Você é alguém que veio para a vida?

Somente quando você tiver se livrado de seus caracteres corruptos e alcançado o viver da humanidade normal você será tornado perfeito. Embora seja incapaz de proferir profecia, nem de falar de quaisquer mistérios, você estará vivendo e revelando a imagem de um humano. Deus criou o homem, mas depois o homem foi corrompido por Satanás, de tal modo que as pessoas se tornaram “homens mortos”. Assim, depois de ter mudado, você será mais como esses “homens mortos”. São as palavras de Deus que reavivam o espírito das pessoas e as fazem renascer, então elas terão vindo para vida. Quando falo de “homens mortos”, refiro-Me aos cadáveres que não têm espírito, às pessoas cujo espírito morreu dentro delas. Quando a centelha da vida é acesa no espírito das pessoas, então elas vêm para a vida. Os santos que foram mencionados antes se referem a pessoas que vieram para a vida, aquelas que estavam sob a influência de Satanás, mas que o derrotaram. O povo escolhido da China suportou a perseguição cruel e desumana e a trapaça do grande dragão vermelho, o que o deixou mentalmente devastado e sem um pingo de coragem para viver. Assim, o despertar do seu espírito deve começar com sua substância: pouco a pouco, em sua substância, o seu espírito deve ser despertado. Quando, um dia, ele voltar para a vida, não haverá mais obstruções e tudo vai prosseguir sem dificuldades. No presente, isso continua inalcançável. A maioria das pessoas vive de uma maneira que cria muitas sensações mortais; elas estão envoltas em uma aura de morte, e lhes falta tanta coisa. As palavras de algumas pessoas carregam a morte, suas ações carregam a morte e quase tudo que elas criam na maneira como vivem consiste em morte. Se, hoje, as pessoas derem testemunho de Deus em público, então elas fracassarão nessa tarefa, porque elas ainda precisam vir plenamente para a vida, e há mortos demais entre vocês. Hoje, algumas pessoas perguntam por que Deus não mostra alguns sinais e maravilhas, para que Ele possa espalhar com rapidez Sua obra entre os gentios. Os mortos não podem dar testemunho de Deus; isso é algo que só os vivos podem fazer e, no entanto, a maioria das pessoas hoje são “homens mortos”; inúmeras pessoas vivem sob um manto de morte, sob a influência de Satanás, e são incapazes de ganhar a vitória. Sendo assim, como poderiam dar testemunho de Deus? Como poderiam espalhar a obra do evangelho?

Todas aquelas que vivem sob a influência da escuridão são as pessoas que vivem em meio à morte, são aquelas que estão possuídas por Satanás. Sem serem salvas por Deus e julgadas e castigadas por Deus, as pessoas são incapazes de escapar da influência da morte; não podem se tornar vivas. Esses “homens mortos” não podem dar testemunho de Deus, nem podem ser usados por Deus, muito menos entrar no reino. Deus quer o testemunho dos vivos, não dos mortos, e Ele pede que os vivos, não os mortos, trabalhem para Ele. “Os mortos” são aqueles que se opõem a Deus e se rebelam contra Ele; são aqueles entorpecidos em espírito e não compreendem as palavras de Deus; são aqueles que não colocam a verdade em prática e não têm a menor lealdade para com Deus e são aqueles que vivem sob o império de Satanás e são explorados por Satanás. Os mortos se manifestam ao se colocarem em oposição à verdade, ao se rebelarem contra Deus e ao serem baixos, desprezíveis, maliciosos, embrutecidos, enganadores e insidiosos. Mesmo que tais pessoas comam e bebam as palavras de Deus, elas são incapazes de viver as palavras de Deus; embora estejam vivas, são apenas cadáveres que andam e respiram. Os mortos são totalmente incapazes de satisfazer a Deus, menos ainda de ser completamente obedientes a Ele. Só conseguem enganá-Lo, blasfemar contra Ele e traí-Lo, e tudo que eles criam pela maneira em que vivem revela a natureza de Satanás. Se as pessoas desejam se tornar seres vivos, dar testemunho de Deus e ser aprovadas por Deus, então devem aceitar a salvação de Deus; elas devem se submeter de bom grado a Seu julgamento e castigo, aceitar de bom grado a poda por Deus e ser tratadas por Ele. Só então elas serão capazes de colocar em prática todas as verdades exigidas por Deus, só então vão ganhar a salvação de Deus e realmente se tornar seres vivos. Os vivos são salvos por Deus, foram julgados e castigados por Deus, estão dispostos a se devotar e ficam felizes de oferecer sua vida por Deus, e de bom grado dedicariam sua vida inteira a Deus. Apenas quando os vivos dão testemunho de Deus é que Satanás pode ser envergonhado; apenas os vivos podem espalhar a obra do evangelho de Deus, apenas os vivos são segundo o coração de Deus e apenas os vivos são pessoas reais. Originalmente, o homem criado por Deus estava vivo, mas por causa da corrupção de Satanás, o homem vive em meio à morte, vive sob a influência de Satanás, e assim, dessa maneira, as pessoas se tornaram os mortos sem espírito, se tornaram inimigos que se opõem a Deus, se tornaram as ferramentas de Satanás, se tornaram os prisioneiros de Satanás. Todas as pessoas vivas criadas por Deus se tornaram pessoas mortas, e assim Deus perdeu Seu testemunho, perdeu a humanidade que Ele criou e que é a única coisa que tem o Seu sopro. Se Deus for tomar de volta Seu testemunho, e tomar de volta aqueles que foram criados por Sua própria mão, mas que foram levados cativos por Satanás, então Ele deve ressuscitá-los para que se tornem seres vivos, Ele deve recuperá-los para que vivam em Sua luz. Os mortos são aqueles que não têm espírito, aqueles que estão entorpecidos ao extremo e que se opõem a Deus. Eles são primordialmente os que não conhecem Deus. Essas pessoas não têm a menor intenção de obedecer a Deus; elas só se rebelam contra Ele, se opõem a Ele e não têm a menor lealdade. Os vivos são aqueles cujo espírito renasceu, que sabem obedecer a Deus e que são leais a Deus. Eles possuem a verdade e o testemunho, e somente essas pessoas são agradáveis a Deus em Sua casa. Deus salva aqueles que podem vir para a vida, que conseguem enxergar a salvação de Deus, que podem ser leais a Deus e que estão dispostos a buscar Deus. Ele salva aqueles que acreditam na encarnação de Deus e na  Sua aparição. Algumas pessoas podem vir para a vida e algumas não podem; isso depende da natureza delas poder ser salva ou não. Muitas pessoas têm ouvido muitas palavras de Deus, mas não entendem a vontade de Deus e ainda são incapazes de colocá-las em prática. Tais pessoas são incapazes de viver qualquer verdade e também deliberadamente interferem na obra de Deus. São incapazes de fazer qualquer trabalho por Deus, não conseguem dedicar nada a Ele, e também gastam o dinheiro da igreja em segredo e comem na casa de Deus de graça. Essas pessoas estão mortas e não serão salvas. Deus salva todos aqueles que estão em meio à Sua obra, mas há uma fração de pessoas que não pode receber Sua salvação; apenas um pequeno número pode receber Sua salvação. Isso acontece porque a maioria das pessoas foi corrompida muito profundamente e se tornaram os mortos, e eles estão fora da salvação; eles foram totalmente explorados por Satanás e são maliciosos demais em sua natureza. Aquela minoria de pessoas também é incapaz de obedecer a Deus plenamente. Elas não são as que têm sido absolutamente fiéis a Deus desde o começo, ou que têm tido o amor máximo por Deus desde o começo; antes, tornaram-se obedientes a Deus por causa de Sua obra de conquista, elas veem Deus por causa de Seu amor supremo, há mudanças em seu caráter por causa do caráter justo de Deus e elas passam a conhecer Deus por causa de Sua obra, Sua obra que é ao mesmo tempo prática e normal. Sem essa obra de Deus, por mais que essas pessoas sejam boas, elas ainda seriam de Satanás, ainda seriam da morte, e ainda estariam mortas. O fato de que, hoje, essas pessoas podem receber a salvação de Deus deve-se puramente à sua disposição de cooperar com Deus.

Por causa de sua lealdade a Deus, os vivos hão de ser ganhos por Deus e viver em meio às Suas promessas; e por causa de sua oposição a Deus, os mortos hão de ser detestados e rejeitados por Deus e viver em meio a Sua punição e Suas maldições. Tal é o caráter justo de Deus, o qual é imutável por qualquer homem. Por causa da própria busca, as pessoas recebem a aprovação de Deus e vivem na luz; por causa de seus esquemas astutos, as pessoas são amaldiçoadas por Deus e descem para a punição; por causa de seus atos malignos, as pessoas são punidas por Deus; e por causa de seu anseio e lealdade, as pessoas recebem as bênçãos de Deus. Deus é justo: Ele abençoa os vivos e amaldiçoa os mortos, de modo que eles estão sempre em meio à morte e nunca vão viver na luz de Deus. Deus vai levar os vivos para o Seu reino e para as Suas bênçãos, para ficarem com Ele para sempre. Quanto aos mortos, Ele vai golpeá-los e entregá-los à morte eterna; eles são o objeto de Sua destruição e sempre vão pertencer a Satanás. Deus não trata ninguém de maneira injusta. Todos aqueles que verdadeiramente buscam Deus certamente vão permanecer na casa de Deus, e todos aqueles que são desobedientes a Deus e incompatíveis com Ele certamente vão viver em meio à Sua punição. Talvez você esteja inseguro em relação à obra de Deus na carne — mas, um dia, a carne de Deus não vai arranjar diretamente o fim do homem; em vez disso, Seu Espírito vai arranjar o destino do homem, e, naquela hora, as pessoas vão saber que a carne de Deus e Seu Espírito são um, que Sua carne não pode cometer erro, e que Seu Espírito é ainda mais incapaz de erro. No fim, Ele certamente vai levar aqueles que vieram para a vida para o Seu reino; nem um a mais, nem um a menos. Quanto aos mortos, que não vieram para a vida, eles serão lançados na toca de Satanás.

Anterior : Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz

Próximo : Ter um caráter inalterado é estar em inimizade contra Deus

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro