67 Deus está buscando seu coração e seu espírito

I

A humanidade abandonou de Deus a provisão,

não sabe por que viver, mas tem medo de morrer.

Sem apoio e sem ajuda,

se recusa a seus olhos fechar.

Tudo ousa desafiar para uma inútil vida viver,

em um corpo sem consciência da alma.

Você vive sem esperança. Ele não tem uma meta a alcançar.

Na lenda só existe o Santo,

na lenda só existe o Santo

que virá para salvar

o que chora de tanto sofrer e espera o Santo chegar.

Nesse povo que é inconsciente, essa crença nada pode realizar, nada ainda fará.

Mesmo que essa gente esteja a esperar, a esperar.

II

O Todo-Poderoso se apieda dos que muito sofrem.

Ele segue cansado dos inconscientes,

pois Ele tem de esperar, esperar demais

a resposta da humanidade.

Ele quer buscar seu espírito e coração.

Dar-lhe água pra beber, Ele quer te alimentar.

Ele quer lhe despertar.

Jamais terá nem sede nem fome, jamais.

Se algum dia cansado estiver,

e quando você começar a sentir desolação, a desolação desse mundo,

não fique perplexo, não chore, não.

Deus Todo-Poderoso, o Vigia, vai te receber e abraçar sempre.

III

Ele está sempre a lhe vigiar, esperando você voltar.

Esperando o dia chegar em que você vai se lembrar,

ciente de que de Deus você vem, consciente de que de Deus você vem.

De algum modo você veio a se perder,

caindo assim, inconsciente no caminho.

Sem saber que você tem um “pai”.

Até que você notou que o Todo-Poderoso está ali.

A lhe vigiar, Ele estava esperando você retornar, retornar.

IV

Ele espera ansiosamente,

esperando Ele está, esperando por uma resposta, resposta que não vem.

Sua vigilância, preço não tem,

e é pelo coração e pelo espírito da humanidade.

Pode nunca acabar esse vigiar

ou então esse vigiar está chegando ao fim.

Mas você deveria saber

onde estão sua alma e o seu coração. Onde estão?


Adaptado de ‘O suspirar do Todo-Poderoso’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 66 O pesar da humanidade corrupta

Próximo : 68 Deus deseja salvar o homem o máximo possível

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Pergunta 1: Vocês atestam que o Senhor Jesus voltou como ninguém menos que Deus Todo-Poderoso, que expressou a verdade realizando o julgamento nos últimos dias.Como isso é possível? O Senhor realmente virá para nos levar para o reino dos céus. Como ele pôde nos deixar para trás para fazer o julgamento nos últimos dias? Eu acho que ao acreditarmos no Senhor Jesus e recebermos a obra do Espírito Santo, já vivenciamos o julgamento de Deus. Existe comprovação nas palavras do Senhor Jesus: “Pois se eu não for, o Ajudador não virá a vós; mas, se eu for, vo-lo enviarei. E quando ele vier, convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo” (João 16:7-8). Nós achamos que depois que o Senhor Jesus ressuscitou e ascendeu ao céu, o pentecoste do Espírito Santo desceu para agir nas pessoas. Isso já tinha feito as pessoas se culparem pelos seus pecados, pela justiça e julgamento. Quando nos confessamos e nos arrependemos diante do Senhor, vivenciamos de fato o julgamento do Senhor. a obra do Senhor Jesus fosse a obra de redenção, depois que Ele ascendeu aos céus, a obra feita pelo Espírito Santo, que desceu no pentecoste deveria ser o julgamento de Deus nos últimos dias. Se não fosse pelo julgamento, como seria “convencerá o mundo do pecado, da justiça e do juízo”? Além disso, como fiéis do Senhor, somos sempre tocados, repreendidos e disciplinados pelo Espírito Santo. Então, diante do Senhor, sempre estamos chorando e nos arrependendo. As boas condutas geradas são como fomos transformados pela nossa fé no Senhor. Não são o resultado da vivência do julgamento de Deus? O julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias de que falam, como ele se diferencia da obra do Senhor Jesus?

Resposta: Já que vocês reconheceram que o Senhor Jesus fez foi a obra de redenção, e a forma que Ele expôs é “Arrependei-vos, porque é...

38. Deus está ao meu lado

Por Guozi, Estados UnidosEu nasci em uma família cristã e quando eu tinha um ano de idade, minha mãe aceitou a nova obra do Senhor Jesus...

3. Quais são as diferenças entre as palavras de Deus transmitidas pelos profetas na Era da Lei e as palavras expressas pelo Deus encarnado?

Mesmo as profecias feitas pelos profetas não poderiam ter alcançado esse resultado. Os profetas falaram apenas profecias, falaram do que aconteceria no futuro, mas não da obra que Deus desejava fazer naquele tempo. Nem falavam para conduzir o homem em sua vida, nem para conferir verdades ao homem nem revelar mistérios ao homem, e, muito menos, para conceder vida. Das palavras ditas neste estágio, há profecia e verdade, mas principalmente elas servem para dar vida ao homem. No presente, as palavras são diferentes das profecias dos profetas. Este é um estágio da obra para a vida do homem, para mudar o caráter de vida do homem, e não em benefício de falar profecia.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro