1. Como um caráter corrupto pode ser purificado passando por julgamento, castigo, provações e refinamento

Palavras de Deus relevantes:

Hoje, Deus os julga, castiga e condena, mas saiba que o sentido da sua condenação é para que você possa se conhecer. Ele condena, amaldiçoa, julga, castiga para que você se conheça, para que seu caráter possa mudar e, além disso, para que você possa conhecer seu valor e ver que todas as ações de Deus são justas e de acordo com Seu caráter e as necessidades de Sua obra, que Ele opera de acordo com Seu plano para a salvação do homem, e que Ele é o Deus justo que ama, salva, julga e castiga o homem. Se você sabe apenas que é de status inferior e que é corrupto e desobediente, mas não sabe que Deus deseja deixar clara a Sua salvação mediante o julgamento e o castigo que hoje Ele faz em você, você não tem como ganhar experiência, muito menos é capaz de seguir adiante. Deus não veio para matar nem para destruir, mas para julgar, amaldiçoar, castigar e salvar. Antes da conclusão de Seu plano de gestão de 6.000 anos — antes de Ele expor o fim de cada categoria de homens — a obra de Deus na terra é para o bem da salvação; seu propósito é puramente tornar completos aqueles que O amam — minuciosamente — e trazê-los para a submissão ao Seu domínio. Não importa como Deus salva pessoas, tudo é feito levando-as a se libertar de sua velha natureza satânica; isto é, Deus as salva fazendo com que elas busquem a vida. Se não buscarem a vida, elas não terão como aceitar a salvação de Deus. A salvação é a obra do Próprio Deus, e a busca de vida é algo que todo homem deve possuir para aceitar a salvação. Aos olhos do homem, a salvação é o amor de Deus, e o amor de Deus não pode ser castigo, julgamento e maldição; a salvação deve conter amor, compaixão e, ademais, palavras de consolo, bem como deve conter as ilimitadas bênçãos concedidas por Deus. As pessoas creem que, quando Deus salva o homem, Ele o faz tocando-o e fazendo com que ele Lhe entregue o coração por meio de Suas bênçãos e Sua graça. Ou seja, Seu tocar o homem é Sua salvação dele. Esse tipo de salvação se dá por fazer um acordo. Só quando Deus lhe conferir cem vezes mais, o homem virá a se submeter diante do nome de Deus e se esforçar para fazer o bem por Ele e trazer-Lhe glória. Essa não é a vontade de Deus para a humanidade. Deus veio operar na terra para salvar a humanidade corrupta — não há falsidade nisso; não fosse assim, Ele certamente não teria vindo fazer Sua obra em pessoa. No passado, Seu meio de salvação foi mostrar extremo amor e compaixão, tanto que Ele deu tudo de Si a Satanás em troca da humanidade inteira. O presente em nada se parece com o passado: a salvação concedida a vocês hoje ocorre no tempo dos últimos dias, durante a classificação de todos conforme a espécie; o meio de sua salvação não é amor nem compaixão, mas castigo e julgamento a fim de que o homem possa ser salvo de forma mais completa. Assim, tudo o que vocês recebem é castigo, julgamento e golpes implacáveis, mas saibam disto: nesses golpes impiedosos não há a mais ligeira punição. Não importa quão duras sejam as Minhas palavras, o que recai sobre vocês são apenas algumas palavras que lhes podem parecer sumamente cruéis, e não importa quão enraivecido Eu fique, o que chove sobre vocês ainda são palavras de ensinamento, e Eu não tenho intenção de feri-los nem de causar-lhes a morte. Tudo isso não é um fato? Saibam que, hoje, quer se trate de julgamento justo ou de refinamento e castigo implacáveis, tudo é para o bem da salvação. Independentemente de hoje haver ou não a classificação de todos conforme a espécie ou a exposição das categorias do homem, todas as declarações e a obra de Deus são para salvar aqueles que realmente amam a Deus. O julgamento justo visa purificar o homem, o refinamento implacável visa limpar o homem, palavras duras ou castigos visam purificar e são para o bem da salvação.

Extraído de ‘Vocês deveriam pôr de lado as bênçãos do status e entender a vontade de Deus de trazer a salvação ao homem’ em “A Palavra manifesta em carne”

Você deveria saber que a perfeição, a completação e o ganho dos homens por Deus não trouxe nada além de espadas e golpes sobre a carne deles, bem como um sofrimento sem fim, conflagração, julgamento impiedoso, castigo e maldições e provações sem limites. Tal é a história interna e a verdade da obra de gerenciar o homem. No entanto, todas essas coisas são direcionadas à carne do homem e todas as flechas de hostilidade são impiedosamente apontadas para a carne do homem (pois o homem é inocente). Tudo isso é para o bem de Sua glória e Seu testemunho e para a Sua gestão. Isso é porque Sua obra não é unicamente para o bem da humanidade, mas também para o plano inteiro, bem como para cumprir Sua vontade original quando Ele criou a humanidade. Portanto, talvez noventa por cento do que o homem experimenta envolva sofrimentos e provações de fogo, e há bem pouco, ou mesmo nenhum, dos dias doces e felizes pelos quais a carne do homem ansiou. Muito menos o homem é capaz de desfrutar de momentos felizes na carne, passando tempos lindos com Deus. A carne é imunda, então o que a carne do homem vê ou desfruta nada mais é que o castigo de Deus, que homem acha desfavorável, como se estivesse carecendo de sentido normal. É por isso que Deus manifestará Seu caráter justo, que não é favorecido pelo homem, não tolera as ofensas do homem e abomina os inimigos. Deus revela abertamente Seu caráter inteiro por quaisquer meios necessários, concluindo assim a obra de Sua batalha de seis mil anos com Satanás — a obra da salvação de toda a humanidade e a destruição do velho Satanás!

Extraído de ‘O propósito de gerenciar a humanidade’ em “A Palavra manifesta em carne”

As pessoas não podem mudar o próprio caráter; elas devem submeter-se ao julgamento e castigo, e ao sofrimento e refinamento das palavras de Deus, ou o tratamento, a disciplina e a poda pelas Suas palavras. Só então elas podem alcançar a obediência e a fidelidade a Deus, e não mais ser superficiais para com Ele. É sob o refinamento das palavras de Deus que o caráter das pessoas muda. Só por meio da exposição, julgamento, disciplina e do tratamento de Suas palavras elas não ousarão mais agir precipitadamente, mas, em vez disso, se tornarão firmes e controladas. O ponto mais importante é que elas são capazes de se submeter às palavras atuais e à obra de Deus e, ainda que ela não esteja em concordância com as noções humanas, elas conseguem deixar essas noções de lado e se submeter voluntariamente.

Extraído de ‘As pessoas cujo caráter mudou são as que entraram na realidade das palavras de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se você deseja ser purificado da corrupção e passar por uma mudança em seu caráter de vida, você deve ter um amor pela verdade e a capacidade de aceitar a verdade. O que significa aceitar a verdade? Aceitar a verdade indica que, não importando que tipo de caráter corrupto você tenha ou qual dos venenos do grande dragão vermelho estão em sua natureza, você reconhece isso quando é revelado pelas palavras de Deus e se submete a essas palavras; você as aceita incondicionalmente, sem inventar desculpas ou tentar escolher o que lhe agrada, e você vem a conhecer a si mesmo com base naquilo que Ele diz. É isso que significa aceitar as palavras de Deus. Não importa o que Ele diga, não importa o quanto Suas declarações trespassem seu coração, e não importa quais palavras Ele use, você pode aceitá-las contanto que aquilo que Ele diz seja a verdade e você pode reconhecê-las, contanto que estejam em conformidade com a realidade. Você pode se submeter às palavras de Deus independentemente de quão profundo seja o seu entendimento delas, e você aceita e se submete à luz que é revelada pelo Espírito Santo e comunicada pelos seus irmãos e irmãs. Quando tal pessoa tem buscado a verdade até certo ponto, ela pode obter a verdade e alcançar uma transformação do seu caráter. Mesmo que aqueles que não amam a verdade possam ser de humanidade decente, quando se trata da verdade, eles são confusos e não a levam a sério. Embora possam ser capazes de algumas boas obras, consigam se despender por Deus e sejam capazes de renúncia, eles não podem alcançar uma mudança de caráter.

Extraído de ‘Como conhecer a natureza do homem’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Quando recebemos o julgamento das palavras de Deus, não devemos temer o sofrimento, nem deveríamos ter medo da dor, e muito menos deveríamos temer que as palavras de Deus traspassarão nosso coração. Deveríamos ler mais de Suas declarações sobre como Ele nos julga e castiga e expõe a nossa essência corrupta. Precisamos lê-las e nos apoiarmos mais nelas. Não compare os outros com elas — devemos comparar nós mesmos com elas. Não nos falta nem uma única dessas coisas; todos nós podemos nos enquadrar nelas. Se você não acredita nisso, vá experimentar por sua conta. Após lerem as palavras de Deus, algumas pessoas são incapazes de aplicá-las a si mesmas; pensam que partes dessas palavras não são sobre elas, mas, antes, sobre outras pessoas. Por exemplo, quando Deus expõe pessoas como vadias e prostitutas, algumas irmãs sentem que, por terem sido infalivelmente fiéis ao seu marido, tais palavras não devem se referir a elas; algumas irmãs sentem que, já que são solteiras e nunca fizeram sexo, tais palavras também não devem ser sobre elas. Alguns irmãos sentem que essas palavras visam apenas a mulheres e nada têm a ver com eles; algumas pessoas acreditam que tais palavras de Deus soam desagradáveis demais e se recusam a aceitá-las. Existem até pessoas que dizem que, em alguns casos, as palavras de Deus estão erradas. Essa é a atitude certa a se ter em relação às palavras de Deus? As pessoas são incapazes de refletir sobre si mesmas com base nas palavras de Deus. Aqui, “vadias” e “prostitutas” se referem à corrupção das pessoas na promiscuidade. Sejam eles homens ou mulheres, casados ou solteiros, todos possuem a corrupção da promiscuidade — como, então, isso pode não ter nada a ver com você? As palavras de Deus expõem os caracteres corruptos das pessoas; seja homem ou mulher, seu nível de corrupção é o mesmo. Isso não é um fato? Antes de fazermos qualquer outra coisa, temos de perceber que devemos aceitar cada uma das palavras ditas por Deus, não importa se essas declarações tenham um som agradável ou não ou se nos causem um sentimento amargo ou doce. Tal é a atitude que deveríamos ter em relação às palavras de Deus. Que tipo de atitude é essa? É uma atitude devota, uma atitude paciente ou uma atitude de aceitar o sofrimento? Eu lhes digo que não é nenhuma dessas. Em nossa fé, devemos manter firmemente que as palavras de Deus são a verdade. Já que sem dúvida elas são a verdade, deveríamos aceitá-las racionalmente. Sendo ou não capazes de reconhecê-las ou admiti-las, a nossa primeira atitude para com as palavras de Deus deveria ser a de aceitação absoluta. Cada linha das palavras de Deus se refere a um estado específico. Isto é, nenhuma das linhas de Suas declarações trata de aparências externas, muito menos de regras externas ou de uma forma simples de comportamento nas pessoas. Elas não são assim. Se você vir cada linha professada por Deus como tratando de um tipo simples de comportamento humano ou aparência externa, então você não tem entendimento espiritual e não entende o que é a verdade. As palavras de Deus são profundas. Como são profundas? Tudo que Deus diz, tudo que Ele revela trata dos caracteres corruptos das pessoas e das coisas essenciais e profundamente enraizadas em sua vida. São coisas essenciais, não são aparências externas e, sobretudo, não são comportamentos externos. A julgar pela aparência externa, todas as pessoas podem parecer estar bem. Por que, então, Deus diz que algumas pessoas são espíritos malignos e algumas são espíritos impuros? Essa é uma questão que não é visível para você. Assim, você não pode confiar que a aparência ou o que você vê do lado de fora se compare às palavras de Deus.

Extraído de ‘A importância de buscar a verdade e a senda de buscá-la’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Em suma, tomar a senda de Pedro na fé de alguém significa caminhar na senda da busca da verdade, a qual também é a senda de conseguir se conhecer verdadeiramente e mudar seu caráter. Só ao caminhar na senda de Pedro a pessoa estará na senda de ser aperfeiçoada por Deus. Deve-se estar certo de como, exatamente, caminhar na senda de Pedro e também de como colocá-la em prática. Primeiro, é preciso deixar de lado as próprias intenções da pessoa, as buscas inadequadas e até a família e todas as coisas da própria carne. É preciso ser devotado de todo o coração; isto é, é preciso devotar-se completamente à palavra de Deus, manter o foco em comer e beber as palavras de Deus, concentrar-se na busca pela verdade e na busca pelas intenções de Deus em Suas palavras e tentar compreender a vontade de Deus em tudo. Esse é o método de prática mais fundamental e vital. Foi o que Pedro fez após ver Jesus e é somente praticando dessa maneira que alguém pode alcançar os melhores resultados. Dedicar-se de todo o coração às palavras de Deus envolve primeiramente buscar a verdade, buscar as intenções de Deus em Suas palavras, focando-se em compreender a vontade de Deus, entender e obter mais verdade das palavras de Deus. Quando lia Suas palavras, Pedro não estava focado em entender as doutrinas, muito menos em obter conhecimento teológico; em vez disso, concentrava-se em compreender a verdade e captar a vontade de Deus, bem como alcançar um entendimento de Seu caráter e Sua amabilidade. Pedro também tentava entender os diversos estados corruptos do homem a partir das palavras de Deus, bem como a natureza corrupta e a real deficiência do homem, conhecendo assim todos os aspectos das exigências de Deus ao homem a fim de satisfazê-Lo. Pedro tinha muitas práticas corretas que acatavam as palavras de Deus; isso estava mais de acordo com a vontade de Deus e era a melhor maneira de uma pessoa poder colaborar ao experimentar a obra de Deus. Ao vivenciar as centenas de provações de Deus, Pedro examinou rigorosamente a si mesmo, comparando-se com cada palavra do julgamento de Deus em relação ao homem, com cada palavra da revelação de Deus ao homem, com cada palavra de Suas demandas ao homem, e se esforçou para sondar o significado daquelas palavras. Com determinação, ele tentou ponderar e memorizar cada palavra que Jesus lhe dissera e alcançou resultados muito bons. Através dessa maneira de praticar, ele foi capaz de alcançar um entendimento de si mesmo a partir das palavras de Deus, e não só veio a entender os vários estados corruptos do homem, como também veio a entender a essência, a natureza e as várias deficiências do homem. Isso é o que significa entender verdadeiramente a si mesmo. Das palavras de Deus, Pedro não só alcançou um entendimento verdadeiro de si mesmo, mas, das coisas expressas nas palavras de Deus — o caráter justo de Deus, o que Ele tem e é, a vontade de Deus para Sua obra, Suas exigências à humanidade —, dessas palavras, ele veio a conhecer Deus completamente. Ele veio a conhecer o caráter de Deus e a Sua essência; ele veio a conhecer e entender o que Deus tem e é, bem como a amabilidade de Deus e as exigências de Deus ao homem. Embora Deus não falasse tanto naquele tempo quanto fala hoje, resultados nesses aspectos, todavia, foram alcançados em Pedro. Isso foi algo raro e precioso. Pedro passou por centenas de provações, mas não sofreu em vão. Ele não só veio a entender a si mesmo a partir das palavras e da obra de Deus, como também veio a conhecer Deus. Além disso, ele se concentrou sobretudo nas exigências de Deus para com a humanidade sob Suas palavras. Em quaisquer que fossem os aspectos que o homem deveria satisfazer a Deus para estar alinhado com a Sua vontade, Pedro foi capaz de dedicar um grande esforço nesses aspectos e alcançar total clareza; isso foi extremamente benéfico em relação à sua entrada. Independentemente do que Deus falasse, contanto que aquelas palavras pudessem se tornar a vida e são a verdade, Pedro frequentemente era capaz de esculpi-las em seu coração para refletir sobre elas e apreciá-las. Após ouvir as palavras de Jesus, ele foi capaz de levá-las a sério, o que mostra que ele estava concentrado sobretudo nas palavras de Deus e verdadeiramente alcançou os resultados no fim. Ou seja, de livre vontade ele foi capaz de pôr as palavras de Deus em prática, de praticar a verdade e alinhar-se com a vontade de Deus perfeitamente, de agir inteiramente de acordo com a intenção de Deus e de desistir de suas opiniões e imaginações pessoais. Dessa forma, Pedro entrou na realidade das palavras de Deus.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Se você acredita na soberania de Deus, então precisa acreditar que ocorrências cotidianas, sejam elas boas ou ruins, não acontecem por acaso. Não é que alguém é deliberadamente duro com você ou tem você como alvo; tudo isso foi arranjado por Deus. Por que Deus orquestra todas essas coisas? Não é para revelar você como a pessoa que é nem para expor você; expor você não é o objetivo final. O objetivo é aperfeiçoá-lo e salvá-lo. Como Deus faz isso? Ele começa conscientizando você do seu caráter corrupto, da sua natureza-essência, das suas deficiências e daquilo que lhe falta. Somente ao conhecer essas coisas e ter um entendimento claro delas você pode buscar a verdade e, gradualmente, se livrar de seu caráter corrupto. Isso é Deus lhe proporcionando uma oportunidade. Você precisa saber como aproveitar essa oportunidade e não deve entrar em choque com Deus. Sobretudo quando confrontado com pessoas, assuntos e coisas que Deus arranja ao seu redor, não pense constantemente que as coisas não são como você quer que sejam; não queira sempre fugir delas nem culpe e entenda mal a Deus o tempo todo. Se está sempre fazendo essas coisas, você não está experimentando a obra de Deus, e isso dificultará muito a sua entrada na verdade-realidade. O que quer que você enfrenta que não consegue entender totalmente, quando surge uma dificuldade, você deve aprender a se submeter. Você deveria começar vindo diante de Deus e orando mais. Dessa forma, antes que perceba, uma mudança ocorrerá em seu estado interno, e você será capaz de buscar a verdade para resolver seu problema. Como tal, você será capaz de experimentar a obra de Deus. Quando isso acontecer, a verdade-realidade estará sendo forjada dentro de você, e é assim que você progredirá e passará por uma mudança no estado da sua vida. Uma vez que tenha passado por essa mudança e possua essa verdade-realidade, você também possuirá estatura, e com a estatura vem a vida. Se alguém sempre vive baseado em um caráter satânico corrupto, então não importa quanto entusiasmo ou energia tenha, mesmo assim não pode ser considerado como tendo estatura, nem vida.

Extraído de ‘A fim de ganhar a verdade, você deve aprender com as pessoas, questões e coisas ao seu redor’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

O caráter corrupto do homem se esconde em cada pensamento e ideia, dentro dos motivos por trás de cada ação; ele se esconde em cada ponto de vista que o homem tem sobre algo e em cada opinião, entendimento, ponto de vista e desejo que tem em sua abordagem a tudo que Deus faz. Fica escondido dentro dessas coisas. E o que Deus faz? Como Deus aborda essas coisas do homem? Ele arranja ambientes para expor você. Ele não só exporá, mas também julgará você. Quando você revelar seu caráter corrupto, quando tiver pensamentos e ideias que desafiam a Deus, quando tiver estados e pontos de vista que rivalizam com Deus, quando tiver estados através dos quais entende Deus errado ou resiste e se opõe a Ele, Deus repreenderá, julgará e castigará você, e, às vezes, até punirá e disciplinará você. Qual é o objetivo de disciplinar e repreender você? É fazer com que você entenda que aquilo que pensa são as noções do homem, e que elas são erradas; suas motivações vêm de Satanás, elas têm sua origem na vontade humana, não representam Deus, são incompatíveis com Deus, não podem cumprir as intenções de Deus, são repugnantes e odiosas para Deus, incitam Sua ira e até provocam Sua maldição. Quando percebe isso, você é capaz de mudar suas motivações. E como elas são mudadas? Em primeiro lugar, você deve se submeter à maneira com que Deus o trata e se submeter aos ambientes e às pessoas, assuntos e coisas que Ele estabelece para você; não encontre falhas, não dê desculpas objetivas e não fuja de suas responsabilidades. Em segundo lugar, busque a verdade que as pessoas devem praticar e nas quais devem entrar quando Deus faz o que Ele faz. Deus exige que você entenda essas coisas. Ele quer que você reconheça seus caracteres corruptos e sua essência satânica para que você seja capaz de se submeter aos ambientes que Ele arranja para você e, finalmente, para que você seja capaz de praticar o que Ele exige de você de acordo com a Sua vontade, e seja capaz de atender à Sua vontade. Então você terá passado pelo teste.

Extraído de ‘Só sendo verdadeiramente obediente pode-se ter fé verdadeira’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Enquanto passam por provações, é normal que as pessoas estejam fracas ou tenham negatividade dentro delas, que lhes falte clareza quanto à vontade de Deus ou quanto à senda para a prática. Mas, em todo caso, você deve ter fé na obra de Deus e não negar Deus, assim como Jó. Embora Jó fosse fraco e amaldiçoasse o dia em que nasceu, ele não negou que todas as coisas da vida humana foram concedidas por Jeová, nem que Jeová também é Aquele que tira todas elas. Não importa quanto fosse testado, ele manteve essa fé. Na sua experiência, não importa que tipo de refinamento você passe por meio das palavras de Deus, o que Ele exige da humanidade, em resumo, é sua fé e seu amor por Ele. O que Ele aperfeiçoa ao operar assim é a fé, o amor e as aspirações das pessoas. Deus faz a obra da perfeição nas pessoas, e elas não podem vê-la, não podem senti-la; em tais circunstâncias, sua fé é exigida. A fé das pessoas é exigida quando algo não pode ser visto a olho nu, e sua fé é exigida quando você não consegue abrir mão de suas próprias noções. Quando você não tem clareza a respeito da obra de Deus, o que é exigido de você é ter fé e assumir uma posição firme e dar testemunho. Quando Jó chegou a esse ponto, Deus lhe apareceu e falou com ele. Quer dizer, é somente de dentro de sua fé que você será capaz de ver Deus e, quando você tiver fé, Deus o aperfeiçoará. Sem fé, Ele não pode fazer isso. Deus lhe concederá o que for que você espera ganhar. Se você não tem fé, não pode ser aperfeiçoado e será incapaz de ver as ações de Deus e menos ainda Sua onipotência. Quando você tem fé de que verá Suas ações em sua experiência prática, então Deus aparecerá a você e o iluminará e guiará a partir de seu interior. Sem essa fé, Deus será incapaz de fazer isso. Se você perdeu a esperança em Deus, como será capaz de experimentar Sua obra? Portanto, somente quando você tiver fé e não abrigar dúvidas a respeito de Deus, somente quando você tiver verdadeira fé Nele, não importa o que Ele faça, Deus o esclarecerá e iluminará por meio de suas experiências, e somente então você será capaz de ver Suas ações. Todas essas coisas são alcançadas através da fé. A fé vem somente por meio do refinamento e na ausência de refinamento, a fé não pode se desenvolver. A que se refere esta palavra, “fé”? A fé é a crença genuína e o coração sincero que os humanos deveriam possuir quando não podem ver nem tocar algo, quando a obra de Deus não está alinhada com as noções humanas, quando está além do alcance humano. Essa é a fé da qual Eu falo. As pessoas necessitam de fé durante períodos de dificuldade e refinamento, e a fé é algo que é seguido pelo refinamento; refinamento e fé não podem ser separados. Não importa como Deus opera e independentemente do tipo de ambiente em que você está, você é capaz de buscar a vida e de buscar a verdade, de buscar o conhecimento da obra de Deus e de ter um entendimento das Suas ações, e você é capaz de agir de acordo com a verdade. Fazer isso é o que é ter fé verdadeira, e fazer isso demonstra que você não perdeu a fé em Deus. Você só pode ter a fé verdadeira em Deus se for capaz de persistir em buscar a verdade por meio do refinamento, se você for capaz de verdadeiramente amar a Deus e não desenvolver dúvidas sobre Ele, se, não importa o que Ele faça, você ainda praticar a verdade para satisfazê-Lo, e se for capaz de buscar nas profundezas Sua vontade e de estar atento à Sua vontade. No passado, quando Deus disse que você reinaria como um rei, você O amou; quando Ele Se mostrou abertamente a você, você O buscou. Mas agora Deus está escondido, você não consegue vê-Lo, e os problemas vieram sobre você — então agora você perde a esperança em Deus? Assim, o tempo todo você deve buscar a vida e buscar satisfazer a vontade de Deus. Isso é chamado de fé genuína e isso é o tipo mais verdadeiro e belo de amor.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Enquanto passa por provações, mesmo quando você não sabe o que Deus quer fazer e que obra Ele quer realizar, você deveria saber que as intenções de Deus para a humanidade são sempre boas. Se você O buscar com um coração verdadeiro, então Ele nunca o deixará e, no fim, certamente o aperfeiçoará e trará as pessoas para um destino apropriado. Sem considerar como Deus está testando as pessoas atualmente, chegará um dia em que Ele proverá as pessoas com um desfecho apropriado e lhes dará a retribuição adequada com base no que elas fizeram. Deus não conduzirá as pessoas até certo ponto para depois simplesmente abandoná-las e ignorá-las. Isso é porque Deus é confiável. Neste estágio, o Espírito Santo está fazendo a obra de refinamento. Ele está refinando toda e qualquer pessoa. Nas etapas da obra que foram constituídas pela provação da morte e pela provação do castigo, o refinamento foi realizado através de palavras. Para experimentar a obra de Deus, as pessoas precisam primeiro entender a Sua obra atual e como a humanidade deveria cooperar. Na verdade, isso é algo que todos deveriam entender. Não importa o que Deus faça, seja refinamento ou mesmo se Ele não estiver falando, nem uma única etapa da obra de Deus acontece alinhada às noções da humanidade. Cada etapa de Sua obra destrói e rompe as noções das pessoas. Essa é a Sua obra. Mas você precisa acreditar que, visto que a obra de Deus alcançou certo estágio, Ele não exporá a humanidade toda à morte, não importa o que aconteça. Ele tanto dá promessas quanto bênçãos para a humanidade e todos aqueles que O buscarem serão capazes de ganhar Suas bênçãos, mas aqueles que não O buscarem serão abandonados por Deus. Isso depende da sua busca. Sem considerar qualquer outra coisa, você precisa acreditar que, quando a obra de Deus estiver concluída, toda e qualquer pessoa terá um destino adequado. Deus proveu a humanidade com aspirações lindas, mas sem busca elas são inatingíveis. Você deveria ser capaz de enxergar isso agora — o refinamento de Deus e Seu castigo às pessoas são a Sua obra, mas as pessoas, por sua parte, precisam buscar uma mudança de caráter o tempo todo. Na sua experiência prática, você precisa primeiro saber como comer e beber as palavras de Deus; precisa descobrir dentro de Suas palavras no que você deveria entrar e as suas falhas, você deveria buscar a entrada em sua experiência prática e tomar a porção das palavras de Deus que deveria ser colocada em prática e tentar fazê-la. Comer e beber as palavras de Deus é um aspecto. Além disso, a vida da igreja precisa ser mantida, você precisa ter uma vida espiritual normal e precisa ser capaz de entregar todos os seus estados atuais a Deus. Não importa como Sua obra mude, a sua vida espiritual deveria permanecer normal. Uma vida espiritual pode manter a sua entrada normal. Não importa o que Deus faça, você deve continuar a sua vida espiritual sem interrupções e cumprir o seu dever. É isso que as pessoas deveriam fazer.

Extraído de ‘Você deveria manter sua devoção a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

É durante o refinamento amargo que o homem pode cair mais facilmente sob a influência de Satanás, então como você deveria amar Deus durante tal refinamento? Você deveria reunir sua vontade, depositar seu coração perante Deus e devotar o seu tempo derradeiro a Ele. Independentemente de como Deus o refina, você deveria ser capaz de colocar a verdade em prática para satisfazer a vontade de Deus e deveria tomar para si a busca de Deus e de comunhão. Em momentos assim, quanto mais passivo você for, mais negativo se tornará e mais fácil será retroceder. Quando é necessário que você sirva em sua função, embora não a sirva bem, você faz tudo que pode e o faz usando nada mais que o seu amor a Deus; independentemente do que os outros digam — quer digam que o fez bem ou que o fez mal — suas intenções são corretas e você não é hipócrita, pois está agindo em nome de Deus. Quando os outros o interpretam mal, você é capaz de orar a Deus e dizer: “Oh, Deus! Não peço que os outros me tolerem, nem que me tratem bem, nem que me entendam e aprovem. Só peço que eu seja capaz de amar-Te em meu coração, que eu possa estar tranquilo em meu coração e que minha consciência possa ser clara. Não peço que os outros me elogiem nem que me tenham em alta consideração; só busco satisfazer-Te do meu coração; sirvo em meu papel fazendo tudo que posso e, embora seja tolo e estúpido, de calibre pobre e cego, sei que Tu és amável, e estou disposto a devotar tudo que tenho a Ti”. Assim que você ora dessa maneira, seu amor por Deus emerge e você se sente muito mais aliviado em seu coração. É isso que quer dizer praticar o amor a Deus. Enquanto experimentar, você fracassará duas vezes e terá êxito uma vez, ou, se não, fracassará cinco vezes e terá êxito duas vezes e, enquanto experimentar dessa maneira, só em meio ao fracasso você será capaz de ver a amabilidade de Deus e descobrir o que está faltando dentro de você. Da próxima vez que encontrar tais situações, você deve se precaver, moderar seus passos e orar com mais frequência. Pouco a pouco, você desenvolverá a capacidade de triunfar em tais situações. Quando isso acontece, suas orações foram eficazes. Quando vir que foi bem-sucedido dessa vez, você ficará gratificado por dentro, e quando orar será capaz de sentir Deus e que a presença do Espírito Santo não o deixou — só então saberá como Deus opera dentro de você. Praticar dessa maneira lhe dará uma senda para experimentar.

Extraído de ‘Só ao experimentar o refinamento o homem pode possuir o amor verdadeiro’ em “A Palavra manifesta em carne”

Para cada etapa da obra de Deus há uma maneira pela qual as pessoas deveriam cooperar. Deus refina as pessoas de modo que elas tenham confiança enquanto passam por refinamentos. Deus aperfeiçoa as pessoas de modo que elas tenham confiança para ser aperfeiçoadas por Deus e estejam dispostas a aceitar Seus refinamentos e a ser lidadas e podadas por Deus. O Espírito de Deus opera dentro das pessoas para trazer-lhes esclarecimento e iluminação e para fazê-las cooperar com Ele e praticar. Deus não fala durante os refinamentos. Ele não pronuncia Sua voz, mas ainda assim há o trabalho que as pessoas deveriam fazer. Você deveria conservar o que já tem, você ainda deveria ser capaz de orar a Deus, de estar perto de Deus e ser testemunha perante Deus; dessa maneira você cumprirá os seus deveres. Todos vocês deveriam ver claramente a partir da obra de Deus que Suas provações à confiança e ao amor das pessoas exigem que elas orem mais a Deus e que saboreiem com mais frequência as palavras de Deus perante Ele. Se Deus esclarecer você e fizer você entender a Sua vontade e mesmo assim você não colocar algo disso em prática, você não ganhará nada. Quando colocar em prática as palavras de Deus, você ainda deveria ser capaz de orar a Ele e, quando saborear Suas palavras, você deveria ir perante Ele e buscar e estar cheio de confiança Nele, sem nenhum traço de se sentir frio ou desanimado. Aqueles que não colocam as palavras de Deus em prática estão cheios de energia durante as reuniões, mas caem nas trevas quando retornam para casa. Há alguns que nem querem reunir-se. Assim, você precisa ver claramente que dever é que as pessoas deveriam cumprir. Você pode não saber qual é realmente a vontade de Deus, mas você pode desempenhar seu dever, pode orar quando deveria, pode colocar em prática a verdade quando deveria e pode fazer o que as pessoas devem fazer. Você pode conservar a sua visão original. Dessa maneira, você será mais capaz de aceitar a próxima etapa da obra de Deus. Quando Deus opera de modo oculto, é um problema se você não buscar. Quando Ele fala e prega durante as assembleias, você ouve com entusiasmo, mas, quando Ele não fala, você carece de energia e retrocede. Que tipo de pessoa age dessa maneira? Esse é alguém que só segue para onde quer que vá o rebanho. Ele não tem posicionamento, nem testemunho, nem visão! A maioria das pessoas é assim. Se você continuar desse jeito, um dia, quando encontrar uma grande provação, você cairá em punição. Ter um posicionamento é muito importante no processo de Deus de aperfeiçoar as pessoas. Se você não duvidar de uma única etapa da obra de Deus, se você cumprir o dever do homem, se sinceramente conservar o que Deus faz você colocar em prática, isto é, você se lembrar das exortações de Deus e, não importa o que Ele faça nos dias atuais, você não se esquecer de Suas exortações, se não tiver nenhuma dúvida sobre Sua obra, mantiver seu posicionamento, conservar seu testemunho e ser vitorioso em cada etapa do caminho, então, no fim, você será aperfeiçoado por Deus e transformado em um vencedor. Se você é capaz de permanecer firme através de cada etapa das provações de Deus e se ainda consegue permanecer firme no fim, então você é um vencedor, você é alguém que foi aperfeiçoado por Deus.

Extraído de ‘Você deveria manter sua devoção a Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Durante estes últimos dias, vocês devem dar testemunho de Deus. Não importa quão grande seja o sofrimento de vocês, devem caminhar até o fim e até mesmo até seu último suspiro, ainda assim vocês devem ser fieis a Deus e ficar à mercê de Deus; só isso é realmente amar a Deus e apenas isso é o testemunho forte e retumbante. Ao ser tentado por Satanás, você deve dizer: “Meu coração pertence a Deus, e Deus já me ganhou. Não posso satisfazê-lo — devo dedicar meu tudo para satisfazer a Deus”. Quanto mais você satisfazer a Deus, mais Deus o abençoa e maior é a força do seu amor por Deus; assim você terá também fé e determinação e sentirá que nada é mais digno ou significativo do que gastar uma vida amando a Deus. Pode-se dizer que, se o homem amar a Deus, ele viverá sem tristeza. Embora haja momentos em que a carne é fraca e você é atacado por muitos problemas reais, durante esses momentos você realmente confiará em Deus e, em seu espírito, você será consolado e sentirá certeza e que você tem algo em que pode confiar. Dessa forma, você poderá superar muitos ambientes e assim não se queixará de Deus por causa da angústia que sofre. Em vez disso, você desejará cantar, dançar, orar, se reunir e comunicar, pensar em Deus e sentirá que todas as pessoas, questões e coisas ao seu redor que são organizadas por Deus são adequadas. Se você não amar a Deus, tudo que você contemplar será irritante para você e nada será agradável aos seus olhos; em espírito, você não será livre, mas oprimido, seu coração sempre se queixará de Deus e você sempre sentirá que sofre tanto tormento e que isso é tão injusto. Se você não buscar pelo bem da felicidade, mas para satisfazer a Deus e para não ser acusado por Satanás, então tal busca lhe proporcionará grande força para amar a Deus. O homem é capaz de realizar tudo que Deus diz e tudo o que ele faz é capaz de satisfazer a Deus — isso é o que significa possuir realidade. Buscar a satisfação de Deus é usar seu amor a Deus para colocar Suas palavras em prática; independentemente do tempo — mesmo quando os outros não tenham força — dentro de você, ainda existe um coração que ama a Deus, que anseia profundamente por Deus e sente falta Dele. Isso é estatura real. A grandeza de sua estatura depende da grandeza do amor que sente por Deus, de você conseguir ou não ficar firme quando testado, de você ser fraco ou não quando um certo ambiente lhe sobrevier, e se você consegue ficar firme mesmo quando seus irmãos e irmãs o rejeitam; os fatos que se apresentarem mostrarão exatamente como é o seu amor por Deus. Pode-se ver, a partir de grande parte da obra de Deus, que Ele realmente ama o homem, embora os olhos do espírito do homem ainda tenham de ser completamente abertos e ele seja incapaz de entender claramente muita coisa da obra de Deus e Sua vontade e muitas das coisas que são adoráveis sobre Deus; o homem tem muito pouco amor verdadeiro por Deus. Você tem acreditado em Deus durante todo esse tempo, e hoje Deus bloqueou todas as vias de fuga. Realisticamente falando, você não tem escolha senão ser seguir a senda certa, a senda correta para a qual você foi conduzido pelo julgamento severo e pela suprema salvação de Deus. Só depois de experimentar dificuldades e refinamentos, o homem sabe que Deus é adorável. Tendo experimentado até hoje, pode-se dizer que o homem passou a conhecer parte da amabilidade de Deus, mas isso ainda não basta, porque tanto carece ao homem. O homem deve experimentar ainda mais da maravilhosa obra de Deus e mais de todo o refinamento do sofrimento arranjado por Deus. Só então o caráter de vida do homem pode ser mudado.

Extraído de ‘Somente experimentando provações dolorosas é que você pode conhecer a amabilidade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 4. Como se pode vir a obedecer a Deus e com quais princípios de prática se deve obedecer a Deus

Próximo: 2. O que se deve possuir para dar testemunho por meio de provações e refinamento

Todos os dias temos 24 horas e 1440 minutos. Você está disposto a dedicar 10 minutos para estudar o caminho de Deus? Você está convidado a se juntar ao nosso grupo de estudo.

Conteúdo relacionado

4. Como conhecer o significado da obra de julgamento de Deus nos últimos dias

Deus realiza a obra de julgamento e castigo para que o homem possa ganhar conhecimento Dele e em favor de Seu testemunho. Sem o Seu julgamento do caráter corrupto do homem, o homem não poderia, de modo algum, conhecer o Seu caráter justo que não permite ofensa, nem seria capaz de transformar seu antigo conhecimento de Deus em um novo. Por causa de Seu testemunho e por causa de Seu gerenciamento, Ele torna a Sua plenitude pública, assim permitindo ao homem, por meio de Sua aparição pública, chegar ao conhecimento de Deus, ser transformado em seu caráter e dar testemunho retumbante de Deus.

2. Como a obra de julgamento de Deus nos últimos dias purifica e salva a humanidade

O “julgamento” nas palavras ditas anteriormente — o julgamento começará na casa de Deus — refere-se ao juízo que Deus emite hoje sobre aqueles que se põem diante de Seu trono nos últimos dias. Talvez haja aqueles que acreditem em tais imaginações sobrenaturais como as que, quando os últimos dias chegarem, Deus irá erigir uma grande mesa nos céus, sobre a qual uma tolha branca será estendida e então, sentando-Se sobre um grande trono com todos os homens ajoelhando-se no chão, Ele irá revelar os pecados de cada homem e assim determinar se eles devem ascender ao céu ou ser enviados para o lago de fogo e enxofre. Independentemente das imaginações do homem, a substância da obra de Deus não pode ser alterada. As imaginações do homem nada são senão os constructos dos pensamentos humanos e vêm do cérebro do homem, resumido e recomposto daquilo que o homem viu e ouviu. Portanto, digo que, não importa o quanto forem geniais, as imagens idealizadas ainda não serão mais que um desenho e não podem substituir o plano da obra de Deus. Afinal, o homem foi corrompido por Satanás, então como pode sondar os pensamentos de Deus?

4. As maneiras em que a onipotência e sabedoria de Deus são reveladas primariamente

Desde a existência do gerenciamento de Deus, Ele sempre foi totalmente dedicado a realizar a Sua obra. Apesar de haver ocultado Sua pessoa deles, Ele sempre esteve do lado do homem, fazendo a obra neles, expressando Seu caráter, guiando toda a humanidade com Sua essência e fazendo Sua obra em cada pessoa através de Seu poder, Sua sabedoria e Sua autoridade, e assim, trazendo a existência a Era da Lei, a Era da Graça, e agora a Era do Reino. Embora Deus oculte Sua pessoa do homem, Seu caráter, Seu ser e posses e Sua vontade para com a humanidade são reveladas ao homem incondicionalmente para que o homem veja e experiencie.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro

Entre em contato conosco pelo WhatsApp