Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

VIII. As diferenças entre a obra de Deus e o trabalho do homem

4. Crentes precisam ser capaz de discernir os falsos pastores e anticristos para rejeitar a religião e retornar para Deus

Versos da Bíblia para referência:

Assim diz o Senhor Jeová: Ai dos pastores de Israel que se apascentam a si mesmos! Não devem os pastores apascentar as ovelhas? Comeis a gordura, e vos vestis da lã; matais o cevado; mas não apascentais as ovelhas. A fraca não fortalecestes, a doente não curastes, a quebrada não ligastes, a desgarrada não tornastes a trazer, e a perdida não buscastes; mas dominais sobre elas com rigor e dureza” (Ezequiel 34:2-4).

Guardai-vos dos falsos profetas, que vêm a vós disfarçados em ovelhas, mas interiormente são lobos devoradores” (Mateus 7:15).

São guias cegos; ora, se um cego guiar outro cego, ambos cairão no barranco” (Mateus 15:14).

“Porque já muitos enganadores saíram pelo mundo, os quais não confessam que Jesus Cristo veio em carne. Tal é o enganador e o anticristo” (2 João 1:7).

Palavras de Deus relevantes:

A obra de um trabalhador não qualificado fica muito aquém disso; é uma obra tola. Ele só é capaz de trazer as pessoas para regras; o que ele exige das pessoas não varia de um indivíduo para outro; ele não realiza a obra de acordo com as necessidades reais das pessoas. Nesse tipo de obra há regras e doutrinas demais e ela é incapaz de trazer as pessoas para a realidade ou para a prática normal de crescimento na vida. Pode apenas permitir que as pessoas obedeçam a algumas regras sem valor. Esse tipo de liderança só é capaz de desencaminhar as pessoas. Ele o orienta a se tornar o que ele é; ele só pode trazê-lo para o que ele tem e é. Para os seguidores identificarem quais líderes são qualificados, o segredo é observar o caminho a que eles conduzem e os resultados de sua obra, e ver se os seguidores recebem os princípios de acordo com a verdade e se recebem caminhos de prática adequados para sua transformação. Você tem de distinguir as diferentes obras de diferentes tipos de pessoas; você não deve ser um seguidor tolo. Isso passa pela questão da sua entrada. Se você não consegue distinguir qual liderança tem um caminho e qual não tem, será facilmente enganado. Tudo isso tem influência direta em sua própria vida.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

A obra na mente humana é muito facilmente alcançada pelo homem. Pastores e líderes do mundo religioso, por exemplo, confiam em seus dons e posições para realizar sua obra. As pessoas que os seguem por muito tempo serão infectadas por seus dons e influenciadas por parte do que eles são. Eles se concentram nos dons, habilidades e conhecimento das pessoas e dão atenção a algumas coisas sobrenaturais e a várias doutrinas irrealistas profundas (essas doutrinas profundas são obviamente inatingíveis). Não se concentram na mudança de caráter das pessoas, mas sim no treinamento das habilidades de pregar e operar delas, aprimorando o conhecimento das pessoas e ricas doutrinas religiosas. Não se concentram em até que ponto o caráter das pessoas é mudado ou até que ponto as pessoas entendem a verdade. Não se preocupam com a substância das pessoas, muito menos tentam conhecer os estados normais e anormais delas. Não contestam nem revelam as noções das pessoas, muito menos corrigem as deficiências ou corrupções delas. A maioria daqueles que os seguem servem através de seus dons naturais e o que eles expressam é conhecimento e verdade religiosa vaga, que estão desconectados da realidade e são totalmente incapazes de dar vida às pessoas. Na verdade, a essência de seu trabalho é nutrir talento, tornando uma pessoa que não tem nada em um talentoso formando de seminário que mais tarde prossegue para realizar sua obra e liderar.

de ‘A obra de Deus e a obra do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Detrás de Mim, muitas pessoas cobiçam a bênção do status, fartam-se de comida, adoram dormir e dão todo cuidado à carne, sempre temendo que não haja maneira de sair da carne. Elas não desempenham suas funções normais na igreja e comem de graça, ou, de maneira adversa, repreendem seus irmãos e irmãs com Minhas palavras, se levantam e dominam sobre os outros. Essas pessoas ficam dizendo que estão fazendo a vontade de Deus, elas sempre dizem que são íntimas de Deus — isso não é absurdo? Se você tem as motivações certas, mas é incapaz de servir de acordo com a vontade de Deus, então está sendo tolo; mas se as suas motivações não são certas e mesmo assim diz que serve a Deus, então você é alguém que se opõe a Deus e devia ser punido por Ele! Não tenho compaixão por pessoas assim! Na casa de Deus elas comem de graça e sempre cobiçam os confortos da carne, sem levar em conta os interesses de Deus; elas sempre buscam o que é bom para elas, não prestam atenção à vontade de Deus, tudo que fazem não é examinado pelo Espírito de Deus, estão sempre manobrando e conspirando contra seus irmãos e irmãs, sendo falsas, como uma raposa numa vinha, sempre roubando as uvas e pisoteando as videiras. Tais pessoas poderiam ser íntimas de Deus? Você está apto a receber as bênçãos de Deus? Você não assume a responsabilidade por sua vida e pela igreja, você está apto a receber a comissão de Deus? Quem ousaria confiar em alguém como você? Quando você serve dessa maneira, será que Deus arriscaria lhe confiar uma tarefa maior? Você não está atrasando as coisas?

de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Você serve a Deus com seu caráter natural e de acordo com suas preferências pessoais; além disso, continua a achar que Deus se deleita no que quer que você deseje fazer e odeia tudo o que quer que você não deseje fazer, e é guiado inteiramente por suas próprias preferências em seu trabalho. Isso pode ser chamado de servir a Deus? Por fim, seu caráter de vida não mudará nem um pingo; antes, você ficará ainda mais obstinado porque tem servido a Deus, o que tornará seu caráter corrupto profundamente arraigado. Assim, você desenvolverá interiormente regras sobre o serviço a Deus que estarão baseadas principalmente em sua própria índole e na experiência obtida de servir conforme seu próprio caráter. Isso é lição da experiência humana. É filosofia de vida do homem. Pessoas assim fazem parte dos fariseus e das autoridades religiosas. Se nunca acordarem e se arrependerem, elas por fim se tornarão os falsos cristos que aparecerão nos últimos dias e serão enganadores de homens. Os falsos cristos e enganadores que foram mencionados surgirão de entre pessoas desse tipo. Se aqueles que servem a Deus seguem sua própria índole e agem conforme sua própria vontade, correm o risco de ser expulsos a qualquer momento. Aqueles que aplicam seus muitos anos de experiência para servir a Deus a fim de ganhar o coração de outros, de repreendê-los e restringi-los e manter-se em alto nível — e que nunca se arrependem, nunca confessam seus pecados, nunca renunciam aos benefícios da posição — são pessoas que tombarão diante de Deus. São pessoas do mesmo tipo que Paulo, que se aproveitam de sua senioridade e se vangloriam de suas qualificações. Deus não aperfeiçoará pessoas assim. Esse tipo de serviço interfere na obra de Deus.

de ‘O serviço religioso precisa ser purgado’ em “A Palavra manifesta em carne”

Por que é que a maioria das pessoas despendeu tanto esforço lendo as palavras de Deus, mas tem apenas conhecimento e não consegue depois dizer nada sobre uma senda real? Você acha que possuir conhecimento equivale a possuir a verdade? Isso não é um ponto de vista confuso? Você pode falar de tanto conhecimento quanto há areia na praia, mas nenhuma parte dele contém senda real alguma. Com isso, você não está enganando as pessoas? Você não está fazendo uma demonstração vazia, sem nenhuma substância para sustentá-la? Todo comportamento assim é prejudicial às pessoas! Quanto mais elevada a teoria e mais é desprovida de realidade, mais incapaz é de levar as pessoas para a realidade; quanto mais elevada a teoria, mais faz você desafiar e se opor a Deus. Não trate as teorias mais elevadas como um tesouro precioso; elas são perniciosas e não servem nenhum propósito! Talvez, algumas pessoas possam falar das teorias mais elevadas — mas estas não contêm nada da realidade, pois essas pessoas não as vivenciaram pessoalmente, e, portanto, não têm nenhuma senda para a prática. Essas pessoas são incapazes de levar a humanidade para a trilha certa e apenas levarão as pessoas a desviar-se. Isso não é prejudicial para as pessoas? No mínimo, você deve ser capaz de resolver os problemas atuais delas e permitir que elas alcancem a entrada; apenas isso conta como dedicação, e só então você estará qualificado para trabalhar para Deus. Não use sempre palavras grandiosas e extravagantes e não use um punhado de práticas inadequadas para forçar as pessoas a lhe obedecer. Fazer isso não surtirá efeito algum e só aumentará a confusão das pessoas. Conduzir as pessoas dessa maneira resultará em muitas regras, o que fará com que as pessoas detestem você. Essa é a deficiência da humanidade e realmente é mortificante.

de ‘Concentre-se mais na realidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando pessoas comuns fazem comentários sobre aqueles de vocês que são líderes, vocês dizem: “Epa, o que o torna qualificado para fazer comentários sobre mim? Quantos sermões você pode dar? Quantas pessoas você pode liderar? O que você pode fazer?”. É como se vocês estivessem qualificados. Se continuarem assim, estarão em apuros; vocês podem servir por um tempo, mas então vocês vão errar. No que se refere a todos vocês, se as igrejas em uma área forem confiadas a vocês e não houver ninguém os supervisionando por seis meses, vocês começariam a se perder. Se ninguém o supervisionasse por um ano, você as levaria a se perder. Se dois anos se passarem e ainda ninguém estiver supervisionando você, você as conduziria para longe, as traria para diante de você. Por que isso? Vocês alguma vez já consideraram essa questão? Vocês poderiam ser assim? Seu conhecimento só pode suprir as pessoas por certo período de tempo. Conforme o tempo passa, se você continuar dizendo as mesmas coisas, algumas pessoas irão discernir isso; elas dirão que você é muito superficial, muito carente de profundidade. Você não terá outra opção senão tentar e enganar as pessoas pregando sobre doutrinas. Se você continuar assim para sempre, as pessoas subordinadas a você seguirão seus métodos, passos e modelo de fé e de experimentar e de pôr em prática aquelas palavras e doutrinas. No fim, como você continua pregando e pregando, elas passarão a usar você como exemplo. Na sua liderança de outras pessoas, você fala de doutrinas, então aquelas subordinadas a você aprenderão doutrinas de você e, na medida em que as coisas progridem, você terá tomado a senda errada. As pessoas subordinadas a você irão tomar qualquer senda que você tomar; todas elas irão aprender com você e seguir você, então você irá sentir: “Eu sou poderoso agora; tantas pessoas me ouvem e a igreja está à minha disposição”. Essa natureza traidora dentro do homem inconscientemente faz com que você transforme Deus em um mero líder nominal, e você mesmo então forma algum tipo de denominação. É assim que surgem as várias denominações. Basta olhar para os líderes de cada denominação — são todos arrogantes e hipócritas, eles interpretam a Bíblia fora de contexto e de acordo com a própria imaginação. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, será que aquelas pessoas iriam segui-los? Afinal de contas, eles, de fato, possuem certo conhecimento e conseguem pregar sobre alguma doutrina, ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios. Eles usam isso para trazer as pessoas para si mesmos e enganá-las. Teoricamente, essas pessoas acreditam em Deus, mas, na realidade, seguem seus líderes. Se encontrarem alguém pregando o caminho verdadeiro, algumas dizem: “Temos que consultar nosso líder sobre a nossa fé”. A fé dessas pessoas tem de passar por um ser humano; isso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço para que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro? Tais pessoas são da mesma laia de Paulo.

de ‘Somente a busca da verdade é a verdadeira crença em Deus’ em “Registros das falas de Cristo”

Quando Deus Se torna carne e vem operar entre os homens, todos O contemplam e ouvem as Suas palavras e veem os feitos de Deus na carne. Naquele tempo, todas as concepções do homem se desfazem em nada além de espuma. Quanto àqueles que veem o Deus aparecendo na carne, todos os que têm obediência em seu coração não serão condenados, enquanto aqueles que propositalmente se colocam contra a Ele serão considerados oponentes de Deus. Tais homens são anticristos e inimigos que deliberadamente se contrapõem a Deus. Aqueles que têm concepções em relação a Deus, mas Lhe obedecem alegremente não serão condenados. Deus condena o homem com base nas suas intenções e ações, jamais por seus pensamentos e ideias. Se o homem fosse condenado com base nisso, então ninguém seria capaz de escapar das mãos iradas de Deus. Aqueles que deliberadamente se colocam contra o Deus encarnado serão punidos por sua desobediência. Sua oposição intencional a Deus provém de suas concepções sobre Ele, que resultam em sua interferência na obra divindade Deus. Tais homens resistem e destroem conscientemente a obra de Deus. Eles não só possuem concepções sobre Deus, mas fazem o que atrapalha Sua obra, e é por este motivo que tal conduta humana será condenada.

de ‘Todos os que não conhecem a Deus são aqueles que se opõem a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se você tem acreditado em Deus por muitos anos e, no entanto, nunca Lhe obedeceu nem aceitou todas as Suas palavras, mas, em vez disso, pediu a Deus que Se submetesse a você e agisse de acordo com as suas noções, então você é a mais rebelde das pessoas e é um incrédulo. Como alguém assim conseguirá obedecer à obra e às palavras de Deus que não estão em conformidade com as noções do homem? A pessoa mais rebelde é aquela que intencionalmente desafia Deus e resiste a Ele. É inimiga de Deus e é o anticristo. Tal pessoa tem constantemente uma atitude hostil em relação à nova obra de Deus, nunca demonstrou a menor intenção de se submeter, e nunca se submeteu ou humilhou a si mesma. Ela se exalta diante dos outros e nunca se submete a ninguém. Diante de Deus, ela se considera a mais proficiente em pregar a palavra e a mais hábil em trabalhar com os outros. Não descarta os “tesouros” já em sua posse, mas trata-os como heranças familiares para adoração, para pregar aos outros, e os utiliza para ensinar a esses tolos que a idolatram. Há, de fato, um certo número de pessoas assim na igreja. Pode-se dizer que são “heróis indomáveis”, que permanecem na casa de Deus, geração após geração. Elas tomam a pregação da palavra (doutrina) como seu dever mais elevado. Ano após ano, geração após geração, vão vigorosamente impondo seu dever “sagrado e inviolável”. Ninguém ousa tocá-los e nenhuma pessoa se atreve a reprová-los abertamente. Elas se tornam “reis” na casa de Deus, correndo desenfreados enquanto tiranizam os outros, de geração em geração. Esse bando de demônios procura unir esforços e demolir a Minha obra. Como posso permitir que esses demônios vivos existam diante de Meus olhos?

de ‘Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Sua oposição a Deus e a obstrução da obra do Espírito Santo são causadas por suas concepções e por sua arrogância inerente. Não é porque a obra de Deus está errada, mas porque vocês são naturalmente muito desobedientes. Depois de encontrarem sua crença em Deus, algumas pessoas nem conseguem dizer com certeza de onde o homem veio, mas ousam fazer pronunciamentos públicos avaliando os erros e os acertos da obra do Espírito Santo. E eles até ensinam os apóstolos que têm a nova obra do Espírito Santo, passando comentários e falando fora de hora; sua humanidade é muito baixa, e não há o menor sentido neles. Não chegará o dia em que tais pessoas serão rejeitadas pela obra do Espírito Santo e queimadas pelo fogo do inferno? Elas não conhecem a obra de Deus, mas criticam a Sua obra, e também tentam instruir Deus como operar. Como pessoas tão irracionais podem conhecer Deus? O homem conhece Deus durante o processo de buscá-Lo e experimentá-Lo; não é criticando Deus por impulso que ele passa a conhecê-Lo por meio da iluminação do Espírito Santo. Quanto mais preciso o conhecimento das pessoas sobre Deus, menos elas se opõem a Ele. Em contrapartida, quanto menos as pessoas conhecem Deus, maior a probabilidade de se oporem a Ele. Suas concepções, sua antiga natureza e sua humanidade, caráter e perspectiva moral são o “capital” com o qual você resiste a Deus e, quanto mais corrupto, degradado e vil você é, mais é o inimigo de Deus. Aqueles que são possuídos de concepções penosas e têm um caráter de justiça própria são ainda mais inimigos de Deus encarnado, e tais pessoas são os anticristos.

de ‘Conhecer os três estágios da obra de Deus é o caminho para conhecer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Qualquer um que não entende o propósito da obra de Deus é aquele que se coloca contra Deus e, mais ainda, aquele que está ciente do propósito da obra de Deus, mas não busca satisfazê-Lo. Aqueles que leem a Bíblia em igrejas majestosas a recitam todos os dias, mas ninguém compreende o propósito da obra de Deus. Nenhum é capaz de conhecer Deus; além disso, nenhum está de acordo com o coração de Deus. Todos eles são homens inúteis e vis, cada um se achando na posição de ensinar Deus. Embora ostentem o nome de Deus, eles intencionalmente se opõem a Ele. Embora se rotulem como crentes em Deus, eles são aqueles que comem a carne e bebem o sangue do homem. Todos esses homens são diabos que devoram a alma do homem, demônios chefes que atrapalham propositalmente aqueles que tentam entrar na senda certa e pedras de tropeço que obstruem a senda daqueles que buscam a Deus. Apesar de serem “carne robusta”, como seus seguidores podem saber que são anticristos que conduzem o homem em oposição a Deus? Como podem saber que são diabos vivos que procuram especialmente almas para devorar?

de ‘Todos os que não conhecem a Deus são aqueles que se opõem a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior:Reconheça as diferenças entre o Cristo encarnado e os falsos cristos e falsos profetas

Próximo:Como se pode conhecer a essência divina de Cristo?

Conteúdo Relacionado