438 Toda a Bíblia foi dada pela inspiração de Deus?

Os homens acham que a Bíblia e Deus são um só.

Eles creem que as palavras da Bíblia

foram as únicas que Deus falou

e que foram todas ditas por Deus.


Quem crê em Deus até pensa que,

embora homens tenham escrito

o Antigo e o Novo Testamento,

eles vieram da inspiração de Deus,

registrando as palavras do Espírito Santo.

Essa é uma interpretação errônea;

não corresponde a fatos reais.

Tirando os livros de profecia,

o Antigo Testamento é um registro histórico.

Algumas epístolas do Novo Testamento

vêm da experiência humana;

algumas, da iluminação

dada pelo Espírito Santo.

É um grande erro e blasfêmia

que os registros e epístolas humanos

sejam vistos como palavras

do Espírito Santo ditas às igrejas.

As epístolas paulinas

vieram da obra de um homem,

da iluminação do Espírito Santo.

Elas foram escritas para as igrejas

para exortar e encorajar os irmãos,

não foram palavras do Espírito Santo.

Paulo não podia falar pelo Espírito Santo,

não teve as visões de João, nem era profeta.

As epístolas foram para as igrejas de seu tempo.

As palavras edificantes

que disse aos homens eram certas,

mas não podiam representar Deus

nem o que o Espírito Santo proferiu.

É um grande erro e blasfêmia

que os registros e epístolas humanos

sejam vistos como palavras

do Espírito Santo ditas às igrejas, ditas às igrejas.


Adaptado de ‘A respeito da Bíblia (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 436 O método e o princípio da obra de Deus na humanidade

Próximo : 439 Os que acreditam em Deus por causa dos sinais perecerão

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

10. Por que é somente experimentando e se submetendo à obra de Deus encarnado que se pode alcançar um conhecimento de Deus?

Mas depois que Deus tornou-Se carne, Ele falou à humanidade da perspectiva da humanidade; Ele saiu e ultrapassou o escopo do reino espiritual. Ele podia expressar o Seu caráter divino, Sua vontade e Sua atitude, por meio de coisas que os humanos eram capazes de imaginar e coisas que eles viam e encontravam em sua vida, usando métodos que os humanos podiam aceitar, numa linguagem que eles conseguiam entender e um conhecimento que elas eram capazes de captar, para permitir à humanidade compreender e conhecer a Deus, compreender a Sua intenção e as normas que Ele exige, dentro do âmbito da capacidade delas, na medida em que elas eram capazes. Esse foi o método e o princípio da obra de Deus em meio à humanidade.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro