Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

como se livrar completamente do vício em jogos já não é mais uma pergunta difícil

10

Por Yangying, Estados Unidos

Quando vejo um jogo online pela primeira vez, sou tomado de curiosidade

Enquanto estudava numa escola técnica, decidi me especializar em informática. Eu estava frequentando a escolha por pouco tempo quando soube através de um colega de turma que muitas pessoas estavam jogando online, como esses jogos eram divertidos e como as pessoas que não sabiam jogá-los eram atrasadas. Ao ouvir meu colega de turma dizer isso, meu interesse foi atiçado ainda mais, e assim, com uma mente cheia de curiosidade, começou minha carreira de jogos online.

Pouco tempo após meu primeiro contato com jogos online, fui dominado por eles. Nesses jogos, eu podia fazer muitas coisas que não podia fazer na vida real. Podia, por exemplo, dirigir carros e ir para onde quisesse, e a sensação era ótima. Podia dirigir também um tanque ou pilotar um navio e lutar com inimigos e, quando ganhava, eu me sentia realizado. Eu curtia muito, e não importava se eu estava apenas fazendo um jogo ou ganhando uma batalha. Sempre que parava de jogar, eu ficava pensando em como derrotar meus inimigos o mais rápido possível e conseguir uma pontuação ainda melhor… Dessa forma, minha mente se encheu gradativamente com todos os tipos de jogos. Ficava pensando neles dia e noite e até gritava os nomes desses jogos em meus sonhos.

Preso nos jogos online, não pude fazer nada senão continuar

Sem perceber, os jogos online se tornaram o tema principal da minha vida, e eu fiquei louco por eles. Sempre que ia à aula de informática, o professor falava no palco, e eu ficava em baixo, secretamente jogando online com vários colegas de turma. Eu mergulhava completamente no jogo e até me esquecia de que o professor existia. O professor me deu várias advertências, mas aquilo não me afetou, e eu persisti em meu caminho, não importava o que dissesse. Quando o jogo era atualizado, à noite, meus colegas e eu pulávamos o muro e procurávamos um cibercafé, onde passávamos a noite toda jogando freneticamente. Os 300 yuans que meus pais me davam mensalmente para as despesas diárias eram gastos quase que completamente com jogos online. Mais tarde, comecei a inventar todos os tipos de desculpas para me ausentar e jogar online. Quando não recebia licença, eu simplesmente faltava às aulas e, de segunda à sexta-feira, eu jogava todos os dias até mais ou menos quatro horas da manhã. Nos fins de semana, eu jogava a noite inteira e, quando não estava cochilando durante o dia, eu ficava pensando em como melhorar minhas habilidades e as minhas pontuações. Eu não tinha cabeça para estudar, e as minhas notas pioraram visivelmente. Às vezes, quando via minhas notas horríveis, eu me sentia mal por meus pais, lembrando como precisavam trabalhar duro para ganhar o dinheiro para me mandar para essa escola, e pensava que eu não devia abandonar meus estudos porque estava ocupado demais com esses jogos. Mas no momento em que começava a jogar, toda a minha mente era tomada por pensamentos de como eu podia me dar bem no jogo, e todos os meus sentimentos de culpa e arrependimento por meus pais desapareciam. Pelo fato de eu ficar jogando online todas as noites no cibercafé, de não ter uma rotina normal e de, muitas vezes, comer apenas copos de macarrão instantâneo, eu fiquei subnutrido e desenvolvi uma pressão baixa, e minha saúde foi ficando cada vez pior. Certa vez, numa aula de educação física, eu quase desmaiei na quadra por falta de forças físicas. Apesar de saber que os jogos online estavam prejudicando minha saúde e meu desenvolvimento físico, que eles estavam tendo um impacto grande sobre meus estudos, e mesmo querendo parar de jogar, sempre que eu ouvia meus colegas discutindo esses jogos, meu desejo de jogar voltava e, dentro de pouco tempo, eu estava de volta participando desses jogos – eu simplesmente não conseguia me controlar! Nesse tipo de situação, falar em abandonar meu vício em jogos era fácil, mas fazê-lo era difícil. Por isso, eu me sentia impotente e angustiado, mas não tinha a força para me libertar dele.

Após me formar, comecei imediatamente a trabalhar, mas o emprego era tão tosco e monótono que fiquei muito entediado, e assim me lancei ainda mais nos jogos online. O salário era gasto basicamente com equipamentos de jogo e taxas de internet. Já que passava muitas noites acordado jogando, eu tinha pouca energia, cometia erros no trabalho com frequência e machuquei meus dedos muitas vezes na máquina. Certa vez, quando estava a caminho de um cibercafé de manhã cedo, eu fui assaltado por uma gangue de ladrões armados com facas. Eles me bateram e chutaram, e eu quase morri. Mesmo que os jogos online me fizessem tanto mal, eu ainda me sentia profundamente atraído por eles, e tudo que pude fazer era continuar jogando.

Onde está a senda para me libertar do vício em jogos?

Não demorou, e meus pais ficaram sabendo de que eu tinha sido assaltado, e eles me advertiram repetidas vezes a desistir dos jogos online. Ao ouvi-los, fiquei pensando nos danos que os jogos online tinham me causado ao longo dos anos na escola e no trabalho e nas pessoas que tinha conhecido online e nos muitos colegas e amigos, alguns dos quais tinham se alienado porque tinham jogado online por tanto tempo e que, então, tinham morrido repentinamente em cibercafés. Outros tinham passado a roubar e assaltar para conseguir dinheiro para jogar e que tinham seguido uma senda criminosa e pecaminosa. Ainda outros tinham até pensado que as pessoas em sua volta eram monstros e as assassinaram… Pensando nisso, fiquei um tanto temeroso e vi que meu envolvimento com os jogos online era realmente uma coisa ruim e que eles não estavam trazendo benefício nenhum para a minha vida; pelo contrário, eles tinham produzido muitas consequências ruins. Percebi que não podia continuar jogando e assim procurei online e encontrei alguns métodos para parar. Mas não importava como tentasse me impedir de jogar, sempre que meu vício surgia, eu me sentia como se mil formigas estivessem mordendo meus ossos e arranhando meu coração. Eu não aguentava aquilo e começava a jogar novamente, incapaz de me controlar. Após jogar, eu sentia um remorso profundo e decidia não jogar de novo. Mesmo assim, não conseguia me controlar. Eu estava incrivelmente aflito e sofria muito. Eu desejava tanto que alguém pudesse me ajudar para me libertar dos jogos online.

Na minha impotência, a salvação de Deus me encontra

Certo dia, um amigo pregou o evangelho de Deus dos últimos dias para mim, e eu li estas palavras de Deus: “Ninguém busca ativamente os passos de Deus ou a aparência que Ele manifesta, ninguém deseja existir sob o cuidado e a guarda de Deus. Ao contrário, eles preferem confiar na corrosão de Satanás, o maligno, para adaptar-se a este mundo e às regras de existência que os homens ímpios seguem. Nesse ponto, o coração e o espírito do homem são oferecidos como um tributo a Satanás e tornam-se o sustento de Satanás. Além disso, o coração e o espírito humano transformam-se em um lugar no qual Satanás pode residir e em um adequado parque de diversões para ele” (de “Deus é a fonte da vida do homem”). “Um mundo no coração do homem que não tem lugar para Deus é escuro, vazio e sem esperança” (de “Deus preside o destino de toda a humanidade”). As palavras de Deus realmente falaram ao meu coração. Eu tinha vivido neste mundo, mas nunca soube que havia um Deus, muito menos que eu deveria confiar Nele. Eu tinha sido levado pela maré da vida e tinha simplesmente sido incapaz de diferenciar entre o certo e o errado, o que as pessoas deveriam buscar e o que deveriam desdenhar. Quando as pessoas à minha volta estavam jogando, dizendo como aquilo era maravilhoso e divertido e como aqueles que não jogavam eram atrasados, eu me enchi de curiosidade e comecei a jogar. Mas então tudo fugiu ao controle, e fiquei involuntariamente preso naquilo, toda a minha mente ficou ocupada com aquilo, e eu não só deixei meus estudos de lado, como também desperdicei todas as minhas energias. Os jogos afetaram minha saúde e fizeram com que minha vida sofresse todos os tipos de infortúnios, ao ponto de quase perder minha vida ao ser assaltado por um bando de ladrões armado com facas quando estava a caminho para jogar online. Mesmo sabendo que os jogos online eram ruins para mim e querendo parar, por mais que tentasse, eu não conseguia me libertar deles. Eu vivia num estado de dor e de vazio e com um profundo senso de escuridão e impotência. Apenas quando li as palavras de Deus, entendi que tudo isso tinha acontecido porque eu não tinha vindo diante de Deus, porque eu não tinha entendido a verdade e porque eu tinha vivido no império de Satanás e estava sendo prejudicado por ele. Quando compreendi isso, senti o quanto precisava da salvação de Deus. Caso contrário, se eu contasse apenas comigo mesmo, eu simplesmente seria incapaz de vencer meu vício em jogos. Eu sabia que devia vir diante de Deus para adorá-Lo, buscar a verdade, praticar de acordo com as palavras de Deus e depender de Deus para me livrar do meu vício em jogos. Mais tarde, comecei a cumprir ativamente o meu dever na igreja e espalhei com frequência o evangelho juntamente com meus irmãos e irmãs. Eu realmente gostava da vida de participar de reuniões e cumprir meu dever juntamente com meus irmãos e irmãs, e eu me senti enriquecido e cheio de alegria. Gradativamente, o tempo que eu gastava jogando online diminuiu, minha vida ficou cada vez mais regulamentada, e todo o meu espírito e comportamento melhoram muito comparado com como eu tinha sido antes.

Vejo claramente a essência dos jogos online e os rejeito completamente

Por entender apenas poucas verdades, porém, apesar de gastar muito menos tempo jogando online, eu não era capaz de resistir à sedução e ainda jogava ocasionalmente sempre que o tempo permitia. Sempre que terminava de jogar, eu me repreendia a mim mesmo, mesmo assim, não tinha como me controlar. Em minha dor, orei a Deus, dizendo: “Ó Deus! Sei que ceder aos jogos online não é a coisa certa a fazer e que é contrário à Tua vontade. Mas não consigo me controlar e não consigo me livrar deles, não importa quanto eu queira. Ó Deus! Não quero que Satanás continue a brincar comigo e a me prejudicar dessa maneira. Desejo praticar de acordo com as Tuas exigências e aceitar o Teu escrutínio. Peço que Tu me guias para me libertar dos jogos online.”

Então, li estas palavras de Deus: “A maldade satânica faz coisas com o intuito de ludibriar as pessoas, levá-las à degeneração. Para aqueles que vivem em mundos virtuais, eles não têm interesse algum em nada para viver uma vida normal; eles não têm ânimo para trabalhar ou estudar. Eles apenas se preocupam em coisas do mundo virtual, como se fossem atraídos por algo. Cientistas têm realizado algumas pesquisas e descobriram que, tão logo uma pessoa joga ou entra em um jogo, seu cérebro começa a ocultar algo que o faz delirante. Após esta coisa ser ocultada, ela então se torna viciada em jogo e sempre pensando em jogar. Segundo, ela fica entediada ou estão sentada ociosa, ou mesmo quando está fazendo algum trabalho de verdade, em seu trabalho ou estudo, ela quer jogar, e isso gradualmente se torna toda sua vida. Jogar é como tomar algum tipo de droga. Uma vez alguém começa a jogar, uma vez que ela mergulhe nesse meio, então se torna difícil voltar e mais difícil sair dele. […] Diga-me, jogar esses jogos é algo normal que um ser humano devia fazer? Se jogos fossem necessários para uma vida normal, se fosse um caminho certo, então como as pessoas não conseguem sair deles? Como as pessoas podem ser cativas por eles a tal ponto? Isto prova uma coisa: Isto não é um caminho certo. Navegar nas redes para isto ou aquilo e jogar jogos virtuais não é um caminho certo. Não é um caminho certo. […] Este mundo maligno utiliza de vários artifícios para atrair àqueles que ainda não estão no mundo, que ainda não caíram nas tendências malignas da humanidade. Ele atrai especialmente essas pessoas. Se não você não consegue vir com frequência na presença de Deus, se seu coração e seu cérebro estão vazios, então você estará em perigo” (de “Os jovens devem ver através das tendências malignas do mundo”).

Foi apenas através das revelações nas palavras de Deus que entendi que jogos online eram uma maneira de Satanás corromper o homem. Uma vez contagiada, uma pessoa se torna cada vez mais decadente e degenerada e, no fim, ela será prejudicada e devorada por Satanás. Eu costumava ter uma visão tão simplicista desses jogos, acreditando que jogar online era apenas uma maneira de passar o tempo e de me distrair com diversão; todos estavam jogando, portanto, não era problema se eu jogasse também. Na verdade, porém, por trás desses jogos estavam os esquemas ardilosos de Satanás; os mundos nesses jogos são cheios de violência, assassinato e iniquidade e, dentro desses mundos virtuais, podemos satisfazer temporariamente todos os nossos desejos. É assim que Satanás nos tenta e corrompe, permitindo que satisfaçamos todos os tipos de desejos ao máximo e nos apaixonemos tanto por esses jogos que não temos nenhum poder para nos libertar deles. Quando refleti sobre isso, sempre que dirigia um carro em algum jogo e me divertia, eu ficava tão excitado e sentia grande alegria e diversão; alguns jogos conseguiam satisfazer meu desejo de ser um herói, e sempre que eu derrotava um inimigo numa batalha e conquistava a estima e a admiração dos meus colegas jogadores, eu me sentia muito poderoso e tinha uma sensação grande de conquista; em alguns jogos, eu podia comprar animais domésticos, e se jogava muito bem, eu atraía muitas jogadoras que queriam ser minhas parceiras. Isso realmente satisfazia minha vaidade, e minha energia aumentava ao jogar. Além do mais, quando jogava, eu não precisava ir a nenhum lugar ou fazer nenhum trabalho cansativo, em vez disso podia realizar o sonho inalcançável que todos nós compartilhávamos de podermos viver como queremos e de termos tudo sem sofrimento. Por isso, ficávamos involuntariamente amarrados a todos esses jogos e curtíamos isso. Mas após pouco tempo de satisfação e diversão, nosso coração se sentia vazio e sofrido, e nós relutávamos em nos separar da vida feliz nos jogos. Não importava a hora, nós sempre queríamos estar imersos naquele mundo virtual e nos afundamos tão profundamente nele que não conseguimos escapar. Abandonamos nossos estudos e arruinamos nosso futuro. Foi então que finalmente entendi que os jogos online nada mais eram do que um truque barato de Satanás, o diabo, para atrair e brincar com as pessoas, para degenerar e, no fim, prejudicar e devorá-las. Eram uma senda maligna e coisas totalmente negativas. Já que antes eu não tinha a verdade nem as palavras de Deus para usar como armas, eu não fui capaz de resistir às tentações de Satanás, e assim fui seduzido e controlado por Satanás e acabei esgotando minhas energias através da busca de prazeres triviais, tornando-me cada vez mais decadente e degenerado. Por meio das revelações nas palavras de Deus, vim a ter discernimento desses jogos e reconheci as consequências sérias de jogá-los. Então, decidi evitar e abandoná-los completamente.

Certo dia, um colega no trabalho pediu que eu jogasse com ele, dizendo que era o jogo mais popular do ano. Disse que, se alguém jogasse muito bem, poderia ganhar dinheiro com ele. Ao dizer isso, ele me mostrou imagens do jogo e me contou tudo sobre ele. Após ouvir suas explicações, meu coração vacilou um pouco, e eu quis experimentar. Mas ao pensar no estrago que os jogos online tinham causado anteriormente na minha vida e à minha saúde e no vazio e na dor que eu tinha sentido após jogá-los, e ao lembrar as revelações sobre jogos nas palavras de Deus, eu percebi que jogar online era sem sentido e que os jogos não podiam me fazer entender a verdade ou viver a verdadeira semelhança humana, mas apenas permitiria que Satanás continuasse a me prejudicar. Assim, eu disse ao meu colega: “Eu tenho sofrido muito por jogar online no passado. Não jogamos esses jogos; são eles que nos jogam. Mesmo que os jogos online possam nos dar uma felicidade momentânea, entregar-nos a eles por muito tempo só pode nos deixar cada vez mais degenerados, e eles não trazem nenhum benefício ao nosso coração ou às nossas mentes. Eu não jogo mais.” Meu colega viu minha atitude séria e não me encorajou novamente a jogar online. Fiquei tão grato a Deus, pois esse resultado tinha sido alcançado pelas palavras de Deus. Graças a Deus!

Encontro minha direção e recupero minha liberdade

Mais tarde, eu li um hino das palavras de Deus que diz: “Os jovens não deveriam ser carentes de ideais, aspirações ou de um temperamento de avanço entusiástico; eles não devem se desanimar de suas expectativas nem perder a esperança na vida nem a confiança no futuro; eles deveriam ter a perseverança para continuar no caminho da verdade que agora escolheram para realizar seu desejo de despender sua vida inteira por Deus; eles não deveriam estar sem a verdade, nem ocultar a hipocrisia e a injustiça, mas eles deveriam se manter firmes na posição correta. Eles não deveriam só ser levados à deriva, mas ter um espírito que ousa sacrificar-se e lutar pela justiça e pela verdade. Os jovens deveriam ter a coragem de não sucumbir à opressão das forças das trevas e transformar o significado de sua existência” (de ‘O que os jovens devem buscar’ em “Seguir o Cordeiro e cantar cânticos novos”). Esse hino das palavras de Deus me encorajou e me capacitou a entender as exigências e esperanças de Deus para mim. Lembrei-me de como eu tinha sido enganado por tendências más e tinha me apaixonado por jogos online, desperdiçando minhas energias com prazeres triviais, tropeçando pelo dia num torpor, vivendo confuso como que num sonho com um coração vazio e doído. Perdi a vida que uma pessoa normal deveria ter, não tinha direção nem objetivos na vida, não conhecia o sentido da vida e vivia amarrado e como brinquedo de Satanás em dor insuportável. Dou graças à salvação de Deus, pois foi Deus que me levou diante Dele e, por meio das revelações nas palavras de Deus, vim a conhecer a essência desses jogos, a discernir os esquemas ardilosos de Satanás, a entender profundamente a intenção abominável de Satanás de usar esses jogos para prejudicar e danificar as pessoas e consegui escapar das enganações e dos danos de Satanás. Eu não seria mais amarrado por Satanás, e vim a viver liberado e livre diante de Deus. As palavras de Deus me mostraram a direção correta e os objetivos a serem buscados, e eu sabia que devia aproveitar esse momento para crer e seguir a Deus com toda seriedade, para buscar a verdade e ser uma pessoa honesta, para cumprir o dever de um ser criado para satisfazer ao Criador. Apenas esta é a vida mais significativa!

Agora, estou finalmente livre das amarras dos jogos online. Todos os dias, eu me concentro em buscar a verdade e em ser uma pessoa honesta, eu espalho o evangelho e dou testemunho de Deus juntamente com meus irmãos e irmãs e vivo uma vida enriquecida. Meu coração está cheio de paz e alegria, e dou graças a Deus por me levar para essa nova vida!

Conteúdo Relacionado