1. O que é amor verdadeiro por Deus e qual é o significado de amor por Deus

Palavras de Deus relevantes:

A essência de Deus não é apenas para o homem acreditar; é, ainda mais, para o homem amar. Mas muitos daqueles que creem em Deus são incapazes de descobrir esse “segredo”. As pessoas não se atrevem a amar a Deus, nem tentam amá-Lo. Elas nunca descobriram que há tantas coisas amáveis em Deus, nunca descobriram que Deus é o Deus que ama o homem, e que Ele é o Deus que é para o homem amar. A beleza de Deus é expressa em Sua obra: somente quando experimentam Sua obra, as pessoas podem descobrir Sua beleza, somente em suas experiências reais podem apreciar a beleza de Deus, e, sem observá-la na vida real, ninguém pode descobrir a beleza de Deus. Há muito que amar a respeito de Deus, mas sem realmente se envolver com Ele, as pessoas não conseguem descobrir isso. O que significa dizer que, se Deus não Se tornasse carne, as pessoas seriam incapazes de realmente se envolver com Ele, e se fossem incapazes de realmente se envolver com Ele, também não seriam capazes de experimentar Sua obra — e assim o amor delas por Deus seria manchado com muita falsidade e imaginação. O amor ao Deus no céu não é tão real quanto o amor ao Deus na terra, pois o conhecimento das pessoas sobre Deus no céu é construído sobre suas imaginações, e não sobre o que elas viram com os próprios olhos, e o que elas pessoalmente experimentaram. Quando Deus vem à terra, as pessoas são capazes de contemplar Seus feitos reais e Sua beleza, e podem ver todo o Seu caráter prático e normal, que é milhares de vezes mais real do que o conhecimento do Deus no céu. Independentemente de quanto as pessoas amam o Deus no céu, não há nada de real nesse amor, e está cheio de ideias humanas. Não importa quão pouco seja seu amor pelo Deus na terra, esse amor é real; mesmo que haja apenas um pouco, ainda é real. Deus faz com que as pessoas O conheçam através da verdadeira obra, e através desse conhecimento Ele ganha o amor delas. É como Pedro: se não tivesse vivido com Jesus, teria sido impossível para ele adorar a Jesus. Assim também sua lealdade para com Jesus foi construída em seu envolvimento com Jesus. Para fazer o homem amá-Lo, Deus veio entre os homens e vive com o homem, e tudo que Ele faz o homem ver e experimentar é a realidade de Deus.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se as pessoas desejam amar a Deus, devem provar a beleza de Deus e ver a beleza de Deus; só então poderá ser despertado nelas um coração que ama a Deus, um coração que está disposto a se deixar gastar lealmente por Deus. Deus não faz com que as pessoas O amem através de palavras e expressões, ou da imaginação delas, e não obriga as pessoas a amá-Lo. Em vez disso, Ele as faz amá-Lo por vontade própria, e faz com que vejam Sua beleza em Sua obra e declarações, depois das quais nasce nelas o amor a Deus. Só assim as pessoas podem verdadeiramente dar testemunho de Deus. As pessoas amam a Deus não porque foram incentivadas por outros a fazê-lo, tampouco é um impulso emocional momentâneo. Elas amam a Deus porque viram Sua beleza, viram que há muito Dele que é digno do amor das pessoas, porque viram a salvação, a sabedoria e os feitos maravilhosos de Deus — e, como resultado, elas realmente louvam a Deus, e verdadeiramente anseiam por Ele, e é despertada nelas uma paixão tamanha que elas não poderiam sobreviver sem ganhar a Deus. A razão pela qual aqueles que verdadeiramente testificam por Deus são capazes de dar um testemunho impactante para Ele é porque o seu testemunho está sobre o fundamento do verdadeiro conhecimento e verdadeiro anseio por Deus. Não é de acordo com um impulso emocional, mas de acordo com o conhecimento de Deus e Seu caráter. Por terem conhecido a Deus, elas sentem que devem certamente dar testemunho de Deus e fazer com que todos os que anseiam por Deus conheçam a Deus, e estejam cientes da beleza de Deus e de Sua realidade. Como o amor das pessoas por Deus, seu testemunho é espontâneo, é real e tem significado e valor reais. Não é passivo, oco e sem sentido. A razão pela qual somente aqueles que realmente amam a Deus têm mais valor e significado em suas vidas, e somente eles realmente acreditam em Deus, é porque essas pessoas vivem na luz de Deus, são capazes de viver pela obra e gestão de Deus; não vivem nas trevas, mas vivem na luz; não vivem uma vida sem sentido, mas vidas que foram abençoadas por Deus. Somente aqueles que amam a Deus são capazes de dar testemunho de Deus, somente eles são as testemunhas de Deus, somente eles são abençoados por Deus, e somente eles são capazes de receber as promessas de Deus. Aqueles que amam a Deus são íntimos de Deus, são pessoas amadas por Deus e podem desfrutar as bênçãos juntamente com Deus. Somente pessoas como essas viverão pela eternidade e somente elas viverão para sempre sob o cuidado e a proteção de Deus. Deus é para ser amado pelas pessoas e é digno do amor de todas as pessoas, mas nem todas as pessoas são capazes de amar a Deus e nem todas as pessoas podem dar testemunho de Deus e ter poder com Deus. Porque são capazes de dar testemunho de Deus e dedicar todos os seus esforços à obra de Deus, aqueles que verdadeiramente amam a Deus podem andar em qualquer lugar debaixo dos céus sem que ninguém se atreva a se opor a eles, e podem exercer poder sobre a terra e governar todo o povo de Deus. Essas pessoas vieram de todos os cantos do mundo, falam diferentes línguas e têm diferentes cores de pele, mas sua existência tem o mesmo significado, todas têm um coração que ama a Deus, todas têm o mesmo testemunho e têm a mesma determinação, e o mesmo desejo. Aqueles que amam a Deus podem caminhar livremente pelo mundo, aqueles que dão testemunho de Deus podem viajar pelo universo. Essas pessoas são amadas por Deus, são abençoadas por Deus e viverão para sempre em Sua luz.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Nenhuma lição é mais profunda que a lição de amar a Deus, e pode-se dizer que a lição que as pessoas aprendem de uma vida inteira de crença é como amar a Deus. Ou seja, se você acredita em Deus, você deve amar a Deus. Se você somente acredita em Deus, mas não O ama, não alcançou o conhecimento de Deus e nunca amou a Deus com um amor verdadeiro que vem de dentro de seu coração, então sua crença em Deus é fútil. Se, em sua crença em Deus, você não ama a Deus, então você vive em vão, e toda a sua vida é a mais desprezível de todas as vidas. Se, ao longo de toda a sua vida, você nunca amou ou satisfez a Deus, qual é o sentido de sua vida? E qual é o sentido da sua crença em Deus? Isso não é um desperdício de esforço?

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

O “amor”, como é chamado, refere-se a uma emoção que é pura e sem máculas, em que você usa o coração para amar, sentir e ser atencioso. No amor, não há condições, nem barreiras, nem distância. No amor não há desconfiança, nem engano, nem esperteza. No amor não há negociações nem nada impuro. Se você ama, não vai enganar, reclamar, trair, se rebelar, extorquir, nem buscar ganhar algo, nem ganhar certa quantia. Se você ama, então vai, de bom grado, se dedicar, e de bom grado sofrerá dificuldades, e será compatível Comigo, você abandonará tudo o que tem por Mim, você abrirá mão de sua família, seu futuro, sua juventude e seu casamento. Senão, seu amor não seria amor de jeito nenhum, mas sim engano e traição! Que tipo de amor é o seu? É um amor verdadeiro? Ou falso? De quanto você desistiu? Quanto você ofereceu? Quanto amor Eu recebi de você? Você sabe? O coração de vocês está cheio de maldade, traição e engano — e, sendo assim, quanto do seu amor é impuro? Vocês acham que já desistiram de bastantes coisas por Mim; acham que seu amor por Mim já é o suficiente. Mas, então, por que suas palavras e ações são sempre de rebeldia e engano? Vocês Me seguem, no entanto, não reconhecem a Minha palavra. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, mas ainda assim Me deixam de lado. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, não confiam em Mim. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, não conseguem aceitar a Minha existência. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, não Me tratam como condiz a quem Eu sou, e tornam as coisas difíceis para Mim a cada passo. Isso é considerado amor? Vocês Me seguem, no entanto, tentam Me ludibriar e Me enganar em todas as questões. Isso é considerado amor? Vocês Me servem, no entanto, não Me temem. Isso é considerado amor? Vocês se opõem a Mim em todos os aspectos e em todas as coisas. Isso tudo é considerado amor? Vocês dedicaram muita coisa, isso é verdade, mas nunca praticaram o que Eu exijo de vocês. Isso pode ser considerado amor? Uma avaliação cuidadosa mostra que não há o menor vestígio de amor por Mim dentro de vocês. Depois de tantos anos de trabalho e de todas as muitas palavras que Eu forneci, quanto vocês de fato ganharam? Isso não merece uma reavaliação cuidadosa?

Extraído de ‘Muitos são chamados, mas poucos são escolhidos’ em “A Palavra manifesta em carne”

Hoje, para acreditar no Deus prático, você deve embarcar na trilha certa. Se você acredita em Deus, você não deve apenas buscar bênçãos, mas amar a Deus e conhecer Deus. Por meio de Seu esclarecimento, por meio de sua busca individual, você pode comer e beber Sua palavra, desenvolver uma verdadeira compreensão de Deus e ter um verdadeiro amor por Deus que venha do fundo do coração. Em outras palavras, quando seu amor por Deus é o mais genuíno e ninguém pode destruir nem obstruir o caminho de seu amor por Ele, nesse momento, você está na trilha certa em sua crença em Deus. Isso prova que você pertence a Deus, pois seu coração já é posse de Deus, e nada mais pode então tomar posse de você. Por meio de sua experiência, por meio do preço que você pagou, por meio da obra de Deus, você é capaz de desenvolver um amor espontâneo por Deus — e, quando fizer isso, você será liberto da influência de Satanás e viverá na luz da palavra de Deus. Somente quando você tiver se livrado da influência das trevas, poder-se-á dizer que você ganhou Deus. Em sua crença em Deus, você deve tentar buscar esse objetivo. Esse é o dever de cada um de vocês. Nenhum de vocês deveria estar satisfeito com o estado atual das coisas. Vocês não podem estar divididos em relação à obra de Deus, nem podem considerá-la levianamente. Vocês deveriam pensar em Deus em todos os aspectos e em todos os momentos e fazer todas as coisas em prol Dele. E toda vez que falarem ou agirem, vocês deveriam colocar os interesses da casa de Deus em primeiro lugar. Somente assim vocês podem ser segundo o coração de Deus.

Extraído de ‘Já que crê em Deus, você deve viver para a verdade’ em “A Palavra manifesta em carne”

Aqueles que servem a Deus deveriam ser os íntimos Dele, deveriam ser agradáveis a Deus e capazes de ter lealdade absoluta a Ele. Quer você aja em privado ou em público, você é capaz de ganhar a alegria de Deus diante Dele, é capaz de se manter firme diante Dele e, independentemente de como outras pessoas o tratem, você segue sempre a senda que deve seguir e dá todo cuidado ao fardo de Deus. Somente pessoas assim são íntimas de Deus. Os íntimos de Deus são capazes de servir a Ele diretamente porque a eles foram dados a grande comissão e o fardo de Deus, eles são capazes de tornar seu o coração de Deus, e de tornar seu o fardo de Deus, sem levar em consideração suas perspectivas futuras: mesmo quando não tiverem perspectivas e nada tiverem a ganhar, eles sempre acreditarão em Deus com um coração amoroso. Por isso, esse tipo de pessoa é um íntimo de Deus. Os íntimos de Deus são também Seus confidentes; apenas os confidentes de Deus podem compartilhar Sua inquietação e Seus pensamentos, e, ainda que sua carne esteja dolorida e fraca, eles são capazes de suportar a dor e renunciar ao que amam para satisfazer a Deus. Deus dá mais fardos a tais pessoas, e o que Ele deseja fazer se revela no testemunho de tais pessoas. Assim, essas pessoas são agradáveis a Deus, são servas de Deus que são segundo o Seu coração, e somente pessoas como essas podem governar com Ele. Você governará com Deus precisamente quando tiver realmente se tornado íntimo de Deus.

Extraído de ‘Como servir em harmonia com a vontade de Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Você deve saber que tudo que acontece com você é uma grande provação e é o momento em que Deus precisa que você dê testemunho. Embora possam parecer irrelevantes por fora, quando essas coisas acontecem, elas mostram se você ama a Deus ou não. Se você O ama, será capaz de permanecer firme em seu testemunho a Ele, e se você não coloca o amor a Ele em prática, isso mostra que você é alguém que não coloca a verdade em prática, que está sem a verdade e sem vida, e que é palha! Tudo o que acontece com as pessoas acontece quando Deus precisa que elas permaneçam firmes em seu testemunho Dele. Mesmo que nada muito grande esteja acontecendo com você atualmente e você não dê um grande testemunho, cada detalhe de sua vida diária é uma questão de testemunho a Deus. Se você pode ganhar a admiração de seus irmãos e irmãs, de seus familiares e de todos ao seu redor; se, um dia, os incrédulos vierem e admirarem tudo o que você fizer e virem que tudo o que Deus faz é maravilhoso, então você terá dado testemunho. Embora você não tenha percepção e seu calibre seja baixo, por meio do aperfeiçoamento de Deus em você, você é capaz de satisfazê-Lo e de estar atento à Sua vontade, mostrando aos outros que grande obra Ele tem feito em pessoas dos mais baixos calibres. Quando as pessoas vêm a conhecer a Deus e se tornam vencedoras diante de Satanás, leais a Deus em grande medida, então, ninguém tem mais força de caráter do que esse grupo de pessoas, e esse é o maior testemunho. Embora você seja incapaz de fazer um grande trabalho, você é capaz de satisfazer a Deus. Outros não conseguem deixar de lado suas noções, mas você consegue; outros não conseguem dar testemunho de Deus durante suas experiências reais, mas você consegue usar sua estatura real e suas ações para retribuir o amor de Deus e dar um testemunho retumbante Dele. Apenas isso conta como amar realmente a Deus.

Extraído de ‘Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus’ em “A Palavra manifesta em carne”

Não importa como Deus opera e independentemente do tipo de ambiente em que você está, você é capaz de buscar a vida e de buscar a verdade, de buscar o conhecimento da obra de Deus e de ter um entendimento das Suas ações, e você é capaz de agir de acordo com a verdade. Fazer isso é o que é ter fé verdadeira, e fazer isso demonstra que você não perdeu a fé em Deus. Você só pode ter a fé verdadeira em Deus se for capaz de persistir em buscar a verdade por meio do refinamento, se você for capaz de verdadeiramente amar a Deus e não desenvolver dúvidas sobre Ele, se, não importa o que Ele faça, você ainda praticar a verdade para satisfazê-Lo, e se for capaz de buscar nas profundezas Sua vontade e de estar atento à Sua vontade. No passado, quando Deus disse que você reinaria como um rei, você O amou; quando Ele Se mostrou abertamente a você, você O buscou. Mas agora Deus está escondido, você não consegue vê-Lo, e os problemas vieram sobre você — então agora você perde a esperança em Deus? Assim, o tempo todo você deve buscar a vida e buscar satisfazer a vontade de Deus. Isso é chamado de fé genuína e isso é o tipo mais verdadeiro e belo de amor.

Extraído de ‘Aqueles que hão de ser aperfeiçoados devem passar pelo refinamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

As pessoas frequentemente falam de permitir que Deus seja a vida delas, mas ainda não experimentaram até esse ponto. Você está meramente dizendo que Deus é a sua vida, que Ele guia você todos os dias, que você come e bebe Suas palavras a cada dia, e você ora a Ele todos os dias, e que assim Ele se tornou sua vida. O conhecimento daqueles que dizem isso é muito superficial. Em muitas pessoas não há fundamento; as palavras de Deus foram plantadas dentro delas, mas ainda têm que brotar, muito menos deram algum fruto. Hoje, até que ponto você já experimentou? Só agora, depois de Deus tê-lo obrigado a chegar tão longe, você sente que não pode deixar Deus. Um dia, quando você já experimentou até certo ponto, se Deus o obrigasse a ir embora, você não seria capaz. Você sempre sentirá que não pode ficar sem Deus dentro de você; você pode ficar sem marido, esposa ou filhos, sem família, sem mãe ou pai, sem os prazeres da carne, mas não pode ficar sem Deus. Estar sem Deus será como perder a sua vida, você não poderá viver sem Deus. Quando tiver experimentado até esse ponto, você terá atingido a meta de sua fé em Deus, e dessa forma Deus terá Se tornado sua vida, terá Se tornado o fundamento de sua existência, e você nunca mais será capaz de deixar Deus. Quando tiver experimentado até esse ponto, você realmente terá desfrutado do amor de Deus, seu relacionamento com Deus será tão próximo, Deus será sua vida, seu amor e, nesse momento, você orará a Deus e dirá: “Ó Deus! Eu não posso deixá-Lo, Você é minha vida, eu posso ficar sem tudo mais, mas sem Você não posso continuar vivendo”. Essa é a verdadeira estatura das pessoas; é a vida real. Algumas pessoas foram obrigadas a chegar até o ponto em que estão hoje: elas têm que continuar, quer queiram, quer não, e sempre se sentem como se estivessem entre a cruz e a espada. Você deve experimentar de tal forma que Deus seja a sua vida, de modo que, se Deus fosse tirado de seu coração, seria como perder a sua vida; Deus deve ser a sua vida, e você deve ser incapaz de deixá-Lo. Dessa forma, você terá realmente experimentado a Deus, e nesse momento, quando amar a Deus novamente, você verdadeiramente amará a Deus, e será um amor singular e puro. Um dia, quando suas experiências forem tais que sua vida tenha chegado a certo ponto, quando você orar a Deus e comer e beber as palavras de Deus, você será incapaz de abandonar Deus em seu interior, e será incapaz de esquecê-Lo, mesmo se quiser. Deus terá Se tornado sua vida; você pode esquecer o mundo, pode esquecer sua esposa, marido ou filhos, mas terá dificuldade de se esquecer de Deus — isso é impossível, esta é sua verdadeira vida e seu verdadeiro amor por Deus. Quando o amor das pessoas a Deus alcança certo ponto, nada do que amam é igual ao amor delas a Deus. Ele é o primeiro amor delas, e assim, é capaz de desistir de tudo e está disposto a aceitar todo o tratamento e poda de Deus. Quando você tiver alcançado um amor a Deus que supere tudo mais, você viverá na realidade e no amor de Deus.

Extraído de ‘Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz’ em “A Palavra manifesta em carne”

Aquelas que foram aperfeiçoadas não só possuem a humanidade normal, mas também estão possuídas por verdades que excedem as medidas da consciência e estão acima dos padrões da consciência; elas não só usam sua consciência para retribuir o amor de Deus, mas, mais do que isso, elas conheceram Deus e viram que Deus é amável e digno do amor do homem, e que, em Deus, há tanta coisa para ser amada que o homem não pode senão amá-Lo! O amor a Deus daqueles que foram aperfeiçoados visa satisfazer suas próprias aspirações pessoais. Seu amor é espontâneo, um amor que não pede nada em troca e que não é uma transação. Eles amam a Deus unicamente por causa do seu conhecimento Dele. Tais pessoas não se importam se Deus lhes concede graças ou não, elas se contentam com nada além de satisfazer a Deus. Não fazem barganhas com Deus nem medem seu amor a Deus pela consciência: “Tu tens me dado, e, assim, eu Te retribuo com meu amor; se Tu não me deres, não tenho nada para retribuir a Ti”. Aqueles que foram aperfeiçoados sempre creem que: “Deus é o Criador e que Ele realiza Sua obra em nós. Já que eu tenho essa oportunidade, condição e qualificação para ser aperfeiçoado, minha busca deveria ser a de viver uma vida com sentido, e eu devo satisfazê-Lo”. É exatamente igual ao que Pedro experimentou: quando estava na maior fraqueza, ele orou a Deus e disse: “Ó Deus! Tu sabes que, independentemente de tempo e lugar, eu sempre me lembro de Ti. Tu sabes que, não importa quando nem onde, eu quero Te amar, mas minha estatura é pequena demais, sou fraco e impotente demais, meu amor é limitado demais e minha sinceridade para contigo é escassa demais. Em comparação com o Teu amor, eu simplesmente não sou apto para viver. Só desejo que minha vida não seja em vão e que eu não só possa retribuir Teu amor, mas, além disso, também dedicar a Ti tudo que tenho. Se eu puder Te satisfazer, então, como criatura, terei paz de espírito e não pedirei mais nada. Embora eu seja fraco e impotente agora, não esquecerei Tuas exortações nem esquecerei o Teu amor. Agora nada estou fazendo além de retribuir o Teu amor. Ó Deus, sinto-me horrível! Como posso devolver a Ti o amor que está no meu coração? Como posso fazer tudo o que puder e ser capaz de cumprir Teus desejos e como posso ser capaz de oferecer a Ti tudo que tenho? Tu conheces a fraqueza do homem; como posso ser digno do Teu amor? Ó Deus! Tu sabes que tenho pouca estatura e que meu amor é escasso demais. Como posso fazer o melhor que puder nesse tipo de ambiente? Eu sei que devo retribuir Teu amor; eu sei que devo dar a Ti tudo que tenho, mas hoje minha estatura é baixa demais. Peço que me dês força e confiança, para que eu seja mais capaz de possuir um amor puro para dedicar a Ti e mais capaz de dedicar a Ti tudo que tenho; não só serei mais capaz de retribuir Teu amor, mas eu também serei mais capaz de experimentar Teu castigo, julgamento e provações e até as maldições mais severas. Tu tens me permitido contemplar o Teu amor, e sou incapaz de não Te amar, e, embora eu esteja fraco e impotente hoje, como eu poderia Te esquecer? Teu amor, castigo e julgamento fizeram com que eu Te conhecesse, ainda que eu também me sinta incapaz de cumprir Teu amor, pois Tu és tão grande. Como posso dedicar tudo que tenho ao Criador?”

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Perto do final de sua vida, depois de ter sido aperfeiçoado, Pedro disse: “Ó Deus! Se vivesse mais alguns anos, eu desejaria alcançar um amor mais puro e mais profundo por Ti”. Quando estava prestes a ser pregado na cruz, ele orou em seu coração: “Ó Deus! Teu tempo chegou agora; chegou o tempo que Tu preparaste para mim. Devo ser crucificado por Ti, devo dar esse testemunho de Ti e espero que meu amor seja capaz de satisfazer Tuas exigências e que ele possa se tornar mais puro. Hoje, poder morrer por Ti e ser pregado na cruz por Ti é algo reconfortante e tranquilizador para mim, porque nada é mais gratificante para mim do que poder ser crucificado por Ti e satisfazer Teus desejos, e ser capaz de dar a mim mesmo a Ti, de oferecer minha vida a Ti. Ó Deus! És tão amável! Se me permitisses viver, eu estaria ainda mais disposto a Te amar. Vou Te amar enquanto eu viver. Desejo amar-Te mais profundamente. Tu me julgas, me castigas e me pões à prova porque não sou justo e porque pequei. E Teu caráter justo se torna mais visível para mim. Isso é uma bênção para mim porque me torna capaz de Te amar mais profundamente, e estou disposto a Te amar desse modo mesmo que Tu não me ames. Estou disposto a contemplar Teu caráter justo, porque isso me torna mais capaz de viver uma vida com sentido. Sinto que agora minha vida tem mais sentido porque estou sendo crucificado por Tua causa e é significativo morrer por Ti. Ainda assim, não me sinto satisfeito, porque conheço muito pouco de Ti, sei que não consigo satisfazer completamente Teus desejos e o que retribuí a Ti não foi o bastante. Na minha vida, tenho sido incapaz de me devolver inteiro a Ti; estou longe disso. Quando olho para trás neste momento, sinto-me tão endividado Contigo e só tenho este momento para compensar todos os meus erros e todo o amor não retribuído a Ti”.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Se as pessoas não buscam nenhum objetivo quando acreditam em Deus, então sua vida é em vão e, quando chegar a hora de morrerem, elas verão apenas o céu azul e a terra poeirenta. Isso é uma vida significativa? Se você consegue cumprir as exigências de Deus enquanto está vivendo, isso não é uma coisa linda? Por que você sempre traz problemas assim sobre si mesmo e por que você está sempre tão desalentado? Você ganhou alguma coisa de Deus agindo assim? E Deus consegue ganhar alguma de você? No Meu juramento a Deus, só havia a promessa do Meu coração; Eu não estava tentando enganá-Lo com palavras. Eu jamais faria uma coisa dessas — desejo apenas confortar o Deus a quem Eu amo de coração, de modo que Seu Espírito no céu possa receber conforto. O coração pode ser valioso, mas o amor é mais precioso. Eu daria o mais precioso amor que há em Meu coração a Deus, para que Ele possa desfrutar da coisa mais linda que Eu tenho e para que Ele seja preenchido pelo amor que Eu ofereço a Ele. Você está disposto a dar seu amor a Deus para que Ele o desfrute? Está disposto a tirar vantagem de sua existência? Em Minhas experiências, tenho visto que quanto mais amor entrego a Deus, mais alegria Eu encontro em viver; além disso, não há limites para a Minha força, e de bom grado ofereço todo o Meu corpo e a Minha mente, e tenho o constante sentimento de que não consigo amar a Deus o suficiente. Então, o seu amor é insignificante, ou é infinito, imensurável? Se você de fato deseja amar a Deus, você sempre terá mais amor para retribuir a Ele — e se esse for o caso, quem ou o que conseguiria possivelmente bloquear o caminho do seu amor por Deus?

Deus preza o amor de cada homem. Para com todos os que O amam, Suas bênçãos são redobradas, pois o amor do homem é tão difícil de se encontrar, e há tão pouco dele, é quase imperceptível. Em todo o universo, Deus tentou pedir que as pessoas Lhe retribuíssem amor, mas, por todas as eras até agora, somente uns poucos — um punhado — jamais Lhe deram amor verdadeiro de volta. Até onde Eu Me lembro, Pedro foi um deles, embora tenha sido pessoalmente guiado por Jesus e somente no momento de sua morte foi que ele entregou seu amor completo a Deus, e então sua vida se findou. E assim, sob essas condições hediondas, Deus estreitou o escopo de Sua obra no universo e usou o país do grande dragão vermelho como zona de demonstração, concentrando toda a Sua energia e Seus esforços em um só lugar, de modo a tornar Sua obra mais efetiva e de maior benefício para o Seu testemunho. Foi sob essas duas provisões que Deus transferiu Sua obra de todo o universo para essas pessoas na China continental, que tinham o menor calibre de todos, e começou Seu trabalho amoroso de conquista. E depois de fazer com que todas elas O amem, Ele executará o próximo estágio da Sua obra, que é o plano de Deus. Assim Sua obra de fato alcança o maior efeito. O escopo de Sua obra tem tanto um núcleo quanto limitações. Está claro quão grande é o preço que Deus pagou e quanto esforço despendeu enquanto realizava Sua obra em nós, de modo que chegue o nosso dia. Essa é nossa bênção.

Extraído de ‘A senda… (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Vocês deveriam buscar fazer o seu melhor para amar a Deus neste ambiente pacífico. No futuro, vocês não terão mais oportunidades de amar a Deus, porque as pessoas só têm a oportunidade de amar a Deus na carne; quando elas estiverem vivendo em outro mundo, ninguém falará de amar a Deus. Isso não é a responsabilidade de um ser criado? E, assim, como vocês deveriam amar a Deus durante os seus dias de sua vida? Você alguma vez pensou nisso? Você está esperando até depois de morrer para amar a Deus? Isso não é conversa fiada? Por que você não busca amar a Deus hoje? Amar a Deus enquanto permanece ocupado pode ser o verdadeiro amor a Deus? A razão pela qual se diz que essa etapa da obra de Deus terminará em breve é que Deus já tem testemunho diante de Satanás. Por conseguinte, não é necessário que o homem faça nada; do homem meramente se pede que busque amar a Deus nos anos em que está vivo — essa é a chave. Porque as exigências de Deus não são elevadas e, ademais, porque há uma ansiedade ardente em Seu coração, Ele revelou um sumário da próxima etapa da obra antes que termine esta etapa da obra, o que mostra claramente quanto tempo há; se Deus não estivesse ansioso em Seu coração, Ele falaria essas palavras tão cedo? É porque o tempo é breve que Deus opera desse modo. Espera-se que vocês possam amar a Deus com todo o seu coração, com toda a sua mente e com toda a sua força, exatamente como vocês estimam sua própria vida. Essa não é uma vida de máximo sentido? Onde mais vocês poderiam encontrar o sentido da vida? Vocês não estão sendo cegos assim? Você está disposto a amar a Deus? Deus seria digno do amor do homem? As pessoas seriam dignas da adoração do homem? Assim, o que você deveria fazer? Ame a Deus ousadamente, sem reservas, e veja o que Deus fará a você. Veja se Ele o matará. Em suma, a tarefa de amar a Deus é mais importante que copiar e escrever coisas para Deus. Você deveria dar o primeiro lugar ao que é mais importante, de modo que sua vida possa ter mais valor e ser cheia de felicidade e, então, você deveria esperar pela “sentença” de Deus para você. Eu Me pergunto se seu plano incluirá amar a Deus. Eu gostaria que os planos de todas as pessoas se tornem aquilo que é completado por Deus e que todos eles se tornem realidade.

Extraído de ‘Capítulo 42’ das Interpretações dos mistérios das palavras de Deus para todo o universo em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 3. O que é testemunho verdadeiro e se o testemunho de uma pessoa é verdadeiro se ela só desfrutar da graça de Deus

Próximo: 2. Se somente amar a Deus no céu sem amar a Cristo na terra é verdadeiramente amar a Deus

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Conteúdo relacionado

2. O mundo religioso acredita que toda a Escritura é inspirada por Deus e é inteiramente Suas palavras; essa visão é falsa

Nem tudo contido na Bíblia é um registro das palavras pronunciadas pessoalmente por Deus. A Bíblia simplesmente documenta os dois estágios prévios da obra de Deus, dos quais uma parte é um registro das previsões dos profetas, enquanto a outra as experiências e conhecimentos escritos por pessoas empregadas por Deus ao longo das eras. Experiências humanas estão contaminadas com opiniões e conhecimentos humanos, o que é inevitável. Em muitos dos livros da Bíblia, há conceitos e preconceitos humanos e interpretações humanas absurdas. É claro que a maioria das palavras resulta da iluminação e esclarecimento do Espírito Santo, e elas são interpretações corretas, mas ainda assim, não se pode dizer que são expressões inteiramente corretas da verdade. Suas visões sobre certas coisas não passam de conhecimento pela experiência pessoal ou da iluminação pelo Espírito Santo. As previsões dos profetas foram instruídas pessoalmente por Deus: as profecias de Isaías, Daniel, Esdras, Jeremias e Ezequiel vieram da instrução direta do Espírito Santo; essas pessoas eram videntes, haviam recebido o Espírito de profecia, todas eram profetas do Antigo Testamento. Durante a Era da Lei, essas pessoas que haviam recebido as inspirações de Jeová fizeram muitas profecias instruídas diretamente por Jeová.

1. A Bíblia é apenas um registro dos dois estágios da obra de Deus, que são a Era da Lei e a Era da Graça; não é um registro da totalidade da obra de Deus

Ninguém conhece a realidade da Bíblia: que não é mais do que um registro histórico da obra de Deus e um testamento dos dois estágios anteriores da obra de Deus, e não oferece uma compreensão dos objetivos da obra de Deus. Todo mundo que leu a Bíblia sabe que documenta os dois estágios da obra de Deus durante a Era da Lei e a Era da Graça. O Antigo Testamento narra a história de Israel e a obra de Jeová desde o tempo da criação até o fim da Era da Lei. O Novo Testamento registra a obra de Jesus na terra que está nos Quatro Evangelhos, bem como a obra de Paulo; eles não são registros históricos?

2. As diferenças entre o trabalho daqueles que são usados por Deus e o trabalho dos líderes religiosos

A obra realizada por quem é usado por Deus tem o propósito de colaborar com a obra de Cristo ou do Espírito Santo. Esse homem é levantado por Deus dentre os homens e está ali para liderar todos os escolhidos de Deus; ele também é levantado por Deus para fazer a obra de cooperação humana. Por intermédio de alguém assim, capaz de fazer a obra de cooperação humana, mais podem ser alcançadas tanto as exigências de Deus em relação ao homem quanto a obra que o Espírito Santo deve fazer dentre os homens. Outra forma de colocar isso é a seguinte: o objetivo de Deus ao usar esse homem é para que todos os que O seguem possam compreender melhor a Sua vontade e alcançar mais as Suas exigências. Como as pessoas são incapazes de entender diretamente as palavras ou a vontade de Deus, Deus levantou alguém que é usado para realizar tal obra. Essa pessoa que é usada por Deus também pode ser descrita como um meio pelo qual Deus guia as pessoas, como um “tradutor” na comunicação entre Deus e o povo.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro