiverem conflitos ou violarem uns aos outros — não estou preocupado com nada disso. Vocês só precisam saber que espécie de coisas são, e Eu ficarei satisfeito. Além de tudo isso, se desejam sacar armas uns contra os outros ou batalhar uns contra os outros com palavras, tudo bem; não tenho o desejo de Me intrometer em tais coisas e não estou nem um pouco envolvido em questões humanas. Não é que Eu não Me importo com os conflitos entre vocês; é que não sou um de vocês e, portanto, não participo das questões que existem entre vocês. Eu Mesmo não sou um ser criado e não sou do mundo, então detesto a vida agitada das pessoas e as relações confusas e impróprias delas. Detesto particularmente as multidões clamorosas. No entanto, tenho um conhecimento profundo das impurezas no coração de cada ser criado e, antes de criar vocês, Eu já sabia da injustiça que existia no fundo do coração humano e conhecia toda a fraude e desonestidade do coração humano. Portanto, embora não haja vestígios de modo algum quando as pessoas fazem coisas injustas, Eu ainda sei que a injustiça abrigada em seu coração supera a riqueza de todas as coisas que criei. Cada um de vocês foi elevado ao pináculo das multidões; vocês ascenderam para serem os ancestrais das massas. Vocês são extremamente arbitrários e correm fora de controle entre todos os vermes, procurando um lugar de calma e tentando devorar os vermes que são menores que vocês. Vocês são maliciosos e sinistros em seu coração, superando até os fantasmas que afundaram até o fundo do mar. Vocês residem no fundo do esterco, perturbando os vermes de cima a baixo até que eles não tenham paz, lutando uns com os outros por um tempo e depois se acalmando. Vocês não conhecem o seu lugar, mas ainda batalham entre si no esterco. O que podem ganhar com tal luta? Se vocês verdadeiramente tivessem reverência a Mim em seu coração, como poderiam lutar uns com os outros pelas Minhas costas? Não importa quão elevado é o seu status, você não é ainda um pequeno verme fétido no esterco? Você será capaz de criar asas e se transformar em uma pomba no céu? Vocês, pequenos vermes fétidos, roubam as ofertas do Meu altar, de Jeová; ao fazer isso, conseguem resgatar sua reputação arruinada e fracassada e se tornar o povo escolhido de Israel? Seus miseráveis sem-vergonha! Aqueles sacrifícios no altar foram oferecidos a Mim por pessoas, como uma expressão de sentimentos benevolentes daqueles que Me reverenciam. São para o Meu controle e para o Meu uso, então como você pode quiçá Me roubar as rolinhas que as pessoas deram a Mim? Você não teme tornar-se um Judas? Não tem medo de que sua terra possa se tornar um campo de sangue? Seu sem-vergonha! Você acha que as rolinhas oferecidas pelas pessoas são para alimentar a sua barriga, verme? O que Eu lhe dei é o que fico contente e disposto a lhe dar; o que Eu não lhe dei está à Minha disposição. Você não pode simplesmente roubar as Minhas ofertas. Quem opera sou Eu, Jeová — o Senhor da criação —, e as pessoas oferecem sacrifícios por causa de Mim. Você acha que isso é recompensa por toda a correria que você faz? Você é realmente sem-vergonha! Por quem você corre? Não é por si mesmo? Por que você rouba os Meus sacrifícios? Por que você rouba dinheiro da Minha bolsa? Você não é o filho de Judas Iscariotes? Os sacrifícios para Mim, Jeová, são para serem desfrutados por sacerdotes. Você é sacerdote? Você se atreve a comer os Meus sacrifícios presunçosamente e até mesmo os coloca em cima da mesa; você não vale nada! Seu miserável inútil! Meu fogo, o fogo de Jeová, incinerará você!

Anterior: O que você sabe sobre a fé?

Próximo: Ninguém que seja da carne pode escapar do dia da ira

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

A obra na Era da Lei

A obra que Jeová fez sobre os israelitas estabeleceu em meio à humanidade o local terreno de origem de Deus, que também era o local sagrado...

A respeito da Bíblia (1)

Como a Bíblia deveria ser abordada na crença em Deus? Essa é uma questão de princípios. Por que estamos compartilhando essa pergunta?...

A senda… (5)

No passado, ninguém conhecia o Espírito Santo e menos ainda se tinha ciência da senda trilhada pelo Espírito Santo. É por isso que as...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro