Sobre os passos da obra de Deus

De fora, parece que os passos da obra atual de Deus já terminaram e que o homem já experimentou o julgamento, o castigo, o golpe e o refinamento das palavras de Deus, que passou por passos tais como a provação dos servidores, o refinamento do tempo de castigo, a provação da morte, a provação dos contrastes e tempo de amar a Deus. Mas, apesar de sofrer grande adversidade durante cada passo, as pessoas continuam ignorantes da vontade de Deus. Considere a provação dos servidores, por exemplo: eles ainda não têm clareza do que ganharam, do que passaram a saber e do efeito que Deus desejava alcançar. Observando a velocidade da obra de Deus, o homem parece completamente incapaz de acompanhar a velocidade de hoje. Pode-se ver que Deus primeiro revela esses passos de Sua obra ao homem e que, em vez de necessariamente chegar a um nível que seja imaginável para o homem em qualquer dos passos, Ele está lançando luz sobre um tema. Para que aperfeiçoe alguém de modo que possa ser verdadeiramente ganho por Ele, Deus precisa executar todos os passos acima. O objetivo de fazer essa obra é mostrar quais passos Deus precisa executar para aperfeiçoar um grupo de pessoas. Assim, olhando de fora, os passos da obra de Deus foram completados — mas, em essência, Ele só começou oficialmente a aperfeiçoar a humanidade. As pessoas deveriam ter clareza disto: os passos de Sua obra é que foram completados, mas a obra em si não chegou ao fim. Ainda assim, em suas noções, as pessoas acreditam que os passos da obra de Deus foram todos revelados ao homem e, portanto, não pode haver dúvida de que a obra de Deus terminou. Esse modo de ver as coisas está totalmente errado. A obra de Deus segue contrária às noções do homem e rebate tais noções em cada aspecto; os passos da obra de Deus, sobretudo, estão em desacordo com as noções de homem. Tudo isso demonstra a sabedoria de Deus. Pode-se ver que as noções do homem causam ruptura a todo momento e Deus rebate tudo que o homem imagina, o que se torna evidente durante as experiências reais. Todos pensam que Deus opera rápido demais e que a obra de Deus chega ao fim antes que o percebam, antes que eles tenham ganhado algum entendimento e enquanto ainda continuam em um estado de confusão. É assim que é com cada passo de Sua obra. A maioria acredita que Deus está brincando com as pessoas — mas essa não é a intenção de Sua obra. Seu método de operar é o da ruminação: primeiro, como olhar de relance para as flores ao galopar a cavalo, depois ir aos detalhes e então refinar inteiramente esses detalhes — o que pega as pessoas de surpresa. As pessoas tentam enganar Deus, pensando que, se simplesmente conseguirem sobreviver até chegar a certo ponto, Deus ficará satisfeito. Na realidade, como poderia ser possível Deus ser satisfeito pelas tentativas do homem de sobreviver? Para alcançar o efeito ideal, Deus opera pegando as pessoas de surpresa, atacando enquanto elas inconscientes; isso lhes dá um conhecimento maior de Sua sabedoria e um maior entendimento de Sua justiça, Sua majestade e Seu caráter inofendível.

Hoje, Deus começou oficialmente o aperfeiçoamento do homem. Para serem aperfeiçoadas, as pessoas precisam passar pela revelação, pelo julgamento e castigo de Suas palavras, precisam experimentar as provações e o refinamento de Suas palavras (tal como a provação dos servidores) e precisam ser capazes de resistir à provação da morte. O que isso significa é que, dentre o julgamento, o castigo e as provações de Deus, aqueles que verdadeiramente se atêm à vontade de Deus são capazes de louvar Deus do fundo do coração, de obedecer totalmente a Deus e abandonar a si mesmos, dessa forma amando Deus com um coração que é sincero, indiviso e puro; essa é uma pessoa perfeita, e é precisamente a obra que Deus pretende fazer e a obra que Ele realizará. As pessoas não deveriam tirar conclusões precipitadas em relação ao método pelo qual Deus opera. Deveriam apenas buscar a entrada na vida. Isso é fundamental. Não esmiúce o método da obra de Deus o tempo todo; isso só retardará suas perspectivas para o futuro. Quanto você tem visto do método pelo qual Deus opera? Quão obediente tem sido? Quanto tem ganhado de cada método de Sua obra? Você está disposto a ser aperfeiçoado por Deus? Deseja se tornar perfeito? Vocês deveriam entender claramente todas essas coisas e nelas entrar.

Anterior : Qual ponto de vista os crentes devem manter

Próximo : O homem corrupto é incapaz de representar Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulo 19

À medida que a obra do Espírito Santo continua avançando, Deus mais uma vez nos conduziu a um novo método da obra do Espírito Santo. Como...

A obra de Deus e a obra do homem

Quanto da obra do homem é a obra do Espírito Santo e quanto é a experiência do homem? Mesmo hoje se pode dizer que as pessoas ainda não...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro