Palavras diárias de Deus | "Declarações de Cristo no princípio: Capítulo 79" | Trecho 235

Eu sou o Próprio Deus único e, ademais, Eu sou a singular e única pessoa de Deus. Ainda mais, Eu, a totalidade da carne, sou a completa manifestação de Deus. Quem ousar não Me reverenciar, quem ousar exibir resistência em seus olhos e quem ousar pronunciar palavras de desafio contra Mim seguramente morrerá das Minhas maldições e ira (haverá maldição por causa da Minha ira). Além do mais, quem ousar não ser leal ou filial para Comigo e quem ousar tentar Me enganar seguramente morrerá do Meu ódio. Minha justiça, majestade e julgamento durarão para todo o sempre. No princípio, Eu fui amoroso e misericordioso, mas esse não é o caráter da Minha completa divindade; justiça, majestade e julgamento constituem meramente o Meu caráter, o Próprio Deus completo. Durante a Era da Graça, Eu fui amoroso e misericordioso. Por causa da obra que Eu tinha de terminar, Eu possuía amabilidade e misericórdia; depois, porém, não houve mais necessidade de tais coisas (e não houve nenhuma desde então). Tudo é justiça, majestade e julgamento, e esse é o caráter completo da Minha humanidade normal e também da Minha divindade completa.

Aqueles que não Me conhecem perecerão no abismo sem fundo, enquanto aqueles que têm certeza a Meu respeito viverão para sempre, para serem cuidados e estarem protegidos dentro do Meu amor. No momento em que falo uma única palavra, estremecem o universo inteiro e os confins da terra. Quem consegue ouvir Minhas palavras e não estremece de medo? Quem consegue se impedir de transbordar de reverência por Mim? E quem é incapaz de conhecer Minha justiça e majestade a partir dos Meus feitos! E quem não consegue ver Minha onipotência e sabedoria em Meus feitos! Quem quer que não preste atenção certamente morrerá. Isso porque os que não prestam atenção são aqueles que resistem a Mim e que não Me conhecem; eles são o arcanjo e são os mais desenfreados. Examinem a si mesmos. Qualquer um que for desenfreado, hipócrita, presunçoso e arrogante certamente é objeto do Meu ódio e está fadado a perecer!

Agora Eu anuncio os decretos administrativos do Meu reino: todas as coisas estão dentro do Meu julgamento, todas as coisas estão dentro da Minha justiça, todas as coisas estão dentro da Minha majestade, e Eu pratico a justiça para com todos. Aqueles que dizem que creem em Mim, mas que, no fundo, Me contradizem ou aqueles cujo coração Me abandonou serão escorraçados — mas tudo no Meu tempo certo. Pessoas que falam sarcasticamente sobre Mim, mas de um modo que os outros não percebem, morrerão imediatamente (elas perecerão em espírito, corpo e alma). Aqueles que oprimem ou dão de ombros aos Meus amados serão julgados imediatamente pela Minha ira. Isso significa que pessoas que têm inveja daqueles que Eu amo e que pensam que Eu sou injusto serão entregues para serem julgados por Meus amados. Todos os que se comportam bem são simples e honestos (incluindo aqueles que carecem de sabedoria) e todos os que Me tratam com sinceridade concentrada permanecerão no Meu reino. Aqueles que não passaram por treinamento — a saber, aquelas pessoas honestas que carecem de sabedoria e percepção — terão poder no Meu reino. No entanto, elas também foram tratadas e quebrantadas. Que elas não foram submetidas a treinamento não é algo absoluto. Antes é por meio dessas coisas que Eu mostrarei a todos Minha onipotência e Minha sabedoria. Eu escorraçarei todos aqueles que ainda duvidam de Mim; não quero nenhum deles (Eu detesto pessoas que ainda duvidam de Mim num tempo como este). Por meio dos feitos que realizo por todo o universo, Eu mostrarei às pessoas honestas a maravilha das Minhas ações, e em consequência disso fazendo com que sua sabedoria, percepção e discernimento cresçam. Eu também farei com que as pessoas enganosas sejam destruídas em um instante como resultado dos Meus feitos maravilhosos. Todos os filhos primogênitos que foram os primeiros a aceitar Meu nome (a saber, as pessoas honestas, santas e imaculadas) serão os primeiros a alcançar entrada ao reino e a governar sobre todas as nações e todos os povos juntamente Comigo, reinando como reis no reino e julgando todas as nações e todos os povos (isso se refere a todos os filhos primogênitos no reino e não a outros). Todos os que, entre todas as nações e todos os povos, foram julgados e que se arrependeram entrarão no Meu reino e se tornarão Meu povo, enquanto aqueles que são obstinados e impenitentes serão lançados no abismo sem fundo (onde perecerão para sempre). O julgamento no reino será o último e será Minha limpeza completa do mundo. Então não haverá mais nenhuma injustiça, pesar, lágrimas, nem suspiros e, ademais, não haverá mais mundo. Tudo será uma manifestação de Cristo e tudo será o reino de Cristo. Quanta glória! Quanta glória!

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado