Palavras diárias de Deus | "Deus e o homem entrarão em descanso juntos" | Trecho 93

Aqueles que forem capazes de permanecer firmes durante a obra de julgamento e castigo por Deus ao longo dos últimos dias — quer dizer, durante a obra final de purificação — serão aqueles que entrarão no estado final de descanso junto com Deus. Portanto, os que entrarão no descanso terão, todos eles, se libertado da influência de Satanás e terão sido obtidos por Deus apenas depois de terem sido submetidos à Sua obra final de purificação. Essas pessoas que terão sido finalmente obtidas por Deus entrarão no descanso final. A essência da obra divina de castigo e julgamento é a purificação da humanidade e se destina ao dia do descanso final. Caso contrário, a humanidade como um todo não será capaz de seguir seus próprios semelhantes nem de entrar no descanso. Esta obra é o único caminho da humanidade para entrar no descanso. Somente a obra de depuração feita por Deus purificará a humanidade de sua iniquidade, e somente Sua obra de castigo e julgamento trará para a luz aquelas coisas desobedientes em meio à humanidade, separando, dessa maneira, os que podem ser salvos dos que não podem ser salvos, os que permanecerão dos que não permanecerão. Quando findar Sua obra, os que permanecerem serão purificados e desfrutarão de uma segunda vida humana mais maravilhosa sobre a terra, ao adentrarem um reino mais elevado de humanidade. Em outras palavras, entrarão no dia do descanso da humanidade e viverão junto com Deus. Depois que aqueles que não podem permanecer tiverem recebido castigo e julgamento, sua forma original será plenamente revelada; em seguida, serão todos destruídos e, como Satanás, não terão mais permissão para sobreviver na terra. A humanidade do futuro não mais conterá ninguém desse tipo; essas pessoas não são aptas a entrar na terra do derradeiro descanso, nem são aptas a entrar no dia do descanso que Deus e o homem compartilharão, pois elas são o alvo da punição e são os perversos, não são os justos. Já foram redimidas uma vez, e também já foram julgadas e castigadas. Já prestaram serviço a Deus, mas, quando vier o dia final, ainda assim serão eliminadas e destruídas por causa de sua própria maldade e por causa de sua desobediência e impossibilidade de redenção. Elas não mais existirão no mundo do futuro e não mais existirão no seio da raça humana do futuro. Todos e cada um dos malfeitores e todos e cada um dos que não foram salvos serão destruídos quando os santos dentre a humanidade entrarem no descanso, independentemente de serem os espíritos dos mortos ou aqueles que ainda vivem na carne. Seja qual for a era a que pertençam esses espíritos malfeitores e essas pessoas malfeitoras ou os espíritos dos justos e das pessoas que agem corretamente, todos os malfeitores serão destruídos, e todos os justos sobreviverão. A pessoa ou o espírito receber a salvação não é algo inteiramente decidido com base na obra da era final; em vez disso, é determinado por terem ou não resistido a Deus ou sido desobedientes. Se as pessoas de eras anteriores fizeram o mal e não puderam ser salvas, elas sem dúvida serão alvos da punição. Se pessoas desta era fazem o mal e não podem ser salvas, elas também seguramente são alvos da punição. As pessoas são separadas com base no bem e no mal, não com base na era. Depois de separadas com base no bem e no mal, as pessoas não são punidas ou recompensadas de imediato; ao contrário, Deus apenas prossegue Sua obra de punir o mal e recompensar o bem após ter executado Sua obra de conquista nos últimos dias. Na realidade, Ele tem usado o bem e o mal para separar a humanidade desde que começou a executar Sua obra em meio à humanidade. Ele apenas irá recompensar o justo e punir o iníquo quando completar Sua obra, em vez de separar os maus dos bons quando completar Sua obra no final e então, imediatamente, dedicar-Se à obra de punir o mal e recompensar o bem. Sua obra final de punir o mal e recompensar o bem é inteiramente realizada a fim de purificar completamente toda a humanidade, de tal modo que Ele possa levar uma humanidade inteiramente santa ao estado de descanso eterno. Esta etapa de Sua obra é a mais crucial de todas. É o último estágio de toda a Sua obra de gestão. Se Deus não destruiu os maus, mas, em vez disso, permitiu que permanecessem, então a humanidade como um todo ainda é incapaz de entrar no descanso, e Deus não seria capaz de levar toda a humanidade para uma dimensão melhor. Este tipo de obra não estaria completamente concluído. Quando Ele terminar Sua obra, a humanidade inteira será completamente santa. Somente assim é que Deus pode viver em paz e em descanso.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado