Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

3. Deus Todo-Poderoso e o Senhor Jesus são um só Deus?

Quando a humanidade foi corrompida por Satanás, Deus iniciou seu plano de gestão para a sua salvação. Deus realizou três etapas da obra para a salvação da humanidade. Durante a Era da Lei, Deus Jeová divulgou as leis e orientou a vida da humanidade, fazendo as pessoas saberem que deveriam adorá-Lo e entenderem o que é o pecado. Mas com a chegada das etapas finais da Era da Lei, a corrupção da humanidade se tornou cada vez mais profunda e as pessoas violavam as leis e pecavam contra Jeová com frequência. Elas enfrentavam o risco de serem sentenciadas e condenadas à morte por causa das suas violações. Assim, em resposta às necessidades da humanidade, durante a Era da Graça, Deus assumiu a forma humana e se tornou o Senhor Jesus. Ele foi pregado na cruz por causa da humanidade e redimiu o homem do pecado, permitindo que as pessoas se apresentassem diante de Deus e orassem a Ele, confessassem e se arrependessem, fossem perdoadas por seus pecados e vivessem sob as riquezas da graça e bênçãos de Deus. Mas como a natureza pecaminosa das pessoas ainda precisava ser resolvida e elas ainda pecavam e se opunham a Deus, na Era do Reino Deus se fez carne de novo, usando o nome Deus Todo-Poderoso para expressar todas as verdades para a salvação e purificação da humanidade sob o fundamento da obra redentora do Senhor Jesus, extinguindo a natureza pecaminosa da humanidade, fazendo com que ela cessasse sua desobediência e oposição a Deus, permitindo que as pessoas realmente obedecessem e adorassem a Ele e, finalmente, conduzisse a humanidade a um belo destino. Embora as obras que Deus realizou nas Eras da Lei, da Graça e do Reino sejam diferentes, e os nomes que Ele usou e o caráter que Ele mostrou sejam diferentes, a essência e os objetivos da Sua obra são os mesmos – tudo é para salvar a humanidade, e todas as obras são feitas por Deus. Como Deus Todo-Poderoso disse: “Da obra de Jeová à obra de Jesus e da obra de Jesus àquela deste estágio atual, esses três estágios abrangem de forma contínua toda a gama da gestão de Deus, e são todos obra de um só Espírito. Desde a criação do mundo, Deus sempre esteve trabalhando na gestão da humanidade. Ele é o Princípio e o Fim, Ele é o Primeiro e o Último, e Ele é Aquele que inicia uma era e Aquele que encerra a era. Os três estágios da obra, em diferentes eras e diferentes locais, são inequivocamente a obra de um só Espírito. Todos aqueles que separam esses três estágios estão em oposição a Deus” (de ‘A visão da obra de Deus (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Por milhares de anos, poucas pessoas sabiam que o Senhor Jesus Cristo é Deus, que Ele é a aparição de Deus e que o Senhor Jesus é a encarnação de Jeová. Na verdade, a Bíblia havia profetizado isto há muito tempo. No livro de Isaías, foi dito que: “Todavia, foi da vontade de Jeová esmagá-lo, fazendo-o enfermar; quando ele se puser como oferta pelo pecado” (Isaías 53:10). A partir desta passagem bíblica, pode-se ver que para o Senhor Jesus servir como oferta pelo pecado significa que Jeová se ofereceu como oferta pelo pecado e que o Senhor Jesus era o Senhor. Ele também disse: “Quem me viu a mim, viu o Pai” (João 14:9). “o Pai está em mim e eu no Pai” (João 10:38). “Eu e o Pai somos um” (João 10:30). Quando o Senhor Jesus disse que: “Eu e o Pai somos um”, quis dizer que Ele e Jeová são um só Espírito. As palavras proferidas pelo Senhor Jesus e as proferidas por Jeová são as mesmas – ambas são a verdade, são as declarações de um só Espírito e sua fonte é a mesma, isto é, o Senhor Jesus e Jeová são um só Deus. Da mesma forma, a fonte das palavras expressas por Deus Todo-Poderoso dos últimos dias e as pelo Senhor Jesus são as mesmas, são as declarações do Espírito Santo, são a verdade e a voz de Deus. Todos os que creem no Senhor sabem que um maior número de profecias na Bíblia diz respeito ao retorno do Senhor e à obra de julgamento de Deus dos últimos dias. Como o Senhor Jesus disse: “E, se eu for e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos tomarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também” (João 14:3). “Eis que cedo venho” (Apocalipse 22:12). “Então verão vir o Filho do homem em uma nuvem, com poder e grande glória” (Lucas 21:27). “Eis que venho como ladrão” (Apocalipse 16:15). “Quem me rejeita, e não recebe as minhas palavras, já tem quem o julgue; a palavra que tenho pregado, essa o julgará no último dia” (João 12:48). Na Primeira Epístola de Pedro, também foi dito que: “Porque já é tempo que comece o julgamento pela casa de Deus” (1 Pedro 4:17). Foi dito muito claramente nestas passagens que o Senhor Jesus retornaria durante os últimos dias, expressaria palavras e realizaria a obra de julgamento. Quando Deus Todo-Poderoso retorna durante os últimos dias, Ele realiza a obra de julgamento começando pela casa de Deus sobre o fundamento da obra da redenção do Senhor Jesus, e expressa todas as verdades para a purificação e salvação da humanidade. Embora a obra de Deus Todo-Poderoso e a do Senhor Jesus sejam diferentes, a fonte deles é a mesma – o único Deus! Isto cumpre a profecia do Senhor Jesus: “Ainda tenho muito que vos dizer; mas vós não o podeis suportar agora. Quando vier, porém, aquele, o Espírito da verdade, ele vos guiará a toda a verdade; porque não falará por si mesmo, mas dirá o que tiver ouvido, e vos anunciará as coisas vindouras” (João 16:12-13). Deus Todo-Poderoso encarnado dos últimos dias é a corporificação do Espírito da verdade. Deus Todo-Poderoso é o retorno do Senhor Jesus.

Anterior:Como a Igreja de Deus Todo-Poderoso surgiu?

Próximo:Qual é a diferença entre o cristianismo e a Igreja de Deus Todo-Poderoso?

Coisas que talvez lhe interessem