Pergunta 31: Vocês dão testemunho de que as palavras expressas por Deus Todo-Poderoso em A Palavra manifesta em carne são declarações da própria boca de Deus, mas cremos que são as palavras de alguém que foi iluminado pelo Espírito Santo. Portanto, o que eu gostaria de buscar é: qual é exatamente a diferença entre as palavras expressas por Deus encarnado e as palavras ditas por alguém com o esclarecimento do Espírito Santo?

Resposta:

Tudo que Deus Todo-Poderoso expressa é a verdade, e A Palavra manifesta em carne é, de fato, a declaração de Deus Todo-Poderoso, que é a segunda vinda do Senhor Jesus. Todos que têm um coração e um espírito a aceitarão incondicionalmente ao verem Sua palavra, a reconhecerão como a voz de Deus e se curvarão diante de Deus. No entanto, ainda existem algumas pessoas que acreditam que as palavras expressadas por Deus Todo-Poderoso nos últimos dias são meramente palavras escritas por um homem inspirado pelo Espírito Santo e não acreditam que são realmente a palavra de Deus. Isso mostra que a nossa crença em Deus não significa necessariamente conhecer Deus, que somos incapazes de distinguir a palavra de Deus das palavras do homem e que, além disso, não conseguimos distinguir claramente palavras que se conformam à verdade da verdade em si. Existe, de fato, uma diferença muito distinta entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. A palavra de Deus é verdade, e ninguém pode negar isso, mas, no melhor dos casos, as palavras do homem meramente se conformam à verdade. Se fôssemos comparar as palavras do homem que se conformam à verdade com a palavra de Deus, será que realmente não haveria nenhuma diferença? Será que realmente não conseguiríamos ver a diferença? É possível dizer que alguém possui a verdade se ele experimentou a palavra de Deus e tem conhecimento de Sua palavra? Se alguém professa palavras que estão de acordo com a verdade, isso significa que ele expressa a verdade? Os santos de eras passadas disseram muitas coisas que se conformam à verdade; aquelas palavras podem ser discutidas em termos iguais com a verdade expressada por Deus? Aqueles que genuinamente entendem e reconhecem a verdade podem ver que existe uma diferença muito significativa entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. Apenas aqueles que não entendem a verdade ou que não a reconhecem misturam as duas. Se quisermos distinguir entre a verdade e as palavras que se conformam à verdade, devemos entender exatamente o que é a verdade. Nós que temos fé no Senhor lemos muitas de Suas palavras, reconhecemos aquele poder e autoridade de Suas palavras e também somos capazes de sentir que apenas a palavra do Senhor é a verdade. Jamais experimentaremos plenamente a verdade, e não importa quanta experiência ou entendimento da verdade tivermos, jamais ousaríamos dizer que possuímos plenamente a verdade ou que temos um entendimento verdadeiro de Deus. Dentro da comunidade religiosa, existem muitos pastores e presbíteros que ousam interpretar a Bíblia, mas não ousam interpretar a palavra de Deus como bem desejam. Nenhum homem ousa dizer que entende a palavra de Deus, e ninguém ousa dizer que entende a verdade. Isso mostra que a substância da verdade é incrivelmente profunda e que ela só pode ser expressada por Deus. Quando o homem experimenta a obra de Deus, ele só pode alcançar certa quantidade de entendimento da verdade, entrar em parte de suas realidades e dizer algumas poucas coisas que se conformam à verdade, que é o máximo que podemos esperar. No entanto, ele jamais pode possuir ou expressar a verdade. Isso é um fato. Em eras passadas, os santos disseram muitas coisas que se conformam à verdade, nas nenhum deles ousaria dizer que aquelas palavras são a verdade. O que, então, é a verdade exatamente? A verdade é expressada por Deus, e apenas Cristo é a verdade, o caminho e a vida. Tudo que Deus diz é a verdade, tudo que Deus diz representa Seu caráter e tudo que Ele é e tem, e Suas palavras estão cheias de Sua onipotência e sabedoria. Deus usou Suas palavras para criar os céus, a terra e todas as coisas, e Deus usa Suas palavras para Sua obra para a salvação da humanidade; através das palavras de Deus, todas as coisas são alcançadas. Pessoas que experimentaram a obra de Deus são capazes de ver a força e a onipotência das palavras de Deus, o que prova que apenas Deus pode expressar a verdade. A força da verdade e sua natureza eterna são insondáveis para a humanidade, apenas a verdade é eterna e coexiste com Deus. Ela é eterna e imutável. Se a humanidade ganhar a verdade como vida, ela terá alcançado a vida eterna. O significado de Deus conceder verdade ao homem para que o homem possa ganhar a verdade como vida é muito profundo. É como diz Deus Todo-Poderoso: “Posta na linguagem humana, a verdade vira um aforismo do homem; a humanidade jamais a experimentará plenamente, mas deveria viver confiar nela. Uma parte da verdade pode fazer com que a humanidade toda sobreviva por milhares de anos.

A verdade é a vida do Próprio Deus, representando o Próprio caráter, representando a Própria substância, representando tudo que há Nele” (‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo”).

A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Porque ela é a exigência que Deus faz ao homem e é a obra realizada pessoalmente por Deus, é chamada de aforismo da vida. Não é um aforismo resumido de alguma coisa, nem uma citação famosa de uma grande personalidade; em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas e não algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado o mais alto de todos os aforismos da vida” (‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A verdade vem do mundo do homem, mas a verdade entre os homens é transmitida por Cristo. Ela origina-se em Cristo, isto é, no Próprio Deus, e isso não é algo de que o homem seja capaz” (‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Por que não é possível dizer que as palavras do homem que se conformam à verdade são a verdade? Porque as palavras do homem que se conformam à verdade representam meramente sua experiência e seu conhecimento da verdade e são o resultado da obra do Espírito Santo. O Espírito Santo opera para esclarecer e levar as pessoas para um entendimento gradual da verdade e para a entrada em suas realidades, de acordo com a estatura espiritual atual das pessoas naquele momento. Sempre que o Espírito Santo esclarece as pessoas, Ele lhes concede apenas um entendimento parcial da luz da verdade e apenas um pouco do conhecimento da realidade da verdade. O Espírito Santo jamais forneceria a substância plena da verdade ao homem em um único passo, porque o homem não pode alcançá-la e não seria capaz de experimentá-la. O que o homem diz que se conforma à verdade é um entendimento e uma experiência muito superficiais e limitados da verdade e está muito longe da substância da verdade. Isso está muito abaixo do padrão da verdade, por isso não é possível dizer que seja a verdade. Mesmo que aquilo que o homem diz seja inspirado pelo esclarecimento e pela iluminação do Espírito Santo e se conforme completamente à verdade, isso serve apenas para a edificação e para o benefício do homem, mas não pode ser a vida do homem, enquanto a verdade pode ser a vida eterna do homem, pois o homem jamais pode experimentar plenamente a substância da verdade e jamais pode viver plenamente a imagem da verdade. O homem só pode viver uma parte pequena da imagem da verdade, o que é, de fato, bastante bom. A verdade pode ser a vida do homem para sempre e pode lhe dar a vida eterna, mas quando a humanidade professa palavras que se conformam à verdade, isso é apenas uma maneira temporária de ajudar em sua edificação, e seu efeito só dura por certo tempo, portanto, tais palavras não podem ser a vida eterna do homem. Essa é a diferença substancial entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. Isso nos mostra que, mesmo que a fala do homem seja esclarecida pelo Espírito Santo e mesmo que ela se conforme à verdade, não podemos dizer que ela seja a verdade. Isso é factual, e aqueles que têm experiência de vida são capazes de aprender e sentir isso.

Extraído de “Respostas a perguntas relacionadas ao roteiro”

Se quisermos diferenciar entre a fala do homem que se conforma à verdade e as palavras expressadas por Deus na carne, devemos primeiro ter clareza de que Deus possui substância divina de Deus e que o homem possui substância humana. A palavra de Deus é uma revelação da vida de Deus e uma expressão do caráter de Deus, enquanto as palavras do homem revelam a substância humana. Apenas as expressões diretas do Espírito Santo são a verdade, e apenas essas expressões são a palavra de Deus, pois a substância da vida de Deus é única e não é possuída por nenhum homem. No entanto, as pessoas usadas por Deus e as pessoas que têm a obra do Espírito Santo podem falar palavras que se conformam à verdade e que podem edificar outros. Isso vem do esclarecimento e da iluminação do Espírito Santo e também da experiência do homem e do seu entendimento da verdade na palavra de Deus. No entanto, isso não é uma expressão direta do Espírito Santo, portanto, não é a palavra de Deus.

Deus Todo-Poderoso diz: “A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Porque ela é a exigência que Deus faz ao homem e é a obra realizada pessoalmente por Deus, é chamada de aforismo da vida. Não é um aforismo resumido de alguma coisa, nem uma citação famosa de uma grande personalidade; em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas e não algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado o mais alto de todos os aforismos da vida” (‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Tudo que Deus expressa diretamente é a verdade, enquanto todo o esclarecimento do Espírito Santo está meramente em linha com a verdade. Isso é assim porque o Espírito Santo esclarece as pessoas de acordo com a estatura individual delas, e Ele não pode expressar diretamente a verdade a elas. Isso é algo que você deve entender. Se as pessoas ganharem alguma percepção e certo entendimento com base nas próprias experiências com as palavras da verdade, isso conta como verdade? O melhor que pode ser dito é que chegaram a determinado entendimento da verdade. Todas as palavras de iluminação do Espírito Santo não representam a palavra de Deus, não representam a verdade, não fazem parte da verdade. Só se pode dizer que tais pessoas tiveram certo entendimento da verdade, alguma iluminação do Espírito Santo. […] Todos podem experimentar a verdade, mas as situações de sua experiência serão diferentes, assim como é diferente o que cada um obtém da mesma verdade. Mas, até depois de combinar a compreensão de todos, você ainda não consegue explicar completamente essa verdade única; a verdade é profunda demais! Por que digo que tudo que você obteve e todo o seu entendimento não podem ser um substituto da verdade? Se você comunicar a sua compreensão com os outros, eles podem ponderar a respeito por dois ou três dias e depois parar de experimentá-la, mas uma pessoa não pode experimentar a verdade completamente, mesmo que seja em uma vida inteira, nem todas as pessoas juntas conseguem experimentá-la completamente. Assim, pode-se ver que a verdade é muito profunda. Não há como usar palavras para articular a verdade completamente; posta na linguagem humana, a verdade vira um aforismo do homem; a humanidade jamais a experimentará plenamente, mas deveria viver confiar nela. Uma parte da verdade pode fazer com que a humanidade toda sobreviva por milhares de anos.

A verdade é a vida do Próprio Deus, representando o Próprio caráter, representando a Própria substância, representando tudo que há Nele. Se você disser que ter algumas experiências significa que você tem a verdade, então você pode representar o caráter de Deus? Não pode. Uma pessoa pode ter certa experiência ou certa luz em relação a determinado aspecto ou faceta de uma verdade, mas não pode suprir os outros com ela para sempre, e assim a sua luz não é a verdade; é apenas um determinado ponto que é alcançável para uma pessoa. É apenas a experiência e a compreensão adequadas que uma pessoa deveria ter, que é a experiência real e conhecimento da verdade. Essa luz, esse esclarecimento e entendimento com base na experiência nunca podem ser um substituto para a verdade; mesmo que todas as pessoas tenham experimentado completamente essa verdade, e combinem toda a sua experiência e conhecimento juntos, isso ainda não é igual àquela verdade. […] O que quero dizer com isso? Quero dizer que a vida do homem sempre será a vida do homem, e não importa o quanto seu entendimento esteja de acordo com a verdade, de acordo com as intenções de Deus, de acordo com as exigências de Deus, o seu entendimento nunca poderá ser um substituto da verdade. Dizer que as pessoas detêm a verdade significa que detêm certa realidade, que detêm certo entendimento da verdade de Deus, que detêm alguma entrada real nas palavras de Deus, que detêm certa experiência real com as palavras de Deus e que estão no caminho certo em sua fé em Deus. Uma única afirmação de Deus é suficiente para uma pessoa experimentar por toda a vida; mesmo se tivessem a experiência de várias vidas ou de vários milênios, as pessoas ainda não seriam capazes de experimentar uma verdade de forma inteira e total” (‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo”).

No que diz respeito à diferença entre as palavras do homem que se conformam à verdade e a palavra de Deus, as palavras de Deus Todo-Poderoso fornecem uma explicação muito clara: verdade vem de Deus, é expressada através de Cristo e é, também, uma expressão direta do Espírito Santo, e tudo que Deus diz é a verdade. A verdade é a própria vida do Próprio Deus, é uma expressão do caráter justo de Deus, é uma revelação de tudo que Deus tem e é, é a realidade de coisas positivas e representa a substância da própria vida de Deus. No entanto, as pessoas usadas por Deus e as pessoas que têm a obra do Espírito Santo podem falar palavras que se conformam à verdade. Isso vem do esclarecimento e da iluminação do Espírito Santo e, também, da experiência do homem e do seu entendimento da verdade na palavra de Deus. Essas palavras que se conformam à verdade representam a experiência e o entendimento do homem. São a realidade da verdade na qual o homem conseguiu entrar e são um resultado da obra de Deus. Não importa quão profundo ou raso seja o entendimento da verdade pelo homem ou quão bem ele conheça Deus, tudo que é dito pela humanidade revela a substância de sua vida humana. Visto que as palavras ditas pelo homem que se conformam à verdade estão tão distantes da profundeza da substância da verdade, aquilo que o homem diz não pode ser chamado a verdade. Existem diferenças inerentes e substanciais entre palavras que se conformam à verdade e a verdade em si. A palavra de Deus é verdade, é a substância da vida de Deus, de modo que a palavra de Deus é eterna e imutável. É exatamente como o Senhor Jesus disse: “Passará o céu e a terra, mas as Minhas palavras jamais passarão” (Lucas 21:33). Deus Todo-Poderoso também diz: “Minhas palavras são para sempre a verdade imutável” (‘Vocês precisam considerar seus feitos’ em “A Palavra manifesta em carne”). Isso é bem semelhante aos Dez Mandamentos promulgados por Deus na Era da Lei: mesmo que milhares de anos tenham passado, a humanidade de hoje ainda os segue, pois a palavra de Deus é verdade, é a realidade de coisas positivas, ela é capaz de resistir ao teste do tempo e permanecerá por toda a eternidade. No entanto, visto que as palavras do homem não são a verdade, elas não permanecerão para sempre. A progressão da história humana nos mostra que, seja na área de pesquisa científica e lei ou em teorias sociológicas, é uma questão de tempo para que as palavras do homem sejam derrubadas ou abandonadas ou se tornem antiquadas num piscar dos olhos. Mesmo que as palavras que o homem diz se conformem à verdade, elas só podem ser úteis para nós, prover para nós e sustentar-nos numa base temporária. Não podem ser a nossa vida. Por que dizemos que as palavras do homem não podem ser a vida do homem? Porque, mesmo que a palavra do homem se conforme à verdade, ela é meramente a experiência do homem e seu entendimento da palavra de Deus e está muito distante da substância da verdade e de forma alguma pode representar a verdade, tampouco pode ter o efeito de ser a vida do homem como pode a verdade; ela só pode nos ajudar temporariamente e prover edificação e apoio, é por isso que a palavra do homem que se conforma à verdade não é a verdade e não pode ser a vida do homem. Como, então, apenas as palavras de Deus podem ser a vida do homem? Visto que a palavra de Deus é verdade e é a realidade de coisas positivas, nós humanos jamais poderemos experimentá-la plenamente, e cada verdade é inesgotável para a humanidade. Mesmo que experimentássemos a eternidade, não ousaríamos dizer que possuímos ou ganhamos plenamente a verdade. Isso é um fato. Além do mais, a verdade pode purificar, salvar e aperfeiçoar a humanidade. Confiando na verdade para viver, podemos viver a semelhança de um homem verdadeiro, viver a imagem da verdade e assim vir a conhecer Deus, submeter-nos a Deus, adorar a Deus e ser compatíveis com Deus, o que era a intenção de Deus quando Ele criou a humanidade. É como diz a Bíblia: “Façamos o homem à Nossa imagem, conforme a Nossa semelhança” (Gênesis 1:26). A intenção de Deus ao criar a humanidade não era apenas providenciar um corpo físico para a humanidade, mas era, primariamente, conceder nova vida à humanidade. Essa nova vida é a palavra de Deus, que é a verdade. Quando a verdade se torna nossa vida, quando ela se torna a realidade da nossa vida, que é quando vivemos a imagem da verdade, e vivemos a semelhança de um homem verdadeiro, então cumprimos a intenção de Deus ao criar a humanidade. Portanto, dizemos que apenas a palavra de Deus e apenas a verdade podem ser a vida eterna do homem. Mesmo que as pessoas usadas por Deus tenham alguma experiência e algum entendimento da palavra de Deus e sejam capazes de dizer algumas coisas que se conformam à verdade, isso é um efeito da obra do Espírito Santo. É a salvação e o aperfeiçoamento do homem por Deus. As palavras das pessoas usadas por Deus que se conformam à verdade ou seu entendimento verdadeiro de Deus não significam que elas possuem a substância da verdade, tampouco representam que elas possuem a vida de Deus. Em vez disso, mostra apenas que elas ganharam verdade e que essa verdade se tornou a realidade de sua vida, pois o homem não é a verdade e não ousaria dizer que ele realmente possui a verdade. Portanto, independentemente de quanto as palavras do homem se conformem à verdade ou o quanto elas possam nos edificar, não podemos dizer que elas são a verdade, e, além disso, não são a palavra de Deus.

Extraído de “Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino”

Se queremos saber por que as palavras alinhadas com a verdade, faladas por homens usados por Deus, não são a verdade, precisamos primeiro deixar claro o que realmente é a “verdade”. Através de toda a história, ninguém tem realmente sabido o que é a verdade. Quando o Senhor Jesus veio a este mundo na Era da Graça, Ele disse: “Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida” (João 14:6). Mas ainda ninguém compreende o real significado da “verdade.” Apenas quando Cristo dos últimos dias — Deus Todo-Poderoso vier, os mistérios da “verdade” serão totalmente revelados à humanidade.

Vamos dar uma olhada no que Deus Todo-Poderoso diz sobre isso. “A verdade vem do mundo do homem, mas a verdade entre os homens é transmitida por Cristo. Ela origina-se em Cristo, isto é, no Próprio Deus, e isso não é algo de que o homem seja capaz” (‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”).

A verdade é o mais real dos aforismos da vida e o mais alto de tais aforismos entre toda a humanidade. Porque ela é a exigência que Deus faz ao homem e é a obra realizada pessoalmente por Deus, é chamada de aforismo da vida. Não é um aforismo resumido de alguma coisa, nem uma citação famosa de uma grande personalidade; em vez disso, é a declaração para a humanidade do Mestre dos céus e da terra e de todas as coisas e não algumas palavras resumidas pelo homem, mas a vida inerente de Deus. E assim é chamado o mais alto de todos os aforismos da vida” (‘Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Posta na linguagem humana, a verdade vira um aforismo do homem; a humanidade jamais a experimentará plenamente, mas deveria viver confiar nela. Uma parte da verdade pode fazer com que a humanidade toda sobreviva por milhares de anos.

A verdade é a vida do Próprio Deus, representando o Próprio caráter, representando a Própria substância, representando tudo que há Nele” (‘Você sabe o que de fato é a verdade?’ em “Registros das falas de Cristo”).

Pelas palavras de Deus Todo-Poderoso podemos ver: A verdade vem de Deus, e vem da expressão de Cristo. Isso quer dizer que todas as palavras expressadas por Deus são a verdade. Isso porque a verdade é a essência da vida de Deus, o caráter de Deus e o que Ele tem e é, e a realidade de todas as coisas positivas. A verdade é eterna e nunca mudará. As palavras de Deus têm autoridade e poder. Elas podem purificar, salvar e aperfeiçoar o homem, e podem ser a vida eterna do homem. Assim, todas as palavras expressadas por Deus são a verdade. A obra de Deus, as revelações e os decretos de Deus, são tudo a verdade. Aquilo que Deus decreta e as regras que estabelece para que o homem obedeça, e tudo que Ele requer e ordena ao homem que viva, são a realidade de todas as coisas positivas, a verdade. E assim, existe verdade a ser buscada em cada palavra que Deus profere. Deus tem expressado muitas verdades em cada estágio de Sua obra. A vida preciosa que Deus concede a nós está dentro dessas verdades.

Tudo que Deus expressa durante a obra de Suas duas encarnações é a verdade. É como as palavras do Senhor Jesus expressadas na Era da Graça. Suas palavras permitiram que a humanidade visse o caráter de Deus, Seu amor e Sua essência de santidade. Tudo isso são as verdades preciosas para que conheçamos a Deus. O amor, a misericórdia, a tolerância e o perdão do Senhor Jesus para com a humanidade, assim como quando o Senhor Jesus pede ao homem que ame a Deus com todo seu coração, alma e mente, que ame o próximo como a si mesmo, que seja a luz do mundo e o sal da terra. Essas são todas coisas positivas. São a verdade, e também a realidade da vida que devemos possuir. Cristo dos últimos dias, Deus Todo-Poderoso, veio e expressa toda a verdade de julgar, purificar e aperfeiçoar a homem. Todas essas verdades são a realidade da vida que o homem precisa possuir na Era do reino. Cristo dos últimos dias nos revela o caráter de Deus de justiça, majestade, ira e a intolerância à ofensa. Ele revela o mistério do plano de gestão de Deus para salvar a humanidade, o mistério dos três estágios da obra de Deus, a verdade interior e a essência de cada estágio de Sua obra, bem como o mistério de Sua encarnação. Ele revela como Deus faz a obra de julgamento nos últimos dias, e o que é o reino de Cristo. Ele explica como Deus revela o fim de cada tipo de pessoa, e como Ele recompensa o bom e pune o mau. Ele revela o significado da justiça de Deus, o significado da santidade de Deus e qual é o significado simbólico de Seu caráter, Seu prazer, raiva, tristeza e alegria. Ele revela o que é justo e o que mau, o que é positivo e o que é negativo, e a essência e os fatos da corrupção do homem por Satanás. Deus Todo-Poderoso mostra ao homem como temer a Deus e evitar o mal, qual é a verdadeira vida humana, como viver uma vida significativa, entre outros. Deus Todo-Poderoso tem nos revelado todas essas verdades e mistérios para que venhamos a conhecer e entender, e assim reverenciaremos a Deus e evitaremos o mal, obedeceremos e adoraremos a Deus. A verdade de Deus Todo-Poderoso é o caminho da vida eterna que a humanidade deveria possuir. Aqueles que aceitam todas as verdades de Deus e vivem segundo elas obterão a vida eterna. Enquanto aqueles que se recusam a aceitar qualquer verdade perecerão. Assim, todas as verdades que Deus Todo-Poderoso expressa nos últimos dias são a obra de Deus de encerrar uma era e levar adiante uma nova era nos últimos dias. Os homens usados por Deus são os que Ele salva e aperfeiçoa. O dever deles na obra de Deus é cooperar com a obra de Deus e conduzir Seus escolhidos. Então, as palavras deles que estão em conformidade com a verdade são o resultado da obra do Espírito Santo. Embora elas sejam benéficas para nós, não podemos chamá-las de “a verdade”, tomá-las como a palavra de Deus. Isso porque as palavras do homem vêm de seu conhecimento e experiência da verdade, elas representam o ponto de vista, as ideias e o entendimento humanos, e será inevitável que sejam diluídas pelas impurezas humanas. Além disso, a experiência e o conhecimento do homem sobre a verdade são limitados. Não importa o quanto ele entre na realidade da verdade, ainda não se pode dizer que ele personifica a essência da verdade, nem que ele vive a verdade completa. Então, mesmo que ele tenha vivido alguma realidade limitada da verdade, o que ele expressa são meramente palavras em conformidade com a verdade e não devem ser igualadas à verdade. Somente as palavras de Deus encarnado são a verdade. Somente Deus possui a essência da verdade e só Ele é a verdade. Não importa por quantos anos tenhamos acreditado em Deus, somos sempre crianças diante Dele. Não podemos viver a imagem de Deus. Então, as palavras dos homens usados por Deus, ou dos homens que têm a obra do Espírito Santo, só podem ser consideradas como palavras em harmonia com a verdade. Não podemos dizer que são a verdade. Esse fato não pode ser negado por ninguém. Quando chamamos as palavras do homem de verdade, estamos nos opondo a Deus e O blasfemando!

Extraído de “Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino”

Anterior : Pergunta 30: Vocês testificam que o Senhor Jesus já voltou como Deus Todo-Poderoso encarnado, que Ele expressa todas as verdades para purificar e salvar a humanidade e faz a obra de julgamento, começando pela casa de Deus, então como devemos discernir a voz de Deus e como devemos confirmar que Deus Todo-Poderoso é de fato o Senhor Jesus que voltou?

Próximo : Pergunta 32: Os fariseus frequentemente expunham a Bíblia às pessoas nas sinagogas. Por fora, pareciam piedosos e compassivos e não pareciam fazer nada em clara violação da lei. Então, por que os fariseus foram amaldiçoados pelo Senhor Jesus? Como a hipocrisia deles se manifestava? Por que se diz que os pastores e os presbíteros religiosos de hoje estão seguindo a mesma senda dos fariseus hipócritas?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

3. Qual é a natureza do problema de o homem não reconhecer as verdades expressas por Cristo? Quais são as consequências de o homem não tratar Cristo como Deus?

Aqueles que querem ganhar vida sem depender da verdade dita por Cristo são as pessoas mais ridículas na terra, e aqueles que não aceitam o caminho de vida trazido por Cristo estão perdidos na fantasia. Por isso Eu digo que quem não aceitar o Cristo dos últimos dias será eternamente desprezado por Deus. Cristo é a porta de entrada do homem para o reino durante os últimos dias, da qual ninguém pode desviar. Ninguém pode ser aperfeiçoado por Deus, exceto por meio de Cristo. Você crê em Deus, então deve aceitar as palavras Dele e obedecer ao Seu caminho.

2. Quais são os objetivos e o significado da encarnação de Deus na China para operar nos últimos dias?

É nas pessoas da China que a corrupção, a impureza, a injustiça, a oposição e a rebeldia se manifestam mais completamente e se revelam em todas as suas variadas formas. Por um lado, elas são de baixo calibre e, por outro, suas vidas e mentalidades são atrasadas, e seus hábitos, ambiente social, família de nascimento — todos são ruins e os mais atrasados. Seu status também é baixo. A obra é simbólica neste lugar, e após esta obra de teste ter sido realizada em sua totalidade, Sua obra subsequente será muito melhor. Se este estágio da obra puder ser concluído, então a obra subsequente, nem é preciso dizer. Uma vez que esta etapa da obra tiver sido realizada, muito sucesso terá sido alcançado com plenitude, e a obra de conquista terá chegado a um fim completo em todo o universo. De fato, assim que a obra entre vocês tiver sido bem-sucedida, isso será equivalente a um sucesso em todo o universo. Essa é a importância do porquê faço vocês servirem de modelos e exemplos.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro