Palavras diárias de Deus | "Somente os aperfeiçoados podem viver uma vida significativa" | Trecho 347

Sua carne, seus desejos extravagantes, sua cobiça e sua luxúria estão profundamente enraizados em vocês. Essas coisas estão controlando seu coração tão constantemente que vocês são impotentes para tirar o jugo daqueles pensamentos feudais e degenerados. Vocês nem anseiam mudar sua situação atual, nem escapar da influência das trevas. Estão simplesmente presos por essas coisas. Mesmo que vocês saibam que tal vida é dolorosa demais e que um mundo desses é tenebroso demais, ainda assim, nem um sequer de vocês tem a coragem de mudar uma vida desse tipo. Vocês só desejam escapar desse tipo de vida real, libertar suas almas do purgatório e viver em um ambiente pacífico, feliz e parecido com o céu. Vocês não estão dispostos a suportar dificuldades para mudar sua vida atual; nem desejam buscar nesse julgamento e castigo a vida na qual deveriam entrar. Antes, vocês sonham sonhos completamente irrealistas sobre o lindo mundo além da carne. A vida pela qual anseiam é uma vida que vocês podem obter sem esforço e sem sofrer dor alguma. Isso é completamente irrealista! Porque o que vocês esperam não é viver uma existência significativa na carne e ganhar a verdade no transcurso de uma vida, isto é, viver para a verdade e levantar-se pela justiça. Isso não é o que vocês considerariam uma vida radiante e brilhante. Vocês acham que essa não seria uma vida significativa e glamorosa. Para vocês, viver essa vida seria verdadeiramente vender-se por muito pouco! Embora vocês aceitem esse castigo de hoje, apesar disso, o que vocês estão buscando não é ganhar a verdade ou viver a verdade no presente, mas, antes, poder entrar mais tarde numa vida feliz além da carne. Vocês não estão buscando a verdade, nem estão defendendo a verdade e, certamente, não estão existindo pela verdade. Vocês não estão buscando entrada hoje, mas estão constantemente pensando que chegará um dia quando vocês olharão para o céu azul e derramarão lágrimas amargas, na expectativa de serem levados para o Céu. Vocês não sabem que essa sua forma de pensar já está fora de sintonia com a realidade? Você fica pensando que o Salvador de infinita bondade e compaixão sem dúvida virá um dia para levá-lo com Ele, você que suportou dificuldades e sofrimento neste mundo, e que sem dúvida Ele exigirá vingança por você que foi vitimado e oprimido. Você não está cheio de pecado? Você foi o único que sofreu neste mundo? Você caiu no império de Satanás por si mesmo e sofreu e, todavia, ainda necessita que Deus o vingue? Aqueles que são incapazes de satisfazer as exigências de Deus — não são todos inimigos de Deus? Aqueles que não creem no Deus encarnado — não são o anticristo? Para que contam as suas boas obras? Elas podem substituir um coração que adora a Deus? Você não pode receber as bênçãos de Deus apenas por fazer algumas coisas boas, e Deus não vai vingar as injustiças que você sofreu só porque você foi vitimado e oprimido. Aqueles que creem em Deus e ainda não O conhecem, mas fazem boas obras — não são todos castigados também? Você apenas crê em Deus, apenas quer que Deus o compense e vingue as injustiças que sofreu, e quer que Ele o proveja com uma forma de escapar da sua miséria. Mas você se recusa a prestar atenção à verdade; nem tem sede de viver a verdade. Muito menos é capaz de escapar dessa vida vazia e difícil. Em vez disso, enquanto vive sua vida na carne e sua vida de pecado, você olha com expectativa para Deus para que Ele corrija suas queixas e dissipe o nevoeiro de sua existência. Como isso é possível? Se você possui a verdade, pode seguir Deus. Se você tem vida, pode ser uma manifestação da palavra de Deus. Se você tem a vida, pode desfrutar as bênçãos de Deus. Aqueles que possuem a verdade podem desfrutar as bênçãos de Deus. Deus garante compensação para aqueles que O amam de todo o coração e também suportam dificuldades e sofrimentos, não para aqueles que só amam a si mesmos e se tornaram reféns dos enganos de Satanás. Como pode haver bondade naqueles que não amam a verdade? Como pode haver justiça naqueles que só amam a carne? Não são tanto a justiça como a bondade em referência à verdade? Não estão reservadas para aqueles que amam a Deus de todo o coração? Aqueles que não amam a verdade e que são apenas corpos putrefatos — todas essas pessoas não abrigam o mal? Os que são incapazes de viver a verdade — não são todos inimigos da verdade? E vocês?

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado