Posfácio

Mesmo que essas palavras não abarquem todas as expressões de Deus, elas bastam para que as pessoas alcancem os objetivos de conhecer Deus e de passar por uma mudança de caráter. Talvez haja quem pense que, como a obra de Deus na China continental terminou, isso prova que Ele terminou de proferir todas as palavras que deveria e que não é possível que Ele tenha algo novo a dizer, pois Deus só é capaz de falar essas palavras. Além do mais, há aqueles que acreditam que “A Palavra manifesta em carne” contém todas as expressões de Deus na Era do Reino e que obter este livro é equivalente a receber tudo de Deus ou que esse livro conduzirá a humanidade no futuro da mesma forma que a Bíblia fez. Creio que as pessoas que pensam assim não sejam a minoria, porque as pessoas sempre gostam de impor limitações a Deus. Mesmo que todas elas proclamem que Deus é onipotente e totalmente abrangente, sua natureza continua fazendo com que seja fácil para elas delimitar Deus a certo escopo. Todos estão passando a conhecer Deus, mas, ao mesmo tempo, eles também estão resistindo a Ele e delimitando Ele.

A obra de Deus na Era do Reino apenas começou. Todas as declarações de Deus contidas neste livro visam simplesmente àqueles que O seguiram naquela época, e elas representam apenas uma parte das expressões que têm sido feitas nesta Sua encarnação atual; elas não representam tudo de Deus. Além do mais, não se pode dizer que elas englobam toda a obra que Deus realizará enquanto estiver nesta encarnação. Deus dirigirá Suas palavras a pessoas de várias etnias e origens, e Ele conquistará toda a humanidade e o fim da era antiga. Assim sendo, como Ele poderia encerrar tudo depois de expressar uma parte tão pequena de Suas palavras? Trata-se simplesmente de que a obra de Deus está dividida em períodos diferentes e estágios diferentes; Ele está operando de acordo com Seu plano e expressando Suas palavras de acordo com Seus passos. Como o homem poderia sondar a onipotência e a sabedoria de Deus? O fato que desejo explicar aqui é este: aquilo que Deus é e tem é eternamente inexaurível e infinito. Deus é a fonte da vida e de todas as coisas; Ele não pode ser sondado por nenhum ser criado. Por fim, devo continuar a lembrar a todos: jamais delimitem Deus em livros, palavras ou em Suas declarações passadas de novo. Só existe uma palavra para descrever a característica da obra de Deus: nova. Ele não gosta de percorrer sendas velhas nem de repetir Sua obra; além do mais, Ele não quer que as pessoas O adorem delimitando Ele a certo escopo. Esse é o caráter de Deus.

Anterior: Apêndice:
Contemplando a aparição de Deus em Seu julgamento e Seu castigo

Próximo: Conhecer Deus é a senda para temer a Deus e evitar o mal

Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.

Conteúdo relacionado

A Trindade existe?

Depois que aconteceu a verdade de Jesus tornar-Se carne é que o homem creu nisto: não é apenas o Pai que está no céu, mas também o Filho, e...

Prefácio

Embora muitas pessoas acreditem em Deus, poucas compreendem o que significa fé em Deus e o que elas devem fazer para se conformarem à...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro