Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento (Parte dois)

Alguém que serve a Deus deveria não somente saber como sofrer por Ele; mais que isso, deveria entender que o propósito de crer em Deus é buscar um amor a Deus. Deus usa você não somente para refiná-lo ou para fazê-lo sofrer, mas, ao contrário, Ele usa você de modo que você possa conhecer as ações Dele, conhecer a verdadeira significação da vida humana e, especialmente, para que você possa saber que servir a Deus não é tarefa fácil. Experimentar a obra de Deus não é questão de desfrutar da graça, mas, antes, de sofrer por causa de seu amor por Ele. Como você desfruta da graça de Deus, deve também desfrutar de Seu castigo — você deve experimentar tudo isso. Você pode experimentar a iluminação de Deus em você e também pode experimentar como Ele lida com você e o julga. Dessa maneira, sua experiência será abrangente. Deus executou Sua obra de julgamento e de castigo em você. A palavra de Deus lidou com você, mas não somente isso; ela também o esclareceu e iluminou. Quando você está negativo e fraco, Deus Se preocupa com você. Todo esse trabalho é para que você saiba que tudo a respeito do homem está dentro das orquestrações de Deus. Você pode pensar que crer em Deus é uma questão de sofrer ou de fazer todo tipo de coisas para Ele; você pode pensar que o propósito de crer em Deus é para que a sua carne esteja em paz, ou para que tudo corra bem em sua vida, ou para que você possa estar confortável e tranquilo em todas as coisas. No entanto, nenhuma dessas coisas é um propósito que as pessoas deveriam vincular a sua crença em Deus. Se você acredita com esses propósitos, então sua perspectiva está incorreta, e é simplesmente impossível que você seja aperfeiçoado. As ações de Deus, o justo caráter de Deus, Sua sabedoria, Suas palavras, Sua maravilha e insondabilidade são todas coisas que as pessoas devem entender. Tendo esse entendimento, você deveria usá-lo para tirar de seu coração todas as exigências, esperanças e noções pessoais. Somente ao eliminar essas coisas é que você pode cumprir as condições exigidas por Deus, e é somente ao fazer isso que você pode ter vida e satisfazer Deus. O propósito de crer em Deus é satisfazê-Lo e viver o caráter que Ele requer de tal modo que Suas ações e Sua glória possam se manifestar através deste grupo de pessoas indignas. Essa é a correta perspectiva para crer em Deus e também é a meta que você deveria buscar. Você deveria ter o ponto de vista correto sobre crer em Deus e deveria buscar obter Suas palavras. Você necessita comer e beber as palavras de Deus e deve ser capaz de viver a verdade e, especialmente, deve ser capaz de ver Seus feitos práticos, ver Seus feitos maravilhosos por todo o universo, assim como a obra prática que Ele realiza na carne. Por meio de suas experiências práticas, as pessoas podem apreciar a maneira como Deus realiza Sua obra nelas e qual é Sua vontade para com elas. O propósito de tudo isso é eliminar o caráter corrupto satânico das pessoas. Tendo expulsado toda a impureza e injustiça de dentro de você, e tendo se desfeito de suas intenções erradas, e tendo desenvolvido a verdadeira fé em Deus — somente com a verdadeira fé é que você pode verdadeiramente amar a Deus. Você só pode amar genuinamente a Deus sobre as bases de sua crença Nele. Você consegue alcançar o amor a Deus sem acreditar Nele? Como você acredita em Deus, não pode estar confuso sobre isso. Algumas pessoas se tornam repletas de vigor assim que veem que a fé em Deus lhes trará bênçãos, mas perdem toda a energia tão logo veem que têm de padecer refinamentos. Isso é crer em Deus? No fim, você deve alcançar a obediência completa e total diante de Deus em sua fé. Você crê em Deus, mas ainda faz exigências a Ele, tem muitas noções religiosas que não consegue descartar, interesses pessoais de que não pode abrir mão, e ainda busca bênçãos da carne e quer que Deus resgate sua carne, salve sua alma — todos esses são comportamentos de pessoas que têm a perspectiva errada. Muito embora as pessoas com crenças religiosas tenham fé em Deus, elas não buscam mudar em seu caráter e não buscam conhecer Deus, ao contrário, somente buscam os interesses de sua carne. Muitos dentre vocês têm crenças que pertencem à categoria das convicções religiosas; essa não é a verdadeira fé em Deus. Para crer em Deus, as pessoas devem possuir um coração que está preparado para sofrer por Ele e a vontade de se render. A menos que as pessoas satisfaçam essas duas condições, sua fé em Deus não é válida, e elas não serão capazes de alcançar a mudança de seu caráter. Somente as pessoas que genuinamente buscam a verdade, buscam conhecer Deus e buscam a vida são as que verdadeiramente creem em Deus.

Quando as provações chegarem a você, como você aplicará a obra de Deus para tratar dessas provações? Você será negativo ou entenderá a provação e o refinamento do homem por Deus pelo aspecto positivo? O que você ganhará através das provações e refinamentos de Deus? Seu amor por Deus aumentará? Quando você for submetido ao refinamento, será capaz de aplicar as provações de Jó e se envolver seriamente com a obra que Deus faz em você? Você pode ver como Deus testa o homem por meio das provações de Jó? Que espécie de inspiração as provações de Jó trazem para você? Você estará disposto a ser testemunha de Deus em meio a seus refinamentos, ou quererá satisfazer a carne num ambiente confortável? Qual realmente é sua perspectiva sobre a fé em Deus? É verdadeiramente para Ele e não para a carne? Você realmente tem um alvo a alcançar em sua busca? Está disposto a se submeter aos refinamentos para que você possa ser aperfeiçoado por Deus ou prefere ser castigado e amaldiçoado por Ele? Qual é realmente a sua opinião sobre a questão de dar testemunho de Deus? O que as pessoas deveriam fazer em certos ambientes para dar testemunho verdadeiro de Deus? Já que o Deus prático revelou tanta coisa em Sua obra real em você, por que você sempre pensa em ir embora? Sua crença em Deus é para Deus? Para a maioria de vocês, sua crença é parte de um cálculo que você faz de sua parte, pela busca de benefícios pessoais próprios. Bem poucas pessoas creem em Deus para Deus; isso não é rebeldia?

O propósito da obra de refinamento é principalmente para aperfeiçoar a fé das pessoas. No fim, o que é alcançado é que você quer sair, mas, ao mesmo tempo, não consegue; algumas pessoas ainda são capazes de ter fé mesmo quando estão desprovidas do menor fiapo de esperança; e as pessoas não têm mais nenhuma esperança em relação às suas próprias perspectivas futuras. Somente então é que o refinamento por Deus terá terminado. O homem ainda não atingiu o estágio de pairar entre a vida e a morte e não provou a morte, de modo que o processo de refinamento ainda não terminou. Inclusive aqueles que estavam no estágio dos servidores não foram refinados ao máximo. Jó passou por refinamento extremo e não tinha nada com que contar. As pessoas devem passar por refinamentos ao ponto de não terem esperança e de não terem nada com que contar — somente esse é refinamento verdadeiro. Durante o tempo dos servidores, se seu coração sempre esteve calado diante de Deus, e se, não importasse o que Ele tenha feito nem qual tenha sido Sua vontade para você, você sempre obedeceu aos arranjos Dele, então, no fim do caminho, você compreenderia tudo o que Deus tinha feito. Você passa pelas provações de Jó e, ao mesmo tempo, você passa pelas provações de Pedro. Quando Jó foi testado ele deu testemunho e, no fim, Jeová foi revelado a ele. Somente depois de ter dado testemunho foi que ele se tornou digno de ver a face de Deus. Por que é dito: “Eu Me escondo da terra da imundície, mas Me mostro ao reino santo”? Isso significa que somente quando você é santo e dá testemunho é que pode ter a dignidade para ver a face de Deus. Se você não consegue dar testemunho Dele, você não tem a dignidade para ver Sua face. Se você recuar ou fizer reclamações contra Deus diante dos refinamentos, assim deixando de dar testemunho Dele e se tornando motivo de riso para Satanás, você não ganhará a aparição de Deus. Se você for como Jó que, no meio das provações, amaldiçoou a própria carne e não reclamou contra Deus, e foi capaz de detestar a própria carne sem se queixar nem pecar por meio de suas palavras, então você estará dando testemunho. Quando você passar por refinamentos até certo grau e ainda puder ser como Jó, totalmente obediente perante Deus e sem fazer outras exigências a Ele, e sem suas próprias noções, então Deus aparecerá a você. Agora Deus não aparece a você porque você tem muitas noções próprias, preconceitos pessoais, pensamentos egoístas, exigências individuais e interesses carnais e não é digno de ver Sua face. Se você visse Deus, iria medi-Lo por meio de suas próprias noções e, assim fazendo, Ele seria pregado na cruz por você. Se lhe acontecem muitas coisas que não se alinham com suas noções, mas você ainda é capaz de deixá-las de lado e ganhar conhecimento das ações de Deus a partir dessas coisas e se, em meio aos refinamentos, você revela o amor a Deus de coração, então isso é dar testemunho. Se seu lar é pacífico, você desfruta os confortos da carne, ninguém o está perseguindo, seus irmãos e irmãs na igreja obedecem a você, você consegue mostrar que ama a Deus de coração? Essa situação pode refinar você? Somente através do refinamento é que seu amor por Deus pode ser demonstrado, e é somente por meio da ocorrência de coisas que não se alinham com suas noções que você pode ser aperfeiçoado. Com o serviço de muitas coisas contrárias e negativas, e pelo emprego de todo tipo das manifestações de Satanás — suas ações, acusações, perturbações e enganos — Deus lhe mostra claramente a horrenda face de Satanás e portanto aperfeiçoa a sua habilidade de distinguir Satanás, para que você possa odiar Satanás e abandoná-lo.

Pode-se dizer que as suas muitas experiências de fracasso, de fraqueza e seus momentos de negatividade são todas provações de Deus. Isso acontece porque tudo vem de Deus, e todas as coisas e eventos estão em Suas mãos. Se você falha ou se é fraco e tropeça, tudo depende de Deus e está dentro de Seu alcance. Da perspectiva de Deus, isso é uma provação para você e, se você não conseguir reconhecer isso, ela se tornará uma tentação. Existem dois tipos de estado que as pessoas deveriam reconhecer: um procede do Espírito Santo e a provável fonte do outro é Satanás. Um é um estado no qual o Espírito Santo ilumina você e permite que você conheça a si mesmo, deteste-se e sinta remorso de si e seja capaz de ter um amor genuíno por Deus, direcionando seu coração para satisfazê-Lo. O outro é um estado no qual você conhece a si mesmo, mas você é negativo e fraco. Poder-se-ia dizer que esse estado é refinamento de Deus e também é tentação de Satanás. Se reconhecer que isso é a salvação de Deus para você e sentir que agora você está profundamente em dívida para com Ele, e se, de agora em diante, você tentar retribuir a Ele e não mais cair em tamanha depravação; se dedicar esforços a comer e beber as palavras Dele, e se sempre se considerar em falta, com um coração que anseia, então esta é uma provação de Deus. Depois que o sofrimento houver terminado e você estiver novamente indo em frente, Deus ainda o conduzirá, iluminará, esclarecerá e nutrirá. Mas se você não reconhecer isso e você for negativo, simplesmente entregando-se ao desespero, se pensar dessa maneira, então a tentação de Satanás terá vindo sobre você. Quando Jó passou por provações, Deus e Satanás estavam apostando um contra o outro e Deus permitiu que Satanás afligisse Jó. Ainda que fosse Deus provando Jó, na realidade foi Satanás que veio sobre ele. Para Satanás, era a tentação de Jó, mas Jó estava do lado de Deus. Se esse não tivesse sido o caso, então Jó teria caído em tentação. Assim que as pessoas caem em tentação, elas estão em perigo. Pode-se dizer que passar por refinamento é uma provação de Deus, mas, se você não está num bom estado, pode-se dizer que é tentação de Satanás. Se sua visão não é clara, Satanás irá acusá-lo e obscurecê-lo no aspecto da visão. Antes que possa perceber, você cairá em tentação.

Se você não experimentar a obra de Deus, então nunca será capaz de ser aperfeiçoado. Em sua experiência, você também deve entrar nos detalhes. Por exemplo, que coisas o levam a desenvolver noções e um excesso de motivos, e que tipo de práticas adequadas você tem para tratar desses problemas? Se consegue experimentar a obra de Deus, isso quer dizer que você tem estatura. Se você apenas parece ter vigor, isso não é uma verdadeira estatura e você absolutamente não conseguirá se manter firme. Somente quando forem capazes de experimentar a obra de Deus e forem capazes de experimentar e ponderar sobre ela a qualquer momento e em qualquer lugar, quando vocês forem capazes de deixar os pastores e de viver independentemente na confiança em Deus, e forem capazes de ver as reais ações de Deus — somente então, a vontade de Deus será alcançada. Neste momento, a maioria das pessoas não sabe como experimentá-la e quando encontram uma questão, elas não sabem como cuidar dela; elas são incapazes de experimentar a obra de Deus e não conseguem levar uma vida espiritual. Você deve levar as palavras e a obra de Deus para a sua vida prática.

Às vezes, Deus lhe proporciona um certo tipo de sentimento, um sentimento que faz você perder sua alegria interior e perder a presença de Deus, de modo que você é mergulhado nas trevas. Isso é um tipo de refinamento. Sempre que você faz qualquer coisa, dá errado ou você topa com uma parede. Isso é a disciplina de Deus. Às vezes, quando você faz algo que é desobediência a Deus e rebeldia para com Ele, pode ser que ninguém mais saiba disso, mas Deus sabe. Ele não deixará você se safar e irá discipliná-lo. A obra do Espírito Santo é muito detalhada. Ele observa muito cuidadosamente cada palavra e cada ato das pessoas, cada atitude e movimento, cada ideia e pensamento, para que as pessoas possam adquirir consciência dessas coisas. Você faz uma coisa uma vez e dá errado; você faz uma coisa de novo e ainda dá errado, e aos poucos, você chegará a compreender a obra do Espírito Santo. Através das muitas vezes em que é disciplinado, você saberá o que fazer para estar alinhado com a vontade de Deus, e saberá o que não está alinhado com a vontade Dele. No fim, terá reações exatas à orientação dada pelo Espírito Santo em seu íntimo. Às vezes, você será rebelde e será repreendido por Deus em seu íntimo. Tudo isso vem da disciplina de Deus. Se você não valoriza a palavra de Deus, se menospreza Sua obra, então Ele não prestará atenção em você. Quanto mais a sério você considerar as palavras de Deus, mais Ele o esclarecerá. Agora mesmo, existem certas pessoas na igreja com uma fé confusa e atrapalhada; elas fazem muitas coisas impróprias e agem sem disciplina, e com isso a obra do Espírito Santo não pode ser vista claramente nelas. Algumas pessoas deixam seus deveres para trás em prol de ganhar dinheiro, saindo para administrar um negócio sem ser disciplinadas; esse tipo de pessoa corre ainda maior perigo. Não só elas não contam atualmente com a obra do Espírito Santo como, no futuro, será difícil de serem aperfeiçoadas. Existem muitas pessoas nas quais a obra do Espírito Santo não pode ser vista e nas quais a disciplina de Deus não pode ser vista. Essas são as pessoas não têm clareza quanto à vontade de Deus e não conhecem Sua obra. Aquelas que conseguem se manter firmes em meio aos refinamentos, que seguem Deus não importa o que Ele faça e, no mínimo, são capazes de não partir, ou alcançam 0,1% do que Pedro alcançou, essas pessoas estão indo bem, mas não têm valor em termos de Deus usá-las. Muitas pessoas entendem as coisas rapidamente, sentem um verdadeiro amor por Deus e podem ultrapassar o nível de Pedro, e Deus realiza obra de aperfeiçoamento nelas. Tais pessoas recebem disciplina e iluminação, e se houver alguma coisa nelas que não está de acordo com a vontade de Deus, elas as podem descartar imediatamente. Tais pessoas são ouro, prata e pedras preciosas — seu valor é altíssimo! Se Deus realizou muitos tipos de obra, mas você ainda é como a areia ou a pedra, então você não vale nada!

A obra de Deus no país do grande dragão vermelho é maravilhosa e insondável. Ele aperfeiçoará um grupo de pessoas e eliminará alguns outros, porque há todo tipo de pessoas na igreja — há aquelas que amam a verdade, e aquelas que não; há aquelas que experimentam a obra de Deus e há aquelas que não; há as que cumprem seus deveres e aquelas que não; há as que dão testemunho de Deus e as que não dão — e uma determinada porção delas são descrentes e pessoas malignas e elas certamente serão eliminadas. Se você não conhece claramente a obra de Deus, você será uma pessoa negativa; isso acontece porque a obra de Deus só pode ser vista numa minoria de pessoas. Neste momento, ficará claro quem verdadeiramente ama a Deus e quem não ama. Os que verdadeiramente amam a Deus têm a obra do Espírito Santo, enquanto os que não O amam verdadeiramente serão revelados por meio de cada etapa de Sua obra. Esses se tornarão os objetos da eliminação. Tais pessoas serão reveladas ao longo da obra de conquista e são pessoas que não têm valor para serem aperfeiçoadas. Aquelas que tiverem sido aperfeiçoadas terão sido inteiramente ganhas por Deus e são capazes de amar a Deus como Pedro. As que foram conquistadas não sentem um amor espontâneo, somente um amor passivo, e são forçadas a amar a Deus. O amor espontâneo é desenvolvido por meio do entendimento alcançado através da experiência prática. Esse amor preenche o coração da pessoa e a torna voluntariamente devotada a Deus. As palavras de Deus se tornam seu alicerce e ela é capaz de sofrer por Deus. Claro que essas são as coisas que a pessoa que foi aperfeiçoada por Deus possui. Se você busca apenas ser conquistado, então não consegue dar testemunho de Deus; se Deus somente alcança Sua meta de salvação conquistando pessoas, então a etapa dos servidores terminaria a tarefa. No entanto, conquistar pessoas não é o objetivo final de Deus, o qual é aperfeiçoar as pessoas. Assim, em vez de dizer que esse estágio é a obra da conquista, diga que é a obra de aperfeiçoar e eliminar. Algumas pessoas não foram plenamente conquistadas e, no processo de conquistá-las, um grupo será aperfeiçoado. Essas duas partes da obra são executadas em uníssono. As pessoas não partiram nem mesmo durante um período tão longo da obra e isso demonstra que o objetivo de conquistar foi alcançado: esse é um fato de ser conquistado. Os refinamentos não são para ser conquistado, mas sim para ser aperfeiçoado. Sem os refinamentos, as pessoas não poderiam ser aperfeiçoadas. Portanto, os refinamentos são realmente valiosos! Hoje, um grupo está sendo aperfeiçoado e ganho. As dez bênçãos mencionadas anteriormente foram todas dirigidas àqueles que foram aperfeiçoados. Tudo que diz respeito a mudar sua imagem na terra é voltado para os que foram aperfeiçoados. Os que não foram aperfeiçoados não estão qualificados para receber as promessas de Deus.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp