Palavras diárias de Deus | "Palavras de Deus para todo o universo: Capítulo 27" | Trecho 372

A humanidade experimentou o Meu calor, Me serviu sinceramente e sinceramente foi obediente a Mim, fazendo tudo por Mim em Minha presença. Mas de alguma forma as pessoas hoje não conseguem chegar a esse modo de ser e só podem lamentar em seu espírito como se tivessem sido arrebatadas para longe por um lobo voraz. Elas só conseguem olhar para Mim impotentes, clamando sem cessar por Minha ajuda, mas no fim são incapazes de escapar de seu apuro. Eu Me lembro de como as pessoas fizeram promessas em Minha presença, no passado, jurando pelo céu e pela terra, em Minha presença, retribuir a Minha bondade com sua afeição. Elas choraram com pesar diante de Mim e o som de seus gritos era de partir o coração e difícil de suportar. Muitas vezes dei a Minha ajuda à humanidade confiando em sua resolução. Vezes incontáveis, as pessoas vieram diante de Mim para se submeter a Mim de uma maneira adorável, que é difícil de esquecer. Vezes incontáveis, elas Me amaram com lealdade resoluta e sua emoção sincera foi admirável. Em ocasiões incontáveis, Me amaram a ponto de sacrificar a própria vida, Me amaram mais do que a si mesmas e, vendo sua sinceridade, Eu aceitei esse amor. Em ocasiões incontáveis, elas se ofereceram em Minha presença, por Minha causa indiferentes a despeito da morte, e Eu suavizei a preocupação da fronte delas e cuidadosamente examinei seus semblantes. Por vezes incontáveis, Eu as amei como o Meu tesouro e por vezes incontáveis as odiei como o Meu inimigo. Tal sou Eu — o homem jamais pode compreender o que se passa em Minha mente. Quando as pessoas ficam tristes, venho consolá-las e, quando estão fracas, venho ajudá-las. Quando estão perdidas, dou-lhes direção. Quando choram, enxugo suas lágrimas. No entanto, quando Eu estou triste, quem pode Me consolar com o seu coração? Quando estou extremamente preocupado, quem mostra consideração para com os Meus sentimentos? Quando estou pesaroso, quem pode compensar as feridas do Meu coração? Quando preciso de alguém, quem de bom grado se ofereceria para agir de comum acordo Comigo? Será que a atitude anterior das pessoas para Comigo está perdida agora, para nunca mais voltar? Por que não resta um único traço em suas lembranças? Como é que as pessoas esqueceram todas essas coisas? Não é tudo porque a humanidade foi corrompida por seu inimigo?

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

Quem pode se importar com a vontade de Deus?

Os homens provaram o calor de Deus, serviram a Ele sinceramente, eram obedientes de verdade, faziam tudo por Ele. Mas não podem fazer isso agora; no espírito, todos choram. Olham para Deus, pedem ajuda; não podem esquivar-se da dor.

As pessoas no passado prometeram, jurando pelo céu e pela terra, retribuir a Deus Sua bondade com todo o carinho de seus corações. Choraram de tristeza a Deus; seus prantos eram tristes, difíceis de aguentar. Deus ajudaria a humanidade ao confiar em suas resoluções.

Quando as pessoas estão tristes, Ele as consola; e quando estão fracas, Ele as ajuda. Quando estão perdidas, Ele lhes mostra o caminho; e quando choram, Ele enxuga suas lágrimas. Mas quando Deus está triste, quem pode confortá-Lo? Quando Deus está preocupado, quem se importa com o que Ele sente?

Muitas vezes, obedeceram a Deus, com amabilidade memorável. Eram leais no amor por Ele, seus reais sentimentos eram louváveis. Inúmeras vezes amaram a Ele e suas vidas sacrificaram. Por causa dessa sinceridade, o amor deles ganhou a aceitação de Deus.

Inúmeras vezes, se ofereceram, com calma encararam a morte por Deus. Atenuando o sofrimento em suas frontes, com cuidado, Deus observou seus semblantes. Inúmeras vezes, Deus os amou, como se fossem Seu tesouro. Inúmeras vezes, Deus os odiou, como se fossem inimigos. Mas o homem nem assim entende o que se passa na mente de Deus.

Quando as pessoas estão tristes, Ele as consola; e quando estão fracas, Ele as ajuda. Quando estão perdidas, Ele lhes mostra o caminho; e quando choram, Ele enxuga suas lágrimas. Mas quando Deus está triste, quem pode confortá-Lo? Quando Deus está preocupado, quem se importa com o que Ele sente?

Quando Deus está triste, quem consola as feridas do Seu coração? Quem age de comum acordo com Ele nos momentos em que Ele precisa de alguém? Será que os homens nunca mais terão a atitude que tinham com Ele no passado? Por que nada disso permanece em suas lembranças? As pessoas esqueceram essas coisas por terem sido corrompidas por inimigos.

Quando as pessoas estão tristes, Ele as consola; e quando estão fracas, Ele as ajuda. Quando estão perdidas, Ele lhes mostra o caminho; e quando choram, Ele enxuga suas lágrimas. Mas quando Deus está triste, quem pode confortá-Lo? Quando Deus está preocupado, quem se importa com o que Ele sente?

de “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado