Palavras diárias de Deus | "Prática (3)" | Trecho 314

Hoje, o que vocês vieram a entender é mais elevado do que o de qualquer pessoa ao longo da história que não foi aperfeiçoada. Seja seu conhecimento das provações ou a crença em Deus, tudo é mais elevado do que o de qualquer crente em Deus. As coisas que vocês entendem são o que passam a saber antes de passarem pelas provações dos ambientes, mas a estatura real de vocês é completamente incompatível com elas. O que vocês sabem é mais elevado do que aquilo que colocam em prática. Apesar de dizerem que as pessoas que acreditam em Deus deveriam amar Deus e deveriam buscar não bênçãos, mas apenas satisfazer à vontade de Deus, o que se manifesta em sua vida está muito longe disso e foi grandemente manchado. A maioria das pessoas acredita em Deus em nome da paz e de outros benefícios. A menos que seja em seu benefício, você não acredita em Deus e, se não pode receber as graças de Deus, você fica amuado. Como aquilo que você disse pode ser a sua verdadeira estatura? Quando se trata de acontecimentos familiares inevitáveis tais como as crianças adoecerem, entes queridos serem internados, colheitas ruins a perseguição por membros da família — até essas questões cotidianas que acontecem frequentemente são demais para você. Quando essas coisas acontecem, você entra em pânico, não sabe o que fazer — e, na maior parte do tempo, reclama de Deus. Você reclama que as palavras de Deus o enganaram, que a obra de Deus zombou de você. Vocês não têm tais pensamentos? Acha que tais coisas só acontecem raramente entre vocês? Vocês passam todos os dias vivendo em meio a tais eventos. Vocês não dão a menor atenção ao sucesso da sua fé em Deus e a como satisfazer a vontade de Deus. Sua verdadeira estatura é pequena demais, ainda menor do que a de um pintinho. Quando a empresa da sua família perde dinheiro, você reclama de Deus, quando se encontra em um ambiente sem a proteção de Deus, continua reclamando de Deus, e reclama até quando um dos seus franguinhos morre ou quando uma vaca velha no curral adoece. Você reclama quando chega a hora de seu filho se casar, mas a sua família não tem dinheiro suficiente; você quer realizar o dever de anfitrião, mas não tem dinheiro para isso, e então você também reclama. Você transborda de reclamações, e, às vezes, você não vai às reuniões nem come e bebe as palavras de Deus por causa disso, às vezes, tornando-se negativo por um longo período. Nada que acontece com você hoje tem qualquer relação com as suas perspectivas ou destino; essas coisas também aconteceriam mesmo se não acreditasse em Deus, mas hoje você joga a responsabilidade por elas em Deus e insiste em dizer que Deus eliminou você. O que dizer de sua crença em Deus? Você realmente ofereceu sua vida? Se vocês sofressem as mesmas provações que Jó, nenhum entre vocês que seguem Deus hoje seria capaz de permanecer firme, todos cairiam. E existe simplesmente um mundo de diferença entre vocês e Jó. Hoje, se metade dos seus bens fosse confiscada, vocês ousariam negar a existência de Deus; se seu filho ou filha lhes fosse tirado, correriam pelas ruas gritando rudemente; se a sua única maneira de ganhar seu sustento chegasse a um beco sem saída, você tentaria discutir isso com Deus, você perguntaria por que Eu proferi tantas palavras no começo para assustá-lo. Não há nada que vocês não ousariam fazer em momentos assim. Isso mostra que vocês não ganharam quaisquer percepções verdadeiras e não têm estatura verdadeira. Assim, as provações em vocês são grandes demais, porque vocês sabem demais, mas o que entendem de verdade não é nem um milésimo daquilo de que estão cientes. Não parem com mera compreensão e mero conhecimento; é melhor verem o quanto realmente são capazes de colocar em prática, quanto do esclarecimento e da iluminação do Espírito Santo foi ganho por meio do suor do seu próprio trabalho duro e em quantas de suas práticas vocês realizaram sua própria determinação. Você deve levar sua estatura e prática a sério. Na sua crença em Deus, você não deveria tentar meramente agir sem se envolver por qualquer pessoa — se você pode, no fim, ganhar ou não a verdade e a vida depende de sua própria busca.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado