Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos a Cristo dos últimos dias

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

22. O que é seguir ao homem?

Palavras de Deus relevantes:

8. As pessoas que creem em Deus devem obedecer a Ele e adorá-Lo. Você não deve exaltar nem admirar ninguém. Você não deve colocar Deus em primeiro lugar, as pessoas que admira em segundo lugar e a si mesmo em terceiro. Ninguém deve ter lugar em seu coração e você não deve considerar que as pessoas – especialmente as que você venera – estejam no mesmo nível de Deus, como iguais a Ele. Isso é intolerável a Deus.

de ‘Os dez decretos administrativos que devem ser obedecidos pelo povo escolhido por Deus na Era do Reino’ em “A Palavra manifesta em carne”

Algumas pessoas não se regozijam com a verdade, muito menos com o julgamento. Em vez disso, regozijam-se com poder e riquezas; tais pessoas estão fadadas a ser esnobes. Elas buscam exclusivamente aquelas denominações no mundo que têm influência e aqueles pastores e professores que vêm de seminários. Apesar de ter aceitado o caminho da verdade, eles permanecem céticos e são incapazes de se dedicar por completo. Falam de se sacrificar a Deus, mas seus olhos estão focados nos grandes pastores e professores, e Cristo é deixado de lado. O coração deles está cheio de fama, fortuna e glória. Eles não acreditam de jeito nenhum que um homem assim tão pequeno é capaz de conquistar tantos, que alguém tão desinteressante é capaz de aperfeiçoar as pessoas. Eles não acreditam que todos esses ninguéns entre a poeira e os montes de esterco são pessoas escolhidas por Deus. Acreditam que se tais pessoas fossem o objeto da salvação de Deus, então o céu e a terra iriam virar de cabeça para baixo e todos os homens iriam rir até não poder mais. Acreditam que se Deus escolhesse tais corpos para serem aperfeiçoados, então esses grandes homens iriam se transformar no Próprio Deus. Sua perspectiva é maculada por descrença; de fato, longe de descrença, são animais absurdos. Porque só valorizam posição, prestígio e poder; aquilo que eles têm em alta conta são grandes grupos e denominações. Eles não têm nenhuma consideração por aqueles que são conduzidos por Cristo; são simplesmente traidores que deram as costas para Cristo, para a verdade e para a vida.

Aquilo que você admira não é a humildade de Cristo, mas sim aqueles falsos pastores de posição proeminente. Você não ama a amorosidade ou a sabedoria de Cristo, mas sim aqueles libertinos que se associam ao mundo vil. Você ri da dor de Cristo que não tem lugar para deitar a cabeça, mas admira aqueles cadáveres que tomam as oferendas e vivem em devassidão. Você não está disposto a sofrer ao lado de Cristo, mas sim, contente de ir para os braços daqueles anticristos descuidados apesar de eles apenas lhe fornecerem carne, apenas letras e apenas controle. Mesmo agora o seu coração ainda se volta para eles, para sua reputação, para sua posição no coração de todos os Satanases, para sua influência e para sua autoridade. Mas continua a ter uma atitude de resistência e recusa de aceitar a obra de Cristo. É por isto que Eu digo que você não tem a fé de reconhecer Cristo. A razão por que você O seguiu até hoje é inteiramente porque foi forçado. No seu coração para sempre se empilham muitas imagens altivas; você não é capaz de esquecer cada palavra e feito deles, nem suas palavras e mãos influentes. Eles são, no seu coração, para sempre supremos e para sempre heróis. Mas isto não vale para o Cristo de hoje. Ele é para sempre insignificante no seu coração e para sempre indigno de reverência. Porque Ele é comum demais, tem muito pouca influência e está longe de ser elevado.

de ‘Você é um verdadeiro crente a Deus?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Há algumas pessoas que são enganadas com frequência, por aquelas que, exteriormente, parecem espirituais, parecem nobres, parecem ter imagem superior. Quanto a essas pessoas que podem falar sobre letras e doutrinas, e cujo discurso e ações parecem dignos de admiração, seus admiradores nunca olharam para a essência de suas ações, os princípios por trás de seus feitos, quais são os seus objetivos. E eles nunca olharam se essas pessoas obedecem a Deus verdadeiramente ou não e se são ou não pessoas que verdadeiramente temem a Deus e evitam o mal. Eles nunca discerniram a substância da humanidade dessas pessoas. Pelo contrário, desde o primeiro passo para a familiarização, pouco a pouco, eles passam a admirar essas pessoas, a venerar essas pessoas e, no fim, essas pessoas se tornam seus ídolos. Além disso, na mente de algumas pessoas, os ídolos a quem eles adoram, quem elas acreditam que podem abandonar suas famílias e empregos e que pagam o preço superficialmente – esses ídolos são aqueles que estão, na realidade, satisfazendo a Deus, aqueles que podem, realmente, receber um bom desfecho e um bom destino. Na menta delas, esses ídolos são as pessoas a quem Deus louva. O que faz com que as pessoas tenham esse tipo de convicção? Qual é a essência desse problema? A quais consequências isso pode levar? Em primeiro lugar, vamos discutir a questão de sua essência.

[…] Existe somente uma causa raiz que faz as pessoas terem essas ações, pontos de vista ignorantes ou pontos de vista e práticas unilaterais, e, hoje, Eu lhes contarei a respeito disso. A razão é que, apesar de as pessoas poderem seguir a Deus, orar a Ele todos os dias e ler a palavra de Deus todos os dias, elas, na verdade, não entendem a vontade de Deus. Essa é a raiz do problema. Se uma pessoa entende o coração de Deus, entende do que Deus gosta, o que Deus abomina, o que Deus quer, o que Deus rejeita, que tipo de pessoa Deus ama, que tipo de pessoa Deus não gosta, que tipo de padrão Deus aplica às suas demandas ao homem, que tipo de abordagem Ele usa para aperfeiçoar o homem, essa pessoa ainda pode ter ideias pessoais próprias? Ela pode simplesmente ir e adorar outra pessoa? Uma pessoa ordinária poderia se tornar o ídolo dela? Se uma pessoa entende a vontade de Deus, o seu ponto de vista é um pouco mais racional do que isso. Ele não irá, de forma arbitrária, idolatrar uma pessoa corrupta, tampouco irá, enquanto percorre a senda de colocar a verdade em prática, acreditar que aderir arbitrariamente a algumas regras simples ou princípios é o mesmo que colocar a verdade em prática.

de ‘Como conhecer o caráter de Deus e o resultado de Sua obra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Seria melhor para aqueles que dizem que seguem a Deus que abrissem seus olhos e dessem uma boa olhada para ver exatamente em quem eles creem: é realmente em Deus que você crê ou é em Satanás? Se você sabe que aquilo em que você crê não é Deus, mas seus próprios ídolos, é melhor você não dizer que é crente. Se você realmente não sabe em quem crê, então, novamente, é melhor você não dizer que é crente. Dizer isso seria blasfêmia! Ninguém o está obrigando a crer em Deus. Não digam que vocês creem em Mim, pois Eu ouvi o bastante dessas palavras há muito tempo e não quero ouvi-las de novo, porque aquilo em que vocês creem é nos ídolos em seu coração e nas “cobras vis locais” entre vocês. Aqueles que abanam a cabeça quando ouvem a verdade, que sorriem abertamente quando ouvem falar de morte são a descendência de Satanás, e todos eles são objetos a serem eliminados. Existem na igreja muitas pessoas que não têm discernimento, e quando algo enganoso acontece, elas simplesmente ficam do lado de Satanás. Quando são chamadas de lacaios de Satanás, elas se sentem tão injustiçadas. E alguém poderia dizer que elas não têm discernimento algum, mas sempre ficam do lado sem verdade. Nunca houve um momento crítico sequer em que tenham ficado do lado da verdade, nem uma vez sequer em que tenham se levantado e disputado pela verdade, então, elas são realmente desprovidas de discernimento? Por que elas sempre ficam do lado de Satanás? Por que elas nunca dizem uma palavra que seja justa ou razoável pela verdade? Essa situação é realmente criada por sua confusão momentânea? Quanto menos discernimento uma pessoa tem, menos ela é capaz de ficar do lado da verdade. O que isso demonstra? Não demonstra que aqueles sem discernimento amam o mal? Não demonstra que aqueles sem discernimento são a descendência leal de Satanás? Por que eles são sempre capazes de ficar do lado de Satanás e falar a mesma linguagem que ele? Cada palavra e ato seus e sua expressão provam amplamente que eles não são nenhum tipo de amantes da verdade, mas, ao contrário, que são pessoas que detestam a verdade. O fato de que podem ficar do lado de Satanás prova amplamente que Satanás realmente ama esses diabos mesquinhos que lutam em seu favor por toda a sua vida. Não são todos esses fatos perfeitamente claros? Se você realmente é alguém que ama a verdade, por que, então, não consegue ter a mínima consideração por aqueles que praticam a verdade, e por que você segue imediatamente aqueles que não praticam a verdade assim que mostram a menor mudança de semblante? Que tipo de problema é esse?

de ‘Um alerta para aqueles que não praticam a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Trechos de sermão e comunhão para referência:

O que significa seguir as pessoas? Significa que uma pessoa segue aquele que ela adora. Deus não tem muito status no seu coração; ela simplesmente veste uma placa dizendo que crê em Deus. Tudo que faz é imitar as pessoas e seguir seu exemplo. Especialmente em questões importantes, ela deixa que as pessoas decidam, que as pessoas ditem seu destino. Ela mesma não busca os desejos de Deus e não aplica discernimento ao que as pessoas dizem. Contanto o que elas dizem pareça razoável, independentemente de aquilo que dizem se conformar à verdade, ela aceitara e obedecerá. Essa é a conduta de um seguidor de homens. Sua fé em Deus não tem princípios, não há verdade em como ela trata os assuntos. Ela obedece a quem quer que fale de modo sensato. Se seus ídolos seguissem uma senda errada, ela os seguirão até o fim. Se Deus condenasse seus ídolos, ela teria noção de Deus, apegando-se ao seu ídolo. Sua razão é que ela deve obedecer a quem for responsável por ela. Um alto oficial não é páreo para um gerente que põe as mãos na massa. Isso é simplesmente a lógica de um tolo. Aqueles que seguem o homem são realmente tão desnorteados. As pessoas que seguem os homens não têm lugar para Deus em seu coração e não têm verdade, são idólatras, foram enganadas por outras pessoas e não são seguidores verdadeiros de Deus. Somente seguidores de Deus creem verdadeiramente em Deus. Há algumas pessoas absurdas que são radicais em relação a essa questão. Eles acreditam que, porque seguem a Deus, não devem dar atenção ao que as pessoas dizem. “Por mais que as palavras do líder correspondam à verdade, não vamos obedecer a elas nem aceitá-las.” Esse é o tipo de radicalismo que as pessoas absurdas praticam. Elas não entendem o que significa buscar as intenções de Deus, não conseguem distinguir se algo vem ou não de Deus nem se corresponde à verdade. Nosso discernimento sobre seguir a Deus e não seguir as pessoas deve ser rigoroso, sem que sejamos radicais. Qualquer um que tenha a capacidade de receber poderá fazer isso adequadamente. Contanto que redobre seus esforços para discernir, não dará um passo em falso. Lembre-se da lição de que a maioria dos crentes nas várias denominações é controlada por pessoas e não consegue percorrer o caminho verdadeiro por obedecer a elas, se submeter a elas e segui-las. A razão principal para o seu fracasso é que creem em Deus, mas seguem as pessoas. Atualmente, há muitas pessoas que ainda enfrentam esse tipo de perigo.

de “A comunhão do alto”

Quem quer que uma pessoa adore em seu coração é seu ídolo; quem adora seus líderes adora ídolos. Aquele a quem uma pessoa adora é quem ocupa um lugar em seu coração e que inevitavelmente tomará posse dela e a escravizará. Durante o trabalho de divulgar o evangelho, descobrimos que as pessoas de diferentes denominações adoram ídolos, são todas controladas por seus líderes e que nem ousam aceitar a verdade. Elas são escravos dignos de pena. As pessoas que adoram seus líderes são as mesmas que adoram ídolos, seu coração inquestionavelmente não conhece a verdade e elas absolutamente não conhecem a Deus; portanto, Deus não tem um lugar no coração delas e elas são abominadas e amaldiçoadas por Deus. Ele é um Deus justo, Ele é um Deus zeloso e não há ninguém que Ele deteste mais do que as pessoas que adoram ídolos. Não há maior blasfêmia do que equiparar líderes a Deus. O fato é que no coração daqueles que se voltaram a Deus só deve haver Deus. Ninguém mais deve habitar no coração deles. Simplesmente pensar nisso é sujo, corrupto, abominado e detestado por Deus. Por isso, a maioria das pessoas é impura e, em variados graus, aqueles a quem adoram têm um lugar em seu coração. Em relação à vontade de Deus, é inaceitável que as pessoas tenham o menor espaço para um ser humano em seu coração e, se não conseguem ser totalmente puras, devem ser condenadas.

Há manifestações específicas em todos que adoram seus líderes em seu coração. Eles podem ser identificados a partir dos seguintes aspectos: se sua obediência ao seu líder é maior que sua obediência a Deus, você adora ídolos; se você anela e anseia pelas pessoas que você adora mais do que anela e anseia por Deus, você adora ídolos; se você tem mais fervor pelo seu líder do que por Deus, você adora ídolos; se, em seu coração, você está próximo daqueles que adora e distante de Deus, você adora ídolos; se, em seu coração, aqueles que você adora ocupam uma posição igual a Deus, então isso é uma prova ainda maior de que você trata essas pessoas que você adora como Deus; e se, indepenentemente do que acontece com você, você está disposto a ouvir seu líder, mas não está disposto a vir diante de Deus para buscar a verdade, então isso é suficiente para provar que você não crê em Deus, mas nas pessoas. Talvez algumas pessoas tentem se defender, dizendo: “Eu realmente admiro fulano e sicrano, eles realmente ocupam um lugar no meu coração. Sem perceber, fiquei um pouco mais distante de Deus em meu relacionamento com Ele”. Essas palavras demonstram a verdade da questão; assim que alguém ocupa um lugar no coração de uma pessoa, ela se distancia de Deus. Isso é perigoso, mas algumas pessoas fazem pouco caso, não se preocupam nem um pouco, o que prova que não conhecem o caráter de Deus. […] adorar pessoas é tão ignorante e cego, é tão corrupto e ímpio. Adorar pessoas é adorar Satanás e os demônios, é adorar anticristos, e quem adora pessoas não tem um pingo de verdade. Pessoas assim estão desprovidas do menor conhecimento de Deus; elas são degeneradas e são amaldiçoadas por Deus. Qual é sua opinião? Os fatos não são verdadeiros?

de “A comunhão do alto”

A crença de algumas pessoas em Deus é muito fraca: elas nunca pensam em Deus como o Todo-poderoso. Então, quando algo lhes acontece, elas perdem a fé facilmente. Além disso, também é com facilidade que essas pessoas adoram e admiram outras pessoas, e é como se elas usassem isso para compensar as partes de Deus que não lhes são suficientes. Pelo fato de elas estarem sempre admirando e adorando outras pessoas, desconhecidas a elas, o lugar de Deus ocupa no coração delas se torna sempre menor, e que o lugar das pessoas que elas adoram se tona sempre maior. Em última instância, sem querer elas se tornam aquelas pessoas que só professam crer em Deus, que, na realidade, creem em pessoas, seguem-nas, adoram-nas e as admiram. Assim como as pessoas religiosas, sua crença em Deus é apenas professada; na realidade, elas só acreditam nos pastores e só seguem a eles, e somente eles são seu Senhor e Deus. Elas se desviam do caminho de crer em Deus e acabam seguindo e obedecendo pessoas – isso não é uma depravação? Essas pessoas têm uma fé verdadeira em Deus? A resposta é não. Portanto, em nada elas confiam em Deus, mas admiram e adoram pessoas. Elas estão sempre procurando opiniões dos outros, seguem os outros em sua busca pelo caminho, sempre ouvem o que as pessoas dizem e observam o que elas fazem, e suas próprias palavras e ações são inseparáveis das outras pessoas. Sem sequer perceber, elas se tornam pessoas que creem nas pessoas e seguem-nas. É preciso afirmar que todos os que reverenciam e adoram pessoas na verdade creem nas pessoas e seguem-nas.

de ‘As dez realidades das palavras de Deus em que se deve entrar para ser salvo e elevado à perfeição’ em “Sermões e comunhão sobre a entrada na vida (IV)”

Anterior:O que é seguir a Deus?

Próximo:Qual é a diferença entre o trigo e o joio?

Coisas que talvez lhe interessem