Música gospel 2020 "Deus espera que o homem se arrependa de verdade"

09 de Agosto de 2020

I

Deus estava bravo com os Ninivitas

quando proclamou

que ia destruir sua cidade.

Mas eles jejuaram,

usaram juta e cinzas

e o coração de Deus

abrandou.

A fúria de Deus em misericórdia

se transformou,

por suas confissões,

suas contrições.

Quando Deus Se ira com o homem,

espera que ele se arrependa,

então, lhe dá Sua misericórdia.

A maldade do homem traz a ira de Deus.

Os que ouvirem a Deus, se arrependerem,

se afastarem do mal,

e abandonarem a violência,

receberão Sua misericórdia e tolerância.

II

Não há contradição na revelação

do caráter de Deus.

Ele expressou distintas substâncias

antes e depois da contrição dos Ninivitas;

Sua essência foi revelada.

E então o povo pôde ver

Sua substância e sua verdade,

e é impossível ofender

a substância de Deus.

Quando Deus Se ira com o homem,

espera que ele se arrependa,

então, lhe dá Sua misericórdia.

A maldade do homem traz a ira de Deus.

Os que ouvirem a Deus, se arrependerem,

se afastarem do mal,

e abandonarem a violência,

receberão Sua misericórdia e tolerância.

III

Deus usou Sua atitude para contar ao povo o seguinte:

não é que Ele não queira mostrar Sua

misericórdia, mas poucos se arrependem,

e se afastam

dos caminhos do mal.

Como Deus fez com os Ninivitas,

Sua misericórdia pode se alcançar.

Se o homem se arrepende,

o coração de Deus irá mudar.

Quando Deus Se ira com o homem,

espera que ele se arrependa,

então, lhe dá Sua misericórdia.

A maldade do homem traz a ira de Deus.

Os que ouvirem a Deus, se arrependerem,

se afastarem do mal,

e abandonarem a violência,

receberão Sua misericórdia e tolerância.

de “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”

Ver mais

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Compartilhar

Cancelar