Pergunta 38: Nos últimos anos, várias denominações do mundo religioso têm ficado cada vez mais desoladas, as pessoas perderam o tipo de fé e amor que tiveram no passado, tornando-se cada vez mais negativas e fracas. Todos nós também temos percebido o enfraquecimento do espírito, que não sobra nada para pregarmos e que todos nós perdemos a obra do Espírito Santo. Gostaríamos de perguntar: por que todo o mundo religioso está tão desolado? Ele é realmente detestado por Deus; ele foi realmente abandonado por Deus? Como devemos entender as palavras de perdição de Deus para o mundo religioso no livro de Apocalipse?

Resposta:

Agora, o mundo inteiro da religião, desprovido da obra do Espírito Santo, está enfrentando uma desolação generalizada, e a fé e o amor de muitas pessoas esfriou — isso já se tornou um fato reconhecido. O que, exatamente, é a causa primária da desolação em círculos religiosos é uma pergunta que todos nós devemos entender a fundo. Em primeiro lugar, lembremos por que o templo ficou desolado nos dias finais da Era da Lei, então seremos capazes de entender a fundo a causa da desolação do mundo religioso nos últimos dias. Nos últimos dias da Era da Lei, os líderes judeus não guardavam os mandamentos de Deus. Seguiam sua própria senda e se opunham a Deus; essa é a razão principal que resultou diretamente na desolação do templo. O Senhor Jesus expôs e repreendeu os fariseus, dizendo: “Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque sois semelhantes aos sepulcros caiados, que por fora realmente parecem formosos, mas por dentro estão cheios de ossos e de toda imundícia. Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade” (Mateus 23:27-28).

Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! porque edificais os sepulcros dos profetas e adornais os monumentos dos justos, e dizeis: Se tivéssemos vivido nos dias de nossos pais, não teríamos sido cúmplices no derramar o sangue dos profetas. Assim, vós testemunhais contra vós mesmos que sois filhos daqueles que mataram os profetas. Enchei vós, pois, a medida de vossos pais. Serpentes, raça de víboras! como escapareis da condenação do inferno? Portanto, eis que Eu vos envio profetas, sábios e escribas: e a uns deles matareis e crucificareis; e a outros os perseguireis de cidade em cidade; para que sobre vós caia todo o sangue justo, que foi derramado sobre a terra, desde o sangue de Abel, o justo, até o sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que mataste entre o santuário e o altar. Em verdade vos digo que todas essas coisas hão de vir sobre esta geração” (Mateus 23:29-36).

Bem profetizou Isaías acerca de vós, hipócritas, como está escrito: Este povo honra-Me com os lábios; o seu coração, porém, está longe de Mim; mas em vão Me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos de homens. Vós deixais o mandamento de Deus, e vos apegais à tradição dos homens. Disse-lhes ainda: Bem sabeis rejeitar o mandamento de Deus, para guardardes a vossa tradição” (Marcos 7:6-9).

As palavras do Senhor Jesus que expuseram os fariseus nos mostram claramente que os feitos dos sumos sacerdotes, escribas e fariseus judeus desafiavam a Deus e O contrariavam. Eles violavam as leis e os mandamentos de Deus, observando apenas tradições religiosas. Isso basta para provar que seu serviço a Deus era, na verdade, um desafio a Ele e que era contrário à vontade de Deus. Especialmente no tempo da manifestação e da obra do Senhor Jesus, eles O condenaram e desafiaram loucamente, e sua natureza e essência foram totalmente expostas. Portanto, podemos ver que a causa principal que levou à desolação do judaísmo foi que os sumos sacerdotes, escribas e fariseus judeus desafiaram a Deus e O contrariaram. Outra causa foi que a obra de Deus já tinha mudado. O Senhor Jesus encarnado tinha lançado a obra da redenção na Era da Graça fora do templo. Isto é, a obra de Deus avançava sobre o fundamento da obra da Era da Lei, e o núcleo da obra de Deus passou para a obra da redenção na Era da Graça. Uma vez que o Senhor Jesus iniciou Sua obra de redenção, a Era da Graça foi inaugurada, e a Era da Lei foi encerrada. Apenas aqueles que aceitavam o Senhor Jesus tinham dentro de si a obra do Espírito Santo e a orientação do Senhor, enquanto aqueles que permaneceram no templo, que rejeitaram, desafiaram e condenaram o Senhor Jesus foram naturalmente abandonados pela obra de Deus, caindo em trevas e sofrendo as maldições e a punição de Deus. Portanto, podemos dizer com certeza que a desolação do mundo da religião durante a Era da Lei foi definitivamente causada pelo homem e ocorreu definitivamente porque os líderes religiosos se desviarem do caminho do Senhor, não guardaram os mandamentos do Senhor, contrariaram a vontade de Deus e se colocaram contra Deus. Se os líderes judeus tivessem sido capazes de permanecer no caminho do Senhor e guardar Seus mandamentos, o Senhor Jesus, mesmo assim, teria ido para o deserto para pregar e operar? Ele, mesmo assim, teria ido para o meio dos descrentes para buscar aqueles que seguiriam a Deus? De forma alguma. Certamente, o Senhor Jesus teria ido primeiro para o templo e para as sinagogas para pregar, aparecendo ao homem e fazendo a Sua obra. Por que, então, o Senhor Jesus não fez isso? Obviamente, foi porque as pessoas no templo e nas sinagogas não aceitavam o Senhor Jesus, mas O condenavam e desafiavam, indo até para todos os lugares na tentativa de prendê-Lo. Por causa disso, o Senhor Jesus não teve escolha senão ir para o deserto para pregar, operar e ir para o meio dos descrentes para buscar aqueles que O seguiriam. Todas as pessoas inteligentes podem ver esse fato claramente.

Agora que entendemos a causa da desolação do mundo religioso nos dias finais da Era da Lei, analisemos a causa da desolação do mundo religioso nos últimos dias. Todos nós podemos ver que os pastores e presbíteros do mundo religioso nos últimos dias têm como prioridade nas igrejas a pregação de conhecimento bíblico e teorias teológicas. Frequentemente, usam interpretações das Escrituras para ostentar e exibir a si mesmos para que outros os adorem, e eles não seguem as palavras ou os mandamentos do Senhor Jesus e não guardam o caminho do Senhor. Raramente, pregam sobre a entrada na vida e nunca levam as pessoas a praticar ou experimentar as palavras do Senhor de modo a permitir que elas ganhem um entendimento da verdade e conhecimento do Senhor. O resultado disso é que todos os crentes em círculos religiosos se desviam do caminho do Senhor. Elas podem até ter acreditado no Senhor por muitos anos, mas tudo que entendem é apenas conhecimento bíblico e teorias teológicas; falta-lhes qualquer conhecimento do Senhor, e elas não tem reverência ou obediência a Ele. Elas se desviaram completamente das palavras do Senhor e se tornaram pessoas que creem no Senhor, mas não O conhecem, e que são capazes de desafiar e trair o Senhor. Isso nos mostra que os líderes do mundo da religião se desviaram completamente do caminho do Senhor, o que fez com que eles perdessem a obra do Espírito Santo e as bênçãos de Deus; podemos dizer que essa é a causa primária da desolação do mundo da religião. Outra causa é que a obra de Deus mudou, e o Senhor Jesus já retornou como Deus Todo-Poderoso encarnado para fazer a obra de julgamento, a começar pela casa de Deus com base no fundamento da obra de redenção do Senhor Jesus. Ele estabeleceu a Era do Reino e encerrou a Era da Graça. O núcleo da obra do Espírito Santo foi transferido para a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, e apenas aqueles que aceitarem Deus Todo-Poderoso terão a obra do Espírito Santo e serão capazes de desfrutar o suprimento da água viva da vida que flui do trono. Aqueles que não conseguem acompanhar a obra atual de Deus e que se recusam a aceitar Deus Todo-Poderoso perderam a obra do Espírito Santo e caíram nas trevas. Os pastores e presbíteros do mundo da religião em especial, ao encararem a obra de Deus Todo-Poderoso dos últimos dias, não só não a buscam ou a investigam, mas também desafiam e condenam loucamente a Deus, espalham todos os tipos de rumores e falsidades para enganar e controlar os crentes, e impedem que as pessoas busquem e investiguem o caminho verdadeiro. Muito tempo atrás, eles agravaram o caráter de Deus e ganharam o ódio e as maldições de Deus, como, então, eles poderiam não ser abandonados e eliminados por Deus? Vimos agora que, após a aparição das quatro luas de sangue, os grandes desastres estarão prestes a ocorrer. Todos aqueles que não aceitaram Deus Todo-Poderoso certamente cairão em desastre e sofrerão castigo e refinamento, enquanto aqueles que aceitaram Deus Todo-Poderoso serão arrebatados antes dos desastres. Aqueles que não aceitaram Deus Todo-Poderoso só podem cair em desastres e esperar serem arrebatados após os desastres. Tais pessoas não serão abandonadas e eliminadas pelo Senhor? Depois do desastre, quantas pessoas restarão para serem arrebatadas? Agora, quase todo o mundo da religião está sob o controle desse bando de pastores e líderes que odeiam a verdade e se colocam contra Deus, como, então, ele poderia obter a obra do Espírito Santo nessa situação? E como ele poderia evitar a desolação? Essa é a causa fundamental da desolação do mundo religioso.

Entendemos agora a causa primária para a desolação do mundo da religião, que é que os líderes do mundo da religião não seguem as palavras do Senhor, mas, em vez disso, se desviaram de Seu caminho, eles não guardam Seus mandamentos, eles violaram completamente a vontade de Deus e se tornaram pessoas que desafiam a Deus. Em segundo lugar, visto que os líderes do mundo da religião se tornaram pessoas que desafiam a Deus e nenhum deles é capaz de aceitar ou obedecer à obra de Deus, Deus mudou Sua obra, e o mundo da religião perdeu a obra do Espírito Santo e caiu nas trevas. Por que, quando o Senhor Jesus fez Sua obra na época, Ele não pregou no templo? Porque todos os sacerdotes e todos os anciãos no templo eram pessoas que desafiavam o Senhor. Se o Senhor Jesus tivesse entrado no templo, Ele só teria sido expulso e condenado ou preso imediatamente e pregado na cruz — isso não é um fato? Essa é a razão primária pela qual Deus mudou a Sua obra. Se os sacerdotes e anciãos no templo tivessem sido capazes de seguir as palavras do Senhor e de servir a Deus em conformidade com Sua vontade, como o templo poderia ter ficado desolado? E como Deus poderia ter mudado a Sua obra? Não é esse o caso? A desolação do mundo da religião também cumpre completamente a profecia na Bíblia: “Além disso, retive de vós a chuva, quando ainda faltavam três meses para a ceifa; e fiz que chovesse sobre uma cidade, e que não chovesse sobre outra cidade; sobre um campo choveu, mas o outro, sobre o qual não choveu, secou-se. Andaram errantes duas ou três cidades, indo a outra cidade para beberem água, mas não se saciaram; contudo não vos convertestes a Mim, diz Jeová” (Amós 4:7-8). “Eis que vêm os dias, diz o Senhor Jeová, em que enviarei fome sobre a terra; não fome de pão, nem sede de água, mas de ouvir as palavras de Jeová” (Amós 8:11). Essas duas passagens nos permitem entender que “uma cidade” em “chovesse sobre uma cidade” se refere à igreja quando Deus encarnado aparecer e fizer Sua obra, e “outra cidade” em “não chovesse sobre outra cidade” se refere naturalmente ao mundo da religião que não ouve as palavras de Deus, não segue os mandamentos de Deus e que nega, desafia e condena a manifestação e a obra de Deus encarnado. Deus faz com que fome caia sobre o mundo da religião a fim de obrigar aqueles que estão na religião e que acreditam sinceramente em Deus e amam a verdade a abandoná-lo, a buscar os passos da obra de Deus, a investigar o que o Espírito Santo diz a todas as igrejas e a buscar a manifestação e a obra de Deus. Todos aqueles que ouvem a voz de Deus e que aceitam e obedecem à obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias são as virgens sábias e são aqueles que são levantados para diante do trono de Deus. Todas essas pessoas estão participando do banquete nupcial do Cordeiro e desfrutando o sustento da água viva da vida que flui do trono; sua fé e seu amor originais foram restaurados. Elas estão treinando comer e beber as palavras de Deus, experimentando as palavras de Deus e as colocando em prática, e elas alcançarão um entendimento da verdade e entrada na realidade. Uma vez que essas pessoas entenderem a verdade e tiverem conhecimento verdadeiro de Deus, elas serão capazes de venerar a Deus e de obedecer a Ele e, assim, de obter uma nova vida de Deus! Todas aquelas organizações ou indivíduos religiosos que não aceitam a obra de Deus Todo-Poderoso são detestados, rejeitados e eliminados por Deus e carecem da obra do Espírito Santo — não há qualquer dúvida quanto a isso! Leiamos as palavras de Deus Todo-Poderoso: “Deus cumprirá este fato: Ele fará com que todas as pessoas em todo o universo venham diante Dele e adorem o Deus na terra, e Sua obra em outros lugares cessará, e as pessoas serão obrigadas a buscar o caminho verdadeiro. Será como José: todos o procuraram em busca de comida e se curvaram diante dele, pois ele tinha coisas para comer. Para evitar a fome, as pessoas serão obrigadas a buscar o caminho verdadeiro. A comunidade religiosa inteira sofrerá uma fome severa, e só o Deus de hoje é a fonte da água viva, possuidor dos mananciais perenes providos para o deleite do homem, e as pessoas virão e dependerão Dele” (‘O Reino Milenar chegou’ em “A Palavra manifesta em carne”). “Toda a obra de Deus no universo inteiro se concentrou nesse grupo de pessoas. Ele devotou todos os Seus esforços a vocês e sacrificou tudo por vocês; Ele reivindicou e lhes entregou toda a obra do Espírito em todo o universo. É por isso que digo que vocês são afortunados. Além disso, Ele transferiu Sua glória de Israel, o povo escolhido, para vocês, para que o propósito do Seu plano se manifeste plenamente através do seu grupo de pessoas. Portanto, vocês são aqueles que receberão a herança de Deus e, mais que isso, são os herdeiros da glória de Deus” (‘A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina?’ em “A Palavra manifesta em carne”).

As palavras de Deus Todo-Poderoso nos mostram claramente que Deus jamais descartou aqueles que creem Nele com sinceridade e que anseiam por Sua manifestação. Através de Sua onipotência e sabedoria, Deus salva aqueles que creem Nele com sinceridade, para que eles possam se livrar das amarras e do controle dos anticristos e homens maus do mundo religioso, e Ele faz com que eles sejam elevados para diante do trono de Deus e aceitem o julgamento, a purificação e o aperfeiçoamento das palavras de Deus. Deus Todo-Poderoso dos últimos dias faz Sua obra de julgamento e expressa toda a verdade que purifica e salva a humanidade, para que um grupo de vencedores possa ser criado antes dos desastres, sendo esses as Suas primícias. Isso cumpre a profecia do livro de Apocalipse: “Estes são os que não se contaminaram com mulheres; porque são virgens. Estes são os que seguem o Cordeiro para onde quer que vá. Estes foram comprados dentre os homens para serem as primícias para Deus e para o Cordeiro” (Apocalipse 14:4). Após a criação desse grupo de vencedores por Deus, um estágio da obra de julgamento, que começa pela casa de Deus e que é realizada por Deus encarnado, será temporariamente concluído, depois disso Deus trará os grandes desastres para recompensar os bons e punir os ímpios. Naquele tempo, todos que não aceitaram a obra de julgamento de Deus nos últimos dias, que condenam e desafiam Deus Todo-Poderoso, cairão em desastres e neles sofrerão o refinamento de serem julgados e castigados. Apenas se abandonarmos a religião, acompanharmos os passos do Cordeiro, aceitarmos e obedecermos à obra de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias e passarmos pelo julgamento e pela purificação diante do trono de Cristo, poderemos ser aperfeiçoados por Deus como vencedores. Apenas então seremos poupados de provações, enquanto todos sob o céu terão que sofrer provações. Apenas esses vencedores criados por Deus — essas primícias — estão qualificados para herdar a promessa e as bênçãos de Deus! Agora, Deus já criou um grupo de vencedores na China continental, e com grandes desastres prestes a acontecer, todos aqueles que condenam e desafiam Deus Todo-Poderoso cairão nos desastres e serão punidos, perdendo para sempre a chance de serem salvos.

Extraído de “Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino”

De fato, a história da comunidade religiosa de resistência a Deus vem desde o final da Era da Lei. Quando Deus estava encarnado e fez a Sua obra pela primeira vez durante a Era da Graça, a comunidade religiosa já tinha sido tomada pelos fariseus e anticristos há muito tempo. Ela se tornou a força opositora da obra de redenção do Senhor Jesus. Quando Deus Todo-Poderoso, Cristo dos últimos dias, aparece e faz a Sua obra, aqueles na comunidade religiosa ainda continuam inimigos da obra de julgamento de Deus nos últimos dias. Além de condenarem e blasfemarem contra Deus Todo-Poderoso fanaticamente, colaboram com o regime satânico do Partido Comunista Chinês para perseguir e suprimir a Igreja de Deus Todo-Poderoso. Eles cometeram o pecado hediondo de crucificar Deus novamente! O Senhor Jesus não só amaldiçoou os fariseus, revelando a escuridão da comunidade religiosa, mas quando Deus Todo-Poderoso fez Sua obra de julgamento nos últimos dias, Ele ainda expôs a essência verdadeira dos pastores e presbíteros: a resistência deles a Deus. Além disso, Ele amaldiçoou os anticristos que mais uma vez crucificaram Deus. Isso realmente dá o que pensar! Ambas as vezes que Deus estava encarnado, Ele condenou e amaldiçoou a comunidade religiosa. O que isso mostra? Os escolhidos de Deus finalmente entendem que a comunidade religiosa, a grande Babilônia, está destinada a cair. A comunidade religiosa acredita em Deus só em nome, mas nunca realmente O exalta ou dá testemunho Dele. Eles definitivamente não cumprem a Sua vontade. Eles não conseguem trazer os escolhidos de Deus para o Seu trono. Eles certamente não conseguem conduzi-los no caminho certo, para que eles entendam a verdade e conheçam Deus ao praticarem e vivenciarem as Suas palavras. Os líderes religiosos vão completamente contra a vontade de Deus. Eles mesmos não praticam a verdade, mas pregam o conhecimento bíblico e teorias teológicas para se exibirem e fazerem as pessoas os admirar e adorar. Eles conduzem os fiéis no caminho hipócrita dos fariseus. Eles prejudicam e arruínam os escolhidos de Deus. Todos os líderes religiosos se tornaram ferramentas de Satanás, verdadeiros anticristos. Durante os três estágios da Sua obra para salvar a humanidade, Deus encarnou duas vezes para redimir e salvar a humanidade. A comunidade religiosa inteira é inimiga de Cristo; ela se tornou um obstáculo para a obra de salvação de Deus. Ela ofendeu o caráter Dele e foi amaldiçoada e castigada por Ele como consequência. É como a profecia diz: “Caiu, caiu a grande Babilônia, e se tornou morada de demônios, e guarida de todo espírito imundo” (Apocalipse 18:2), “Caiu, caiu a grande Babilônia, que a todas as nações deu a beber do vinho da ira da sua prostituição” (Apocalipse 14:8). “Ai! ai da grande cidade, Babilônia, a cidade forte! pois numa só hora veio o teu julgamento” (Apocalipse 18:10).

Vamos ver como Deus Todo-Poderoso condena esses anticristos que resistem a Ele fanaticamente e a comunidade religiosa controlada por esses anticristos. Deus Todo-Poderoso diz: “Cristo vem durante os últimos dias para que todos que acreditam verdadeiramente Nele possam ser supridos com a vida. Sua obra é em prol de concluir a era antiga e entrar na nova, e é a senda que deve ser tomada por todos aqueles que entrarem na nova era. Se você é incapaz de reconhecê-Lo e, em vez disso, O condena, blasfema ou até O persegue, está fadado a queimar pela eternidade e nunca entrará no reino de Deus. Pois esse Cristo é Ele Próprio a expressão do Espírito Santo, a expressão de Deus, Aquele que Deus incumbiu de fazer a Sua obra na terra. E assim Eu digo que, se você não pode aceitar tudo o que é feito pelo Cristo dos últimos dias, você blasfema contra o Espírito Santo. A retribuição que deve ser sofrida por todos que blasfemam contra o Espírito Santo é autoexplicativa a todos. Eu também lhe digo que, se você se opõe ao Cristo dos últimos dias e O nega, não há quem possa suportar as consequências em seu lugar. Além do mais, desse dia em diante você não terá outra oportunidade de ganhar a aprovação de Deus; mesmo se você tentar redimir a si mesmo, nunca mais contemplará o rosto de Deus. Pois ao que você se opõe não é um homem, o que você nega não é qualquer ser insignificante, mas Cristo. Você está ciente dessa consequência? Você não cometeu um pequeno erro, mas um crime atroz” (‘Só Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Lembre-se do que aconteceu depois que os judeus pregaram Jesus na cruz 2.000 anos atrás. Os judeus foram expulsos de Israel e fugiram para países do mundo todo. Muitos foram mortos e toda a nação judaica foi submetida a uma destruição sem precedentes. Eles haviam pregado Deus na cruz — cometeram um crime hediondo — e provocaram o caráter de Deus. Eles foram obrigados a pagar pelo que fizeram, foram obrigados a aguentar as consequências de suas ações. Eles condenaram Deus, rejeitaram Deus e assim só tiveram um destino: ser punidos por Deus. Essa é a consequência amarga e o desastre que seus governantes causaram sobre o país e a nação” (‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Acreditamos que nenhum país ou poder consegue impedir o que Deus deseja alcançar. Aqueles que obstruem a obra de Deus, que resistem à palavra de Deus, perturbam e prejudicam o plano de Deus acabarão sendo punidos por Deus. Aquele que desafia a obra de Deus será enviado ao inferno; qualquer país que desafie a obra de Deus será destruído; qualquer nação que se erguer em oposição à obra de Deus será varrida desta terra e deixará de existir” (‘Deus preside o destino de toda a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”).

Mas enquanto o velho mundo continuar existindo, Eu lançarei a Minha raiva sobre suas nações, promulgando abertamente os Meus decretos administrativos por todo o universo, e enviando castigo sobre quem quer que os viole:

Quando Eu volto a Minha face ao universo para falar, toda a humanidade ouve a Minha voz e então vê todas as obras que Eu realizei por todo o universo. Aqueles que forem contrários à Minha vontade, isto é, que se opõem a Mim com os feitos do homem, cairão sob o Meu castigo. Eu tomarei as numerosas estrelas dos céus e as farei de novo e, graças a Mim, o sol e a lua serão renovados — os céus não serão mais como eram; as miríades de coisas na terra serão renovadas. Tudo se tornará completo através das Minhas palavras. As muitas nações do universo serão redivididas e substituídas pela Minha nação, de modo que as nações sobre a terra desaparecerão para sempre e se tornarão uma nação que Me adora; todas as nações da terra serão destruídas e deixarão de existir. Dos seres humanos do universo, todos aqueles que pertencem ao diabo serão exterminados; todos os que adoram Satanás serão abatidos pelo Meu fogo ardente — isto é, exceto aqueles que agora estão na corrente, o resto será transformado em cinzas. Quando Eu castigar os muitos povos, aqueles que estiverem no mundo religioso, em extensões diferentes, voltarão para o Meu reino, conquistados por Minhas obras, porque terão visto o advento do Santo montado em uma nuvem branca. Toda a humanidade seguirá a própria espécie e receberá castigos que variam conforme o que fez. Aqueles que se levantaram contra Mim irão todos perecer; quanto àqueles cujos feitos na terra não Me envolveram, por causa da maneira como se absolveram, continuarão a existir na terra sob a governança dos Meus filhos e do Meu povo. Eu Me revelarei à miríade de povos e à miríade de nações, ressoando com a Minha voz sobre a terra, para proclamar a completude da Minha grande obra, para que toda humanidade veja com os próprios olhos” (‘Capítulo 26’ das Palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”).

O mundo está desabando! A Babilônia está paralisada! O mundo religioso — como ele poderia não ser destruído pela Minha autoridade na terra? Quem ainda ousa Me desobedecer e opor-se a Mim? Os escribas? Todos os ministros religiosos? Os governantes e as autoridades da terra? Os anjos? Quem não celebra a perfeição e a plenitude do Meu corpo? Dentre todos os povos, quem não canta louvores a Mim sem cessar? Quem não está infalivelmente feliz?” (‘Capítulo 22’ das Palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”).

Cada frase das palavras de Deus Todo-Poderoso é a verdade; elas têm autoridade e poder; elas mostram completamente a justiça, majestade, ira e inofendível caráter de Deus. Aqueles que resistem, interrompem ou atrapalham a obra de Deus com certeza vão receber castigo e punição Dele. Na Era da Lei, os cidadãos de Sodoma renegaram e resistiram publicamente a Deus. Eles enfureceram o Seu caráter e foram todos destruídos por Ele e reduzidos a nada. Durante a Era da Graça, os sumos-sacerdotes judeus, escribas e fariseus resistiram e condenaram publicamente o Senhor Jesus. Eles conspiraram com o governo romano para crucificar o Senhor Jesus. Eles cometeram um pecado grave que provocou o caráter de Deus. A nação judaica inteira foi submetida à destruição sem precedentes. Nos últimos dias, os líderes religiosos julgam, resistem e condenam Deus Todo-Poderoso. Eles até coopem e conspem com o maligno Partido Comunista Chinês, para suprimir, prender e perseguir aqueles irmãos que pregam o evangelho do reino. Eles cometem pecados hediondos de blasfemar contra o Espírito Santo e crucificar Deus de novo tempos atrás. O comportamento maligno deles é ainda pior do que o dos homens de Sodoma. É incomparavelmente pior do que daqueles fariseus judeus. Eles são os anticristos expostos pela obra de Deus durante os últimos dias. Eles são a força religiosa maligna que resiste a Deus mais severa e fanaticamente do que qualquer outra na história! A comunidade religiosa é composta inteiramente de forças malignas que resistem a Deus. É um ninho de demônios anticristos. É uma fortaleza convicta que tenta se manter como o reino de Cristo em pé de igualdade. Eles são um campo satânico de inimigos mortais de Deus que teimosamente se rebelam contra Ele! O caráter justo de Deus não pode ser ofendido. A santidade Dele não pode ser manchada. A obra de Deus nos últimos dias é o iniciar de uma nova era e o fim de uma antiga. A comunidade religiosa que é controlada por todas as formas de demônios anticristos e também esse mundo maligno vão ser destruídos em breve pela catástrofe de Deus nos últimos dias. O castigo justo de Deus já chegou! É como Deus Todo-Poderoso diz: “O mundo está desabando! A Babilônia está paralisada! O mundo religioso — como ele poderia não ser destruído pela Minha autoridade na terra?” (‘Capítulo 22’ das Palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”).

Todos aqueles que não aceitam a obra de julgamento de Deus Todo-Poderoso nos últimos dias, não importa como eles guardem o nome do Senhor Jesus na comunidade religiosa, não importa como eles sigam a Bíblia, a salvação da cruz ou as cerimônias religiosas, não importa como eles trabalhem, sofram ou se sacrifiquem, se eles não se arrependerem e se voltarem para Deus Todo-Poderoso, eles vão ser anulados e destruídos junto com o resto da comunidade religiosa. Deus ordenou isso tempos atrás; ninguém pode mudar! Deus chamou os Seus escolhidos tempos atrás nas profecias de Apocalipse: “Sai dela, povo Meu, para que não sejas participante dos sete pecados, e para que não incorras nas suas pragas” (Apocalipse 18:4).

Extraído de “Perguntas e respostas clássicas sobre o evangelho do reino”

Anterior : Pergunta 37: Embora pastores e presbíteros detenham o poder em círculos religiosos e percorram a senda dos fariseus hipócritas, nós cremos no Senhor Jesus e não neles; então como vocês podem dizer que nós também percorremos a senda dos fariseus? Não podemos mesmo ser salvos através da nossa fé dentro da religião?

Próximo : Pergunta 39: Durante os dois últimos milênios, todo o mundo religioso acreditou que Deus fosse uma Trindade, e a Trindade tem sido uma teoria clássica de toda a doutrina cristã. Então a interpretação da “Trindade” realmente se sustenta? A Trindade realmente existe? Por que vocês dizem que a Trindade é a maior falácia do mundo religioso?

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

2. A obra de julgamento de Deus nos últimos dias é o julgamento do grande trono branco, conforme profetizado no Livro de Apocalipse

O “julgamento” nas palavras ditas anteriormente — o julgamento começará na casa de Deus — refere-se ao juízo que Deus emite hoje sobre aqueles que se põem diante de Seu trono nos últimos dias. Talvez haja aqueles que acreditem em tais imaginações sobrenaturais como as que, quando os últimos dias chegarem, Deus irá erigir uma grande mesa nos céus, sobre a qual uma tolha branca será estendida e então, sentando-Se sobre um grande trono com todos os homens ajoelhando-se no chão, Ele irá revelar os pecados de cada homem e assim determinar se eles devem ascender ao céu ou ser enviados para o lago de fogo e enxofre. Independentemente das imaginações do homem, a substância da obra de Deus não pode ser alterada. As imaginações do homem nada são senão os constructos dos pensamentos humanos e vêm do cérebro do homem, resumido e recomposto daquilo que o homem viu e ouviu. Portanto, digo que, não importa o quanto forem geniais, as imagens idealizadas ainda não serão mais que um desenho e não podem substituir o plano da obra de Deus. Afinal, o homem foi corrompido por Satanás, então como pode sondar os pensamentos de Deus?

4. Será que os pastores e presbíteros religiosos são todos realmente instituídos por Deus? A aceitação e a obediência aos pastores e presbíteros religiosos de uma pessoa podem representar sua obediência a Deus e que O segue?

Basta olhar para os líderes de cada denominação — são todos arrogantes e hipócritas, eles interpretam a Bíblia fora de contexto e de acordo com a própria imaginação. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, será que aquelas pessoas iriam segui-los? Afinal de contas, eles, de fato, possuem certo conhecimento e conseguem pregar sobre alguma doutrina, ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios. Eles usam isso para trazer as pessoas para si mesmos e enganá-las. Teoricamente, essas pessoas acreditam em Deus, mas, na realidade, seguem seus líderes. Se encontrarem alguém pregando o caminho verdadeiro, algumas dizem: “Temos que consultar nosso líder sobre a nossa fé”. A fé dessas pessoas tem de passar por um ser humano; isso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço para que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro?

2. As verdades expressas por Deus nos últimos dias são o caminho da vida eterna

Cristo dos últimos dias traz vida e traz o duradouro e perpétuo caminho de verdade. Essa verdade é a senda pela qual o homem ganhará vida e a única senda pela qual o homem há de conhecer Deus e ser aprovado por Deus. Se você não busca o caminho de vida providenciado por Cristo dos últimos dias, jamais ganhará a aprovação de Jesus e nunca estará qualificado para adentrar a porta do reino dos céus, pois é tanto um fantoche quanto um prisioneiro da história.

1. Como se deve discernir a voz de Deus? Como se pode confirmar que Deus Todo-Poderoso é de fato o Senhor Jesus que voltou?

Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a substância divina, e Ele que é a encarnação de Deus deve possuir a expressão de Deus. Já que Deus Se torna carne, Ele levará adiante a obra que precisa fazer, e já que Deus Se torna carne, Ele expressará o que Ele é e será capaz de trazer a verdade ao homem, conceder vida ao homem e mostrar o caminho ao homem. Carne que não contém a substância de Deus certamente não é o Deus encarnado; disso não há dúvida. Para investigar se é a carne encarnada de Deus, o homem deve determinar isso a partir do caráter que Ele expressa e das palavras que Ele fala. O que quer dizer, se é ou não a carne encarnada de Deus, se é ou não o verdadeiro caminho deve ser julgado pela Sua substância. E assim, ao determinar[a] se é a carne do Deus encarnado, a chave é prestar atenção na Sua substância (Sua obra, Suas palavras, Seu caráter e muito mais), em vez de na aparência exterior. Se o homem olha apenas a Sua aparência exterior e ignora a Sua substância, então isso mostra a ignorância e a ingenuidade do homem.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro