206 Jamais voltarei a abandonar a Deus

Depois de me tornar um crente em Deus, eu busquei riquezas e dei de costas para Ele para retornar para o mundo.

Gastei meus dias correndo pela carne, desgastando mente e corpo.

Naqueles dias sem Deus, o sofrimento era meu companheiro.

Eu tinha caído em trevas, e meu coração estava cheio de terror.

Foi só após o castigo e a disciplina rígidos de Deus que comecei a refletir sobre mim mesmo.

Eu nunca tinha seguido a Deus a sério; nunca tinha prezado Suas palavras.

Quando dei de costas para a fé e a justiça, parti o coração de Deus. Eu me perguntei: onde está minha consciência?

Eu não tinha reverência por Deus; mesmo tendo violado Seu caráter, permaneci insensível.


Por meio do Seu julgamento e castigo, ganhei uma visão clara da minha natureza que traía a Deus.

Eu me curvei diante Dele, tomado de remorso, cheio de culpa e vergonha.

Minha teimosia e rebeldia tinham machucado Deus profundamente; como poderia apagar do meu coração todas as coisas vergonhosas que tinha feito?

Foram a Sua misericórdia e amabilidade que me darem a chance de me arrepender,

permitindo que eu retornasse para a Sua casa e cumprisse mais uma vez o meu dever.

Provando o amor sincero de Deus, ganhei um senso melhor de o quanto eu devia a Ele.

Senti que havia justiça e majestade em Seu caráter, além de misericórdia e amabilidade.

Estabeleci uma nova meta: começar de novo, retribuir o amor de Deus e dar testemunho Dele.

Anterior: 205 Grilhões

Próximo: 207 Sou conquistado pelas palavras de Deus

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro