A salvação de Deus a liberta de seu doloroso casamento

27 de Março de 2019

Por A’Jiao

Conteúdos

Encontrando a felicidade

A separação

O espelho quebrado nunca mais pode ser consertado

Chega o alvorecer

Jiao se sentou à janela, olhando para a sentença de divórcio em suas mãos com uma sensação de alívio. Por causa da graça e da salvação de Deus, Jiao finalmente estava livre de um casamento doloroso. Da janela, ela observou a rua do lado de fora e tudo que aconteceu entre ela e o ex-marido foi passando por sua mente…

Encontrando a felicidade

Jiao era como tantas outras garotas. Quando era adolescente, sonhava em crescer e encontrar um marido que a amasse carinhosamente. Sobretudo quando lia romances ou assistia aos ídolos na TV, imaginando o amor infinito entre os protagonistas masculinos e femininos, ela assumia os conceitos de “amor supremo” e “envelhecer juntos, lado a lado” como os ideais para o seu futuro casamento e ansiava por um grande amor. Só assim, pensava, sua vida não seria vivida em vão.

A salvação de Deus

(Fonte: shutterstock)

Quando estava pronta para se casar, ela conheceu Ming. Ming amava Jiao carinhosamente e Jiao pensava que Ming seria o seu companheiro pelo resto da vida; então eles formaram uma família juntos. Depois que se casaram, Ming cuidava mais ainda de Jiao, era tolerante com os defeitos dela e sempre lhe dava crédito. Jiao se sentia a mulher mais feliz do mundo.

A separação

Enquanto estava imersa em seu casamento feliz, um dia, por acaso, Jiao viu umas mensagens excessivamente carinhosas no celular de Ming que haviam sido enviadas por outra mulher. Jiao perguntou a Ming se estava tendo um caso e ele confessou. Isso caiu como um raio e Jiao sentiu como se seu coração tivesse sido dilacerado. Ela quis ir embora, mas Ming implorou e suplicou para ela lhe dar outra chance. Vendo Ming tão cheio de remorsos, o coração de Jiao amoleceu e ela resolveu perdoá-lo.

Durante os dias que se seguiram, Ming foi tão atencioso e carinhoso quanto era no início do relacionamento e, especialmente depois que Jiao deu à luz, Ming cuidou dela com mais afeto ainda. Ele também fez muitas promessas a Jiao: “Vou trabalhar bastante para ganhar dinheiro, para que você e nosso filho tenham uma vida boa no futuro”. Apesar de ele já tê-la traído uma vez, Jiao sentiu que Ming ainda a amava de verdade e disse a si mesma para manter o amor deles fortalecido!

Mas quanto tempo dura o amor até chegar ao fim? Com o passar do tempo, o desgaste da vida foi aos poucos substituindo a felicidade conjugal. Ming voltava do trabalho cada vez mais tarde e às vezes não voltava antes das duas ou três da madrugada. Sua postura em relação a Jiao também era mais e mais indiferente e muitas vezes brigava com ela por coisas triviais. Depois de uma discussão, ambos se davam ao silêncio recíproco. Jiao se sentia muito magoada, mas não queria que o impasse entre eles continuasse. Uma vez, Jiao perguntou a Ming: “Por que você está cada vez mais me tratando com indiferença?” E Ming respondeu: “Nosso amor mudou. Acho que seria melhor se nos separássemos…” Ao ouvi-lo dizer isso, o coração de Jiao sentiu-se vazio, e ela ficou parada ali, incapaz de segurar as lágrimas.

Na semana seguinte era o sétimo aniversário do casamento deles. Jiao pensou que Ming refletiria sobre todo o tempo que passaram juntos e mudaria de atitude, mas, inesperadamente, Ming a informou de que queria o divórcio!

Esse golpe súbito deixou Jiao em choque. Sua irmã mais velha também lhe disse que Ming não a amava de verdade fazia muito tempo, que só Jiao não via… As palavras da irmã destruíram totalmente o último fio de esperança de Jiao e, em desespero, ela tomou 90 comprimidos para dormir. Jiao foi socorrida a tempo, mas então resolveu pular de um prédio. Milagrosamente ela foi salva mais uma vez, porém, como seus ferimentos foram muito graves, havia a possibilidade de ela passar o resto da vida em uma cadeira de rodas. Mas, quando viu Ming fazendo tudo que podia para cuidar dela e que ele se sentia culpado, Jiao acreditou que tudo tinha valido a pena.

O espelho quebrado nunca mais pode ser consertado

Conforme o tempo passou, a saúde de Jiao foi se recuperando lentamente e ela já conseguia andar de muletas. Sua vida feliz, no entanto, não voltou a ser como ela desejou. Ming andava misterioso sobre suas atividades e mentiu que viajaria a negócios por alguns dias. Enquanto ele estava fora, Jiao lhe telefonou, mas ele não atendeu. Então ela ligou novamente ocultando seu número. Ming atendeu, mas logo desligou, após dizer umas poucas palavras sem paciência. A cabeça de Jiao se encheu de imagens de Ming com outra mulher e o coração doeu além da sua capacidade de controlá-lo. Ming voltou no terceiro dia e Jiao, às escondidas, olhou os bolsos dele. Para sua surpresa, ela encontrou alguns preservativos! O coração de Jiao estava partido. Ela simplesmente não conseguia entender. Dera todo o seu coração a Ming por anos. Por que Ming tinha de tratá-la com tanta crueldade? Jiao ficou cheia de ressentimento por Ming e sentiu que sua família perfeita havia se transformado no que era hoje por causa dele…

Mas, por mais que se sentisse magoada, Jiao não queria perder sua família e pretendia proporcionar uma família completa para o filho. A fim de salvar o casamento destruído, Jiao reprimiu a dor em seu coração e começou a aprender preparar as comidas que Ming amava, fez os bolos que ele gostava e até vendeu suas joias de casamento para comprar uma pulseira de ouro que Ming gostou. Mas Ming ainda persistia nos velhos hábitos, sem um pingo de moderação. Um dia, o observatório emitiu um alerta de tufão com potência 10. Jiao disse para Ming não sair, para ficar com o filho, mas Ming insistiu que teria de ir. Na hora do almoço, Jiao não conseguiu resistir e foi olhar os bolsos do marido novamente e, mais uma vez, encontrou preservativos lá. Ela não podia mais reprimir suas emoções e estilhaçou violentamente sua tigela no chão. O filho de cinco anos começou a chorar alto de susto, e Ming deu um tapa em Jiao. Naquele momento, Jiao se sentiu completamente destroçada, com a tristeza, raiva e dor inundando a sua mente, e as lágrimas fluíram espontaneamente… Ela pegou as muletas e saiu pela porta. Ela avançou com dificuldade pelas ruas vazias, a chuva fria caindo sobre ela, enquanto o tufão batia contra seu rosto e seu corpo. Jiao sentiu um frio penetrante e não sabia dizer se a água em seu rosto era chuva ou as próprias lágrimas. Para Jiao, naquele momento, tudo que restava no mundo era a mais sombria escuridão…

A salvação de Deus

Depois disso, Ming começou a agir de modo ainda mais egoísta e leviano e muitas vezes só voltava para casa depois da meia-noite ou simplesmente nem voltava. Jiao suportava a dor em seu coração e definhava a cada dia que passava. Toda noite, quando ficava tarde, vendo apenas ela e o filho em uma casa tão grande, Jiao ficava com uma sensação de mágoa e desespero sem paralelos e tudo o que ela podia fazer era se entorpecer com a bebida…

Chega o alvorecer

Um dia, por acaso, Jiao conheceu a cristã Min. Min sofrera os mesmos acontecimentos infelizes que se passavam com Jiao, mas, por causa da salvação de Deus, Min superara toda a dor. Certa vez, Jiao perguntou a Min: “Por que a humanidade vive com tanto sofrimento?” Min, então, leu duas passagens das palavras de Deus para Jiao: “Adão e Eva, criados por Deus no início, eram pessoas santas, o que significa, enquanto estivam no Jardim do Éden, eram santos, imaculados de imundície. Eles também foram fiéis a Jeová e nada sabiam da traição a Jeová. Isso porque estavam livres da perturbação causada pela influência de Satanás, estavam sem o veneno de Satanás e eram os seres mais puros de todo o gênero humano. Eles viviam no Jardim do Éden, não contaminados por nenhuma imundície, não possuídos pela carne em reverência a Jeová. Mais tarde, quando foram tentados por Satanás, eles tinham o veneno da serpente e o desejo de trair Jeová, e viviam sob a influência de Satanás. No início, eles eram santos e reverentes a Jeová; somente nesse aspecto eles eram humanos. Mais tarde, depois de terem sido tentados por Satanás, eles comeram o fruto da árvore do conhecimento do bem e do mal e viviam sob a influência de Satanás. Eles foram gradativamente corrompidos por Satanás e perderam a imagem original do homem” (de “As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento”). “Depois da corrupção de Satanás, o homem se tornou cada vez mais degenerado, as doenças do homem foram agravadas e seu sofrimento se tornou cada vez mais severo. O homem sentiu cada vez mais o vazio, a tragédia e a incapacidade de continuar vivendo no mundo, e sentiu cada vez menos esperança em relação ao mundo. Portanto, esse sofrimento foi causado ao homem por Satanás, e só ocorreu depois que o homem foi corrompido por Satanás e a carne do homem se tornou degenerado” (de “O sentido de Deus experimentar a dor do mundo”).

Min então comungou com Jiao, dizendo: “No princípio, Deus criou os nossos antepassados, Adão e Eva, e os colocou no jardim do Éden. Até esse ponto, a humanidade não havia sido corrompida por Satanás e era obediente e reverente a Deus; não havia mal nem corrupção alguma no coração daquelas pessoas e, na vida dentro do jardim do Éden, elas tinham o cuidado, a proteção e a bênção de Deus, estavam muitíssimo felizes e em paz. Mais tarde, foram seduzidas e corrompidas por Satanás para trair a Deus e assim o pecado nasceu no mundo. Lentamente, com o tempo, a humanidade começou a se afastar de Deus e a viver em pecado, a se apegar ao prazer físico, a se entregar à luxúria material e a seguir tendências malignas. Por causa da corrupção de Satanás, a humanidade se tornou cada vez mais arrogante, perversa, egoísta e traiçoeira; as interações humanas se encheram de mentiras e logros, as pessoas usaram e traíram umas às outras. Agora, elas agem de um jeito na frente dos outros e de outro pelas costas, competem e lutam entre si por interesses próprios e pessoais. Até maridos e esposas usam e traem um ao outro, totalmente indiferentes aos sentimentos do companheiro, perderam a consciência, a razão, a moralidade e a dignidade mais elementares. Vivendo em um mundo tão perverso e corrupto e tendo sido tão corrompidos por Satanás, que não nos parece nem homem nem espírito, é possível não estar em sofrimento? Deus sabe que nós, humanos, fomos corrompidos e prejudicados por Satanás e que vivemos em um estado de sofrimento e impotência. Por essa razão, Ele encarnou sobre a terra e expressa a verdade para nos salvar e nos capacitar a entendê-la, para nos capacitar a enxergar a origem de todo mal e corrupção no mundo, a ver claramente os meios e métodos que Satanás emprega para nos corromper. Ao mesmo tempo, Deus nos mostra o caminho e a direção que devemos seguir para ficar livre do sofrimento. Quando nos colocamos diante de Deus e lemos Suas palavras, quando entendemos a verdade e discernimos a essência dos problemas, então encontramos o objetivo correto a ser perseguido e naturalmente nos libertamos do sofrimento”. Após ouvir a mensagem de Min, Jiao finalmente entendeu que era por causa da corrupção de Satanás que a humanidade vivia sob tanto sofrimento. A humanidade estava se tornando cada vez mais perversa e degenerada, perdera tanto a consciência quanto a humanidade. Jiao sentiu que fazia sentido o que Min havia dito e queria muito ouvi-la falar sobre a crença em Deus.

Min leu outra passagem das palavras de Deus para Jiao: “O Todo-Poderoso tem misericórdia dessas pessoas que sofreram profundamente. Ao mesmo tempo, Ele está farto dessas pessoas que não têm consciência, porque teve de esperar muito para conseguir uma resposta da humanidade. Ele deseja buscar, buscar seu coração e seu espírito, trazer-lhe água e comida e acordar você, para que você não tenha mais sede e fome. Quando você estiver enfadado e quando começar a sentir um pouco da triste desolação deste mundo, não fique perdido, não chore. Deus Todo-Poderoso, o Vigia, abraçará a sua chegada a qualquer tempo” (de “O suspirar do Todo-Poderoso”). Enquanto ouvia as palavras de Deus, o coração de Jiao foi aquecido pelo amor de Deus. Ela pensou em como, após a traição de Ming, havia suportado toda aquela dor e vivido uma vida terrível, em como chegara perto até de perder a vida por duas vezes, só para manter o casamento. Só agora ela soube que Deus permaneceu sempre vigilante do seu lado, olhando por ela e a protegendo, tomou consciência de que esteve vivendo em sofrimento sob o poder de Satanás. Deus a guiou em cada passo do caminho e a capacitou a retornar para Seu lado. O coração de Jiao ficou cheio de gratidão a Deus, e ela se sentiu tão emocionado que as lágrimas escorreram por sua face…

Jiao aceitou a obra de Deus dos últimos dias com alegria e frequentemente leria as palavras de Deus com seus irmãos e irmãs, que compartilhariam experiências e entendimentos e cantariam em louvor a Deus. Tudo isso trouxe luz para a vida devastadora e solitária de Jiao, pouco a pouco seu rosto começou a brilhar com um sorriso que havia muito estava ausente. Mas toda vez que voltava para casa, ela pensaria na traição e na apatia de Ming para consigo, que seria incapaz de deixar de sentir a dor nas profundezas de seu coração. Além disso, o que Jiao não conseguia compreender era como Ming, que costumava amá-la tanto, se tornara praticamente um estranho para ela, mesmo estando tão próximo.

As palavras de Deus solucionam sua desorientação e seu coração é apaziguado

Certa vez, em uma reunião, Jiao falou de todo seu sofrimento e desorientação aos irmãos e irmãs, e uma das irmãs leu várias passagens das palavras de Deus para ela: “Nascido numa terra tão imunda, o homem vem sendo gravemente empesteado pela sociedade, influenciado pela ética feudal e instruído nos ‘institutos da mais elevada aprendizagem’. O pensamento subdesenvolvido, a moralidade corrupta, a visão mesquinha da vida, a filosofia desprezível, uma existência absolutamente sem valor, estilo de vida e costumes depravados, todas essas coisas foram severamente introduzidas no coração do homem e atacaram e comprometeram severamente a sua consciência. Como consequência, o homem está cada vez mais distante de Deus e cada vez mais se opõe a Ele” (de “Ter um caráter inalterado é estar em inimizade contra Deus”). “Uma após a outra, todas essas tendências carregam uma influência maligna que degenera continuamente o homem, fazendo com que ele perca a consciência, a humanidade e a razão de modo contínuo, e que diminui sua moral e sua qualidade de caráter cada vez mais, ao ponto que podemos até dizer que a maioria das pessoas de agora não tem integridade, nem humanidade, tampouco tem consciência e muito menos razão. Então, o que são essas tendências? Você não pode ver essas tendências a olho nu. Quando o vento de uma tendência soprar, talvez apenas um pequeno grupo de pessoas se tornará o formador de tendências. Elas começam fazendo esse tipo de coisa, aceitando esse tipo de ideia ou esse tipo de perspectiva. A maioria das pessoas, contudo, no meio de sua inconsciência, serão continuamente infectadas, assimiladas e atraídas por esse tipo de tendência, até que elas todas, sem se darem conta ou involuntariamente, o aceitam e se tornam todas submersas na tendência e controladas por ela. Para o homem que não possui o corpo e a mente sãos, que nunca sabe o que é a verdade, que não sabe a diferença entre coisas positivas e negativas, esse tipo de tendências, uma após a outra, fará com que todos desejem aceitar essas tendências, a visão de vida e os valores que vêm de Satanás. Ele aceita o que Satanás lhe diz sobre como abordar a vida e o modo de viver que Satanás lhe ‘concede’. Ele não tem a força, nem tem a habilidade, muito menos a consciência para resistir” (de “O Próprio Deus, o Único VI”).

A salvação de Deus

(Fonte: Fotolia)

A irmã então comungou com Jiao: “As palavras de Deus revelam como Satanás corrompe o homem, assim como a realidade da nossa corrupção por Satanás. Na sociedade de hoje, a dissolução de casamentos provocada por casos extraconjugais e por ter alguém nas horas vagas é um acontecimento comum e é diretamente relacionado ao fato de estarmos profundamente corrompidos por Satanás. Satanás usa toda a espécie de heresias e falácias para enganar, seduzir e corromper o homem, tais como: ‘Aproveite o dia para o prazer, pois a vida é curta’, ‘A bandeira vermelha de casa não abaixa, já as bandeiras coloridas lá fora tremulam ao vento’, ‘Os homens se comportam mal quando ganham dinheiro e as mulheres ganham dinheiro quando se comportam mal’, e assim por diante. Satanás estimula esses pensamentos e pontos de vista maldosos para corroer o nosso espírito e isso acaba por deturpar o nosso raciocínio, de modo a considerarmos as tendências malignas, tais como ‘casos extraconjugais’, ‘ter uma amante’ e ‘sustentar outra mulher’, como coisas positivas a buscar. Ter uma mulher nas horas vagas se tornou um símbolo de que o homem é capaz e muito potente, e uma mulher ter muitos amantes se tornou um reflexo do quanto ela é atraente. Nós, como seres humanos, vivemos sob a influência dessas tendências malignas e nos tornamos cada vez mais perversos, promíscuos e corruptos, a nossa consciência se entorpece cada vez mais. Embora façamos coisas que insultam a ética e a moralidade, não sentimos sequer vergonha. Mais e mais pessoas têm assimilado as tendências malignas de Satanás e estão se tornando sacrifícios para essas tendências… Dessa forma, muitas famílias são desfeitas, muitas pessoas escolhem cometer suicídio por não conseguirem suportar a traição do parceiro e também há várias outras que matam o parceiro porque o amor virou ódio. Não seriam esses os frutos amargos de seguir as tendências malignas de Satanás? Não fosse por Deus expressar a verdade e expor o esquema astuto de Satanás para corromper a humanidade, ninguém seria capaz de ver e entender essas coisas. Estaríamos apenas vivendo sob o poder de Satanás, permitindo que ele nos faça mal. Precisamos mesmo é da salvação de Deus, precisamos mesmo entender a verdade!”

Após ouvir as palavras de Deus e a comunicação da irmã, Jiao pensou nos anos seguintes de seu casamento, quando Ming era muito atencioso com a família. Mas, por causa da sedução das tendências malignas, ele foi incapaz de resistir à tentação, começou a ter casos extraconjugais, viveu nos desejos do mal e na luxúria egoísta da carne e se degenerou cada vez mais. Ele havia se tornado totalmente desatento aos sentimentos dela ou aos do filho, havia perdido a consciência e a razão e trouxe à sua família nada mais além de sofrimento. Jiao entendeu que seu casamento havia chegado ao que era hoje por causa do dano causado pelas tendências malignas de Satanás e que tanto ela quanto Ming foram vítimas dessas tendências. Jiao chorou. Mas não eram lágrimas de dor, nem porque ela se sentia enganada. Ao contrário, eram lágrimas de gratidão. Ela estava verdadeiramente agradecida a Deus por salvá-la. Foram as palavras de Deus que desataram os nós em seu coração, e o ressentimento que ela sentia por Ming começou a desaparecer.

Mais tarde, Jiao leu uma passagem das palavras de Deus que dizia: “As pessoas alimentam muitas ilusões sobre o casamento antes de experimentá-lo por si mesmas e todas essas ilusões são belas. As mulheres imaginam que sua cara-metade será o Príncipe Encantado e os homens imaginam que se casarão com a Branca de Neve. Essas fantasias mostram que toda pessoa tem certas exigências para o casamento, um conjunto próprio de demandas e padrões. Mesmo que nesta era de maldade as pessoas sejam bombardeadas constantemente com mensagens distorcidas sobre o casamento, que criam ainda mais exigências e lhes dão toda espécie de bagagem e atitudes estranhas, qualquer pessoa com experiência matrimonial sabe que, não importa como alguém o entenda ou qual seja a atitude quanto a ele, casamento não é questão de escolha individual” (de “O Próprio Deus, o Único III”).

Enquanto contemplava as palavras de Deus, Jiao percebeu que tinha sido influenciada pelo amor infinito entre os protagonistas masculinos e femininos dos romances e telenovelas, que também tinha sido influenciada por ideias como “o amor é supremo” e “envelhecer juntos, lado a lado”. Ela acreditara cegamente no amor e considerara o casamento e o amor como as coisas mais importantes em sua vida, mas no fim foi enganada, acorrentada e prejudicada por esses conceitos equivocados. Quando Ming ainda era muito carinhoso com ela, ela acreditava que havia encontrado o amor verdadeiro e o considerava seu refúgio confiável pelo resto de sua vida, desejando só que sempre se amassem como marido e mulher e envelhecessem juntos. Mas quando Ming a traiu e o casamento feliz que ela almejara estava prestes a se perder, seu coração se sentiu esvaziado, ela até parou de se importar com sua vida e com seu filho e por duas vezes decidiu tirar a própria vida. A fim de resgatar o casamento, ela suportou a dor em seu corpo e em seu espírito e abriu mão da integridade e dignidade próprias para agradar a Ming… Todo esse sofrimento não foi causado pelo tormento das tendências malignas de Satanás? No fim, Jiao entendeu que as tendências malignas de “envelhecer juntos, lado a lado” e “o amor é supremo” eram só os meios pelos quais Satanás prejudicava as pessoas e as ludibriava, que eram os esquemas astutos pelos quais Satanás devorava as pessoas – Satanás era mesmo muito detestável! Ao mesmo tempo, Jiao também sentiu profundamente como era triste ter ficado sem a verdade, ter sido incapaz de discernir a essência dessas tendências malignas e ter sido um joguete de Satanás. Na busca pelo pretenso amor, ela quase perdeu a própria vida – como fora tola! Só então, pela primeira vez, Jiao encontrou a fé e a coragem de querer aceitar os fatos da traição de Ming e começar toda uma vida nova.

Compreender a verdade permite que Jiao enfrente os fatos com serenidade

Nos dias que se seguiram, Ming voltava cada vez menos para casa, preferindo dormir mais no trabalho do que em casa, e Jiao soube que era hora de enfrentar o que acontecera com seu casamento. E, assim, Jiao telefonou para Ming e disse com serenidade: “O que você quer fazer em relação ao nosso casamento?” Ming respondeu numa voz fria: “Vamos nos divorciar”. Dessa vez Jiao não refutou; ao contrário, aceitou o fato serenamente. Depois que desligaram, Jiao pensou na senda que havia trilhado para chegar onde estava. A fim de resgatar seu casamento e na busca pela paz familiar e felicidade conjugal, ela perdeu a dignidade, a integridade e quase até a vida, tudo para poder continuar com um homem que não a amava mais. No fim, ela não só não conseguiu a felicidade que queria, como também fora tão atormentada por Satanás que sentia uma dor insuportável. Foi a orientação das palavras de Deus que capacitou Jiao a ver a verdade da situação, foi Deus, que nunca a abandonara, quem a salvou, um passo por vez, de ser prejudicada por Satanás. Jiao foi diante Deus e fez uma oração: “Ó Deus! Não quero desapontar o Seu amor por mim novamente. Desta vez, quero tomar uma posição e não viver mais presa por Satanás. Quero retornar para o Seu lado e embarcar numa nova senda de vida”.

Depois que o divórcio foi finalizado, Jiao se sentiu um pouco preocupada. Afinal, ela não era inteiramente capaz de se locomover e tinha o filho para cuidar. Mas aprendeu a confiar em Deus, entregou sua vida nas mãos de Deus e submeteu essa questão à soberania e aos arranjos de Deus. Pouco depois, Ming tomou a iniciativa de dar uma pensão suficiente para Jiao viver. Ele também lhe deu a casa para continuar morando e providenciou alguém para cuidar dela e do filho deles. Jiao jamais imaginou que o desfecho seria esse, mas soube que tudo acontecera pela graça de Deus, que Deus tinha arranjado tudo isso para ela afastar as preocupações remotas de sua mente.

A salvação de Deus

Nos dias que se seguiram, conforme vivia a vida da igreja e comungava as palavras de Deus junto a seus irmãos e irmãs, Jiao passou a entender mais verdades e seu coração se sentia mais liberto do que nunca. Pouco a pouco, ela se livrou do seu ódio por Ming. Às vezes, Ming vinha ver o filho, e Jiao era capaz de se acalmar e se juntar a ele. Agora, Jiao está desempenhando seu dever na igreja e começou uma vida nova. Toda vez que Jiao pensa no amor verdadeiro e na salvação que Deus lhe mostrou, seu coração fica incrivelmente tocado e ela sente a um apreço profundo pelas palavras de Deus que dizem: “Além de Deus, ninguém e nada podem salvá-lo do mar de sofrimento de maneira que você não sofra mais: isso é determinado pela essência de Deus. Somente o Próprio Deus o salva tão desinteressadamente, somente Deus é definitivamente responsável pelo seu futuro, por seu destino e por sua vida, e Ele arranja todas as coisas para você. Isso é algo que nada criado ou não criado pode alcançar” (de “O Próprio Deus, o Único VI”). Sim, de fato, só Deus pode salvar o homem e só Deus está salvando o homem! Só Deus pode nos levar a entender a verdade, a discernir os esquemas astutos de Satanás e nos libertar do dano de Satanás! Jiao agradece a Deus do fundo do seu coração e tomou a decisão de desempenhar bem o seu dever e retribuir o imenso amor de Deus!

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

10. O reino dos céus realmente está na terra

Um dia, fui à casa da minha irmã para ver nossa mãe. Antes de eu sair de lá, minha irmã me deu um livro, insistindo para que eu o lesse com cuidado. Pensei comigo mesma: “Este livro é com certeza uma obra espiritual. Meu espírito está muito seco hoje em dia, não parece que o Senhor está comigo e não me sinto iluminada ao ler a Bíblia. Quando eu voltar para casa, vou ler este livro com cuidado.

Como vencer as tentações de Satanás (parte 2)

Você, sem a verdade, será como neve flutuando; com ela, porém, você consegue ser feliz e livre, sem que ninguém possa atacar você. Não importa quão forte seja, uma teoria não consegue vencer a verdade.

Deixar uma resposta