Posfácio

Apesar de essas palavras não serem todas as expressões de Deus, bastam para que as pessoas alcancem os objetivos de conhecer Deus e uma mudança em seu caráter. Talvez haja quem pense que, como a obra de Deus na China continental terminou, isso prova que Ele terminou de proferir todas as palavras que deveria, e que não é possível que Ele faça qualquer nova declaração, já que essas são todas as palavras que Deus pode dizer. Além do mais, há gente que acredita que “A Palavra manifesta em carne” contém todas as expressões de Deus na Era do Reino, e que receber este livro é equivalente a receber a totalidade de Deus, ou que este livro vai conduzir a humanidade no futuro da mesma forma que a Bíblia fez. Eu creio que as pessoas que pensam assim não sejam a minoria, porque as pessoas sempre gostam de impor limitações a Deus. Apesar de elas todas proclamarem que Deus é onipotente e totalmente abrangente, a natureza das pessoas continua fazendo com que seja fácil para elas delimitar Deus no âmbito de um certo escopo. Ao mesmo tempo em que cada pessoa está passando a conhecer Deus, ela também está resistindo a Ele e delimitando-O.

A obra de Deus na Era do Reino apenas começou. Todas as declarações de Deus neste livro foram apenas dirigidas àqueles que O seguiram naquela época, e elas representam apenas uma parte das expressões de Deus em Sua atual encarnação, não representam o todo de Deus. Além do mais, não se pode dizer que elas englobam toda a obra que Deus realizará enquanto estiver nesta encarnação. Deus vai dirigir Suas palavras a pessoas de várias etnias e origens, e Ele vai conquistar toda a humanidade e o fim da era antiga, então como é que Ele pode ter concluído depois de expressar uma parte tão pequena de Suas palavras? Trata-se simplesmente de que a obra de Deus está dividida em períodos diferentes e passos diferentes. Ele está operando de acordo com Seu plano e expressando Suas palavras de acordo com Seus passos. Como o homem poderia entender a onipotência e a sabedoria de Deus? O fato que estou explicando aqui é o seguinte: Aquilo que Deus é e tem é para sempre inexaurível e ilimitado. Deus é a fonte da vida e de todas as coisas. Deus não pode ser entendido por nenhum ser criado. Finalmente, ainda preciso lembrar a todos: não voltem a delimitar Deus em livros, palavras ou em Suas declarações passadas. Só existe uma palavra para a característica da obra de Deus: nova. Ele não gosta de percorrer velhos caminhos nem de repetir Sua obra e, além do mais, Ele não quer que as pessoas O adorem ao delimitá-Lo no âmbito de um certo escopo. Esse é o caráter de Deus.

Anterior : Apêndice: Contemplando a aparição de Deus em Seu julgamento e Seu castigo

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Prefácio

Embora muitas pessoas acreditem em Deus, poucas compreendem o que significa fé em Deus e o que elas devem fazer para se conformarem à...

Como conhecer a realidade

Deus é um Deus prático: toda a Sua obra é prática, todas as palavras que Ele diz são práticas e todas as verdades que expressa são...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro