Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

O Pergaminho aberto pelo Cordeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

O suspiro do Todo-Poderoso

Existe um enorme segredo no seu coração. Você nunca soube que está ali porque está vivendo em um mundo sem luz que o ilumine. Seu coração e seu espírito foram roubados pelo maligno. Seus olhos estão cobertos pela escuridão; você não pode ver o sol no céu e nem a estrela cintilante na noite. Seus ouvidos estão obstruídos por palavras enganosas, e você não ouve a voz estrondosa de Jeová nem o som das águas que fluem do trono. Você perdeu tudo que lhe pertencia e tudo o que o Todo-Poderoso lhe concedeu. Entrou em um mar infinito de amargura, sem ter forças para ser resgatado, sem esperança de sobrevivência, abandonado, lutando e debatendo-se... A partir desse momento, você está condenado a ser atormentado pelo maligno, mantido longe das bênçãos do Todo-Poderoso, fora do alcance das provisões do Todo-Poderoso e embarcou em um caminho sem retorno. Um milhão de chamados dificilmente despertariam seu coração e seu espírito. Você dorme profundamente nas mãos do maligno, que o atraiu enganosamente para um reino ilimitado, sem direção, sem sinais na estrada. A partir de agora, você perdeu sua pureza original, sua inocência e começou a se esconder dos cuidados do Todo-Poderoso. O maligno dirige seu coração em todos os seus assuntos e torna-se sua vida. Você já não o teme, já não o evita, já não duvida dele. Em vez disso, trata-o como o Deus em seu coração. Começa a consagrá-lo, a adorá-lo, a ser inseparável como sua sombra, e você se compromete um com o outro na vida e na morte. Você não tem ideia de qual é sua origem, por que existe ou por que morre. Vê o Todo-Poderoso como um estranho; não conhece Sua origem, muito menos tudo o que Ele fez por você. Tudo que provém Dele tornou-se odioso para você. Você não o valoriza nem conhece seu valor. Caminha com o maligno, desde o mesmo dia que em começou a receber as provisões do Todo-Poderoso. Você e o maligno caminham por milhares de anos de tempestade e tormenta. Com ele, você se opõe a Deus, que foi a fonte de sua vida. Não se arrepende e muito menos sabe que chegou até as portas da morte. Esqueceu que o maligno o tentou, o afligiu; você se esqueceu de sua origem. Assim, o maligno o vem prejudicando passo a passo, até o presente. Seu coração e seu espírito ficaram dessensibilizados e corrompidos. Você já não se queixa das angústias do mundo, já não acredita que o mundo é injusto. Nem sequer se preocupa com a existência do Todo-Poderoso. Isto se deve ao fato de que assumiu o maligno como seu verdadeiro pai e já não pode separar-se dele. Este é o segredo que está dentro do seu coração.

Com a chegada do amanhecer, uma estrela da manhã surge no leste. É uma estrela que nunca esteve ali antes. Ela ilumina os céus ainda estrelados e acende a luz extinta no coração das pessoas. Elas já não são solitárias por causa desta luz, a luz que brilha sobre você e sobre os outros. Mas somente você permanece profundamente adormecido na noite escura. Não pode ouvir o som, nem ver a luz, incapaz de perceber o advento de um novo céu e uma nova terra, uma nova era. Porque seu pai lhe diz: “Meu filho, não se levante, pois ainda é cedo. Lá fora está frio, fique dentro de casa para que a espada e a lança não perfurem seus olhos”. Você acredita apenas na exortação de seu pai porque acha que ele está correto por ser mais velho que você e porque realmente o ama. Tal exortação e amor fazem com que você não acredite mais na lenda de que existe luz no mundo e não se importe se o mundo possui a verdade. Já não se atreve a ter esperança de ser resgatado pelo Todo-Poderoso. Está satisfeito com seu estado atual, já não tem esperança na chegada da luz e já não permanece atento à chegada do lendário Todo-Poderoso. Aos seus olhos, tudo o que é belo não pode mais ser ressuscitado e nem continuar existindo. Aos seus olhos, o amanhã e o futuro da humanidade desaparecem e se destroem. Agarra-se firmemente às vestes do seu pai, disposto a sofrer juntos, temendo perder seu companheiro de viagem e a direção de sua grande jornada. O mundo vasto e nebuloso fez com que muitos de você se tornassem inquebrantáveis e valentes ao cumprir as diferentes funções neste mundo. Forjou muitos “guerreiros” que não temem a morte em absoluto. Mais do que isso, criou grupos de humanos dessensibilizados e paralisados que não compreendem o propósito de sua criação. Os olhos do Todo-Poderoso olham para a humanidade severamente afligida, ouvindo o lamento dos que sofrem, vendo a falta de vergonha dos afligidos e sentindo o desamparo e o terror da humanidade que perdeu a salvação. A humanidade rejeita Seu cuidado, percorre seu próprio caminho e evita o exame de Seus olhos. Eles preferem sentir o gosto de todo o amargor do mar profundo com o inimigo. Já não se escuta o suspiro do Todo-Poderoso. As mãos do Todo-Poderoso não estão mais dispostas a tocar a trágica humanidade. Ele repete Sua obra, recuperando e perdendo, vez após vez. A partir desse momento, fica cansado e sente-Se exausto; então, Ele interrompe a obra que vem realizando e já não caminha entre as pessoas... Elas não estão conscientes dessas mudanças de modo algum, nem se dão conta das idas e vindas, da tristeza e desilusão do Todo-Poderoso.

Tudo o que há neste mundo está mudando rapidamente com os pensamentos do Todo-Poderoso, sob Seus olhos. Coisas que a humanidade nunca ouviu podem chegar abruptamente. E também o que a humanidade sempre possuiu pode desaparecer sem que se perceba. Ninguém pode desvendar por onde anda o Todo-Poderoso, muito menos sentir a transcendência e a grandeza do poder vital do Todo-Poderoso. Sua transcendência reside em como Ele é capaz de perceber o que os humanos não podem. Sua grandeza reside em ser Aquele que foi renunciado pela humanidade, mas que, não obstante, a salva. Ele conhece o significado da vida e da morte. Além disso, Ele sabe as regras para viver para a humanidade, a qual criou. Ele é a base da existência humana e o Redentor para que a humanidade ressuscite novamente. Ele abate os corações felizes com angústia e eleva os corações aflitos com felicidade. Isto tudo é para Sua obra e Seu plano.

A humanidade, que abandonou o suprimento de vida do Todo-Poderoso, não sabe por que existe, contudo, teme a morte. Não há apoio nem ajuda, mas a humanidade continua relutante em fechar os olhos, desafiando tudo, arrastando uma existência ignóbil neste mundo em corpos que não têm consciência das almas. Você vive assim, sem esperança; ele existe desta forma, sem nenhum objetivo. Apenas existe o Santo da lenda que virá para salvar aqueles que gemem em sofrimento e anseiam desesperadamente por Sua chegada. Essa crença não pode ser alcançada até agora nas pessoas que permanecem inconscientes. No entanto, elas ainda anseiam por isso. O Todo-Poderoso tem misericórdia dessas pessoas que sofrem profundamente. Ao mesmo tempo, Ele está cansado dos que não têm consciência porque tem de esperar demasiado tempo a resposta dos humanos. Ele deseja buscar, buscar seu coração e seu espírito. Ele quer trazer-lhe alimento e água e despertá-lo, para que você já não tenha mais sede, já não tenha fome. Quando estiver cansado e começar a sentir a desolação deste mundo, não fique perplexo, não chore. Deus Todo-Poderoso, o Velador, receberá sua chegada a qualquer momento. Ele está velando ao seu lado, esperando que regresse. Ele aguarda o dia em que sua memória subitamente se recuperará, tornando-se consciente do fato de que você procede de Deus, de que você, de alguma forma e em algum lugar, se perdeu, caindo inconsciente à beira do caminho e, então, que tem um pai. Você também percebe que o Todo-Poderoso estava lá, vigiando, esperando seu retorno o tempo todo. Ele aguarda amargamente, esperando uma resposta sem resposta. Sua vigilância não tem preço, e é pelo coração e o espírito dos seres humanos. Talvez esta vigilância seja indefinida e talvez esta vigilância esteja chegando ao fim. Mas você deve saber exatamente onde estão seu coração e espírito neste instante.

28 de maio de 2003

Anterior:Deus é a fonte da vida do homem

Próximo:O homem só pode ser salvo em meio ao gerenciamento de Deus

Coisas que talvez lhe interessem