310 O caráter de Deus é santo e perfeito

I

Quando Deus mudou de ideia

sobre o povo de Nínive,

Sua misericórdia e tolerância

não eram falsas.

Então, o que mostra a mudança

desses dois aspectos do caráter de Deus

durante essa mesma questão?

O caráter de Deus é um conjunto; não há divisão.

Se Ele expressa ira ou misericórdia e tolerância para com as pessoas,

são todas expressões de Seu caráter justo.

A ira de Deus é perfeita.

Sua piedade e tolerância são santas, perfeitas.

Nenhuma criatura as pode possuir.

Nem nada nem ninguém (e nada nem ninguém) pode refutá-las.

II

Deus mostra ira feroz com os atos malignos do homem.

No entanto Sua ira sempre é perfeita.

O coração de Deus se comove com o arrependimento do homem,

O fazendo mudar de ideia.

Sua misericórdia e tolerância

com o arrependimento do homem,

e mudança de ideia são perfeitas,

puras e reais.

A Sua tolerância é pura tolerância,

a Sua misericórdia, pura misericórdia.

A ira de Deus é perfeita.

Sua piedade e tolerância são santas, perfeitas.

Nenhuma criatura as pode possuir.

Nem nada nem ninguém (e nada nem ninguém) pode refutá-las.

III

O caráter de Deus revela misericórdia, ira ou tolerância

de acordo com o arrependimento do homem e a sua conduta.

Tudo o que Deus revela é puro e direto.

Sua essência é diferente da de toda a criação.

Os princípios expressos nas ações de Deus,

Seus pensamentos e decisões,

e também qualquer ato que Ele faça,

são livres de defeitos e imperfeições.

A ira de Deus é perfeita.

Sua piedade e tolerância são santas, perfeitas.

Nenhuma criatura as pode possuir.

Nem nada nem ninguém (e nada nem ninguém) pode refutá-las.

Deus agirá conforme decidiu (conforme decidiu)

e completará Suas tarefas (Suas tarefas).

Os resultados serão precisos e perfeitos,

porque a fonte (a fonte) não tem imperfeições e nem defeitos.

A ira de Deus é perfeita.

Sua piedade e tolerância são santas, perfeitas.

Nenhuma criatura as pode possuir.

Nem nada nem ninguém (e nada nem ninguém) pode refutá-las.


Adaptado de ‘O Próprio Deus, o Único I’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 309 Deus é abundantemente misericordioso e profundamente irado

Próximo : 311 Os arranjos de Deus para o desfecho de todas as pessoas

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

2. O que é a encarnação? Qual é a essência da encarnação?

O significado de encarnação é que Deus aparece na carne, e Ele vem para trabalhar entre os homens de Sua criação na imagem de uma carne. Assim, para Deus Se encarnar, Ele precisa primeiro ser carne, carne com humanidade normal; esse é o pré-requisito mais básico. De fato, a implicação da encarnação de Deus é que Deus vive e opera na carne, Deus, em Sua essência, Se torna carne, Se torna um homem.

Capítulo 19

À medida que a obra do Espírito Santo continua avançando, Deus mais uma vez nos conduziu a um novo método da obra do Espírito Santo. Como...

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro