Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

5. Ai de quem crucificar Deus mais uma vez

Nos últimos dias, Deus encarnou na China para realizar a obra e transmitir milhões de palavras, conquistando e salvando um grupo de pessoas através da Sua palavra, inaugurando, assim, a nova era de julgamento, a começar pela casa de Deus. Hoje, a divulgação da obra de Deus nos últimos dias atingiu seu auge na China Continental. A maioria das pessoas em comunidades católicas e todas as denominações cristãs que buscam a verdade retornaram para diante do trono de Deus. O Deus encarnado realizou a obra da “vinda secreta do Filho do homem” profetizada na Bíblia e em breve aparecerá publicamente em todas as nações e locais do mundo. Todas as pessoas, de todas as nações e de todos os locais, que anseiam pela chegada de Deus refletirão sobre a aparição pública de Deus. Nenhuma força pode impedir ou destruir o reino de Deus, e quem resiste a Deus será punido com a ira de Deus, tal como ficou exposto nas palavras de Deus: “Meu reino está se formando em todo o universo e Meu trono está capturando o coração de centenas de milhões de pessoas. Com a ajuda dos anjos, Minha grande realização será logo completada com sucesso. Todos os Meus filhos e o Meu povo esperam o Meu retorno com a respiração suspensa, ansiando o Meu reencontro com eles, para nunca mais ser separados. Como não correria um para o outro toda a multidão da população de Meu reino em alegre celebração pelo fato de Eu estar junto deles? Poderia ser uma reunião pela qual não se tem que pagar nada? Eu sou honrado aos olhos de todos, sou anunciado nas palavras de todos. Quando Eu voltar, conquistarei todas as forças inimigas mais ainda. A hora chegou! Vou colocar Minha obra em ação, vou reinar supremo entre os homens! Estou prestes a voltar! E estou quase partindo! Isso é o que todos esperam, o que todos desejam. Eu permitirei que todos vejam a chegada do Meu dia e que deem boas-vindas alegremente à chegada do Meu dia!” (de ‘A vigésima sétima declaração’ das declarações de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”). “Todos os que Eu amo com certeza viverão eternamente e aqueles que ficam contra Mim certamente serão castigados por Mim por toda a eternidade. Pois Eu sou um Deus zeloso, Eu não pouparei levianamente os homens pelo que fizeram. Eu vigiarei sobre toda a Terra e, aparecendo no Oriente do mundo com justiça, majestade, ira e castigo, Me revelarei às miríades de multidões da humanidade!” (de ‘A vigésima sexta declaração’ das declarações de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”).

A obra extraordinária de Deus revelou todos os anticristos, falsos profetas e enganadores. Trouxe à tona os falsos crentes que buscam somente a graça de Deus e procuram comer os pães e ficar saciados. A palavra do juízo de Deus é como uma espada afiada de dois gumes que penetra no coração e no espírito do homem, fazendo com que aqueles que odeiam ser repreendidos, que detestam as palavras novas e que não amam a verdade mostrem suas verdadeiras personalidades.

Nas palavras que Deus profere durante Sua vinda em segredo para realizar Sua obra, nós observamos a verdade sobre a resistência da humanidade a Deus e sua rebelião contra Deus, que se manifesta principalmente em três aspectos:

1. A humanidade muitas vezes peca, resiste e se rebela contra Deus porque, ao seguir a corrupção de Satanás, a natureza das pessoas fica tomada pelos vários venenos de Satanás, tornando-se assim uma das que resistem e se rebelam contra Deus. Assim, elas pecam diariamente e normalmente confessam seus pecados, mas se sentem incapazes de se libertar da servidão e dos grilhões de sua natureza satânica. A natureza do homem que se rebela contra Deus é a raiz de seu pecado.

2. A humanidade tem se deixado corromper profundamente por Satanás. Os corações das pessoas foram preenchidos apenas com as filosofias, regras de vida e maneiras de pensar de Satanás, tornando-as incapazes de entender ou reconhecer que a palavra de Deus é a verdade. Sem o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo, a humanidade é incapaz de aceitar a verdade. Mesmo que a humanidade corrupta acredite em Deus, que as pessoas reconheçam que há apenas um Deus, elas não reconhecem que Deus é a verdade. Sendo assim, a humanidade corrupta muitas vezes pronuncia seu julgamento a Deus, ataca Deus, resiste a Deus e se rebela contra Deus.

3. A humanidade foi também profundamente corrompida por Satanás. Mesmo os que há anos acreditam em Deus jamais conhecerão Deus sem o julgamento, castigo ou obra de salvação de quem se fez carne. Em sua crença em Deus, eles só conseguem desfrutar da graça de Deus e reconhecer que Deus realmente existe, mas não conhecem verdadeiramente Deus. A única coisa que fazem é se maravilharem com as doutrinas e conceitos religiosos, ficando cada dia mais arrogantes e hipócritas, ousando inclusive julgar e denunciar Deus e blasfemar contra a obra de Deus. Essas coisas não são novidade, elas acontecem frequentemente no mundo religioso, o que exige uma profunda reflexão do povo e cumpre totalmente as palavras de Jesus: “Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus. Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então lhes direi claramemnte: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniquidade” (Mateus 7:21-23). Podemos perceber nitidamente que no mundo religioso há muitas pessoas que trabalham em nome do Senhor, mas que resistem e condenam a obra de Deus dos últimos dias. Todos que acreditam em Deus, mas que reconhecem apenas Sua existência e não sabem que Deus é a verdade, são susceptíveis de resistir a Deus, atacar Deus e blasfemar contra Deus. Ao ter algum conhecimento da Bíblia e de alguma doutrina religiosa, eles acreditam que têm a verdade e que conhecem Deus. Mas ainda assim ousam blasfemar contra a obra do Espírito Santo e desafiar o Cristo encarnado. A única coisa que os espera é um julgamento e uma punição justa, majestosa e colérica de Deus. No dia da vinda pública de Deus, tudo será revelado!

Muitas vezes ouvimos das pessoas que pregam o evangelho em vários lugares que muitos daqueles que algum dia resistiram à obra de Deus Todo-Poderoso ou que interferiram e impediram que o povo aceitasse Deus Todo-Poderoso foram punidos e amaldiçoados em vários graus. Podemos dizer que, de certa forma, eles desempenharam um papel motivador positivo em nossa obra do evangelho. Ao recebermos essa informação, notamos que não podemos ajudar, mas sim louvar a justiça de Deus; mais do que isso, agradecer a Deus por ter ouvido nossas preces. Além disso, a reverência e a admiração a Deus surgiram espontaneamente em nossos corações. Deus não vai abandonar as ovelhas que Lhe pertencem, muito menos perdoar alguém que pratica o mal e resiste a Ele. Deus é onipresente e onipotente, e a obra de Deus não pode ser prejudicada por nenhuma força hostil. Deus nos deixou muitos exemplos de casos em que o mal é punido. Acreditamos que esse seja também um aviso silencioso para cada um de nós. Dessa forma, reunimos muitos casos de pessoas sendo punidas, cujo escopo abrange comunidades católicas e várias denominações cristãs. O período vai apenas de 1993 a 2002, e os locais englobam 24 províncias e cidades. Coletamos, ao todo, mais de dez mil casos de pessoas que foram punidas por resistirem a Deus Todo-Poderoso. Dentre eles, selecionamos mais de oitocentos e setenta que são representativos e suficientes para que todos extraiam lições. (Veja: Casos representativos de punição por resistir a Deus Todo-Poderoso).

Desses casos chocantes de pessoas que foram punidas por resistir a Deus, extraímos quatro que foram relativamente veementes em sua resistência a Deus:

Primeiro: essas pessoas foram enganadas por outras ou foram escravizadas por maus servos porque não reconheceram e não perceberam a obra do Espírito Santo. Assim, elas continuaram a comprometer-se com o mal e a reproduzir suas palavras, transmitindo muitas palavras em resistência a Deus e agindo de forma a impedir que as pessoas aceitassem a obra de Deus. Deus impôs um castigo leve para essas pessoas e não extinguiu suas vidas. Algumas delas tiveram doenças estranhas e outras sofreram acidentes ou membros da sua família sofreram alguma fatalidade. Deus deu a esse tipo de pessoas a chance de se arrepender. Claro que algumas foram especialmente obstinadas e, mesmo depois de punidas, não acordaram, continuaram a fazer o mal e foram eliminadas.

Segundo: a maioria dessas pessoas eram líderes de várias denominações que ficaram diante da escolha de manter-se em sua posição ou ficar com Deus. Para manter sua posição, elas desistiram do verdadeiro caminho, resistiram voluntariamente à obra de Deus e mantiveram as pessoas sob seu controle. Para continuar a desfrutar dos benefícios trazidos pela sua posição, elas enganaram e aprisionaram as pessoas; tinham a impressão de que perderiam seu posto caso perdessem as pessoas e elas não podiam viver sem seu posto. Portanto, fizeram tudo que podiam para competir com Deus para conquistar seu povo escolhido, chamando de suas as ovelhas de Deus. Eram anticristos típicos. Serviam às suas posições e aos seus meios de vida. Seus corações foram ficando cada vez mais endurecidos. Desfrutavam da graça de Deus, mas mesmo assim queriam controlar o povo escolhido de Deus, não deram a ele a liberdade de escolha a que tinham direito. Esses eram os maus servos profetizados pelo Senhor Jesus. Deus também puniu com intensidades diferentes, conforme o tipo de comportamento, e deu-lhes também a chance de se arrependerem. Mas alguns deles foram ainda mais longe e preferiram morrer em vez de se arrepender; por isso, Deus pôs fim a suas vidas. Para aqueles que se refrearam ou pararam de cometer o mal depois de serem punidos, Deus poupou suas vidas e continua esperando que se arrependam.

Terceiro: essas pessoas foram outrora possuídas por espíritos malignos, ou, em alguns casos, confiaram em espíritos malignos que exibem poderes sobrenaturais. Essas pessoas acreditaram na obra de maus espíritos que estavam dentro delas e não tinham o menor conhecimento da obra do Espírito Santo. Como consequência, quando a nova obra de Deus foi anunciada, isso suscitou uma forte resistência nelas. Esse tipo de pessoas é especialmente hostil à obra do Espírito Santo, detesta sobretudo a verdade transmitida por Deus. Em todas as denominações, a voz de sua resistência a Deus era a mais alta, suas ações eram as mais maliciosas, e sua oposição a Deus foi a mais agressiva e fervorosa. Essas pessoas foram instrumentos de espíritos malignos, os inimigos de Deus e cúmplices de Satanás, e foi assim que todas acabaram sendo amaldiçoadas e condenadas à perdição e destruição.

Quarto: essas pessoas que foram punidas eram as espinhas dorsais treinadas pela Igreja Patriótica das Três Autonomias. Elas trabalharam e deram suas vidas, principalmente para o Partido Comunista, e ficaram inimigas de todos aqueles que realmente acreditavam em Deus. Com a ajuda do poder do Estado, elas perseguiram quem verdadeiramente seguia e testemunhava por Deus, servindo como instrumentos do governo. Agarraram a “tigela de arroz” concedida pelo Partido Comunista, fizeram discursos, deram suas vidas e tornaram-se porta-vozes do Partido Comunista no mundo religioso. O Partido Comunista foi, na verdade, o mestre delas. Na maioria dos locais, essas pessoas mantiveram seus cargos decisórios nas igrejas e o controle sobre muitos dos crentes ignorantes. Essas pessoas não eram nada mais que demônios que resistiram a Deus. Foram verdadeiramente infiéis ao Cristianismo e, embora tenham crescido durante um certo tempo, foram condenadas, amaldiçoadas e destruídas.

Essas figuras famosas em comunidades católicas e várias denominações cristãs foram todas castigadas e amaldiçoadas por Deus e morreram por terem condenado a obra de Deus e impedido que a vontade de Deus se manifestasse. Não vale a pena as pessoas refletirem sobre isso? Se Aquele a quem elas resistiram não fosse Deus, quem poderia puni-las e ceifar suas vidas? Se elas realmente pertenciam a Deus, quem teria poder de tirar suas vidas das mãos de Deus? Você não reconhece que Deus é justo?

Desses quatro tipos de pessoas e suas ações, podemos ver claramente que, em sua natureza, elas não gostavam da verdade. Elas mantinham uma atitude hostil para com a obra de salvação e transformação do homem feita por Deus através do julgamento e castigo, elas odiavam profundamente a palavra de Deus que revela a natureza do homem e perfura a alma do homem e ficaram enfurecidas, como se a volta de Deus tivesse interrompido seus sonhos agradáveis. Assim, seus corações que se queixavam contra Deus e sua essência de se rebelar contra Deus ficaram completamente expostos. Elas, sem o menor escrúpulo e cheias de arrogância, condenaram, blasfemaram e resistiram a Deus. Foram muito piores que os fariseus que perseguiram o Senhor Jesus há dois mil anos. Suas más ações, finalmente, as levaram à punição e à maldição. Muitas delas só perceberam que o caráter de Deus não pode ser ofendido quando a morte chegou a elas. Mas a única coisa que puderam fazer é chorar e ranger os dentes na escuridão. Os fatos provaram que aqueles que crucificaram Cristo mais uma vez serão condenados!

Deus Todo-Poderoso disse: “O reino está se expandindo no meio da humanidade, está se formando no meio da humanidade, está em pé no meio da humanidade; não há força que possa destruir o Meu reino. De Meu povo que está no reino de hoje, qual de vocês não é um ser humano entre os seres humanos? Qual de vocês, se encontra fora da condição humana? Quando Meu novo ponto de partida for anunciado para a multidão, como é que a humanidade reagirá? Vocês viram com seus próprios olhos o estado da humanidade; certamente vocês ainda não abrigam esperanças de permanecer para sempre neste mundo? Agora estou caminhando por entre o Meu povo, e vivo no meio do Meu povo. Hoje, os que têm amor genuíno para Comigo, pessoas como estas são bem-aventuradas; bem-aventurados são aqueles que se submetem a Mim, eles certamente permanecerão em Meu reino; bem-aventurados os que Me conhecem, eles certamente irão exercer o poder em Meu reino; bem-aventurados são aqueles que buscam a Mim, que certamente irão escapar dos laços de Satanás e desfrutar bênçãos em Mim; bem-aventurados são aqueles que são capazes de renunciar-se, estes com certeza passarão a Me pertencer, e herdarão a generosidade do Meu reino. Aqueles que correm por Minha causa vou comemorar, aqueles que pagam um alto preço por Minha causa vou alegremente abraçar, aqueles que fazem ofertas a Mim vou dar desfrutes. Aqueles que encontram prazer em Minhas palavras Eu abençoarei; eles certamente serão os pilares que sustentam a cumeeira em Meu reino, que certamente terão incomparável generosidade na Minha casa, e ninguém pode comparar-se a eles. Vocês já aceitaram as bênçãos que lhe foram dadas? Alguma vez vocês já procuraram as promessas que foram feitas? Vocês certamente irão, sob a orientação da Minha luz, romper o domínio das forças das trevas. Certamente, no meio da escuridão, não vão perder a luz que os guiam. Vocês certamente vão ser o mestre de toda criação. Vocês certamente serão um vencedor diante de Satanás. Vocês certamente, com a queda do reino do grande dragão vermelho, levantar-se-ão no meio de numerosas multidões para testemunhar a Minha vitória. Vocês certamente serão firmes e inabaláveis na terra de Sinim. Através dos sofrimentos que vocês suportam, vão herdar a bênção que vem de Mim, e certamente irradiarão no universo inteiro com a Minha glória” (de ‘A décima nona declaração’ das declarações de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”).

Anterior:A propagação do evangelho do reino de Deus Todo-Poderoso na China

Coisas que talvez lhe interessem