Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

Pergunta: O Senhor Jesus disse: “As minhas ovelhas ouvem a minha voz” (João 10:27). O Senhor volta para proferir palavras para arrebanhar Suas ovelhas. O essencial em nossa espera pela vinda do Senhor é buscar ouvir a voz do Senhor. Mas agora, nossa maior dificuldade é que não sabemos como ouvir a voz do Senhor. Também não distinguimos qual é a voz do Senhor e qual a voz do homem. Por favor, partilhe conosco sobre como estarmos certos de uma vez por todas sobre a voz do Senhor.

Resposta: Como ouvirmos a voz de Deus? A grandeza de nossas qualidades ou a extensão de nossa experiência não conta para isso. Acreditando no Senhor Jesus, o que sentimos quando ouvimos muitas das Palavras Dele? Embora não tenhamos experiência e conhecimento das palavras do Senhor, no momento em que as ouvimos, sentimos que são a verdade, que têm poder e autoridade. Como surge esse sentimento? Ele é gerado por virtude de nossa experiência? É efeito da inspiração e da intuição. Isso basta para provar que as pessoas com coração e espírito sentem que as palavras de Deus têm poder e autoridade. Isso é ouvir a voz de Deus. Além do mais, a maior diferença entre a voz de Deus e a do o homem é que a voz de Deus é a verdade e tem poder e autoridade. Nós sentimos isso assim que a ouvimos. Não obstante o que possamos colocar em palavras, o sentimento é claro. É mais fácil discernir a voz do homem. Assim que ouvimos, sentimos que é compreensível e alcançável. Não sentimos o menor poder ou autoridade nas palavras do homem e podemos ainda menos confirmar que seja a verdade. Essa é a grande diferença entre as palavras de Deus e as do homem. Por exemplo, vemos que as palavras do Senhor Jesus têm poder e autoridade; assim que as ouvirmos, podemos confirmar que são a verdade, são profundas, misteriosas e além da dimensão do homem. Agora vamos ver as palavras dos apóstolos da Bíblia. Embora a maior parte delas tenha origem do esclarecimento pelo Espírito Santo, elas não têm autoridade e poder. São apenas palavras corretas, mas não passam de palavras que beneficiam as pessoas. Vamos também discutir. Algum homem poderia falar as palavras que o Senhor Jesus falou? Ninguém poderia fazer isso. Isso afirma as palavras do Senhor Jesus como a voz de Deus. Fazendo essas comparações, não podemos distinguir a voz de Deus e a do homem?

Vamos ler mais as palavras de Deus Todo-Poderoso, e ver se as palavras de Deus Todo-Poderoso são realmente a verdade e a voz de Deus. Deus Todo-Poderoso diz: “Estou fazendo a Minha obra por todo o universo e, no Oriente, trovões estrondosos soam incessantemente, sacudindo todas as nações e denominações. É a Minha voz que trouxe todos os homens para o presente. Farei com que todos os homens sejam conquistados pela Minha voz, caiam nessa corrente, e submetam-se diante de Mim, pois há muito tempo recuperei a Minha glória de toda a terra e a emanei novamente no Oriente. Quem não deseja ver a Minha glória? Quem não espera ansiosamente pelo Meu retorno? Quem não tem sede do Meu reaparecimento? Quem não tem saudades da Minha beleza? Quem não viria para a luz? Quem não veria a riqueza de Canaã? Quem não anseia pelo retorno do Redentor? Quem não adora o Grande Todo-Poderoso? A Minha voz se espalhará pela terra; desejo, diante do Meu povo escolhido, falar mais palavras para eles. Como os poderosos trovões que abalam montanhas e rios, Eu falo Minhas palavras para todo o universo e para a humanidade. Portanto, as palavras na Minha boca se tornaram o tesouro do homem, e todos os homens apreciam as Minhas palavras. O raio ilumina do Oriente até o Ocidente. Minhas palavras são tais que o homem reluta em abrir mão delas e, ao mesmo tempo, as considera insondáveis, mas se regozija com elas ainda mais. Como um recém-nascido, todos os homens estão contentes e alegres, celebrando a Minha vinda. Por intermédio da Minha voz, trarei todos os homens diante de Mim. Daí em diante, Eu entrarei formalmente na raça dos homens para que venham Me adorar. Com a glória que Eu irradio e com as palavras da Minha boca, farei com que todos os homens venham diante de Mim e vejam que o relâmpago ilumina desde o Oriente e que desci também no Monte das Oliveiras, no Oriente. Eles verão que já há muito tempo estou na terra, não mais como o Filho dos judeus, mas como o Relâmpago do Oriente. Pois há muito que ressuscitei e saí do meio da humanidade, e reapareci com glória entre os homens. Eu sou Aquele que foi adorado por incontáveis eras antes de agora, e também sou o bebê abandonado pelos israelitas, incontáveis eras antes de agora. Além disso, Eu sou o todo-glorioso Deus Todo-Poderoso da era presente! Que todos cheguem diante do Meu trono e vejam Meu semblante glorioso, ouçam a Minha voz e contemplem as Minhas obras. Essa é a totalidade da Minha vontade; é o fim e o clímax do Meu plano, assim como o propósito do Meu gerenciamento. Que toda nação Me adore, que toda língua Me reconheça, que todo homem tenha fé em Mim, que todos os povos se sujeitem a Mim!” (de ‘O ressoar dos sete trovões – profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Quando Eu volto a Minha face ao universo para falar, toda a humanidade ouve a Minha voz e então vê todas as obras que Eu realizei por todo o universo. Aqueles que forem contrários à Minha vontade, isto é, que se opõem a Mim com os feitos do homem, cairão sob o Meu castigo. Eu tomarei as numerosas estrelas dos céus e as farei de novo e, graças a Mim, o sol e a lua serão renovados – os céus não serão mais como eram; as miríades de coisas na terra serão renovadas. Tudo se tornará completo através das Minhas palavras. As muitas nações do universo serão redivididas e substituídas pela Minha nação, de modo que as nações sobre a terra desaparecerão para sempre e se tornarão uma nação que Me adora; todas as nações da terra serão destruídas e deixarão de existir. Dos seres humanos do universo, todos aqueles que pertencem ao diabo serão exterminados; todos os que adoram Satanás serão abatidos pelo Meu fogo ardente – isto é, exceto aqueles que agora estão na corrente, o resto será transformado em cinzas. Quando Eu castigar os muitos povos, aqueles que estiverem no mundo religioso, em graus diferentes, voltarão para o Meu reino, conquistados por Minhas obras, porque terão visto o advento do Santo montado em uma nuvem branca. Toda a humanidade seguirá a própria espécie e receberá castigos que variam conforme o que fez. Aqueles que se levantaram contra Mim irão todos perecer; quanto àqueles cujos feitos na terra não Me envolveram, por causa da maneira como se absolveram, continuarão a existir na terra sob a governança dos Meus filhos e do Meu povo. Eu Me revelarei à miríade de povos e à miríade de nações, ressoando com a Minha voz sobre a terra, para proclamar a completude da Minha grande obra, para que toda humanidade veja com os próprios olhos.

[…] Quando criei o mundo, Eu modelei cada coisa de acordo com sua espécie, fazendo com que tudo que tivesse uma forma visível se reunisse com sua espécie. À medida que o fim do Meu plano de gerenciamento se aproxima, restaurarei o antigo estado da criação, restaurarei tudo ao modo como era originalmente, mudando profundamente todas as coisas, de forma que tudo vai retornar ao seio do Meu plano. A hora chegou! A última etapa do Meu plano está prestes a ser cumprida. Ah, velho mundo impuro! Você certamente cairá sob as Minhas palavras! Você certamente será reduzido a nada pelo Meu plano! Ah, miríades de coisas criadas! Vocês todas ganharão vida nova em Minhas palavras, vocês agora têm um Senhor Soberano! Ah, novo mundo puro e imaculado. Você certamente reviverá em Minha glória! Ah, Monte Sião! Não se cale mais. Eu voltei em triunfo! Do centro da criação, Eu escrutino toda a terra. Na terra, a humanidade começou uma vida nova, ganhou esperança nova. Ah, Meu povo! Como vocês podem não voltar à vida na Minha luz? Como vocês podem não pular de alegria sob a Minha direção? As terras estão gritando de júbilo, as águas rugem de com um riso feliz! Ah, Israel ressuscitado! Como você pode não sentir orgulho da Minha predestinação? Quem chorou? Quem lamentou? O Israel antigo deixou de existir e o Israel de hoje se ergueu, ereto e muito alto no mundo, levantou-se no coração de toda a humanidade. O Israel de hoje certamente alcançará a fonte da existência através do Meu povo! Ah, Egito odioso! Certamente você não está mais contra Mim? Como você pode tirar vantagem da Minha misericórdia e tentar escapar do Meu castigo? Como você pode não existir em Meu castigo? Todos os que Eu amo com certeza viverão pela eternidade, e todos aqueles que estão contra Mim certamente serão castigados por Mim pela eternidade. Por Eu ser um Deus zeloso, não pouparei levianamente os homens por tudo que fizeram. Eu zelarei por toda a terra e, aparecendo no Oriente do mundo com justiça, majestade, ira e castigo, Me revelarei à miríade de multidões da humanidade!” (de ‘Capítulo 26’ das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”).

Ao ler as palavras de Deus Todo-Poderoso, Todos sentimos que é Deus falando para a humanidade. Além de Deus, quem poderia falar para toda a humanidade? Quem poderia dar expressão a toda humanidade sobre a intenção de Deus de salvar a humanidade? Quem poderia declarar com a clareza do dia para toda a humanidade o plano de Deus para Sua obra dos últimos dias e o resultado e o destino da humanidade? Quem poderia declarar solenemente ao universo os decretos administrativos de Deus? Além de Deus, ninguém poderia. Deus Todo-Poderoso fala para toda a humanidade e deixa que o homem sinta o poder e a autoridade das palavras de Deus. As palavras de Deus Todo-Poderoso são a expressão direta de Deus, são a voz de Deus! Todas as palavras proferidas por Deus Todo-Poderoso são como se Deus estivesse de pé no terceiro céu e falasse para toda a humanidade: Aqui Deus Todo-Poderoso está falando como Criador para a humanidade, manifestando para a humanidade Seu caráter inquebrantável de justiça e majestade. Quando os cordeiros de Deus ouvirem as palavras de Deus Todo-Poderoso, embora não entendam a verdade delas no começo, e embora não tenham experiência delas, eles sentem que cada palavra de Deus Todo-Poderoso tem poder e autoridade e podem afirmar que são a voz de Deus e o discurso direto do Espírito de Deus. O povo escolhido de Deus precisa somente ouvir as palavras de Deus para afirmar que elas são a voz Dele. Por que os pastores e presbíteros dos círculos religiosos conseguem condenar Deus Todo-Poderoso? Quanto aos vários anticristos que não reconhecem a encarnação de Deus e não admitem que Deus profere a verdade, embora vejam todas as verdades que Deus profere e sentem que as palavras Dele têm poder e autoridade, eles ainda não creem que Deus possa falar dessa forma e não admitem que tudo que Deus profere é a verdade. Qual é o problema nisso? Sabe dizer? Deus Todo-Poderoso encarnado nos últimos dias fala para toda a humanidade, mas quantos de nós conseguem ouvir a voz de Deus? Na atualidade, há muitos nos círculos religiosos que veem Deus Todo-Poderoso falando e apesar disso não conseguem discernir, ao ouvir, que é a voz de Deus. Eles chegam a tratar as palavras que Deus fala como as palavras do homem e a usar as ideias do homem para O julgar, criticar e condenar. Essas pessoas têm um coração temente a Deus? Não são eles como os fariseus do passado? Todos eles odeiam a verdade e condenam Deus. As palavras de Deus têm muita autoridade e poder, mas eles não notam que essas palavras são a voz de Deus. Essas pessoas podem ser o rebanho de Deus? Seus corações são cegos. Embora ouçam, não sabem, e embora vejam, não entendem. Como tais pessoas podem ser dignas do arrebatamento? Deus encarnado nos últimos dias proferiu a verdade e expôs para as pessoas os círculos religiosos: os verdadeiros crentes e os falsos, os amantes da verdade e aqueles que a odeiam, as virgens prudentes e as virgens tolas. Todas as pessoas estão naturalmente divididas, cada uma em seu tipo. Como Deus Todo-Poderoso diz: “Todos os iníquos serão castigados pelas palavras da boca de Deus, todos os justos serão abençoados pelas palavras da boca de Deus […]” (de ‘O Reino Milenar chegou’ em “A Palavra manifesta em carne”). Assim, aqueles que conseguem ouvir a voz de Deus conheceram a segunda vinda do Senhor e foram arrebatados para o trono de Deus e estão presentes ao banquete das bodas do Cordeiro. Essas pessoas são as virgens prudentes e as mais afortunadas da humanidade.

Para ouvirmos a voz de Deus, precisamos ouvir com coração e com espírito. Mentes iguais podem ser entendidas facilmente entre si. As palavras de Deus são a verdade, elas têm poder e autoridade; Aqueles com coração e espírito definitivamente podem senti-la. Muitas pessoas que leram as palavras de Deus Todo-Poderoso somente durante alguns dias podem afirmar que são a voz de Deus e que são o discurso Dele. Toda vez que Deus encarna, Ele vem para realizar um estágio da obra; Diferentemente dos profetas que, através das orientações de Deus, apenas transmitem algumas palavras em um determinado contexto. Quando Deus encarna para realizar um estágio da obra, Ele precisa falar muitas palavras e proferir muitas verdades, revelar mistérios e falar de profecias. Isso necessita de anos ou até mesmo de décadas para ser concluído. Por exemplo, ao realizar a obra de redenção, o Senhor Jesus primeiro pregou “Arrependei-vos, porque é chegado o reino dos céus” (Mateus 4:17). e ensinou ao homem como confessar, como se arrepender, perdoar, suportar e sofrer e carregar a própria cruz, e tudo mais que se constitui como o homem deve seguir na Era da Graça. Ele apresentou o caráter de Deus em termos de amor e de misericórdia, e revelou também os mistérios do reino dos céus e as condições para entrar nele. E foi logo depois de Sua crucificação, Sua ressurreição e Sua ascensão aos céus que a obra de redenção de Deus foi terminada. As palavras proferidas pelo Senhor Jesus são todas as verdades que Deus presenteou à humanidade em Sua obra de redenção. Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso veio e proferiu todas as verdades que purificam e salvam a humanidade. Ele realizou a obra de julgamento começando pela casa de Deus e revelou para a humanidade Seu caráter inerente com a justiça em seu cerne. Ele revelou todos os grandes mistérios de Seu plano de gestão abarcando seis mil anos; Ele abriu a Era do Reino e finalizou a Era da Graça. As palavras de Deus Todo-Poderoso são as emanações naturais da essência da vida de Deus e a expressão de Seu caráter. Esse é um estágio inteiro da obra da palavra que Deus está realizando nos últimos dias para purificar e salvar totalmente a humanidade. Vamos ler mais as palavras de Deus Todo-Poderoso, e ouvir se são a verdade e a voz de Deus.

Deus Todo-Poderoso diz: “Quando Deus Se torna carne desta vez, Sua obra é expressar Seu caráter, primeiramente por meio de castigo e julgamento. Usando isso como fundamento, Ele traz mais verdade ao homem, mostra mais caminhos de prática e assim alcança Seu objetivo de conquistar o homem e salvá-lo de seu caráter corrupto. Isso está por trás da obra de Deus na Era do Reino” (de ‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Nos últimos dias, Cristo usa uma variedade de verdades para ensinar o homem, expor a essência do homem e dissecar suas palavras e ações. Essas palavras abrangem várias verdades: o dever do homem, como o homem deveria obedecer a Deus, como o homem deveria ser leal a Deus, como o homem deve viver a humanidade normal, bem como a sabedoria e o caráter de Deus e assim por diante. Essas palavras são todas dirigidas à essência do homem e ao seu caráter corrupto. Em especial, essas palavras que expõem como o homem desdenha de Deus são faladas em relação a como o homem é a corporificação de Satanás e uma força inimiga contra Deus. Ao realizar Sua obra de julgamento, Deus não só torna clara a natureza do homem com apenas algumas palavras; Ele também a expõe, a trata e a poda no longo prazo. Esses métodos de exposição, tratamento e poda não podem ser substituídos por palavras comuns, mas pela verdade que o homem absolutamente não possui. Apenas métodos desse tipo são considerados julgamento; só por meio de julgamento desse tipo é que o homem pode ser subjugado e completamente convencido a se submeter a Deus e, além disso, ganhar verdadeiro conhecimento de Deus. O que a obra de julgamento produz é o entendimento do homem da verdadeira face de Deus e da verdade sobre a própria rebelião. A obra de julgamento permite que o homem ganhe bastante entendimento da vontade de Deus, do propósito da obra de Deus e dos mistérios que lhe são incompreensíveis. Também permite que o homem reconheça e conheça sua substância corrupta e as raízes de sua corrupção, bem como descubra a fealdade do homem. Esses efeitos são todos produzidos pela obra de julgamento, pois a substância dessa obra é, de fato, a obra de abrir a verdade, o caminho e a vida de Deus a todos aqueles que têm fé Nele. Essa obra é a obra de julgamento realizada por Deus” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Os últimos dias já chegaram. Todas as coisas serão classificadas segundo sua espécie e divididas em categorias diferentes com base em sua natureza. Esse é o momento em que Deus revela o desfecho e o destino das pessoas. Se as pessoas não passarem por castigo e julgamento, não haverá como revelar a desobediência e a injustiça delas. Só através do castigo e do julgamento é que o fim de todas as coisas pode ser revelado. O homem só mostra quem realmente é quando é castigado e julgado. O mal deve ser colocado com o mal, o bom com o bom, e as pessoas serão classificadas de acordo com a sua espécie. Através do castigo e do julgamento, o fim de todas as coisas será revelado, de modo que o mal será punido e o bem será recompensado, e todas as pessoas se tornarão submissas sob o domínio de Deus. Toda a obra deve ser realizada através de castigo e julgamento justos. Como a corrupção humana atingiu o ápice e a desobediência tem sido grave demais, só o caráter justo de Deus, que é principalmente o de castigo e julgamento e revelado durante os últimos dias, pode transformar e completar o homem plenamente. Só esse caráter pode expor o mal e dessa forma punir severamente todos os injustos. […] Durante os últimos dias, só o julgamento justo pode classificar o homem e trazê-lo para um novo reino. Dessa forma, toda a era é levada a um fim através do justo caráter de Deus de julgar e castigar” (de A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Você entende agora o que é julgamento e o que é verdade? Se tiver entendido, exorto você a que se submeta obedientemente a ser julgado, caso contrário jamais terá a oportunidade de ser elogiado por Deus ou de ser trazido por Ele ao Seu reino. Aqueles que só aceitarem o julgamento, mas nunca puderem ser purificados, isto é, aqueles que fugirem em meio à obra de julgamento, serão para sempre detestados e rejeitados por Deus. Os pecados deles são mais numerosos e mais graves que os dos fariseus, pois eles traíram a Deus e são rebeldes contra Deus. Tais homens, que não são dignos nem mesmo de fazer serviço, irão receber punição mais severa, uma punição que é, mais que isso, eterna. Deus não irá poupar nenhum traidor que antes tenha manifestado lealdade com palavras, mas que depois O tenha traído. Homens assim irão receber retribuição por meio da punição do espírito, da alma e do corpo. Essa não é precisamente uma revelação do caráter justo de Deus? Não é o propósito de Deus ao julgar o homem e revelá-lo? Deus consigna todos aqueles que realizam todo tipo de atos perversos durante a época do julgamento a um lugar infestado de espíritos malignos, deixando esses espíritos malignos destruírem livremente seus corpos carnais. Seus corpos exalam o mau cheiro de cadáveres e tal é a sua adequada retribuição. Deus escreve em seus livros de registros cada um dos pecados desses falsos seguidores desleais, falsos apóstolos e falsos trabalhadores; então, no devido tempo, Ele os lança no meio de espíritos imundos, deixando esses espíritos imundos profanarem seus corpos inteiros à vontade, para que jamais possam ser reencarnados e jamais vejam a luz novamente. Aqueles hipócritas que fizeram serviço num momento, mas que são incapazes de permanecer leais até o fim, são contados por Deus dentre os perversos, para que andem no conselho dos perversos e se tornem parte de sua corja desordenada; no fim, Deus os aniquilará. Deus descarta e desconsidera aqueles que nunca foram leais a Cristo nem dedicaram qualquer esforço e aniquilará a todos na mudança das eras. Eles não existirão mais na terra, menos ainda terão acesso ao reino de Deus. Aqueles que nunca foram sinceros com Deus e que são forçados pelas circunstâncias a lidar superficialmente com Ele são contados entre aqueles que fazem serviços a Seu povo. Só um pequeno número de tais homens pode sobreviver, enquanto a maioria irá perecer juntamente com aqueles que não são qualificados nem para fazer serviços. Por fim, Deus trará a Seu reino todos os que forem de uma mesma mente com Ele, o povo e os filhos de Deus, bem como aqueles predestinados por Deus a serem sacerdotes. Tal é o destilado obtido por Deus por meio de Sua obra. Quanto àqueles que não puderem ser enquadrados em nenhuma categoria estabelecida por Deus, esses serão contados entre os descrentes. E vocês certamente podem imaginar qual será o resultado. Eu já disse a vocês tudo que deveria dizer; a estrada que vocês escolherem será uma decisão sua. O que vocês devem entender é o seguinte: a obra de Deus nunca espera por alguém que não possa acompanhar Seus passos e o caráter justo de Deus não mostra misericórdia para com qualquer homem” (de ‘Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Nos últimos dias, Deus Todo-Poderoso profere a verdade e realiza Sua obra de julgamento. Suas palavras revelam a essência e o verdadeiro estado da profunda corrupção da humanidade. Essas palavras expõem totalmente a resistência do homem a Deus e a saturação do homem pela vontade satânica. E elas exibem para a humanidade o caráter inquebrantável de Deus de santidade e retidão. Portanto, as pessoas viram a aparição e a obra de Deus e se voltaram para Deus, uma após a outra, e aceitaram a salvação de Deus. Deus Todo-Poderoso expressa a verdade para julgar as pessoas e implanta o julgamento e a punição primeiro através de Suas palavras em todas as pessoas que creem em Deus, expondo a verdadeira natureza e os fatos daquelas pessoas dos círculos religiosos que professam sua crença e mesmo assim resistem a Deus. Vamos ver como as palavras de Deus Todo-Poderoso explicam isso. Deus Todo-Poderoso diz: “O homem olha para Mim no céu e devota particular interesse pela Minha existência ali, porém ninguém se importa Comigo na carne, pois Eu, que vivo entre os homens, sou simplesmente insignificante demais. Aqueles que só buscam a compatibilidade com as palavras da Bíblia, que só buscam a compatibilidade com um Deus vago, são uma visão desprezível para Mim, pois o que eles adoram são palavras mortas e um Deus capaz de lhes dar tesouros incontáveis. O que eles adoram é um Deus que se coloca à mercê do homem e que não existe. O que, então, tais pessoas podem obter de Mim? O homem é simplesmente desprezível demais para se expressar em palavras. Aqueles que estão contra Mim, que Me fazem exigências sem limites, que não têm amor pela verdade, que são rebeldes em relação a Mim, como eles poderiam ser compatíveis Comigo?” (de ‘Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo’ em “A Palavra manifesta em carne”).

O coração de vocês está cheio de maldade, traição e engano e, sendo assim, quantas impurezas existem em seu amor? Vocês acham que já desistiram de bastantes coisas por Mim; acham que seu amor por Mim já basta. Mas, então, por que as suas palavras e ações sempre carregam consigo rebelião e engano? Vocês Me seguem, no entanto, não reconhecem a Minha palavra. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, mas ainda assim Me deixam de lado. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, não confiam em Mim. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, não conseguem aceitar a Minha existência. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, não Me tratam como condiz a quem Eu sou e tornam as coisas difíceis para Mim a cada passo. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, tentam Me enganar em todas as questões. Isso é considerado amor? Vocês Me servem, no entanto, não Me temem. Isso é considerado amor? Vocês se opõem a Mim em todos os aspectos e em todas as coisas. Isso tudo é considerado amor? Vocês sacrificaram tanto, é verdade, mas vocês nunca praticaram o que Eu exijo de vocês. Isso pode ser considerado amor? Um cômputo cuidadoso mostra que não há o menor vestígio de amor por Mim em vocês. Depois de tantos anos de trabalho e de todas as muitas palavras que Eu provi, quanto vocês de fato ganharam? Isso não merece uma reavaliação cuidadosa?” (de ‘Muitos são chamados, mas poucos são escolhidos’ em “A Palavra manifesta em carne”).

O propósito da sua fé em Deus é usar Deus para concretizar seus objetivos. Isso não um fato adicional da sua ofensa contra o caráter de Deus? Vocês creem na existência do Deus no Céu, mas negam a do Deus na terra. Todavia, não aprovo os pontos de vista de vocês. Eu só aprovo as pessoas que mantêm os pés no chão e servem ao Deus na terra; jamais aprovo aquelas que nunca reconhecem o Cristo que está na terra. Não importa o quanto essas pessoas sejam leais ao Deus no Céu, no final das contas, elas não escaparão da Minha mão que pune os perversos. Esses homens são os perversos; eles são os perversos que se opõem a Deus e nunca obedeceram a Cristo de bom grado. É claro que seu número abrange todos os que não conhecem nem, além disso, reconhecem Cristo” (de ‘Como conhecer o Deus na Terra’ em “A Palavra manifesta em carne”).

As pessoas, que foram corrompidas, todas vivem na cilada de Satanás, vivem na carne, vivem em desejos egoístas, e não há uma delas sequer que seja compatível Comigo. Há aqueles que dizem ser compatíveis Comigo, mas todos adoram ídolos vagos. Embora reconheçam Meu nome como santo, eles trilham um caminho em direção contrária a Mim, e suas palavras são repletas de arrogância e autoconfiança, porque, em sua raiz, todos eles são contra Mim e incompatíveis Comigo” (de ‘Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Reconhecemos pelo julgamento das palavras de Deus Todo-Poderoso e vimos nosso convencimento, nossa presunção e nosso logro e que de todas as formas revelamos nosso caráter satânico. Embora possamos nos consumir, suportar dificuldades e pagar o preço por Deus, não temos uma submissão autêntica a Deus e ainda menos um amor autêntico por Ele. Quando as provações e as tribulações vêm, podemos até reclamar e suspeitar de Deus e negá-Lo. Isso nos permite reconhecer que nós humanos profundamente corrompidos temos a natureza de Satanás. Se nossa natureza e vontade satânicas não puderem obter a purificação, não haverá como atingir submissão e amor autênticos por Deus. No passado, achávamos que tínhamos acreditado em Deus por muitos anos, que havíamos aberto mão de coisas e nos consumíamos por Deus, que tínhamos trabalhado duro, nos tornado bons, pessoas que amavam a Deus e que eram submissas a Ele. Somente depois de vivenciar o julgamento e o castigo de Deus Todo-Poderoso nos tornamos cientes, embora em uma aparência externa labutamos arduamente pelo Senhor, frequentemente mentimos e enganamos Deus, nós O elogiamos falsamente, permanecendo opiniosos, chamando atenção para nós mesmos e nos exibindo. Em suma, nos demos conta de que nosso esforços e gastos foram apenas para obter bênçãos e para entrar no reino dos céus. Tudo isso é barganhar com Deus. Como isso pode ser uma submissão autêntica a Deus? E muito menos é uma expressão de amor por Deus! Mesmo assim, nós despudoradamente dissemos como éramos os mais amorosos a Deus e os mais submissos a Deus. Isso não faz sentido. Não é absolutamente o conhecimento de Deus. Na revelação e julgamento das palavras de Deus, vemos que Deus tudo investiga, e tememos e trememos em nossos corações quando sentimos Sua imensa santidade e retidão e que Seu caráter é intocável. Satânico como somos, nos envergonhamos de ver Deus, indignos de viver perante Ele, então caímos no chão, chorando arrependidos, até mesmo nos amaldiçoando e estapeando os próprios rostos. Somente então vemos que vivemos nossa vontade satânica diariamente que de forma alguma vivemos como seres humanos e que não merecemos nos chamar humanos. Somente quando vivenciamos muitos julgamentos e castigos, provações e refinamentos, assim como algumas podas e interações, gradativamente entendemos algumas verdades e autenticamente vemos a verdade de nossa corrupção. Naquele momento temos algum conhecimento autêntico de Deus e finalmente começamos a reverenciar Deus e a nos submeter a Ele em nosso coração. Somente isso é entrar no caminho certo de acreditar em Deus. Tudo isso é o resultado de passar pelo julgamento e o castigo de Deus. Se não fosse pelo julgamento e castigo das palavras de Deus, jamais teríamos visto o verdadeiro quadro de nossa profunda corrupção por Satanás, jamais teríamos conhecido a fonte de nosso pecado contra a resistência a Deus, e muito menos teríamos sabido como nos libertar dos elos do pecado e de seu reinado sobre nós, para nos tornarmos verdadeiramente obedientes a Deus. Se não fosse pelo julgamento rígido das palavras de Deus, não conheceríamos Sua justiça, Sua vontade justa e intocável, não desenvolveríamos um coração que teme a Deus nem nos tornaríamos alguém que teme a Deus e que se afasta do mal. Isso é fato. Se Deus não tivesse encarnado, quem poderia fazer a obra de julgamento nos últimos dias? Quem poderia mostrar ao homem o caráter sagrado, justo e intocável de Deus? Se Deus não tivesse encarnado, quem diria palavras com tanto poder e autoridade para nos julgar, nos purificar e nos salvar de nossa profunda corrupção pelo pecado? As palavras e a obra de Deus Todo-Poderoso demonstram completamente Seu status e identidade como Deus e O mostram como o Criador e a aparição do único verdadeiro Deus! Nós reconhecemos a voz de Deus no discurso de Deus Todo-Poderoso, e vimos a aparição de Deus. Por que tantas pessoas nos anos recentes abandonaram tudo para difundir e testemunhar as palavras de Deus Todo-Poderoso? Por que tantas pessoas se arriscaram a serem pegas, perseguidas e até mortas pelo governo do Partido Comunista Chinês, já que elas não poupam esforços para difundir e testemunhar a obra de Deus Todo-Poderoso? Por que tantas pessoas preferiram suportar o abandono, a humilhação, o banimento e a condenação pelas pessoas religiosas para irem de porta em porta divulgando o evangelho a elas? Foi porque elas ouviram a voz de Deus e deram as boas-vindas à aparição de Deus. Elas atenderam às demandas de Deus e transmitiram a mensagem: “Eis o noivo! saí-lhe ao encontro” (Mateus 25:6). Este é o Senhor batendo à porta? É realmente o Senhor batendo à nossa porta! E vamos abrir a porta para o Senhor? Então, quando o Senhor enviar pessoas para baterem às nossas portas, devemos buscar e investigar o verdadeiro caminho e procurar ouvir a voz do Senhor?

do roteiro do filme Batendo à porta

Anterior:Pergunta 2: Eu cri no Senhor durante mais da metade de minha vida. Trabalhei incansavelmente pelo Senhor e tenho estado em constante espera por Sua segunda vinda. Se o Senhor veio, por que eu não recebi Sua revelação? Ele me rejeitou? Isso me deixou muito confuso. Como vocês explicam isso?

Próximo:Pergunta 1: Há muito o Senhor nos disse: “Vou preparar-vos lugar. E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também” (João 14:2-3). O Senhor Jesus já reservou um lugar para nós no céu. Quando Ele voltar, Ele nos erguerá diretamente ao reino dos céus. Se o Senhor já voltou, por que todos os Seus santos ainda estão na Terra? Por que eles não foram erguidos?

Conteúdo Relacionado