Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

A Palavra manifesta em carne

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

Povo, alegre-se!

Na Minha luz, as pessoas enxergam a luz novamente. Na Minha palavra, as pessoas encontram as coisas para o deleite. Eu vim do Oriente e sou de lá. Quando Minha glória resplandece, todas as nações são iluminadas, tudo é banhado por luz e nada permanece nas trevas. No reino, a vida do povo de Deus com Deus é incomparavelmente feliz. As águas dançam para a vida abençoada das pessoas, as montanhas desfrutam com as pessoas a Minha abundância. Todos os homens em Meu reino se esforçam, trabalham duro, mostram sua lealdade. No reino não há mais rebelião, não há mais resistência; os céus e a terra dependem um do outro, o homem e Eu estamos próximos e sentimos profundamente, através das felicidades da vida, nos apoiando... Neste momento inicio formalmente a vida celestial. Não há mais a interferência de Satanás e as pessoas entram no descanso. Por todo o universo, Meu povo escolhido vive em Minha glória, incomparavelmente abençoado, não como pessoas vivendo entre pessoas, mas como pessoas vivendo com Deus. Todos vivenciaram a corrupção de Satanás, provaram a amargura e a doçura da vida. Agora, vivendo em Minha luz, como pode alguém não se alegrar? Como pode alguém simplesmente renunciar a um momento tão belo e deixá-lo passar? Povo! Cantem agora as canções em seus corações e dancem para Mim! Ergam agora seus corações sinceros e ofereçam-nos a Mim! Rufem agora seus tambores e toquem para mim! Eu resplandeço júbilo sobre todo o universo! Eu revelo ao povo Meu rosto glorioso! Eu trovejarei! Eu transcenderei o universo! Já reino entre o povo! Sou exaltado pelo povo! Eu flutuo pelo céu azul e as pessoas me acompanham. Eu caminho entre as pessoas e Meu povo Me cerca! Os corações das pessoas estão alegres, suas canções tremem o universo, partindo os céus! O universo não está mais envolto em neblina; não há mais lama, não há mais esgoto se acumulando. Povo sagrado do universo! Sob Minha vistoria seu verdadeiro semblante é revelado. Vocês não são homens cobertos de sujeira, mas santos puros como jade; são todos Meus amados, Minhas alegrias! Todas as coisas retornam à vida! Todos os santos estão de volta aos céus a Me servir, entrando em Meu abraço caloroso, não mais chorando, não mais ansiosos, oferecendo-se a Mim, retornando ao Meu lar, e em sua terra natal eles vão Me amar infinitamente! Imutavelmente! Onde está a tristeza? Onde estão as lágrimas? Onde está a carne? Não há mais terra; os céus são para sempre. Eu apareço a todos os povos e todos os povos Me louvam. Esta vida, esta beleza, desde tempos imemoriais e para sempre, não mudarão. Esta é a vida no reino.

Anterior:A vigésima quinta declaração

Próximo:A vigésima sexta declaração

Coisas que talvez lhe interessem