Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhas de Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

2. Por que Deus tem que julgar e castigar as pessoas?

Palavras de Deus relevantes:

Embora Jesus tenha feito muitas obras no meio dos homens, Ele apenas completou a redenção de toda a humanidade e tornou-Se oferta pelos pecados dos homens e não livrou o homem de todo seu caráter corrupto. Livrar o homem plenamente da influência de Satanás não apenas exigiu de Jesus tomar os pecados do homem como oferta pelo pecado, mas também exigiu de Deus fazer uma obra maior para livrar completamente o homem de seu caráter, o qual tem sido corrompido por Satanás. E assim, depois que o homem foi perdoado por seus pecados, Deus voltou à carne para guiar o homem até a nova era, e começou a obra do castigo e julgamento, e esta obra tem trazido o homem a um domínio superior. Todo aquele que se submete ao Seu domínio desfrutará de uma verdade maior e receberá bênçãos ainda maiores. Eles viverão verdadeiramente na luz, e ganharão a verdade, o caminho e a vida.

de ‘Prefácio’ em “A Palavra manifesta em carne”

Antes de o homem ser redimido, muitos dos venenos de Satanás já estavam plantados dentro dele. Depois de milhares de anos da corrupção de Satanás, o homem já tem dentro de si uma natureza que resiste a Deus. Portanto, quando o homem foi redimido, isso não é nada mais do que redenção, na qual o homem é comprado por um alto preço, mas a natureza venenosa interna não foi eliminada. O homem que é tão contaminado deve sofrer uma mudança antes de ser digno de servir a Deus. Através dessa obra de julgamento e castigo, o homem conhecerá por completo a substância imunda e corrupta dentro dele, e ele poderá mudar completamente e se tornar limpo. Só assim o homem pode ser digno de retornar ao trono de Deus.

de ‘O mistério da encarnação (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Você só sabe que Jesus descerá durante os últimos dias, mas como exatamente Ele descerá? Um pecador como você, que acaba de ser redimido, e não foi mudado ou aperfeiçoado por Deus, pode ser segundo o coração de Deus? Para você, você que ainda é do seu antigo eu, é verdade que você foi salvo por Jesus, e que você não é contado como pecador por causa da salvação de Deus, mas isso não prova que você não é pecador e não é impuro. Como você pode ser santo se não foi mudado? Internamente, você é assolado por impurezas, é egoísta e ignóbil, mas ainda deseja descer com Jesus – quem dera você ter tanta sorte! Você pulou uma etapa em sua crença em Deus: você foi meramente redimido, mas não foi mudado. Para você ser segundo o coração de Deus, Deus deve fazer pessoalmente a obra de mudar e limpar você; se você é apenas redimido, será incapaz de alcançar a santidade. Dessa forma, você não será qualificado para compartilhar as boas bênçãos de Deus, pois você perdeu um passo na obra de Deus de gerenciar o homem, que é o importante passo de mudar e aperfeiçoar. Assim, você, um pecador que acaba de ser redimido, é incapaz de herdar diretamente a herança de Deus.

de ‘Sobre denominações e identidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Ninguém busca, de maneira diligente, seguir os passos ou a aparição de Deus, ninguém deseja existir sendo cuidado e guardado por Deus. Ao contrário, eles preferem confiar na corrosão de Satanás e do mal para adaptar-se a este mundo e às regras de vida que os homens ímpios seguem. Nesse ponto, o coração e o espírito do homem são sacrificados a Satanás e tornam-se seu sustento. Além disso, o coração e o espírito humano transformam-se em um lugar no qual Satanás pode residir e em um bom parque de diversões para ele. Dessa forma, o homem, inconscientemente, perde sua compreensão acerca dos princípios de ser humano, do valor e do propósito da existência humana. As leis de Deus e a aliança entre Deus e o homem, gradualmente, desaparecem do coração do homem e ele já não busca ou presta atenção em Deus. Conforme o tempo passa, o homem não entende mais por que Deus o criou, não compreende mais as palavras que vêm da boca de Deus nem percebe tudo que é de Deus. O homem começa a resistir às leis e aos decretos de Deus. O coração e o espírito do homem ficam amortecidos… Deus perde o homem de Sua criação original e o homem perde a raiz de seu princípio. Essa é a aflição desta espécie humana.

de ‘Deus é a fonte da vida do homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

A humanidade desenvolveu-se ao longo de dezenas de milhares de anos de história para chegar aonde chegou hoje. No entanto, a humanidade da Minha criação original de tempos atrás se afundou na degeneração. Agora, deixou de ser o que Eu quero e, portanto, como parece aos Meus olhos, já não merece mais o nome de humanidade. Essas pessoas são a escória da humanidade que Satanás capturou, cadáveres ambulantes putrefatos em que Satanás vive e dos quais se revestiu. As pessoas nem ao menos acreditam na Minha existência, nem acolhem com prazer a Minha vinda. A humanidade só responde aos Meus pedidos a contragosto, aquiescendo temporariamente, e não compartilha sinceramente Comigo as alegrias e as dores da vida. Já que Me veem como inescrutável, as pessoas mal fingem sorrir para Mim, ensaiando uma atitude de aconchegar-se àquele que está no poder. É por isso que não conhecem a Minha obra, muito menos a Minha vontade no presente.

de ‘O que significa ser um homem de verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

O homem perdeu seu coração temente a Deus após ter sido corrompido por Satanás e perdeu a função que uma das criaturas de Deus deveria ter; com isso, tornou-se desobediente e um inimigo de Deus. O homem viveu sob o império de Satanás e seguiu suas ordens. Por isso, Deus não teve como trabalhar entre Suas criaturas, e foi ainda mais incapaz de ganhar o temor de Suas criaturas. O homem foi criado por Deus e deveria adorá-Lo, mas, na realidade, o homem deu as costas a Deus e adorou Satanás. Satanás se tornou o ídolo no coração do homem. Assim, Deus perdeu Sua primazia no coração do homem, o que quer dizer que Ele perdeu o significado de ter criado o homem. Com isso, para restaurar o significado de Sua criação, Ele deve restaurar a imagem original do homem e livrá-lo de seu caráter corrupto. Para recuperar o homem, livrando-o de Satanás, Ele deve salvar o homem do pecado. Somente dessa maneira é que Ele poderá, aos poucos, restaurar a imagem original do homem e sua função original e, enfim, restaurar Seu reino. A destruição final dos filhos desobedientes também será levada a cabo a fim de permitir que o homem melhor adore Deus e viva melhor na terra. Como Deus criou o homem, Ele fará com que o homem O adore. Como Ele deseja restaurar a função original do homem, Ele a restaurará completamente, sem nenhuma adulteração. Restaurar Sua autoridade quer dizer fazer o homem adorá-Lo e obedecer a Ele; quer dizer que Ele fará o homem viver por causa Dele e fará Seus inimigos perecerem por causa de Sua autoridade; quer dizer que Ele fará com que cada última parte Dele persista em meio à humanidade, sem resistência por parte do homem. O reino que Ele deseja instituir é o Seu próprio reino. A humanidade que Ele deseja ter é a que O adore, aquela que Lhe obedece completamente e tem Sua glória. Se Ele não salvar a humanidade corrupta, o significado de ter criado o homem será reduzido a nada. Ele não terá mais autoridade entre os homens, e Seu reino não será mais capaz de existir na terra. Se Ele não destruir esses inimigos que não Lhe obedecem, Ele não será capaz de obter Sua glória completa, assim como não será capaz de instituir Seu reino na terra. Esses são os símbolos da conclusão de Sua obra e os símbolos da plena realização de Seu grande feito: destruir totalmente aqueles dentre a humanidade que não Lhe obedecem e levar ao descanso aqueles que foram tornados completos.

de ‘Deus e o homem entrarão em descanso juntos’ em “A Palavra manifesta em carne”

A comunhão do homem:

Por que Deus tem de julgar e castigar a humanidade corrupta e qual o significado de seu julgamento e castigo por Deus? Essa verdade é particularmente importante, pois envolve a verdade concernente às visões da obra de Deus. Se a fé do homem em Deus tiver falta de visão, então ele não saberá como crer em Deus; mesmo quando crer Nele, não estará escolhendo a maneira correta. Qual é o significado do julgamento e castigo da humanidade corrupta por Deus, essa humanidade que resiste a Ele e se rebela contra Ele? Primeiro, nós precisamos entender claramente que Deus é o Criador. Por ser o Criador, Ele tem autoridade para governar, julgar e castigar a criação. Ainda, o caráter de Deus é justo e santo, e com base em Seu caráter, Ele não permite que vivam em Sua presença aqueles humanos que resistem a Ele e se rebelam contra Ele. Deus não permite que coisas imundas e corruptas existam em Sua presença. Portanto, o julgamento e castigo da humanidade corrupta por Deus é completamente razoável e justo, e é determinado por Seu caráter. Todos nós sabemos que Deus é justo e que Ele é a verdade. A partir do caráter revelado por Deus, já vimos que Ele é a verdade. As palavras de Deus são todas verdades. Deus criou os céus e a terra e todas as coisas por meio de Suas palavras. As palavras de Deus são capazes de criar todas as coisas, e elas são a verdade que é capaz de julgar todas as coisas. Durante os últimos dias, Deus está realizando a obra de julgamento e castigo da humanidade corrupta. Alguns poderão perguntar: “Deus realizou a obra de julgamento antes? Deus realizou a obra de julgamento e castigo em outras eras, eras que antecederam a nossa?” Deus realizou de fato muita obra de julgamento e castigo, a única coisa é que as pessoas não a testemunharam. Antes de haver humanos, Satanás resistiu e se rebelou contra Deus, e como Deus o julgou? Deus o baniu à terra, e juntamente com ele baniu também todos aqueles anjos que o seguiam. Deus os expulsou do céu para a terra, e isso não foi um julgamento contra Satanás? Foi um julgamento contra Satanás, bem como um castigo. Portanto, antes de haver humanos, Deus já havia julgado e castigado Satanás. Nós escrevemos informações a respeito deste assunto. Antes de haver essa humanidade, havia outros humanos ou outras criaturas? Certamente havia. E aqueles outros humanos receberam o julgamento e o castigo de Deus? Podemos dizer com certeza que todos aqueles que foram destruídos por Deus eram humanos que resistiram a Ele, se rebelaram contra Ele e que eles todos receberam julgamento e castigo de Deus. Isso é inegável. Portanto, desde que Deus criou os céus e a terra e todas as coisas, Seu julgamento e castigo sempre existiram. Esse é um aspecto da obra divina de governar sobre todas as coisas, porque o caráter de Deus permanece o mesmo e jamais mudará. Hoje, Deus iniciou o julgamento e castigo dessa humanidade corrupta. No passado, todos os outros seres humanos que se rebelaram contra Deus e resistiram a Ele receberam Seu julgamento e castigo. Vimos que desde então houve seres humanos e eles se rebelaram contra Deus e seguiram Satanás. Eles todos têm vivido em meio à maldição de Deus. Há tantos que morreram por causa do castigo de Deus, por fazerem atos malignos, e alguns até foram aniquilados. Houve tantos que creram em Deus, contudo, resistiram a Ele, e todos acabaram morrendo. Alguns foram punidos no reino espiritual, enquanto outros receberam julgamento e castigo quando ainda estavam vivos. Portanto, a humanidade chegou a uma conclusão: “A bondade será recompensada com bondade, e o mal com mal.” Isso não é o julgamento e o castigo de Deus? Isso é tudo julgamento e castigo de Deus. Neste dia, Deus iniciou a obra de julgamento e castigo em Sua casa para salvar a humanidade corrupta. Ao aceitar a obra de Deus, estamos aceitando também Seu julgamento e castigo. Quando se rebelam contra Deus e resistem a Ele ao experimentar Sua obra, as pessoas não recebem Seu julgamento e castigo? Todas as pessoas recebem o julgamento e castigo de Deus. A maior parte do tempo as pessoas recebem julgamento e castigo provenientes das palavras de Deus, e às vezes também recebem julgamento e castigo de acontecimentos fatuais, bem como recebem Suas punições. Nós vimos todas essas coisas. Alguns dizem: “Os incrédulos jamais aceitaram a obra de julgamento e castigo de Deus. Eles poderão escapar do Seu julgamento e castigo?” Não. Eles também receberão o julgamento e o castigo de Deus. Quer as pessoas aceitem ou não a obra de Deus nos últimos dias, ainda assim todas devem receber Seu julgamento e castigo, pois ninguém pode escapar do julgamento e castigo de Deus, e isso é fato. Agora, aquelas figuras religiosas também não aceitaram o julgamento e castigo de Deus, então, elas podem escapar desse julgamento e castigo? Não. Ninguém pode escapar do castigo que Deus predeterminou para o homem. É somente uma questão de tempo, e cada um tem seu fim pessoal. Esse fim também é determinado por Deus, e ninguém pode escapar dele. A partir do fim da humanidade, podemos ver o julgamento e o castigo que cada uma das pessoas recebe. Algumas aceitam o julgamento e castigo de Deus, alcançam Sua salvação, voltam-se completamente para Ele, e o fim para elas é um destino bom: entrar no reino, ganhar a vida eterna e ser salvas. Aquelas que não aceitam o julgamento e castigo de Deus, isso é, aquelas que não aceitam a obra de Deus, padecerão a perdição e a destruição no final. Esse é o julgamento e o castigo delas que foi predeterminado por Deus, e o resultado também lhes é determinado por Seu julgamento e castigo. Há muitos líderes da comunidade religiosa que estão resistindo a Deus, e qual é o resultado para eles? Se não se arrependerem, no final eles certamente afundarão na destruição e perdição, pois ninguém pode escapar do julgamento e castigo de Deus. Isso é certo. Nós aceitamos o julgamento e castigo de Deus hoje, isso significa que aceitamos Sua obra de salvação da humanidade. Isso é, estamos aceitando e experimentando o julgamento e castigo de Deus de uma forma positiva, alcançando arrependimento verdadeiro no final, acabando por vir a conhecer a Deus e ganhando a transformação do nosso caráter de vida. Tal julgamento e castigo é a nossa salvação. Quanto aos que se recusam a aceitar o julgamento e castigo de Deus, qual é o fim deles? É punição, no final eles padecerão perdição e destruição. Tal é seu destino por fugirem do julgamento e castigo de Deus.

de ‘O fato de que Deus realiza a obra de maneiras diferentes para salvar a humanidade tem um significado tremendo’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida”

“Por que Deus quer nos julgar e castigar? Por que temos de aceitar o julgamento e castigo de Deus?” Isso requer algumas considerações. Depois de pensar um pouco, cuidadosamente, você poderá ser capaz de entender as intenções de Deus. Vamos ler algumas das palavras de Deus: “Deus realiza a obra de julgamento e castigo para que o homem possa conhecê-Lo e em favor de Seu testemunho. Sem o Seu julgamento do caráter corrupto do homem, o homem não conheceria o Seu caráter justo que não permite ofensa, e não poderia transformar seu antigo conhecimento de Deus em um novo” (de ‘Somente aqueles que conhecem a Deus podem testemunhar Dele’ em “A Palavra manifesta em carne”). A partir dessas palavras, você pode entender as intenções de Deus. A obra divina de julgamento e castigo tem o propósito de permitir que as pessoas conheçam a Deus, por isso há um significado profundo nela. Logo, como obteremos a salvação? É conhecendo o caráter de Deus que alcançaremos esse resultado. Ao experimentar o julgamento e castigo de Deus, nós passamos a conhecer a justiça, a majestade, a ira e a santidade de Seu caráter. Veremos nossa própria imundícia intolerável; veremos que somos corruptos e desobedientes, e que frequentemente resistimos a Deus; veremos que seguimos Satanás e traímos a Deus, e que somos essencialmente de Satanás. Dessa maneira, começaremos a sentir arrependimento verdadeiro e seremos capazes de virar as costas a Satanás e retornar para Deus. Isso tudo é resultado de se conhecer o caráter de Deus. Se não houvesse o julgamento e castigo de Deus, não seriamos capazes de conhecer Seu caráter justo. Se não formos capazes de conhecer o caráter justo de Deus, seremos capazes de mudar de fato? Seremos capazes de reverenciar a Deus em nossos corações? Seremos capazes de conhecer a essência de nossa corrupção? Seremos capazes de odiar Satanás? Seremos capazes de abandonar Satanás e de voltar para Deus e nos submetermos a Ele? Isso tudo estaria além de nosso alcance, por isso a obra de julgamento e castigo de Deus tem grande significado.

de ‘A importância de conhecer Deus, e o caminho para conhecê-Lo’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida”

Anterior:O que é o julgamento?

Próximo:Como as pessoas devem experimentar o julgamento e castigo de Deus a fim de ser salvas?

Coisas que talvez lhe interessem