Palavras diárias de Deus | "O amor genuíno a Deus é espontâneo" | Trecho 492

Palavras diárias de Deus | "O amor genuíno a Deus é espontâneo" | Trecho 492

0 |09 de Novembro de 2020

As pessoas não serão capazes de sentir a amabilidade de Deus se ouvirem apenas as sensações de sua consciência. Se contarem exclusivamente com sua consciência, seu amor a Deus será fraco. Se você se limitar a falar em retribuir a graça e o amor de Deus, não terá nenhuma motivação em seu amor a Ele; amá-Lo com base nas sensações da sua consciência é uma abordagem passiva. Por que digo que é uma abordagem passiva? Trata-se de uma questão prática. Que tipo de amor é o seu amor a Deus? Não se limita a fazer Deus de bobo e a agir sem se envolver com Ele? A maioria das pessoas acredita que, já que não há recompensa por amar a Deus e a pessoa será castigada do mesmo jeito que por não O amar, então, de maneira geral, simplesmente não pecar já é o bastante. Então, amar a Deus e retribuir Seu amor com base nas sensações da consciência é uma abordagem passiva e não é o amor a Deus que vem espontaneamente do coração. O amor a Deus deveria ser um sentimento genuíno do fundo do coração da pessoa. Algumas pessoas dizem: “Eu mesmo estou disposto a buscar a Deus e a segui-Lo. Agora, nem se Deus quiser me abandonar, eu ainda O seguirei. Se Ele me quiser ou não, eu ainda O amarei e, no fim, devo ganhá-Lo. Eu ofereço meu coração a Deus e, independentemente do que Ele fizer, eu O seguirei por toda a minha vida. Não importa o que aconteça, preciso amar a Deus e devo ganhá-Lo; não descansarei até que O tenha ganhado”. Você tem esse tipo de resolução?

A senda de crer em Deus é aquela e a mesma senda de amá-Lo. Se crê em Deus, você precisa amá-Lo; no entanto, amá-Lo não se refere apenas a retribuir Seu amor ou amá-Lo com base nas sensações da sua consciência — é um amor a Deus puro. Às vezes as pessoas são incapazes de sentir o amor de Deus com base apenas em sua consciência. Por que Eu sempre disse: “Que o Espírito de Deus mova nosso espírito”? Por que não falei em mover a consciência das pessoas para amar a Deus? É porque a consciência das pessoas não consegue sentir a amabilidade de Deus. Se você não for convencido por essas palavras, experimente usar a sua consciência para sentir o Seu amor. Pode ser que você tenha alguma motivação no momento, mas ela logo desaparecerá. Se apenas sentir a amabilidade de Deus com sua consciência, você estará motivado enquanto orar, mas logo após a motivação esmorecerá e desaparecerá. Por que isso? Se usar apenas a consciência, você será incapaz de despertar seu amor a Deus; quando realmente sentir a amabilidade de Deus em seu coração, seu espírito será movido por Ele e é só nesse momento que a sua consciência será capaz de desempenhar seu papel original. Isso quer dizer que, quando Deus move o espírito do homem e quando o homem tem conhecimento e é encorajado em seu coração, isto é, quando ganhou experiência, só então ele será capaz de amar a Deus efetivamente com sua consciência. Amar a Deus com a consciência não é errado — esse é o grau mais baixo de amar a Deus. Amar com base em “apenas fazer justiça, mal e mal, à graça de Deus” simplesmente não motivará o homem a entrar de forma proativa. Quando as pessoas obtêm um tanto da obra do Espírito Santo, isto é, quando veem e sentem o amor de Deus em sua experiência prática, quando têm algum conhecimento de Deus e verdadeiramente veem que Deus é tão digno do amor da humanidade e o quanto Ele é amoroso, só então elas são capazes de amar a Deus genuinamente.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

A senda de crer em Deus é a senda de amá-Lo

O caminho da crença em Deus é o caminho do amor a Ele. Se você crê em Deus, deve ter amor a Ele.

Amar a Deus não é só retribuir Seu amor, nem amá-Lo por consciência, mas ter amor puro por Deus. Consciência não traz amor a Deus. Quando sentir Sua beleza e seu espírito for tocado por Deus, sua consciência fará seu papel. O amor genuíno por Deus vem do fundo do coração. É o amor que surge do conhecimento real de Deus.

Quando o homem é tocado por Deus, em seu coração conhece-O bem, com consciência pode amá-Lo depois de ter experiência. Amar a Deus com a consciência não é errado, mas é menor, só faz jus à graça de Deus, mas não garante a entrada do homem. O amor genuíno por Deus vem do fundo do coração. É o amor que surge do conhecimento real de Deus.

Quando se ganha a obra do Espírito, quando se sente o amor de Deus, quando se conhece a Deus, pode-se amá-Lo de fato. Quando se vê que Deus merece o amor da humanidade por ser amável, as pessoas podem amar a Deus de verdade. O amor genuíno por Deus vem do fundo do coração. É o amor que surge do conhecimento real de Deus.

Quem não compreende Deus só pode amá-Lo com base em noções ou no que gostam; esse amor não vem do coração. Quando alguém entende Deus, seu coração a Ele se voltou. O amor que está em seu coração é puro e espontâneo. Somente essas pessoas têm Deus em seu coração. O amor genuíno por Deus vem do fundo do coração. É o amor que surge do conhecimento real de Deus.

de “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”

Exibir mais
Quando ocorre um desastre, como nós, cristãos, devemos enfrentá-lo? Fique à vontade para nos contatar via WhatsApp, podemos explorar e encontrar caminhos juntos.
Entre em contato conosco pelo Messenger
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Compartilhar

Cancelar