C. Sobre as advertências de Deus ao homem

715. Deus criou este mundo, criou esta humanidade e também foi o arquiteto da cultura grega antiga e da civilização humana. Só Deus consola esta humanidade, só Deus Se importa com esta humanidade dia e noite. O desenvolvimento e o progresso humanos são inseparáveis da soberania de Deus, e a história e o futuro da humanidade são indissociáveis dos projetos de Deus. Se você é um verdadeiro cristão, então certamente acreditará que a ascensão e a queda de qualquer país ou nação ocorrem de acordo com os projetos de Deus. Só Deus conhece o destino de um país ou nação e Deus sozinho controla o curso desta humanidade. Se a humanidade deseja ter um bom destino, se um país deseja ter um bom destino, o homem deve curvar-se diante de Deus em adoração, arrepender-se e confessar diante de Deus, caso contrário o destino e o futuro do homem acabarão inevitavelmente em catástrofe.

Extraído de ‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

716. Acreditamos que nenhum país ou poder consegue impedir o que Deus deseja alcançar. Aqueles que obstruem a obra de Deus, que resistem à palavra de Deus, perturbam e prejudicam o plano de Deus acabarão sendo punidos por Deus. Aquele que desafia a obra de Deus será enviado ao inferno; qualquer país que desafie a obra de Deus será destruído; qualquer nação que se erguer em oposição à obra de Deus será varrida desta terra e deixará de existir. Eu exorto as pessoas de todas as nações, de todos os países e até da indústria a ouvir a voz de Deus, a observar a obra de Deus, a atentar ao destino da humanidade, fazendo assim com que Deus seja o mais sagrado, o mais honroso, o mais elevado e o único objeto de adoração dentre a humanidade e permitindo que a humanidade toda viva sob a bênção de Deus, como os descendentes de Abraão viveram sob a promessa de Jeová e como Adão e Eva, que originalmente foram criados por Deus, viveram no jardim do Éden.

A obra de Deus é como ondas poderosas que se levantam. Ninguém pode detê-Lo, ninguém pode interromper Seus passos. Só aqueles que ouvem atentamente Suas palavras, os que O procuram e têm sede Dele é que podem seguir Seus passos e receber Sua promessa. Aqueles que não o fazem estarão sujeitos a um desastre esmagador e a uma punição merecida.

Extraído de ‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

717. Na vasta extensão do mundo, mudanças incontáveis ocorreram, oceanos acumularam terra formando campos, campos ficaram alagados e formaram oceanos, repetidamente. Ninguém é capaz de liderar e guiar esta raça humana, a não ser Aquele que governa todas as coisas no universo. Não há ninguém poderoso para trabalhar e fazer os preparativos para esta humanidade, muito menos alguém que seja capaz de liderar esta espécie humana para seu destino de luz e libertá-la das injustiças terrenas. Deus lamenta o futuro da humanidade, Ele sofre por sua queda, fica doído que a humanidade marche, passo a passo, para a decadência e para o caminho sem retorno. Uma humanidade que partiu o coração de Deus e renunciou a Ele para buscar o Maligno: alguém já pensou na direção que uma humanidade como esta poderia seguir? É precisamente por essa razão que ninguém sente a ira de Deus, que ninguém busca um caminho de agradar a Deus nem tenta se aproximar de Deus, e, além disso, que ninguém busca compreender a tristeza e a dor de Deus. Mesmo após ouvir a voz de Deus, o homem continua em sua própria senda, persiste em desviar-se de Deus, evitando a graça e o cuidado de Deus, rejeitando a verdade de Deus e preferindo vender-se para Satanás, o inimigo de Deus. E quem foi que pensou — caso o homem persista em sua teimosia — em como Deus agirá em relação a esse homem que O dispensou sem sequer um olhar para trás? Ninguém sabe que a razão para os repetidos avisos e exortações de Deus são porque Ele preparou em Suas mãos uma calamidade como nunca houve, que será insuportável para a carne e a alma do homem. Essa calamidade não é meramente uma punição da carne, mas também da alma. Você deve saber disto: quando o plano de Deus fracassar, quando Seus avisos e exortações não gerarem resposta, que tipo de ira Ele liberará? Será como nada jamais experimentado ou ouvido por qualquer ser criado. E, então, digo que essa calamidade é sem precedentes, que nunca mais se repetirá. Pois o plano de Deus é criar a humanidade apenas esta vez, salvar a humanidade apenas esta vez. Essa é a primeira vez, e é também a última. Por isso, ninguém pode compreender as intenções meticulosas e a fervorosa expectativa com a qual Deus salva a humanidade desta vez.

Extraído de ‘Deus é a fonte da vida do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

718. Minha obra final não tem por objetivo apenas punir os homens, mas também arranjar o destino deles. E, mais ainda, o objetivo é receber o reconhecimento de todos por tudo o que fiz. Quero que todos e cada um dos homens vejam que tudo o que fiz é correto e que tudo o que fiz é expressão do Meu caráter; não foi a ação do homem, menos ainda da natureza, que trouxe o ser humano à existência. Ao contrário, sou Eu quem nutre todo ser vivo na criação. Sem a Minha existência, a humanidade só perecerá e sofrerá o flagelo das calamidades. Nenhum ser humano tornará a ver a beleza do sol e da lua nem o mundo verde; a humanidade só há de se deparar com a noite gélida e o vale implacável da sombra da morte. Sou a única salvação da humanidade. Sou a única esperança da humanidade e, mais ainda, sou Aquele sobre quem se baseia a existência de toda a humanidade. Sem Mim, a humanidade imediatamente ficará paralisada. Sem Mim, a humanidade sofrerá uma catástrofe e será espezinhada por toda espécie de espectros, ainda que ninguém atente para Mim. Fiz uma obra que mais ninguém pode fazer e Minha única esperança é que o homem seja capaz de Me retribuir com algumas boas ações. Muito embora bem poucos possam Me retribuir, Eu ainda concluirei a Minha jornada no mundo humano e darei início à próxima etapa da Minha obra reveladora, porque toda a Minha correria de um lado a outro destes muitos anos em meio aos homens tem sido proveitosa e estou muito satisfeito. Não Me importo com o número de homens, mas com suas boas ações. Seja como for, espero que vocês preparem boas ações suficientes para seu próprio destino. Com isso, ficarei satisfeito; se não, nenhum de vocês escapará do desastre que lhes sucede. O desastre tem origem em Mim e, claro, é por Mim orquestrado. Se não conseguirem parecer bons aos Meus olhos, não escaparão de sofrer o desastre. No meio da tribulação, seus atos e feitos não foram considerados de todo apropriados, pois sua fé e seu amor eram vazios e vocês só mostraram ser tímidos ou durões. Quanto a isso, o Meu julgamento será só de bom ou mau. O Meu interesse continua a ser o modo de cada um de vocês agir e se expressar, com base em que determinarei o seu fim. Todavia, devo deixar claro: não terei mais misericórdia daqueles que não Me ofereceram sequer um pingo de lealdade em tempos de adversidade, pois Minha misericórdia vai só até esse ponto. Além disso, não tenho apreço algum por quem quer que já tenha Me traído e gosto ainda menos de Me associar com quem trai os interesses de seus amigos. Esse é Meu caráter, seja quem for a pessoa. Eu devo lhes dizer isto: não receberá Minha clemência pela segunda vez quem partir Meu coração, e quem tiver sido fiel a Mim ficará no Meu coração para sempre.

Extraído de ‘Prepare boas ações suficientes para o seu destino’ em “A Palavra manifesta em carne”

719. Por causa do seu destino, vocês devem buscar ser aprovados por Deus. Ou seja, já que reconhecem que pertencem à casa de Deus, vocês deveriam então trazer paz de espírito a Deus e satisfazer-Lhe em todas as coisas. Em outras palavras, você deve ter princípios em suas ações e se conformar à verdade nelas. Se isso está além de sua habilidade, então você será detestado e rejeitado por Deus e desprezado por todo homem. Uma vez que tenha se enquadrado nesse predicamento, você não poderá então pertencer à casa de Deus. Isso é o que significa não ser aprovado por Deus.

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

720. Minhas exigências podem ser simples, mas aquilo que Eu estou dizendo não é tão simples quanto um mais um é igual a dois. Se tudo o que você faz é falar sobre isso aleatoriamente, fazer discursos vazios, dizer frases que impressionam, então, seus projetos e desejos serão, para sempre, uma página em branco. Eu não terei senso de piedade para com aqueles de vocês que sofrem há muitos anos e trabalham arduamente sem ter nada para mostrar. Pelo contrário, Eu trato os que não cumpriram as Minhas exigências com punição, não com recompensas, menos ainda com qualquer compaixão. Talvez vocês imaginem que, por ser um seguidor por muitos anos vocês se dedicaram a trabalhar arduamente, não importando o que, então, de qualquer forma, vocês podem receber um prato de comida na casa de Deus por ser um servidor. Eu diria que a maioria de vocês pensa assim porque até agora têm buscado o princípio de como tirar proveito de algo e não de que tirem proveito de vocês. Então, estou lhes falando agora com toda a seriedade: Eu não Me importo com quão merecedor seu árduo trabalho seja, quão impressionantes sejam as suas qualificações, quão de perto você Me siga, quão renomado você seja ou o quanto melhorou a sua atitude; enquanto você não tiver feito o que Eu exigi, você nunca será capaz de ganhar o Meu louvor. Cancelem todos aqueles seus cálculos e ideias o mais rápido possível e comecem a levar as Minhas exigências a sério. Caso contrário, transformarei todas as pessoas em cinzas a fim de pôr fim à Minha obra e, na melhor das hipóteses, transformar Meus anos de operação e sofrimento em nada, pois não posso trazer Meus inimigos e pessoas cheirando a maldade segundo o modelo de Satanás para o Meu reino, para a próxima era.

Extraído de ‘As transgressões levarão o homem para o inferno’ em “A Palavra manifesta em carne”

721. Agora é a hora em que Meu Espírito está operando grandes coisas e a hora em que estou iniciando Minha obra entre as nações gentias. Mais ainda, é a hora em que estou classificando todos os seres criados, colocando cada um em sua respectiva categoria para que Minha obra possa avançar mais rápida e eficientemente. E assim, o que Eu peço de vocês é que ainda ofereçam toda a plenitude do seu ser para toda a Minha obra e, além disso, você deve discernir claramente e ter certeza de toda a obra que Eu realizei em você e colocar toda a força de você em Minha obra para que ela possa se tornar mais eficaz. É isso que você precisa entender. Desistam de lutar entre si, procurar um caminho de volta ou buscar confortos carnais, o que atrasaria a Minha obra e estragaria seus maravilhosos futuros. Fazer isso, longe de ser capaz de lhe dar proteção, traria destruição sobre você. Isso não seria uma atitude idiota? Aquilo que você está desfrutando avidamente hoje é a mesma coisa que está arruinando seu futuro, enquanto a dor que você está sofrendo hoje é a mesma coisa que está protegendo você. Você deve estar claramente ciente dessas coisas de modo a evitar ser vítima de tentações das quais você terá dificuldade em livrar de si mesmo e a esquivar-se de se perder no denso nevoeiro e ser incapaz de encontrar o sol. Quando a névoa densa desaparecer, você se encontrará no julgamento do grande dia.

Extraído de ‘A obra de difundir o evangelho é também a obra de salvar o homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

722. Na terra, espíritos malignos de todos os tipos estão incessantemente à espreita de um lugar para descansar e em busca de cadáveres humanos que possam ser consumidos. Meu povo! Vocês devem permanecer dentro do Meu cuidado e proteção. Nunca se comportem de maneira dissoluta! Nunca se comportem de maneira imprudente! Em vez disso, ofereça sua lealdade à Minha casa, e só com lealdade você pode armar um contra-ataque à astúcia do diabo. Sob nenhuma circunstância você deve se comportar como no passado, fazendo uma coisa na Minha frente e outra pelas Minhas costas — desse modo você já está além da redenção. É certo que expressei palavras mais que suficientes como essas, não? Precisamente por causa da velha natureza incorrigível do homem é que o tenho lembrado repetidas vezes. Não se aborreçam! Tudo que digo é para garantir o seu destino! O que Satanás precisa é exatamente de um lugar podre e imundo; quanto mais desesperadamente irredimíveis e quanto mais debochados vocês forem, recusando-se a se submeter ao comedimento, mais espíritos impuros se beneficiarão de qualquer oportunidade para se infiltrar. Tendo chegado a esse ponto, sua lealdade não passará de tagarelice, sem nenhuma realidade, e sua determinação será devorada por espíritos impuros, será transformada em desobediência ou em ardis de Satanás e usada para interromper a Minha obra. Por causa disso, vou golpear vocês até a morte quando e onde Eu quiser. Ninguém sabe a gravidade dessa situação; todas as pessoas simplesmente fazem ouvidos moucos para o que ouvem e não são nem um pouco cautelosas. Não Me lembro do que foi feito no passado. Ainda espera que Eu seja leniente para com você e esqueça mais uma vez?

Extraído de ‘Capítulo 10’ das Palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

723. Não aja de uma maneira na presença dos outros e de outra maneira pelas suas costas; Eu vejo claramente tudo que você faz e, embora possa enganar os outros, você não pode enganar a Mim. Eu vejo tudo isso claramente. Não é possível que você esconda nada; tudo repousa em Minhas mãos. Não se ache tão esperto assim para fazer seus pequenos cálculos mesquinhos resultar em sua vantagem. Eu lhe digo: por mais planos que o homem possa incubar, sejam milhares ou dezenas de milhares, no fim, eles não podem escapar da palma da Minha mão. Todas as coisas e todos os objetos são controlados pelas Minhas mãos, quanto mais uma simples pessoa! Não tente se evadir de Mim nem se esconder, não tente enganar nem se ocultar. Você ainda não consegue ver que o Meu semblante glorioso, a Minha ira e o Meu julgamento foram revelados publicamente? Todos que não Me querem sinceramente, Eu os julgarei de imediato e sem misericórdia. Minha piedade chegou ao fim; não resta mais nada. Não sejam mais hipócritas e ponham um fim em seus modos desregrados e incautos.

Extraído de ‘Capítulo 44’ das Declarações de Cristo no princípio em “A Palavra manifesta em carne”

724. Muitos prefeririam ser condenados ao inferno a falar e agir com honestidade. Não é de admirar que Eu tenha outro tratamento reservado para aqueles que são desonestos. É claro, Eu entendo bem a grande dificuldade que vocês enfrentam ao tentarem ser honestos. Vocês todos são terrivelmente astutos e hábeis em examinar um cavalheiro com seu próprio critério mesquinho; sendo assim, Minha obra se torna muito mais simples. E já que cada um de vocês guarda segredos em seu peito, pois bem, Eu os enviarei, um por um, ao desastre para serem “disciplinados” pelo fogo, de modo que depois disso vocês possam se tornar totalmente comprometidos em crer nas Minhas palavras. Por fim, Eu arrancarei de sua boca as palavras “Deus é um Deus de fidelidade”, ao que vocês baterão no peito e lamentarão: “Tortuoso é o coração do homem”. Qual será o seu estado de espírito nessa conjuntura? Imagino que vocês não serão tão tomados de presunção como são agora. E menos ainda serão “profundos demais para serem sondados” como são agora. Alguns se comportam de modo impecável e parecem ser especialmente “polidos” na presença de Deus, mas ficam desafiadores e perdem todo comedimento na presença do Espírito. Vocês considerariam tais pessoas como pertencentes às fileiras dos honestos? Se você for hipócrita e adepto da socialização, então digo que você é definitivamente uma pessoa que brinca com Deus. Se suas palavras forem infestadas de desculpas e justificativas sem valor, então digo que você é extremamente reticente para colocar a verdade em prática. Se você tiver muitas confidências as quais relute em compartilhar e se estiver muito indisposto a desnudar seus segredos — ou seja, suas dificuldades — diante dos outros de forma a buscar o caminho da luz, então digo que você é alguém que não receberá a salvação facilmente e que não emergirá facilmente das trevas.

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

725. Aqueles que pensam somente em sua carne e desfrutam de conforto; aqueles que parecem acreditar, mas que não creem de verdade; aqueles que se engajam em curandeirismo e feitiçaria; aqueles que são promíscuos, esfarrapados e maltrapilhos; aqueles que roubam sacrifícios a Jeová e Suas posses; os que amam subornos; os que sonham ociosamente em subir ao céu; aqueles que são arrogantes e convencidos, que lutam apenas pela fama e fortuna pessoais; aqueles que espalham palavras impertinentes; aqueles que blasfemam contra o Próprio Deus; aqueles que não fazem nada além de tecer julgamentos contra o Próprio Deus e difamá-Lo; aqueles que formam grupos e buscam a independência; aqueles que se exaltam acima de Deus; aqueles homens e mulheres jovens, de meia-idade e mais velhos, frívolos, que estão enredados em licenciosidade; aqueles homens e mulheres que desfrutam de fama e fortuna pessoais e buscam status pessoal entre os outros; aquelas pessoas não arrependidas que estão presas no pecado — não estão eles, todos eles, fora da salvação? A licenciosidade, a pecaminosidade, o curandeirismo, a feitiçaria, a profanidade, as palavras impertinentes, tudo isso corre livre entre vocês; a verdade e as palavras de vida são pisoteadas no meio de vocês, e a linguagem santa é profanada entre vocês. Vocês, gentios, inchados de imundície e desobediência! Qual será o desfecho final de vocês? Como podem os que amam a carne, os que cometem feitiçaria da carne e os que estão enredados em pecado licencioso ter a audácia de continuar vivendo? Você não sabe que pessoas tais como vocês são vermes que estão fora da salvação? O que qualifica você para exigir isso e aquilo? Até hoje, não houve a menor mudança naqueles que não amam a verdade e só amam a carne — como tais pessoas podem ser salvas? Aqueles que não amam o caminho da vida, que não exaltam a Deus nem dão testemunho Dele, que tramam em prol do próprio status, que se louvam — não são ainda os mesmos, até hoje? Qual é o valor em salvá-los?

Extraído de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

726. Aqueles dentre os irmãos e irmãs que estão sempre dando vazão à sua negatividade são lacaios de Satanás e perturbam a igreja. Essas pessoas devem um dia ser expulsas e eliminadas. Se, em sua fé em Deus, as pessoas não mantiverem dentro de si um coração temente a Deus, se elas não tiverem um coração que é obediente a Deus, não somente não serão capazes de fazer qualquer obra para Deus, mas, ao contrário, se tornarão pessoas que perturbam a obra de Deus e que desafiam Deus. Quando alguém que crê em Deus não obedece a Deus ou não O reverencia, mas, em vez disso, O desafia, essa é a maior desgraça para um crente. Se a fala e a conduta de um crente são sempre tão casuais e irrestritas como as de um descrente, esse crente é ainda mais maligno que um descrente; ele é um demônio típico. Aqueles na igreja que dão vazão à sua conversa venenosa, aqueles entre os irmãos e irmãs que espalham rumores, fomentam a desarmonia e formam grupos deveriam ter sido expulsos da igreja. Mas, porque agora é uma Era diferente da obra de Deus, essas pessoas têm sido contidas, pois estão fadadas a ser objetos para eliminação. Todos que foram corrompidos por Satanás têm caracteres corrompidos. Alguns não têm nada além de caracteres corrompidos, enquanto outros são diferentes: eles não só têm caracteres satânicos corrompidos, mas sua natureza é também extremamente maliciosa. Não somente suas palavras e ações revelam seus caracteres satânicos corrompidos; essas pessoas são, além disso, o genuíno diabo Satanás. Tudo o que fazem é interromper e perturbar a obra de Deus, perturbar a entrada na vida de irmãos e irmãs e destruir a vida normal da igreja. Esses lobos em pele de cordeiro devem, cedo ou tarde, ser removidos, e deve-se adotar uma atitude severa para com esses lacaios de Satanás; deve-se adotar uma atitude de abandono para com eles. Só agindo assim, pode-se permanecer ao lado de Deus, e aqueles que não conseguem fazê-lo estão em conluio com Satanás. Deus está sempre no coração daqueles que genuinamente creem Nele e que sempre levam dentro de si um coração reverente a Deus, um coração que ama a Deus. Aqueles que creem em Deus deveriam fazer as coisas com um coração prudente e cauteloso, e tudo o que fazem deveria ser de acordo com os requisitos de Deus e ser capaz de satisfazer o coração de Deus. Eles não deveriam ser teimosos, fazendo o que bem lhes agrada; isso não condiz à santa decência. As pessoas não podem ostentar o estandarte de Deus e correr de maneira descontrolada com ele por todo lugar, arrogantes e falsas em todo lugar; agir assim é a mais rebelde conduta. Famílias têm regras e nações têm leis; não é mais assim ainda na casa de Deus? Os padrões não são ainda mais rigorosos? Não há mais ainda decretos administrativos? As pessoas são livres para fazerem o que quiserem, mas os decretos administrativos de Deus não podem ser alterados à vontade. Deus é um Deus que não permite que as pessoas O ofendam, e Deus é um Deus que mata as pessoas — as pessoas realmente ainda não sabem disso?

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

727. Aqueles que praticam a verdade dentro da igreja são abandonados e são incapazes de alcançar seu potencial, enquanto aqueles que perturbam a igreja e espalham morte correm livres dentro dela. O pior é que a maioria das pessoas os seguem. Esse tipo de igreja está simplesmente sob o controle de Satanás, e o diabo é o seu rei. Se as pessoas da igreja não se levantarem e expulsarem aqueles demônios principais, elas também virão à ruína mais cedo ou mais tarde. De agora em diante, medidas devem ser tomadas contra esse tipo de igreja. Se aqueles que são capazes de praticar um pouco da verdade não buscarem, essa igreja será eliminada. Se uma igreja não conter ninguém que esteja disposto a praticar a verdade e ninguém que possa dar testemunho de Deus, então essa igreja deveria ser completamente isolada e suas conexões com outras igrejas precisam ser rompidas. Isso é chamado de “enterrar a morte”; é isso que significa expulsar Satanás. Se uma igreja conter vários valentões e eles forem seguidos por “pequenas moscas” que carecem inteiramente de discernimento e se os congregados, mesmo depois de terem visto a verdade, ainda forem incapazes de rejeitar as amarras e manipulação desses valentões, então todos aqueles tolos serão eliminados no fim. Embora essas pequenas moscas possam não ter feito nada terrível, elas são ainda mais astutas, ainda mais escorregadias e evasivas, e todos os que forem dessa forma serão eliminados. Não restará nenhum! Aqueles que pertencem a Satanás serão devolvidos a Satanás, enquanto aqueles que pertencem a Deus certamente irão em busca da verdade; isso é determinado por suas naturezas. Que todos aqueles que seguem Satanás pereçam! Nenhuma misericórdia será demonstrada a essas pessoas. Que todos os que buscam a verdade alcancem provisão e se lhes permita ter prazer na palavra de Deus para o contentamento de seu coração. Deus é justo; Ele não trata as pessoas injustamente. Se você é um diabo, você será incapaz de praticar a verdade. Se você é alguém que busca a verdade, é certo que não será levado cativo por Satanás — isso está além de qualquer dúvida.

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

728. Seria melhor para aqueles que dizem que seguem a Deus que abrissem seus olhos e dessem uma boa olhada para ver exatamente em quem eles creem: é realmente em Deus que você crê ou é em Satanás? Se você sabe que aquilo em que você crê não é Deus, mas seus próprios ídolos, é melhor você não dizer que é crente. Se você realmente não sabe em quem crê, então, novamente, é melhor você não dizer que é crente. Dizer isso seria blasfêmia! Ninguém o está obrigando a crer em Deus. Não digam que vocês creem em Mim, pois Eu ouvi o bastante dessas palavras há muito tempo e não quero ouvi-las de novo, porque aquilo em que vocês creem é nos ídolos em seu coração e nas “cobras vis locais” entre vocês. Aqueles que abanam a cabeça quando ouvem a verdade, que sorriem abertamente quando ouvem falar de morte são a descendência de Satanás, e todos eles são objetos a serem eliminados. Muitos na igreja não têm discernimento. Quando algo enganoso ocorre, eles inesperadamente ficam do lado de Satanás; eles até se ofendem ao serem chamados de lacaios de Satanás. Embora as pessoas possam dizer que eles não têm discernimento algum, eles sempre ficam do lado sem verdade, eles nunca ficam do lado da verdade no momento crítico, eles nunca se levantam argumentam em prol da verdade. Eles são realmente desprovidos de discernimento? Por que eles sempre ficam do lado de Satanás? Por que nunca dizem uma palavra que seja justa ou razoável pela verdade? Essa situação é realmente criada por sua confusão momentânea? Quanto menos discernimento uma pessoa tem, menos ela é capaz de ficar do lado da verdade. O que isso demonstra? Não demonstra que aqueles sem discernimento amam o mal? Não demonstra que aqueles sem discernimento são a descendência leal de Satanás? Por que eles são sempre capazes de ficar do lado de Satanás e falar a mesma linguagem que ele? Cada palavra e ato seus e sua expressão provam amplamente que eles não são nenhum tipo de amantes da verdade, mas, ao contrário, que são pessoas que detestam a verdade. O fato de que podem ficar do lado de Satanás prova amplamente que Satanás realmente ama esses diabos mesquinhos que lutam em seu favor por toda a sua vida. Não são todos esses fatos perfeitamente claros? Se você realmente é alguém que ama a verdade, por que, então, não consegue ter a mínima consideração por aqueles que praticam a verdade, e por que você segue imediatamente aqueles que não praticam a verdade assim que mostram a menor mudança de semblante? Que tipo de problema é esse? Eu não Me importo se você têm discernimento ou não, Eu não Me importo com quão alto seja o preço que você tenha pago, Eu não Me importo quão grandes sejam suas forças e Eu não Me importo se você é uma cobra vil local ou um líder que carrega uma bandeira. Se suas forças são grandes, isso só se deve à ajuda da força de Satanás; se o seu prestígio é alto, isso é meramente porque há gente demais ao seu redor que não pratica a verdade; se você não foi expulso, isso é porque agora não é o tempo de expulsar, é antes o tempo para a obra de eliminação. Não há pressa nenhuma em expulsar você agora. Eu só preciso esperar que venha aquele dia após você ter sido eliminado para punir você. Qualquer que não pratica a verdade será eliminado!

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

729. Aqueles que genuinamente creem em Deus são os que estão dispostos a colocar a palavra de Deus em prática, e eles são aqueles que estão dispostos a praticar a verdade. Aqueles que verdadeiramente podem dar testemunho de Deus são também os que estão dispostos a colocar Sua palavra em prática, e eles são aqueles que verdadeiramente permanecem no lado da verdade. Aqueles que empregam truques e que praticam injustiça são todas pessoas que não têm a verdade, e todos eles envergonham a Deus. Aqueles na igreja que se envolvem em disputas são lacaios de Satanás e são a personificação de Satanás. Esse tipo de pessoa é malicioso demais. Aqueles que não têm discernimento e são incapazes de ficar do lado da verdade, todos eles guardam más intensões e mancham a verdade. Essas pessoas são ainda mais representantes típicos de Satanás; elas não podem ser redimidas, e é desnecessário dizer que elas são todas objetos a serem eliminados. Aqueles que não praticam a verdade não deveriam ter permissão para permanecer na família de Deus, nem aqueles que deliberadamente demolem a igreja. Mas agora não é o tempo de fazer obra de expulsão. Eles serão meramente expostos e eliminados no final. Mais nenhuma obra inútil deve ser feita nessas pessoas; aqueles que pertencem a Satanás são incapazes de permanecer no lado da verdade, enquanto aqueles que buscam a verdade podem permanecer no lado da verdade. Aqueles que não praticam a verdade não são dignos de ouvir o caminho da verdade e não são dignos de dar testemunho da verdade. Basicamente, a verdade não é para seus ouvidos, mas, ao contrário, é falada para os ouvidos daqueles que a praticam. Antes que o fim de cada pessoa seja revelado, aqueles que perturbam a igreja e interrompem a obra serão, primeiramente, postos de um lado. Uma vez que a obra estiver completa, essas pessoas serão expostas uma após a outra antes de serem eliminadas. Durante o tempo de prover a verdade, nenhuma atenção é dada a eles por enquanto. Quando toda a verdade for revelada ao homem, aquelas pessoas deverão ser eliminadas, pois aquele também será o momento quando todas as pessoas serão classificadas segundo a sua espécie. Por causa de sua esperteza mesquinha, aqueles sem discernimento chegarão à ruína nas mãos de pessoas malignas, e eles serão afastados do caminho por pessoas malignas e não serão capazes de voltar. Essas pessoas deveriam ser tratadas assim, pois elas não amam a verdade, porque elas são incapazes de ficar do lado da verdade, porque elas seguem pessoas malignas, elas ficam do lado das pessoas malignas, e porque elas estão em conluio com as pessoas malignas e desafiam Deus. Elas sabem perfeitamente bem que aquelas pessoas malignas irradiam maldade, mas endurecem seu coração e as seguem, indo contra a verdade. Não estão praticando o mal todas essas pessoas que não praticam a verdade, mas fazem coisas destrutivas e abomináveis? Embora haja entre elas aqueles que se denominam reis e aqueles que os seguem, não a mesma a sua natureza que desafia a Deus? Que desculpa podem eles ter para dizer que Deus não os salva? Que desculpa podem eles ter para dizer que Deus não é justo? Não é sua própria maldade que os destruirá? Não é sua própria rebeldia que os arrastará para o inferno? No fim, aqueles que praticam a verdade serão salvos e aperfeiçoados pela verdade. No fim, aqueles que não praticam a verdade convidarão a ruína através da verdade. Esses são os fins que esperam aqueles que praticam a verdade e aqueles que não a praticam. Eu aconselho aqueles que não estão planejando praticar a verdade a deixar a igreja o mais cedo possível para evitar que cometam ainda mais pecados. Quando chegar a hora, será tarde demais até para o arrependimento, e especialmente aqueles que formam cliques e criam divisões e aquelas cobras vis locais dentro da igreja devem sair ainda antes. Essas pessoas que são da natureza de um lobo mau são incapazes de mudar; é melhor que saiam da igreja na primeira oportunidade e não voltem a perturbar a vida correta dos irmãos e irmãs e assim evitem a punição de Deus. Aqueles dentre vocês que acompanharam elas fariam bem em aproveitar essa oportunidade para refletir sobre si mesmos. Você seguirá os maus para fora da igreja ou permanecerá e seguirá submissamente? Você deve contemplar essa questão com cuidado. Eu lhes dou mais uma oportunidade de escolher. Eu estou esperando sua resposta.

Extraído de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

730. Tais homens não entendem a nova obra, mas estão cheios de noções intermináveis. Eles não servem função alguma na igreja. Em vez disso, fazem maldades e espalham negatividade em todos os lugares, ao ponto de se engajar em todo tipo de má conduta e perturbação na igreja e, assim, lançam em confusão e desordem os que têm falta de discernimento. Esses diabos vivos, esses espíritos malignos deveriam deixar a igreja o mais rápido possível, para que a igreja não seja destruída por sua causa. Você pode não temer a obra atual, mas você não teme a punição justa de amanhã? Há um grande número de pessoas na igreja que são parasitas, bem como um grande número de lobos que procuram interromper a obra normal de Deus. Todas essas coisas são demônios enviados pelo demônio rei, lobos cruéis que procuram devorar os cordeiros incautos. Se esses chamados homens não forem expulsos, tornam-se parasitas na igreja e traças que devoram as ofertas. Esses vermes desprezíveis, ignorantes, vis e repulsivos serão punidos um dia!

Extraído de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

731. Agora, se a busca de vocês foi efetiva ou não é medido pelo que vocês possuem no momento. É isso que é usado para determinar o desfecho de vocês; isso é o mesmo que dizer que o desfecho de vocês é revelado nos sacrifícios que fizeram e nas coisas que fizeram. Seu desfecho será dado a conhecer por sua busca, sua fé e o que vocês fizeram. Entre todos vocês, há muitos que estão fora da salvação, pois hoje é o dia de revelar o desfecho das pessoas e Eu não estarei confuso quanto à Minha obra; Eu não guiarei os que estão completamente sem salvação para a próxima era. Haverá um tempo em que Minha obra terá terminado. Eu não operarei naqueles cadáveres fedorentos e sem espírito que não podem ser salvos de maneira alguma; estes são os últimos dias da salvação do homem, e Eu não farei obra inútil. Não xinguem os Céus e a terra — o fim do mundo está chegando. É inevitável. As coisas chegaram até este ponto, e não há nada que você como ser humano possa fazer para impedi-las; você não pode mudar as coisas como bem desejar. Ontem, você não pagou o preço de buscar a verdade e não foi leal; hoje, a hora chegou, você está fora da salvação; e amanhã você será eliminado e não haverá margem para sua salvação. Embora Meu coração seja gentil e Eu esteja fazendo o Meu máximo para salvá-lo, se você não se esforçar da sua parte nem pensar nem um pouco em si, o que isso tem a ver Comigo?

Extraído de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

732. Eu lhes dei muitos avisos e entreguei muitas verdades para os conquistar. Hoje, vocês se sentem mais enriquecidos que no passado, compreendem muitos princípios a respeito de como uma pessoa deve ser e possuem muito do senso comum que as pessoas fiéis devem ter. Isso é o que vocês ganharam durante muitos anos. Eu não nego suas conquistas, mas devo dizer francamente que também não nego suas numerosas desobediências e rebeliões contra Mim durante esses muitos anos, porque, entre vocês, não há um santo sequer. Vocês são, sem exceção alguma, pessoas corrompidas por Satanás e inimigas de Cristo. Suas transgressões e desobediências até o presente momento são incontáveis, por isso não é de se estranhar que Eu esteja sempre Me repetindo diante de vocês. Eu não desejo coexistir com vocês dessa maneira — mas, em prol do futuro de vocês, em prol do seu destino, Eu irei, aqui e agora, repetir mais uma vez o que Eu já disse. Espero que vocês Me permitam isso e espero, mais ainda, que sejam capazes de acreditar em cada palavra que Eu disser; mais que isso, que vocês possam deduzir as profundas implicações de Minhas palavras. Não tenham dúvidas quanto ao que Eu digo ou, pior, não peguem as Minhas palavras e as descartem — o que é, para Mim, intolerável. Não julguem as Minhas palavras, menos ainda, não as tomem levianamente, nem digam que Eu estou sempre tentando vocês, ou pior, que o que lhes falei não tem exatidão. Acho essas coisas intoleráveis também. Porque vocês tratam a Mim e àquilo que Eu digo com tanta desconfiança, nunca aceitando Minhas palavras e Me ignorando, Eu digo a cada um de vocês com toda a seriedade: não vinculem o que Eu digo à filosofia; não vinculem Minhas palavras às mentiras de charlatães. Menos ainda vocês devem responder às Minhas palavras com desprezo. Talvez ninguém no futuro consiga dizer o que Eu estou lhes dizendo ou falar a vocês de maneira tão benevolente, menos ainda guiá-los por esses pontos com tamanha paciência. Os dias que estão por vir serão gastos em recordar os tempos bons, ou em soluçar bem alto, ou em gemer de dor, ou vocês estarão vivendo em noites escuras, sem que um pingo de verdade ou de vida sejam supridos, ou apenas esperando desesperadamente, ou em um remorso tão amargo que vocês perderão a razão… Essas possibilidades alternativas são virtualmente inescapáveis para qualquer um entre vocês. Pois nenhum de vocês ocupa um lugar em que realmente se adora a Deus; vocês mergulham no mundo de licenciosidade e maldade, misturam tantas coisa em suas crenças, no espírito, na alma e no corpo de vocês que nada têm a ver com a vida e a verdade e, na realidade, resistem a elas. Então, o que Eu espero para vocês é que possam ser conduzidos à estrada de luz. Minha única esperança é que vocês possam se tornar capazes de se importar consigo mesmos, de cuidar de si mesmos, e que não coloquem tanta ênfase sobre seu destino enquanto veem seu comportamento e suas transgressões com indiferença.

Extraído de ‘As transgressões levarão o homem para o inferno’ em “A Palavra manifesta em carne”

733. Quanto mais forem as suas transgressões, menores serão suas chances de ganhar um bom destino. Em contrapartida, quanto menos forem as suas transgressões, maiores as chances de você ser louvado por Deus. Se suas transgressões aumentarem a ponto de se tornar impossível para Mim perdoá-lo, então, você terá desperdiçado completamente suas chances de ser perdoado. Nesse caso, seu destino não será em cima, mas embaixo. Se você não acredita em Mim, então, ouse e faça o que é errado, daí veja o que acontece. Se você é uma pessoa sincera, que pratica a verdade, então, certamente, terá oportunidade para que suas transgressões sejam perdoadas, e o número de suas desobediências será cada vez menor. Se você for uma pessoa que não está disposta a praticar a verdade, então suas transgressões diante de Deus certamente aumentarão em número e você desobedecerá cada vez mais frequentemente, até alcançar o limite, que será o momento da sua destruição total. Isso será quando o seu agradável sonho de receber bênçãos estará arruinado. Não considere suas transgressões como erros de uma pessoa imatura ou tola, não use a desculpa de que você não praticou a verdade porque seu baixo calibre tornou impossível que você a praticasse e, mais ainda, não considere simplesmente as transgressões que você cometeu como os atos de alguém que não sabia como agir melhor. Se você é bom em perdoar a si mesmo e em tratar a si próprio com generosidade, então, Eu digo que você é um covarde que nunca ganhará a verdade e suas transgressões nunca deixarão de o assombrar, mas impedirão que você cumpra as exigências da verdade e farão de você, para sempre, um leal companheiro de Satanás. Meu conselho para você ainda é: não preste atenção apenas no seu destino e não ignore suas transgressões ocultas; leve suas transgressões a sério e não negligencie todas as suas transgressões por preocupação com o seu destino.

Extraído de ‘As transgressões levarão o homem para o inferno’ em “A Palavra manifesta em carne”

734. Embora parte da essência de Deus seja amor, e Ele estenda misericórdia para com todos, as pessoas negligenciam e se esquecem do ponto de que Sua essência também é dignidade. O fato de Ele ter amor não significa que as pessoas possam ofendê-Lo livremente e que Ele não tem quaisquer sentimentos, nem quaisquer reações. O fato de Ele ter misericórdia não significa que Ele não tenha quaisquer princípios no modo como Ele trata as pessoas. Deus está vivendo; Ele realmente existe. Ele não é uma marionete imaginária ou alguma coisa assim. Posto que Ele existe, nós devemos ouvir cuidadosamente a voz de Seu coração todas as vezes, prestar atenção a Sua atitude e entender os Seus sentimentos. Nós não devemos usar a imaginação das pessoas para definir a Deus e nós não devemos impor os pensamentos e desejos das pessoas a Deus, fazendo Deus empregar o estilo e o pensamento do homem no modo como Ele trata a humanidade. Se você fizer isso, então, você estará enfurecendo a Deus, você estará tentando a ira de Deus e você estará desafiando a dignidade de Deus! Portanto, depois de compreender a severidade dessa questão, Eu insto cada um e todos vocês a serem cuidadosos e prudentes em suas ações. Sejam cuidadosos e prudentes em seu falar. E, com relação a como vocês tratam a Deus, quanto mais cuidadoso e prudente vocês forem, melhor! Quando você não entender qual é a atitude de Deus, não fale de modo descuidado, não seja descuidado em suas ações e não empregue rótulos de maneira descuidada. Mais ainda, não chegue a conclusões de forma arbitrária. Em vez disso, você deve esperar e buscar; isso também é uma manifestação do temer a Deus e evitar o mal. Se você puder alcançar esse ponto acima de tudo e possuir essa atitude acima de tudo, então, Deus não o culpará por sua estupidez, sua ignorância e falta de entendimento das razões por trás dessas coisas. Em vez disso, devido ao seu medo de ofender a Deus, seu respeito pelas intenções de Deus e sua atitude de disposição para obedecê-Lo, Deus Se lembrará de você, o guiará e o esclarecerá, ou tolerará a sua imaturidade e ignorância. Contrariamente, se a sua atitude para com Ele for irreverente — julgando a Deus de modo arbitrário, adivinhando e definindo, de modo arbitrário, as ideias de Deus — Deus lhe dará uma condenação, disciplina e até uma punição; ou Ele lhe dará uma declaração. Talvez, essa declaração envolva o seu desfecho. Portanto, Eu ainda quero enfatizar isso mais uma vez: vocês deveriam ser cuidadosos e prudentes para com todas as coisas que vêm de Deus. Não fale de maneira descuidada e não seja descuidado em suas ações. Antes de você dizer alguma coisa, você deve pensar: fazer isso enfureceria a Deus? Fazer isso é temer a Deus? Mesmo para assuntos simples, você ainda deve realmente tentar decifrar essas perguntas, deve considerá-las de fato. Se você puder praticar verdadeiramente de acordo com esses princípios em todos os aspectos, em todas as coisas e em todo o tempo e adotar tal atitude especialmente quando você não entender alguma coisa, então, Deus sempre o guiará e sempre lhe dará uma senda a seguir. Não importa o que as pessoas estão demonstrando, Deus vê tudo com clareza, com nitidez, e Ele lhe proverá uma avaliação precisa e adequada dessas demonstrações. Após você ter experimentado a provação final, Deus pegará todo o seu comportamento e o somará para estabelecer o seu desfecho. Esse resultado convencerá a todos sem sombra de dúvida. O que Eu gostaria de dizer a vocês é que cada feito seu, cada ação sua e cada pensamento seu decidirá o seu destino.

Extraído de ‘Como conhecer o caráter de Deus e os resultados que Sua obra alcançará’ em “A Palavra manifesta em carne”

735. A respeito de como as pessoas buscam e de como as pessoas abordam a Deus, a atitude das pessoas é de importância primordial. Não negligencie Deus como se Ele fosse um punhado de ar vazio flutuando por aí na parte de atrás da sua cabeça; sempre pense no Deus em quem você crê como um Deus vivo, um Deus real. Ele não está lá no terceiro céu sem nada para fazer. Pelo contrário, Ele está constantemente olhando para o coração de todas as pessoas, olhando para o que você está propenso a fazer, para cada pequena palavra e cada pequeno feito, olhando como você se comporta e qual é a sua atitude para com Deus. Esteja você disposto ou não a se entregar para Deus, todo o seu comportamento e o seus pensamentos mais íntimos e ideias estão perante Deus, sendo analisados por Ele. É de acordo com o seu comportamento, de acordo com os seus feitos e de acordo com a sua atitude para com Deus que a opinião Dele sobre você e a atitude Dele para com você estão constantemente mudando. Eu gostaria de oferecer alguns conselhos para algumas pessoas: não se coloquem como crianças nas mãos de Deus, como se Ele devesse ficar doido de amor por você, como se Ele nunca pudesse deixá-lo e como se a atitude Dele para com você fosse fixa e não pudesse jamais mudar, e Eu aconselho você a parar de sonhar! Deus é justo em Seu tratamento de cada e de toda pessoa. Ele aborda a obra da conquista e da salvação da humanidade com sinceridade. Esse é o Seu gerenciamento. Ele trata cada pessoa com seriedade, não como um animal de estimação para brincar. O amor de Deus pelo homem não do tipo de mimar ou acostumar mal; a Sua misericórdia e tolerância para com a humanidade não são indulgentes ou descuidadas. Pelo contrário, o amor de Deus pela humanidade é para cuidar, para ter pena e para respeitar a vida; Sua misericórdia e tolerância transmitem Suas expectativas em relação ao homem; Sua misericórdia e tolerância são o que a humanidade precisa para sobreviver. Deus está vivo e Deus existe de verdade; Sua atitude para com a humanidade é baseada em princípios, não uma regra dogmática de forma alguma, e ela pode mudar. Sua vontade para a humanidade está mudando de forma gradual e se transformando com o tempo, com a circunstância e com a atitude de cada e de toda pessoa. Portanto, você deveria saber em seu coração com absoluta clareza que a essência de Deus é imutável e que o Seu caráter aparecerá em diferentes momentos e em diferentes contextos. Você pode não achar que esse é um assunto sério, e você usa as suas próprias concepções pessoais para imaginar como Deus deve fazer as coisas. Contudo, há vezes quando o oposto total de seu ponto de vista é verdadeiro e que, ao usar as suas próprias concepções para tentar avaliar Deus, você já O enfureceu. Isso se dá porque Deus não opera como você acha que Ele opera e Deus não tratará essa questão como você diz que Ele o fará. E então, Eu o lembro que seja cuidadoso e prudente em sua abordagem a tudo ao seu redor e aprenda como seguir o princípio de andar no caminho de Deus em todas as coisas — temendo a Deus e evitando o mal. Você deve desenvolver um entendimento firme quanto a questões relacionadas à vontade de Deus e à atitude de Deus; encontre pessoas esclarecidas para comunicar isso a você e busque com sinceridade. Não veja o Deus de sua crença como uma marionete — julgando de forma arbitrária, chegando a conclusões arbitrárias, não tratando Deus com o respeito que Ele merece. No processo da salvação de Deus, quando Ele define o seu desfecho, não importa se Ele lhe concede misericórdia, ou tolerância, ou julgamento e castigo, Sua atitude para com você não é fixa. Ela depende da sua atitude para com Deus e do seu entendimento de Deus. Não deixe um aspecto passageiro de seu conhecimento ou entendimento de Deus defini-Lo eternamente. Não acredite em um Deus morto; acredite em um Deus vivo.

Extraído de ‘Como conhecer o caráter de Deus e os resultados que Sua obra alcançará’ em “A Palavra manifesta em carne”

736. Você acredita que pode agir como lhe agrada em relação a Cristo enquanto for leal ao Deus no Céu? Errado! Sua ignorância a respeito de Cristo é ignorância a respeito do Deus no Céu. Não importa o quanto você seja leal ao Deus no Céu, isso é meramente conversa fiada e fingimento, já que o Deus na terra é instrumental não só para que o homem receba a verdade e um conhecimento mais profundo, mas ainda mais instrumental na condenação do homem e, depois disso, na apreensão dos fatos para punição dos perversos. Você entendeu as decorrências benéficas e prejudiciais disso? Você as experimentou? Desejo que vocês logo venham a entender esta verdade: para conhecer Deus, vocês têm de conhecer não só o Deus no Céu, mas também — e isto é até mais importante — o Deus na terra. Não confundam suas prioridades nem permitam que o secundário se sobreponha ao principal. Esse é o único modo de você estabelecer uma boa relação com Deus, tornar-se mais íntimo de Deus e aproximar seu coração Dele. Se você tem sido uma pessoa de fé por muitos anos e esteve por longo tempo associada Comigo, mas continua longe de Mim, então Eu digo deve acontecer de você muitas vezes ofender o caráter de Deus e que será muito difícil calcular qual será o seu fim. Se os longos anos de associação Comigo não só não conseguiram transformar você em uma pessoa que tem humanidade e verdade, mas, ao contrário, fixaram seus maus caminhos dentro de sua natureza, e você não só tem duas vezes mais delírios de grandeza do que tinha antes, mas seus mal-entendidos a Meu respeito também se multiplicaram, de tal modo que você vem a Me considerar como seu pequeno assistente, então, Eu digo que sua aflição não é mais superficial, mas já penetrou nos seus ossos. Tudo o que lhe resta é esperar que sejam feitos os preparativos para o seu funeral. Você não precisa suplicar, então, que Eu seja seu Deus, pois você cometeu um pecado digno de morte, um pecado imperdoável. Mesmo que Eu pudesse ter misericórdia de você, o Deus no Céu insistirá em tirar sua vida, porque sua ofensa do caráter de Deus não é um problema ordinário, mas um problema de natureza muito grave. Quando chegar a hora, não Me culpe de não tê-lo informado antecipadamente. Tudo se resume a isto: quando você se associar ao Cristo — ao Deus na terra — como se Ele fosse um homem comum, isto é, quando crer que esse Deus não passa de um homem, será aí que você perecerá. Essa é a única advertência que faço a todos vocês.

Extraído de ‘Como conhecer o Deus na Terra’ em “A Palavra manifesta em carne”

737. Permita-Me dizer-lhe uma verdade: hoje, importa muito pouco se seu coração é ou não reverente; não estou ansioso nem preocupado com isso. Mas também devo dizer-lhe isto: você, essa “pessoa de talento”, que não aprende e permanece ignorante, no fim, será derrubado por sua esperteza auto-admiradora e mesquinha — será você quem sofre e é castigado. Eu não serei tão estúpido a ponto de acompanhar você enquanto você continua a sofrer no inferno, pois não sou da mesma espécie que você. Não esqueça que você é um ser criado que foi amaldiçoado por Mim e, mesmo assim, também é instruído e salvo por Mim, e não há nada em você que Eu relutaria em abandonar. A qualquer momento que Eu faça a Minha obra, nunca sou restringido por qualquer pessoa, ocorrência ou objeto. Minha atitude e Meu ponto de vista face a face à humanidade sempre permaneceram os mesmos. Eu não sou particularmente bem-disposto para com você, porque você é um apêndice à Minha gestão, e está longe de ser mais especial do que qualquer outro ser. Este é Meu conselho para você: você deve se lembrar sempre de que você não é nada mais do que uma criatura de Deus! Embora você possa compartilhar sua existência Comigo, você deveria conhecer a própria identidade; não tenha uma opinião muito elevada de si mesmo. Mesmo que Eu não o repreenda ou lide com você, mas o cumprimente com uma face sorridente, isso não é suficiente para provar que você é da mesma espécie que Eu. Você — você deveria saber que você é alguém que busca a verdade, não a verdade em si! Você deve estar pronto a todo instante para mudar de acordo com Minha palavra. Você não pode escapar disso. Eu o insto, durante este tempo precioso, quando você tem esta oportunidade rara, para tentar aprender alguma coisa. Não Me engane; Eu não preciso que você use de bajulações para tentar Me enganar. Quando você Me busca, isso não é totalmente para o Meu, mas, antes, para o seu próprio bem!

Extraído de ‘Aqueles que não aprendem e permanecem ignorantes: eles não são bestas?’ em “A Palavra manifesta em carne”

738. Todo homem, no curso de sua vida de fé em Deus, já resistiu e enganou a Deus em alguns pontos. Certos delitos não precisam ser registrados como ofensas, mas alguns são imperdoáveis; pois há muitas obras que transgridem os decretos administrativos, ou seja, ofendem o caráter de Deus. Muitos que se preocupam com seus próprios destinos podem perguntar o que são essas obras. Vocês devem saber que vocês são arrogantes e soberbos por natureza, e relutantes em se sujeitarem aos fatos. Por essa razão, Eu lhes direi mais tarde, depois que tenham refletido sobre si mesmos. Exorto-lhes a que adquiram melhor entendimento do conteúdo dos decretos administrativos e a que façam um esforço para conhecerem o caráter de Deus. Caso contrário, vocês acharão difícil manter seus lábios selados e evitar que sua língua se agite livremente demais com conversa pomposa, e vocês involuntariamente ofenderão o caráter de Deus e cairão em trevas, perdendo a presença do Espírito Santo e da luz. Como vocês são sem princípios em suas ações, fazendo e dizendo aquilo que não deve, você receberá uma retribuição cabível. Você deve saber que, embora seja sem princípios em palavra e em obra, Deus tem muitos princípios em ambas. A razão pela qual você recebe retribuição é que sua ofensa foi a Deus, e não a um homem. Se, em sua vida, você cometer muitas ofensas contra o caráter de Deus, então você certamente se tornará filho do inferno. Ao homem parece que você cometeu somente algumas obras em discordância com a verdade, nada mais. Você está ciente, porém, de que, aos olhos de Deus, você já é alguém para quem não há mais oferta pelo pecado? Porque você transgrediu os decretos administrativos de Deus mais de uma vez e além disso não deu sinais de arrependimento, portanto você não tem escolha a não ser ir para o inferno, onde Deus pune o homem.

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

739. Todo aquele que não reverencia a Deus e não tem um coração que estremece de temor irá facilmente transgredir os decretos administrativos de Deus. Muitos servem a Deus na força da paixão, mas não têm entendimento dos decretos administrativos de Deus e, menos ainda, qualquer indício das implicações de Suas palavras. Assim, com suas boas intenções, muitas vezes acabam fazendo coisas que prejudicam a gestão de Deus. Em casos graves, eles são lançados fora, privados de qualquer outra chance de segui-Lo e são lançados no inferno; toda associação com a casa de Deus cessa. Essas pessoas trabalham na casa de Deus na força de suas ignorantes boas intenções e acabam por irar o caráter de Deus. As pessoas trazem à casa de Deus as suas maneiras de servir a oficiais e senhores e tentam fazê-las funcionar, pensando vaidosamente que podem ser aplicadas sem esforço algum aqui. Nunca imaginaram que Deus não tem o caráter de um cordeiro, mas sim o de um leão. Portanto, aqueles que se associam com Deus pela primeira vez são incapazes de se comunicar com Ele, pois o coração de Deus é diferente do coração do homem. Somente após entender muitas verdades você poderá vir a conhecer continuamente a Deus. Esse conhecimento não é constituído de frases ou doutrinas, mas pode ser usado como tesouro por meio do qual você entra em íntima confidência com Deus e como prova de que Ele Se agrada de você. Se você não possui a realidade do conhecimento e não é equipado com a verdade, então seu serviço apaixonado só pode trazer sobre si o repúdio e a aversão de Deus.

Extraído de ‘Três admoestações’ em “A Palavra manifesta em carne”

740. Cada frase que tenho falado contém em si o caráter de Deus. Vocês fariam bem em ponderar Minhas palavras com cuidado e certamente lucrarão muito com elas. A substância de Deus é muito difícil de compreender, mas confio que todos vocês têm, pelo menos, alguma ideia do caráter de Deus. Espero, então, que vocês Me mostrem e façam mais daquilo que não ofende o caráter de Deus. Então serei reconfortado. Por exemplo, guarde Deus em seu coração sempre. Quando agir, faça-o de acordo com Suas palavras. Busque Suas intenções em todas as coisas e evite fazer o que desrespeita e desonra a Deus. Menos ainda você deve colocar Deus no fundo de sua mente para preencher o futuro vazio em seu coração. Se fizer isso, você terá ofendido o caráter de Deus. Novamente, supondo que você nunca faça observações ou queixas blasfemas contra Deus ao longo de sua vida e, novamente, supondo que você seja capaz de cumprir corretamente tudo que Ele lhe confiou e também de se submeter a todas as Suas palavras ao longo de sua vida, então você terá evitado transgredir os decretos administrativos. Por exemplo, se alguma vez você disse: “Por que eu não acho que Ele é Deus?”, “Acho que essas palavras nada mais são do que algum esclarecimento do Espírito Santo”, “Em minha opinião, nem tudo que Deus faz é necessariamente correto”, “A humanidade de Deus não é superior à minha”, “As palavras de Deus simplesmente não são críveis” ou outras observações críticas desse tipo, Eu exorto você a confessar e se arrepender de seus pecados mais vezes. Caso contrário, você nunca terá uma chance de ser perdoado, pois você ofende não um homem, mas o Próprio Deus. Você pode acreditar que está julgando um homem, mas o Espírito de Deus não o vê dessa forma. Seu desrespeito à Sua carne é igual a desrespeitá-Lo. Assim sendo, você não ofendeu o caráter de Deus? Você deve lembrar que tudo que é feito pelo Espírito de Deus é feito para proteger Sua obra na carne e para que essa obra seja bem-feita. Se você negligenciar isso, então Eu digo que você é alguém que jamais será capaz de ter êxito na crença em Deus. Pois você provocou a ira de Deus, e assim Ele usará uma punição apropriada para lhe ensinar uma lição.

Extraído de ‘É muito importante entender o caráter de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

741. Depois de compreender o caráter de Deus e o que Ele tem e é, vocês já tiraram alguma conclusão sobre como devem tratar a Deus? Em resposta a essa pergunta, em conclusão, Eu gostaria de lhes dar três admoestações: primeira, não ponha Deus à prova. Não importa o quanto você compreenda sobre Deus, não importa o quanto você saiba sobre o Seu caráter, não O ponha à prova, de maneira nenhuma. Segunda, não lute com Deus por status. Não importa que tipo de status Deus lhe dê, ou que tipo de tarefa Ele lhe confia, que tipo de dever que Ele levanta você para realizar, e não importa o quanto você tenha gasto e sacrificado por Deus, não queira competir com Ele por status, em absoluto. Terceira, não queira competir com Deus. Não importa se você compreende ou se você pode obedecer ao que Deus faz com você, o que Ele arranja para você e as coisas que Ele traz para você, não queira competir com Deus, de modo nenhum. Se você conseguir seguir essas três admoestações, você estará relativamente seguro e não irá provocar facilmente a ira de Deus.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus III’ em “A Palavra manifesta em carne”

742. Há muitas pessoas que não buscam a vida; mesmo que haja algumas que busquem a vida, são apenas uma mancheia em número. As pessoas estão preocupadas com o seu futuro e não prestam atenção na vida. Algumas se rebelam contra Deus e Lhe resistem, O julgam pelas Suas costas e não praticam a verdade. Essas pessoas são ignoradas por ora; no momento, nada é feito para esses filhos da rebeldia, mas no futuro você viverá nas trevas, chorando e rangendo os dentes. Você não sente a preciosidade da luz quando está vivendo nela, mas perceberá essa preciosidade uma vez que estiver vivendo na noite escura e você se lamentará então. Você se sente bem agora, mas virá o dia em que se lamentará. Quando esse dia vier, e a escuridão descer e a luz não mais existir, será tarde demais para arrependimentos. É por ainda não entender a obra de hoje que você deixa de apreciar o tempo que tem agora. Uma vez que a obra de todo o universo começar, quer dizer, quando tudo que estou dizendo hoje se tornar realidade, muitas pessoas irão segurar a cabeça e chorar lágrimas de angústia. E, ao fazer isso, elas não terão caído nas trevas com choro e ranger de dentes? Todas que verdadeiramente buscam a vida e são completadas podem ser usadas, enquanto todos os filhos da rebeldia, que são impróprios para serem utilizados, cairão nas trevas. Eles estarão privados da obra do Espírito Santo e incapacitados de dar sentido a qualquer coisa. Assim, eles serão atormentados com soluços, tendo sido mergulhados na punição. Se estiver bem equipado nesta fase da obra, e tiver crescido em sua vida, então você está apto a ser usado. Se estiver mal equipado, mesmo que seja convocado para a próxima fase da obra, você estará inapto para uso — nesse ponto, você não terá outra chance mesmo que deseje se equipar. Deus terá partido; então, aonde você poderia ir para encontrar o tipo de oportunidade que está diante de você agora? Aonde você poderia ir para receber o exercício que é pessoalmente provido por Deus? Naquela altura, Deus não estará falando nem dando a Sua voz pessoalmente; tudo que você será capaz de fazer é ler as coisas que hoje estão sendo ditas — como o entendimento virá fácil então? Como a vida no futuro poderia ser melhor que é hoje? Nesse ponto, você não sofrerá uma morte em vida enquanto chora e range os dentes? Bênçãos lhe estão sendo concedidas agora, mas você não sabe como desfrutar delas; você está vivendo em bem-aventurança, mesmo assim permanece alheio. Isso prova que você está condenado a sofrer! Hoje, algumas pessoas resistem, algumas se rebelam, algumas fazem isso e aquilo. Eu simplesmente ignoro você, mas não pense que não estou ciente do que vocês são capazes. Eu não entendo a essência de vocês? Por que continuar Me confrontando? Você não acredita em Deus a fim de buscar vida e bênçãos para o seu próprio bem? Não é por seu próprio bem que você tem fé? No presente momento, Eu estou apresentando a obra de conquista apenas falando e, uma vez que essa obra de conquista chegue ao fim, o seu fim será óbvio. Preciso falar de modo mais claro?

Extraído de ‘A verdade interna da obra de conquista (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

743. Talvez você tenha sofrido um bom tanto em seu tempo, mas ainda não entende nada; você é ignorante de tudo sobre a vida. Mesmo tendo sido castigado e julgado, você não mudou nada e, no fundo, não ganhou vida. Quando chegar a hora de testar o seu trabalho, você experimentará uma provação tão violenta quanto o fogo e uma atribulação ainda maior. Esse fogo transformará o seu ser inteiro em cinzas. Como alguém que não possui vida, alguém sem um grama de ouro puro no interior, alguém que continua preso ao velho caráter corrupto e alguém que não pode nem realizar um bom trabalho sendo um contraste, como você não poderia ser eliminado? O que adianta a obra de conquista para alguém que vale menos que um centavo, para alguém que não possui vida? Quando esse tempo vier, seus dias serão mais difíceis que os de Noé e Sodoma! Suas orações então não lhe farão bem nenhum. Como você pode voltar mais tarde e começar a se arrepender de novo, quando a obra de salvação estiver terminada? Uma vez que toda a obra de salvação estiver feita, não existirá mais. O que haverá é o começo da obra de punição dos que são maus. Você resiste, se rebela e faz coisas que sabe que são más. Não é você o alvo de severa punição? Hoje, Eu estou dizendo isso para você com todas as letras. Se escolher não ouvir, então, quando o desastre cair sobre você mais tarde, não será tarde demais se só então você começar a sentir arrependimento e começar a crer? Eu estou lhe dando uma chance de se arrepender hoje, mas você não está disposto a fazer isso. Quanto tempo você quer esperar? Até o dia do castigo? Hoje, Eu não Me lembro de suas transgressões passadas; Eu o perdoo repetidas vezes, dando as costas para o seu lado negativo para olhar apenas o seu lado positivo, porque todas as Minhas palavras e obra atuais são para salvá-lo, e Eu não tenho nenhuma intenção má para com você. Mesmo assim, você se recusa a entrar; não consegue discernir o bem do mal e não sabe como apreciar a bondade. Tais pessoas não esperam apenas a chegada da punição e retribuição justa?

Extraído de ‘A verdade interna da obra de conquista (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

744. Só espero que na última etapa da Minha obra que vocês sejam capazes de se desempenhar notavelmente, sejam completamente devotos e não sejam mais indiferentes. É claro, também desejo que todos vocês tenham um bom destino. Todavia, ainda tenho Minha exigência, de que vocês tomem a melhor decisão em Me ofertarem sua devoção exclusiva e definitiva. Se a pessoa não tiver essa devoção exclusiva, certamente virará tesouro de Satanás e Eu não mais Me utilizarei dela. Hei de mandá-la para casa para seus pais cuidarem dela. Minha obra é uma grande ajuda para vocês; o que espero conseguir de vocês é um coração que seja honesto e que aspire elevar-se, mas até agora as Minhas mãos permanecem vazias. Pensem nisto: se um dia Eu ainda estiver magoado demais, além do escopo que as palavras contam, então qual será a Minha atitude quanto a vocês? Serei tão amigável? Meu coração será tão pacífico? Vocês entendem os sentimentos de uma pessoa que cultivou com esmero e não conseguiu colher um único grão? Vocês entendem a dimensão do dano feito a alguém que recebeu um grande golpe? Conseguem sentir a amargura de uma pessoa cheia de esperança ao ter de afastar-se de alguém estando em desavença? Já viram a raiva de uma pessoa que foi provocada? Podem entender o sentimento de vingança urgente de uma pessoa que foi tratada com hostilidade e falsidade? Se vocês compreendem a mentalidade dessas pessoas, acho que não lhes será difícil imaginar a atitude que Deus terá quando chegar a hora de Sua retribuição. Finalmente, espero que todos vocês se empenhem seriamente em benefício de seu próprio destino; entretanto, é melhor vocês não utilizarem meios enganosos em seus esforços, ou Eu ainda ficarei desapontado com vocês em Meu coração. A que esse desapontamento levará? Vocês não estão enganando a si mesmos? Aqueles que levam seu destino em consideração e ainda assim o arruínam são as pessoas menos capazes de serem salvas. Mesmo se tais pessoas se tornarem exasperadas, quem se compadecerá delas? De um modo geral, Eu continuo propenso a desejar a vocês um destino adequado e bom. Desejo ainda mais que nenhum de vocês caia num desastre.

Extraído de ‘Sobre o destino’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: B. Sobre as exortações e consolações de Deus ao homem

Próximo: XVII. Palavras sobre os padrões de Deus para definir o desfecho do homem e sobre o fim para cada tipo de pessoa

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Capítulo 27

A conduta humana nunca tocou o Meu coração nem nunca Me impressionou como preciosa. Aos olhos do homem, Eu estou sempre o tratando com...

O Próprio Deus, o Único I

A autoridade de Deus (I)Minhas várias comunicações recentes foram sobre a obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus. Depois de ouvir...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro