Notícias: Carlos Iglesias: A repatriação de cristãos chineses está pondo a vida deles em risco

08 de Janeiro de 2019

Desde que chegou ao poder, o Partido Comunista Chinês vem reprimindo as crenças religiosas, prendendo e perseguindo cristãos desenfreadamente. Nos últimos anos, alguns cristãos chineses foram forçados a fugir para o exterior por causa de sua fé. No entanto, seus pedidos de asilo são negados em países ocidentais, especialmente em alguns da Europa, uma vez que as autoridades desses países não reconhecem o fato de que esses cristãos vêm sendo submetidos à perseguição e correm o risco de serem deportados de volta para a China. Carlos Iglesias, advogado espanhol especializado em direitos humanos, comenta sobre a grave situação dos direitos humanos na China e seu status quo de perseguição religiosa. Com relação aos cristãos chineses exilados que tiveram o pedido de asilo político negado, Iglesias apela às autoridades dos países ocidentais para que ajam com cautela, afirmando que “ao concederem ou negarem esse asilo, o que está em jogo é a vida dessas pessoas”.

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

Deixar uma resposta