Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)

Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)
Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)

Categorias

Recital-latest-expression
Continuação de A Palavra manifesta em carne

Se você deseja estar apto para ser usado por Deus, deve conhecer a obra de Deus; deve conhecer a obra que Ele fez anteriormente (no Novo e no Antigo Testamentos) e, além disso, deve conhecer Sua obra de hoje. Ou seja, você deve conhecer os três estágios da obra de Deus ao longo dos 6 mil anos. Se for solicitado que você dissemine o evangelho, você não será capaz de fazê-lo sem conhecer a obra de Deus. As pessoas perguntarão a você sobre a Bíblia, o Velho Testamento e sobre o que Jesus disse e fez naquele tempo. Dirão: “Seu Deus não lhes disse tudo isso? Se Ele (Deus) não puder lhes dizer o que realmente está acontecendo na Bíblia, Ele não é Deus; se puder, então nos convencemos”. No início, Jesus falou muito sobre o Antigo Testamento com Seus discípulos. Tudo o que leram era do Antigo Testamento; o Novo Testamento só foi escrito várias décadas depois de Jesus ter sido crucificado. Para disseminar o evangelho, vocês devem captar, principalmente, a verdade interior da Bíblia e a obra de Deus em Israel, que é a obra de Jeová. E vocês também têm que entender a obra feita por Jesus. Essas são as questões com as quais todas as pessoas estão mais preocupadas, e elas não têm um entendimento dessas[a] duas etapas da obra. Ao disseminar o evangelho, primeiro deixe de lado a conversa a respeito da obra de hoje do Espírito Santo. Essa etapa da obra está além do alcance delas, porque o que vocês buscam é o que há de mais sublime: um conhecimento de Deus e um conhecimento da obra do Espírito Santo, e nada é mais elevado do que esses dois. Se você falar primeiro sobre o que é sublime, será demais para elas, pois nenhuma delas vivenciou tal obra pelo Espírito Santo; não há precedentes e não é fácil para o homem aceitar. As experiências delas são coisas antigas, do passado, com alguma obra ocasional do Espírito Santo. O que vivenciam não é a obra de hoje do Espírito Santo, ou a vontade de hoje de Deus. Elas ainda agem de acordo com as antigas práticas, sem nova luz ou coisas novas.

Na era de Jesus, o Espírito Santo fez Sua obra principalmente em Jesus, enquanto os que serviam a Jeová vestindo vestes sacerdotais no templo o faziam com lealdade inabalável. Eles também tinham a obra do Espírito Santo, mas eram incapazes de sentir a vontade presente de Deus, e simplesmente permaneceram fiéis a Jeová de acordo com as antigas práticas, sem nova orientação. Jesus veio e trouxe uma nova obra. Aquelas pessoas no templo não tinham orientação nova, nem tinham obra nova. Ao servir no templo, podiam apenas manter as antigas práticas; sem sair do templo, não podiam ter nova entrada. A nova obra foi trazida por Jesus, e Jesus não entrou no templo para fazer Sua obra. Só fez Sua obra fora do templo, pois o escopo da obra de Deus havia mudado tempos atrás. Ele não trabalhou dentro do templo, e quando o homem O servia lá, só podia manter as coisas como estavam e não podiam realizar nenhuma obra nova. Da mesma forma, os religiosos de hoje ainda adoram a Bíblia. Se você disseminar o evangelho para eles, discutirão com você sobre a Bíblia; e se, quando eles falarem sobre a Bíblia, você ficar sem palavras, não tiver nada a dizer, pensarão que você é tolo na fé de vocês, que você nem conhece a Bíblia, a Palavra de Deus, portanto como você pode dizer que acredita em Deus? Então, eles desprezarão você e dirão: “Como Aquele em quem vocês acreditam é Deus, por que Ele não lhes diz tudo sobre o Antigo e o Novo Testamentos? Visto que Ele trouxe Sua glória de Israel para o Oriente, por que Ele não conhece a obra feita em Israel? Por que Ele não conhece a obra de Jesus? Se vocês não a conhecem, isso prova que vocês não foram informados; já que Ele é a segunda encarnação de Jesus, como poderia Ele não conhecer essas coisas? Jesus conhecia a obra feita por Jeová; como não conheceria? Quando chegar a hora, eles farão todas essas perguntas. As cabeças deles estão cheias de tais coisas; como eles poderiam não perguntar? Aqueles que estão dentro desta corrente não focam na Bíblia, pois vocês se mantiveram a par da obra passo a passo feita por Deus hoje, vocês testemunharam essa obra passo a passo com seus próprios olhos, vocês claramente contemplaram os três estágios da obra e, assim, vocês tiveram que colocar a Bíblia de lado e parar de estudá-la. Mas eles não podem não estudá-la, pois não têm conhecimento da obra passo a passo. Algumas pessoas perguntarão: “Qual é a diferença entre a obra feita pelo Deus encarnado e a dos profetas e apóstolos do passado?” Davi também foi chamado de Senhor, como também o foi Jesus; embora a obra que fizeram fosse diferente, eles eram chamados da mesma coisa. Por que, responda você, suas identidades não eram as mesmas? O que João testemunhou foi uma visão, que também veio do Espírito Santo, e ele pôde proferir as palavras que o Espírito Santo pretendia dizer; por que a identidade de João é diferente da de Jesus? As palavras proferidas por Jesus conseguiram representar plenamente a Deus e representaram plenamente a obra de Deus. O que João viu foi uma visão e ele foi incapaz de representar completamente a obra de Deus. Por que João, Pedro e Paulo proferiram muitas palavras ─ como o fez Jesus ─ mas não tinham a mesma identidade de Jesus? É principalmente porque a obra que fizeram foi diferente. Jesus representou o Espírito de Deus e era o Espírito de Deus trabalhando diretamente. Ele fez a obra da nova era, a obra que ninguém havia feito antes. Ele abriu um novo caminho, representou a Jeová e representou o Próprio Deus. Enquanto que no caso de Pedro, Paulo e Davi, independentemente de como fossem chamados, representavam apenas a identidade de uma criatura de Deus, ou foram enviados por Jesus ou por Jeová. Portanto, não importa quantas obras fizeram, por maiores que fossem os milagres realizados, eles ainda eram criaturas de Deus e incapazes de representar o Espírito de Deus. Trabalharam em nome de Deus ou depois de serem enviados por Deus; além disso, trabalharam nas eras iniciadas por Jesus ou Jeová, e a obra que fizeram não foi separada. Eram, afinal de contas, apenas criaturas de Deus. No Antigo Testamento, muitos profetas proferiram previsões ou escreveram livros de profecia. Ninguém disse que eram Deus, mas assim que Jesus apareceu, antes de Ele proferir quaisquer palavras, o Espírito de Deus deu testemunho Dele Ele como Deus. Por quê? A essas alturas você já deve saber! Antes, os apóstolos e profetas escreveram várias epístolas e fizeram muitas profecias. Mais tarde, as pessoas escolheram algumas delas para colocar na Bíblia, e algumas foram perdidas. Já que há pessoas que dizem que tudo o que falam vem do Espírito Santo, por que algumas são consideradas boas e outras ruins? E por que algumas foram escolhidas e outras não? Se fossem de fato as palavras ditas pelo Espírito Santo, seria necessário que as pessoas as selecionassem? Por que os relatos das palavras proferidas por Jesus e a obra que Ele fez diferem em cada um dos quatro evangelhos? Isso não é culpa de quem os registrou? Algumas pessoas perguntarão: “Uma vez que as epístolas escritas por Paulo e outros autores do Novo Testamento e a obra que fizeram vieram em parte da vontade do homem, e foram misturadas com as concepções do homem, não há impureza humana nas palavras que Você (Deus) profere hoje? Elas realmente não contêm nenhuma das concepções do homem? Este estágio da obra feita por Deus é completamente diferente da obra feita por Paulo e pelos muitos apóstolos e profetas. Não apenas há uma diferença de identidade, mas, principalmente, uma diferença na obra que é realizada. Depois que Paulo foi derrubado e caiu diante do Senhor, ele foi guiado pelo Espírito Santo para realizar a obra, e ele se tornou um enviado. E, assim, ele escreveu epístolas às igrejas, e todas essas epístolas seguiram os ensinamentos de Jesus. Paulo foi enviado pelo Senhor para trabalhar em nome do Senhor Jesus, mas quando o Próprio Deus veio, Ele não trabalhou em nome algum, e representou somente o Espírito de Deus em Sua obra. Deus veio para fazer Sua obra diretamente: Ele não foi aperfeiçoado pelo homem, e Sua obra não foi realizada com base nos ensinamentos de homem nenhum. Neste estágio da obra, Deus não lidera falando de Suas experiências pessoais, ao contrário, realiza Sua obra diretamente, de acordo com o que Ele tem. Por exemplo, Ele faz a obra dos servidores, dos tempos do castigo, a obra da morte, do amor a Deus... Esta é uma obra que nunca foi feita antes, e é uma obra que é da era atual, e não as experiências do homem. Nas palavras que proferi, quais são as experiências do homem? Elas não vêm todas diretamente do Espírito e não são emitidas pelo Espírito? É só que o seu calibre é tão fraco que você não consegue enxergar a verdade! O modo de vida prático de que falo é o de guiar o caminho, e ele nunca foi proferido por ninguém antes, nem ninguém jamais vivenciou esse caminho, ou conheceu essa realidade. Antes de Eu proferir estas palavras, ninguém jamais as havia falado. Ninguém nunca havia falado de tais experiências, nem nunca haviam falado de tais detalhes, e, além disso, ninguém jamais havia apontado tais estados para revelar essas coisas. Ninguém jamais liderou o caminho que Eu lidero hoje, e se fosse liderado pelo homem, então não seria um caminho novo. Considere Paulo e Pedro, por exemplo. Eles não tiveram suas próprias experiências antes de trilhar[b] o caminho liderado por Jesus. Foi somente depois de Jesus liderar o caminho que vivenciaram as palavras proferidas por Jesus e o caminho conduzido por Ele; a partir disso, tiveram muitas experiências e escreveram as epístolas. E assim, as experiências do homem não são a mesma coisa que a obra de Deus, e a obra de Deus não se iguala ao conhecimento descrito pelas concepções e experiências do homem. Eu tenho dito, repetidas vezes, que hoje estou conduzindo um novo caminho, e fazendo uma obra nova, e Minha obra e declarações são diferentes daquelas de João e de todos os outros profetas. Nunca Eu ganho experiências primeiro e depois falo sobre elas para vocês - este realmente não é o caso. Se fosse, isso não teria atrasado vocês muito tempo atrás? No passado, o conhecimento a respeito do qual muitos falavam também era exaltado, mas todas as suas palavras eram proferidas apenas com base naquelas das chamadas figuras espirituais. Eles não guiavam o caminho, mas baseavam-se em suas experiências derivadas do que tinham visto e de seu conhecimento. Algumas eram concepções suas, algumas eram experiências que eles haviam resumido. Hoje, a natureza de Minha obra é totalmente diferente da natureza da obra deles. Não vivenciei ser liderado por outros, nem aceitei ser aperfeiçoado por outros. Além disso, tudo o que tenho dito e compartilhado é diferente daquilo de qualquer outra pessoa, e isso nunca foi falado por mais ninguém. Hoje, independentemente de quem vocês são, suas obras são realizada com base nas palavras que Eu profiro. Sem essas declarações e obra, quem seria capaz de vivenciar essas coisas (a provação dos[c] servidores, os tempos do castigo...), e quem seria capaz de falar de tal conhecimento? Você realmente é incapaz de enxergar isso? Não importa qual a etapa da obra, assim que Minhas palavras são proferidas, vocês começam a ter comunhão de acordo com Minhas palavras, e trabalham de acordo com elas, e essa não é um caminho que qualquer um de vocês pensou. Tendo chegado até aqui, você é incapaz de enxergar uma pergunta tão clara e simples? Não é um caminho que alguém inventou, nem é baseado em qualquer figura espiritual. É um novo caminho, e até mesmo muitas das palavras uma vez proferidas por Jesus não mais se aplicam. O que Eu falo é a obra de abrir uma nova época, e é uma obra que existe por si mesma; a obra que faço e as palavras que digo são todas novas. Essa não é a nova obra de hoje? A obra de Jesus também foi assim. Sua obra também era diferente daquela das pessoas no templo, diferia também da obra dos fariseus, e também não tinha qualquer semelhança com a obra feita por todo o povo de Israel. Depois de testemunhá-la, as pessoas não conseguiram se decidir: ela foi realmente feita por Deus? Jesus não Se ateve à lei de Jeová; quando Ele veio ensinar o homem, tudo o que Ele disse era novo e diferente do que havia sido dito pelos antigos santos e profetas do Antigo Testamento e, por isso, as pessoas permaneceram incertas. É isso que faz o homem ser tão difícil de lidar. Antes de aceitar esta nova etapa da obra, o caminho no qual a maioria de vocês trilhou foi praticar e entrar no fundamento daquelas figuras espirituais. Mas a obra que faço hoje é muito diferente, por isso vocês são incapazes de decidir se ela está certa ou não. Não Me importo com o caminho que você trilhou antes, também não estou interessado em saber de quem era a comida que você comeu ou quem você considerava “pai”. Como vim e trouxe novas obras para guiar o homem, todos os que Me seguem devem agir de acordo com o que digo. Não importa quão poderosa seja a “família” da qual você veio, você deve Me seguir, não deve agir de acordo com suas práticas anteriores, seu “pai adotivo” deve renunciar e você deve comparecer perante seu Deus para buscar sua parte legítima. Sua totalidade está em Minhas mãos, e você não deve dedicar muita crença cega ao seu pai adotivo; ele não pode controlar você por completo. A obra de hoje é existe por si só. Obviamente, tudo o que digo hoje não se baseia em uma fundação do passado; é um novo começo, e se você diz que isso é criado pela mão do homem, então nada existe que possa curar sua cegueira!

Isaías, Ezequiel, Moisés, Davi, Abraão e Daniel foram líderes ou profetas entre o povo escolhido de Israel. Por que eles não foram chamados de Deus? Por que o Espírito Santo não deu testemunho deles? Por que o Espírito Santo deu testemunho de Jesus assim que Ele iniciou sua obra e começou a proferir Suas palavras? E por que o Espírito Santo não deu testemunho dos outros? Eles, homens que eram de carne, eram todos chamados de “Senhor”. Independentemente da denominação que recebiam, sua obra representa seu ser e substância, e seu ser e substância representam sua identidade. Sua substância não está relacionada às suas denominações; é representada pelo que expressaram e pelo que viveram. No Antigo Testamento, não havia nada fora do comum em ser chamado de Senhor, e uma pessoa poderia ser chamada de qualquer forma, mas sua substância e identidade inerentes eram imutáveis. Entre aqueles falsos Cristos, falsos profetas e enganadores, também não há aqueles que são chamados de Deus? E por que eles não são Deus? Porque eles são incapazes de fazer a obra de Deus. Em suas raízes, eles são homens, enganadores de pessoas, não Deus, e por isso eles não têm a identidade de Deus. Davi também não foi chamado de Senhor entre as doze tribos? Jesus também foi chamado de Senhor; por que Jesus só foi chamado de Deus encarnado? Jeremias também não foi conhecido como o Filho do homem? E Jesus não foi conhecido como o Filho do homem? Por que Jesus foi crucificado em nome de Deus? Não é porque Sua substância era diferente? Não é porque a obra que Ele fez era diferente? Um título importa? Embora Jesus também fosse chamado de o Filho do homem, Ele foi a primeira encarnação de Deus; Ele havia vindo para assumir o poder e realizar a obra da redenção. Isso prova que a identidade e a substância de Jesus eram diferentes das de outras pessoas que também eram chamadas de o Filho do homem. Hoje, quem dentre vocês se atreve a dizer que todas as palavras ditas por aqueles que foram usados pelo Espírito Santo vieram do Espírito Santo? Alguém se atreve a dizer essas coisas? Se você diz tais coisas, por que o livro de profecia de Esdras foi descartado, e por que a mesma coisa foi feita com os livros daqueles santos e profetas antigos? Se todos vieram do Espírito Santo, por que vocês ousam fazer escolhas tão caprichosas? Você está qualificado para escolher a obra do Espírito Santo? Muitas histórias de Israel também foram descartadas. E se você acredita que todos esses escritos do passado vieram do Espírito Santo, por que alguns dos livros foram descartados? Se todos vieram do Espírito Santo, todos deveriam ser guardados e enviados aos irmãos e irmãs das igrejas para serem lidos. Eles não devem ser escolhidos ou descartados pela vontade humana; é errado fazer isso. Dizer que as experiências de Paulo e João estavam misturadas com suas visões pessoais não significa que suas experiências e conhecimentos vieram de Satanás, mas apenas que continham coisas que vieram de suas experiências e visões pessoais. O conhecimento deles estava alinhado com o pano de fundo das experiências reais à época, e quem poderia dizer com confiança que tudo veio do Espírito Santo? Se os quatro evangelhos vieram do Espírito Santo, por que Mateus, Marcos, Lucas e João disseram algo diferente sobre a obra de Jesus? Se vocês não acreditam nisso, então vejam os relatos na Bíblia sobre como Pedro negou ao Senhor três vezes: eles são todos diferentes, e cada qual tem suas próprias características. Muitos que são ignorantes dizem que Deus encarnado também era um homem, então as palavras que Ele proferiu poderiam vir totalmente do Espírito Santo? Se as palavras de Paulo e João estavam misturadas com a vontade humana, as palavras que Ele proferiu realmente não se misturaram com a vontade humana? As pessoas que dizem essas coisas são cegas e ignorantes! Leia atentamente os quatro evangelhos; leia o que eles registraram sobre as coisas que Jesus fez e as palavras que Ele proferiu. Posto de forma simples, cada relato é diferente e cada um apresenta sua própria perspectiva. Se o que foi escrito pelos autores desses livros veio do Espírito Santo, tudo deveria ser igual e consistente. Então por que há discrepâncias? O homem não é extremamente tolo, ao ser incapaz de ver isso? Se for solicitado que você dê testemunho a Deus, que tipo de testemunho você pode dar? Pode tal modo de conhecer a Deus dar testemunho a Ele? Se outros lhe perguntarem: “Se os registros de João e Lucas foram mesclados com a vontade humana, então as palavras proferidas pelo Deus de vocês não se misturam com a vontade humana?”, você conseguiria dar uma resposta clara? Depois que Lucas e Mateus ouviram as palavras de Jesus e viram a obra Dele, falaram a partir de seu próprio conhecimento, na forma de reminiscências que detalhavam alguns dos feitos de Jesus. Você pode dizer que o conhecimento deles foi revelado completamente pelo Espírito Santo? Fora da Bíblia, existiram muitas figuras espirituais com conhecimento superior ao deles; por que suas palavras não foram absorvidas pelas gerações posteriores? Também eles não foram usados pelo Espírito Santo? Saibam que na obra de hoje, não estou falando da Minha Própria visão baseada no fundamento da obra de Jesus, nem estou falando do Meu Próprio conhecimento no contexto da obra de Jesus. Que obra fez Jesus naquele tempo? E que obra estou fazendo hoje? Não há precedentes para o que faço e digo. O caminho que trilho hoje nunca foi trilhado antes, nunca foi percorrido pelas pessoas de eras e gerações passadas. Hoje, ele foi aberto, e não é esta a obra do Espírito? Mesmo tendo sido a obra do Espírito Santo, todos os líderes do passado realizaram suas obras em cima da fundação de outros. Mas a obra do Próprio Deus é diferente, assim como foi o estágio da obra realizada por Jesus: Ele abriu um novo caminho. Quando Ele veio, Ele pregou o evangelho do reino do céu e disse que o homem deveria se arrepender e confessar. Depois que Jesus concluiu Sua obra, Pedro, Paulo e outros passaram a continuar a obra de Jesus. Depois que Jesus foi pregado na cruz e ascendeu ao céu, eles foram enviados pelo Espírito para disseminar o caminho da cruz. Embora as palavras de Paulo fossem exaltadas, elas também se baseavam no fundamento estabelecido por Jesus, como paciência, amor, sofrimento, cobertura da cabeça, batismo ou outras doutrinas a serem seguidas. Tudo isso foi feito com base no fundamento das palavras de Jesus. Eles não foram capazes de abrir um novo caminho, pois eram todos homens usados por Deus.

Naquela época, as declarações e obras de Jesus não se apegaram à doutrina, e Ele não realizou Sua obra de acordo com a obra da lei do Antigo Testamento. Ela estava alinhada com aquela que deveria ser feita na Era da Graça. Ele trabalhou de acordo com a obra que Ele havia criado, de acordo com Seu Próprio plano e de acordo com Seu ministério; Ele não trabalhou de acordo com a lei do Antigo Testamento. Nada do que Ele fez foi de acordo com a lei do Antigo Testamento, e Ele não veio trabalhar para cumprir as palavras dos profetas. Cada estágio da obra de Deus não foi realizado expressamente para cumprir as predições dos profetas antigos, e Ele não veio para respeitar a doutrina ou deliberadamente realizar as previsões dos profetas antigos. No entanto, suas ações não interromperam as previsões dos profetas antigos, nem perturbaram a obra que Ele havia feito anteriormente. O ponto saliente de Sua obra não era obedecer a nenhuma doutrina e fazer a obra que Ele mesmo deveria fazer. Ele não era um profeta ou um vidente, mas sim um realizador que realmente veio para fazer a obra que deveria fazer, e veio para abrir Sua nova era e realizar Sua nova obra. Naturalmente, quando Jesus veio para fazer Sua obra, Ele também cumpriu muitas das palavras proferidas pelos antigos profetas no Antigo Testamento. Assim também a obra de hoje cumpriu as previsões dos antigos profetas do Antigo Testamento. É só que não retenho “almanaque velho e amarelado”, só isso. Pois há mais trabalho que devo fazer, há mais palavras que devo proferir para vocês, e essa obra e essas palavras são de importância muito maior do que explicar passagens da Bíblia, porque obras como essa não têm grande significado ou valor para vocês e não podem ajudá-los ou mudá-los. Pretendo fazer uma nova obra, mas não para cumprir qualquer passagem da Bíblia. Se Deus veio à terra apenas para cumprir as palavras dos antigos profetas da Bíblia, então quem é maior, Deus encarnado ou aqueles antigos profetas? Afinal das contas, os profetas são responsáveis por Deus ou Deus está no comando dos profetas? Como você explica essas palavras?

Notas de rodapé:

a. O texto original omite “um entendimento dessas”.

b. O texto original omite “trilhar”.

c. O texto original omite “o julgamento dos”.

Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)

Somente aquele que experimenta a obra de Deus verdadeiramente crê em Deus A quarta declaração A quinta declaração A sexta declaração A sétima declaração A oitava declaração A nona declaração A décima declaração A décima primeira declaração A décima segunda declaração A décima terceira declaração A décima quarta declaração A décima quinta declaração A décima sexta declaração A décima sétima declaração A décima oitava declaração A décima nona declaração A vigésima declaração A vigésima primeira declaração A vigésima segunda declaração A vigésima terceira declaração A vigésima quarta declaração A vigésima quinta declaração A vigésima sexta declaração A vigésima sétima declaração A vigésima oitava declaração A vigésima nona declaração A aparição de Deus trouxe uma nova era Deus preside o destino de toda a humanidade Contemplar a aparição de Deus em Seu julgamento e Seu castigo Qual ponto de vista os crentes devem manter O homem corrupto é incapaz de representar Deus Você deve obedecer a Deus em sua fé Promessas para aqueles que foram aperfeiçoados Os perversos devem ser punidos Como servir em harmonia com a vontade de Deus Como conhecer a realidade Os mandamentos da nova era O Reino Milenar chegou Você deveria saber que o Deus prático é o Próprio Deus Conhecer a obra de Deus hoje A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina? Já que crê em Deus você deve viver para a verdade A diferença essencial entre o Deus encarnado e as pessoas usadas por Deus Crer em Deus deve focalizar a realidade, não rituais religiosos Somente aqueles que conhecem a obra de Deus hoje podem servir a Deus Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus A Era do Reino é a Era da Palavra Tudo é realizado pela Palavra de Deus Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus Uma breve conversa sobre “O Reino Milenar chegou” Somente aqueles que conhecem a Deus podem testemunhar Dele Como Pedro conheceu Jesus Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz Você se tornou vivo? Ter um caráter inalterado é ser inimigo de Deus Todos os que não conhecem a Deus são aqueles que se opõem a Ele Seleção das três passagens da palavra de Deus sobre “A visão da obra de Deus” (Parte 2) Seleção das três passagens da palavra de Deus sobre “A visão da obra de Deus” (Parte 1) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “A verdade interior da obra de conquista” (Parte 2) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “A verdade interior da obra de conquista” (Parte 1) As duas encarnações completam o significado da encarnação A Trindade existe? As experiências de Pedro: seu conhecimento do castigo e do julgamento (Parte 1) As experiências de Pedro: seu conhecimento do castigo e do julgamento (Parte 2) Como desempenhar sua missão futura Quando se trata de Deus, qual é o seu entendimento? O que significa ser um homem de verdade Ninguém que seja da carne pode fugir do dia da ira O Salvador já voltou sobre uma “nuvem branca” A obra de difundir o evangelho é também a obra de salvar o homem A obra na Era da Lei A verdadeira história por trás da obra na Era da Redenção Você deve saber como toda a humanidade se desenvolveu até hoje (Parte 2) Você deve saber como toda a humanidade se desenvolveu até hoje (Parte 1) Sobre denominações e identidade (Parte 1) Somente os aperfeiçoados podem viver uma vida significativa Como o homem que definiu Deus de acordo com as suas concepções pode receber as revelações de Deus? Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus A diferença entre o ministério do Deus Encarnado e o dever do homem Deus é o Senhor de toda a criação O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem trilha (parte 1) O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem trilha (parte 2) Conhecer os três estágios da obra de Deus é o caminho para conhecer Deus (Parte 2) Conhecer os três estágios da obra de Deus é o caminho para conhecer Deus (Parte 1) A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado (Parte 2) A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado (Parte 1) A essência da carne habitada por Deus A obra de Deus e a prática do homem (Parte 1) A obra de Deus e a prática do homem (Parte 2) A substância de Cristo é obediência à vontade do Pai Celestial Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a um destino maravilhoso (Parte 1) Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a destino maravilhoso (Parte 2) Deus e o homem entrarão em descanso juntos (Parte 1) Deus e o homem entrarão em descanso juntos (Parte 2) Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus já terá feito novo céu e nova terra Aqueles que são incompatíveis com Cristo certamente são oponentes de Deus Muitos são chamados, mas poucos são escolhidos Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo Você é um verdadeiro crente a Deus? Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade Deus fez algo grandioso entre os homens, você sabia? Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna Você deveria preparar uma quantidade suficiente de boas ações por seu destino A quem você é leal? Três admoestações É muito importante entender o caráter de Deus Como conhecer o Deus na Terra Os dez decretos administrativos que devem ser obedecidos pelo povo escolhido por Deus na Era do Reino Vocês precisam considerar seus feitos Deus é a fonte da vida do homem O suspiro do Todo-Poderoso O homem só pode ser salvo em meio ao gerenciamento de Deus O ressoar dos sete trovões ─ profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo

00:00
00:00

0Busca por x resultados