3. Como se deve comer e beber as palavras de Deus e ponderar sobre elas

Palavras de Deus relevantes:

Agora é a Era do Reino. Se você entrou nesta nova era depende de se você entrou na realidade das palavras de Deus e de se Suas palavras se tornaram sua vida-realidade. As palavras de Deus são dadas a conhecer a cada pessoa, de modo que, no fim, todas as pessoas viverão no mundo das palavras de Deus, e Suas palavras esclarecerão e iluminarão cada pessoa a partir de seu íntimo. Se, durante esse tempo, você for descuidado ao ler as palavras de Deus e não tiver interesse em Suas palavras, então isso mostra que seu estado está errado. Se você é incapaz de entrar na Era da Palavra, então o Espírito Santo não opera em você; se você tiver entrado nesta era, Ele fará a Sua obra. O que você pode fazer no início da Era da Palavra, para ser capaz de ganhar a obra do Espírito Santo? Nesta era, entre vocês, Deus produzirá o seguinte fato: que toda pessoa há de viver as palavras de Deus, de ser capaz de colocar a verdade em prática e de amar a Deus com sinceridade; que todas as pessoas hão de usar as palavras de Deus como um fundamento e como sua realidade, e hão de ter um coração que reverencia a Deus; e que, por meio da prática das palavras de Deus, o homem, então, há de exercer o majestoso poder com Deus. Essa é a obra a ser realizada por Deus. Você consegue ficar sem ler as palavras de Deus? Hoje, há muitos que acham que não conseguem passar nem um ou dois dias sem ler as Suas palavras. Eles têm de ler Suas palavras todos os dias e, se o tempo não permitir, ouvi-las será suficiente. Esse é o sentimento que o Espírito Santo dá às pessoas, e é a maneira como Ele começa a movê-las. Isto é, Ele governa as pessoas por meio das palavras, de modo que elas possam entrar na realidade das palavras de Deus. Se, depois de apenas um dia sem comer e beber das palavras de Deus, você sentir escuridão e sede, e não puder suportá-lo, isso mostra que você foi tocado pelo Espírito Santo e que Ele não Se afastou de você. Você é, então, alguém que está nesta corrente. No entanto, se depois de um dia ou dois sem comer e beber das palavras de Deus, você não sente nada, se você não tem sede, não é nem um pouco tocado, isso mostra que o Espírito Santo Se afastou de você. Isso significa, então, que há algo errado com o estado dentro de você; você não entrou na Era da Palavra e é um daqueles que ficaram para trás. Deus usa as palavras para governar as pessoas; você se sente bem se comer e beber das palavras de Deus e, se não o fizer, não terá uma senda a seguir. As palavras de Deus se tornam o alimento das pessoas e a força que as impulsiona. A Bíblia diz que “nem só de pão viverá o homem, mas de toda palavra que sai da boca de Deus”. Hoje, Deus trará esta obra à completude e Ele há de realizar esse fato em vocês. Como é que, no passado, as pessoas conseguiam passar muitos dias sem ler as palavras de Deus e ainda assim eram capazes de comer e trabalhar como de costume, mas esse não é o caso hoje? Nesta era, Deus usa principalmente as palavras para governar tudo. Por meio das palavras de Deus, o homem é julgado e aperfeiçoado, e então, é finalmente levado ao reino. Só as palavras de Deus podem suprir a vida do homem, e só as palavras de Deus podem dar ao homem uma luz e uma senda para a prática, especialmente na Era do Reino. Enquanto você não se desviar da realidade das palavras de Deus, comendo e bebendo Suas palavras cada dia, Deus será capaz de torná-lo perfeito.

A busca da vida não é algo que se pode apressar; o crescimento da vida não acontece em apenas um dia ou dois. A obra de Deus é normal e prática, e há um processo a que ela se submete necessariamente. O Jesus encarnado levou trinta e três anos e meio para completar a Sua obra de crucificação — o que dizer de purificar o homem e transformar a sua vida, obra da máxima dificuldade? Também não é tarefa fácil criar um homem normal que manifesta Deus. Isso vale particularmente para as pessoas que nasceram na nação do grande dragão vermelho, que são de calibre inferior e exigem um tempo longo da palavra e da obra de Deus. Portanto, não fique impaciente para ver os resultados. Você tem de ser proativo no comer e beber das palavras de Deus e dedicar mais esforço às palavras de Deus. Quando tiver terminado de ler Suas palavras, você deve ser capaz de colocá-las em prática de verdade, crescendo em conhecimento, percepção, discernimento e sabedoria nas palavras de Deus. Dessa forma, você vai mudar sem perceber. Se você for capaz de tomar como seu princípio o comer e beber das palavras de Deus, lendo-as, vindo a conhecê-las, vivenciando-as e as praticando, você chegará à maturidade sem perceber. Há aqueles que dizem que são incapazes de colocar as palavras de Deus em prática, mesmo depois de lê-las. Qual é a sua pressa? Quando alcançar uma certa estatura, você será capaz de colocar Suas palavras em prática. Uma criança de quatro ou cinco anos diria que é incapaz de apoiar ou honrar seus pais? Você deveria ser capaz de saber que altura a sua estatura atual tem. Coloque em prática o que você é capaz de colocar em prática, e evite ser alguém que interrompe a gestão de Deus. Apenas coma e beba das palavras de Deus e tome isso como o seu princípio de agora em diante. Não se preocupe, por enquanto, se Deus pode completar você. Não se aprofunde nisso ainda. Apenas coma e beba das palavras de Deus conforme elas chegam a você, e Deus certamente tornará você completo. No entanto, há um princípio pelo qual você deve comer e beber de Suas palavras. Não o faça cegamente. Ao comer e beber das palavras de Deus, por um lado, busque as palavras que você deve passar a conhecer — isto é, aquelas que se relacionam às visões — e, por outro lado, busque aquilo que você deveria pôr em prática real — no que você deve entrar. Um aspecto tem a ver com o conhecimento, e o outro, com entrar. Tendo compreendido ambos — quando tiver compreendido o que deveria saber e o que deveria praticar — você vai saber como comer e beber das palavras de Deus.

Extraído de ‘A Era do Reino é a Era da Palavra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Dos princípios de comer e beber das palavras de Deus, um se relaciona ao conhecimento, e o outro, à entrada. Quais palavras você deveria chegar a conhecer? Você deveria chegar a conhecer as palavras que se relacionam às visões (tais como aquelas relacionadas a qual era a obra de Deus entrou agora, o que Deus deseja alcançar agora, o que a encarnação é, e assim por diante; tudo isso está relacionado às visões). O que se quer dizer com a senda na qual o homem deve entrar? Isso se refere às palavras de Deus que o homem deveria praticar e nas quais entrar. Esses são os dois aspectos de comer e beber as palavras de Deus. A partir de agora, coma e beba das palavras de Deus dessa maneira. Se você tem uma compreensão clara das Suas palavras a respeito das visões, então não há necessidade de continuar lendo o tempo todo. De importância primordial é comer e beber mais das palavras sobre a entrada, tais como de que maneira voltar seu coração para Deus, de que maneira acalmar seu coração diante de Deus e de que maneira renunciar à carne. Essas são as coisas que você deveria colocar em prática. Sem saber como comer e beber das palavras de Deus, a verdadeira comunicação é impossível. Uma vez que você saiba como comer e beber das Suas palavras, quanto tiver captado o que é fundamental, a comunicação se tornará espontânea, e qualquer assunto que surja, você será capaz de comunicar e captar a realidade. Se, ao comunicar as palavras de Deus, você não tiver realidade, então você não captou o que é fundamental, o que demonstra que você não sabe como comer e beber das palavras de Deus. Algumas pessoas podem achar cansativo ler as palavras de Deus, o que não é um estado normal. O que é normal é nunca se cansar de ler as palavras de Deus, sempre ter sede delas e sempre achar que as palavras de Deus são boas. É assim que alguém que realmente entrou come e bebe das palavras de Deus. Quando você sente que as palavras de Deus são extraordinariamente práticas e são exatamente aquilo em que o homem deve entrar; quando você sente que as Suas palavras são consideravelmente úteis e benéficas para o homem, e que elas são a provisão da vida do homem — é o Espírito Santo que lhe dá esse sentimento, e é o Espírito Santo que move você. Isso prova que o Espírito Santo está operando em você e que Deus não Se afastou de você. Algumas pessoas, vendo que Deus está sempre falando, se cansam de Suas palavras e pensam que não tem importância se elas as leem ou não — o que não é um estado normal. Falta-lhes um coração sedento de entrar na realidade, e tais pessoas não têm sede nem dão importância a serem aperfeiçoadas. Sempre que achar que não tem sede das palavras de Deus, isso mostra que você não está em um estado normal. No passado, se Deus Se afastou ou não de você podia ser determinado por se você sentia paz interior, e se experimentava alegria. Agora, o fundamental é se você tem sede das palavras de Deus, se Suas palavras são a sua realidade, se você é fiel e se é capaz de fazer tudo que pode fazer por Deus. Em outras palavras, o homem é julgado pela realidade das palavras de Deus. Deus dirige Suas palavras a toda a humanidade. Se você estiver disposto a lê-las, Ele o esclarecerá, mas se não estiver, Ele não o fará. Deus esclarece aqueles que têm fome e sede de justiça e esclarece aqueles que O buscam. Alguns dizem que Deus não os esclareceu mesmo depois que leram as Suas palavras. Mas de que maneira você leu essas palavras? Se você leu Suas palavras da maneira como um homem a cavalo olha as flores, e não deu importância à realidade, como Deus poderia esclarecê-lo? Como alguém que não aprecia as palavras de Deus poderia ser aperfeiçoado por Ele? Se você não valorizar as palavras de Deus, então não terá nem verdade nem realidade. Se você valorizar Suas palavras, então será capaz de colocar a verdade em prática e, só então, você terá a realidade. É por isso que você deve comer e beber das palavras de Deus o tempo todo, esteja você ocupado ou não, sendo as circunstâncias adversas ou não e estando você em provação ou não. Em suma, as palavras de Deus são o fundamento da existência do homem. Ninguém pode se afastar de Suas palavras, mas deve alimentar-se delas assim como são feitas as três refeições do dia. Ser tornado perfeito e ganho por Deus poderia ser tão fácil? Quer você entenda ou não, neste momento, e quer tenha ou não uma percepção da obra de Deus, você deve comer e beber das palavras de Deus o máximo possível. Isso é entrar de uma maneira proativa. Depois de ler as palavras de Deus, apresse-se em colocar em prática aquilo em que você pode entrar e deixe de lado, por enquanto, o que você não pode. Pode haver muitas das palavras de Deus que você não consiga entender no começo, mas depois de dois ou três meses, talvez até um ano, você entenderá. Como pode ser isso? É porque Deus não pode tornar as pessoas perfeitas em um dia ou dois. Na maioria das vezes, quando lê Suas palavras você pode não entender imediatamente. Nesse momento, elas podem parecer nada mais que um mero texto; você deve experimentá-las por um tempo antes de poder entendê-las. Tendo Deus falado tanto, você deveria fazer o máximo para comer e beber das Suas palavras, e então, sem o perceber, você chegará a entender e, sem o perceber, o Espírito Santo o esclarecerá. Quando o Espírito Santo esclarece o homem, muitas vezes é sem que o homem esteja ciente. Ele esclarece e guia você quando você tem sede e busca. O princípio pelo qual o Espírito Santo opera está centrado em torno das palavras de Deus que você come e bebe. Todos aqueles que não dão importância às palavras de Deus e que sempre têm uma atitude diferente para com Suas palavras — crendo que, em seu pensamento confuso, se trata de uma questão de indiferença ler ou não Suas palavras — são aqueles que não possuem realidade. Nem a obra do Espírito Santo nem Seu esclarecimento podem ser vistos numa pessoa assim. Elas estão simplesmente se saindo bem, são impostores sem qualificações verdadeiras, como o Sr. Nanguo da parábola.[a]

Extraído de ‘A Era do Reino é a Era da Palavra’ em “A Palavra manifesta em carne”

Toda vez que comer e beber uma passagem das palavras de Deus, se você for capaz de captar a obra que Ele está realizando atualmente e puder aprender como orar, como cooperar e como alcançar entrada, somente aí é que o seu comer e beber das palavras de Deus produzirão resultados. Quando, por meio das palavras de Deus, você for capaz de encontrar a senda de entrada e puder discernir as dinâmicas atuais da obra de Deus, assim como a direção da obra do Espírito Santo, você terá entrado na trilha certa. Se você não captou os pontos-chave enquanto come e bebe das palavras de Deus e, depois, você ainda não é capaz de encontrar uma senda na qual praticar, isso mostrará que você ainda não sabe como comer e beber apropriadamente das palavras de Deus e que você não descobriu o método ou o princípio para fazer isso.

Extraído de ‘Fique atento à vontade de Deus para alcançar a perfeição’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando você comer e beber as palavras de Deus, deve comparar a realidade de seu estado com elas. Isto é, quando descobrir falhas no curso de sua experiência real, você deve ser capaz de encontrar uma senda para a prática, de dar as costas às suas motivações e noções incorretas. Se você sempre se esforçar por essas coisas e se entregar de coração a alcançá-las, então, você terá uma senda a seguir, não se sentirá vazio, e assim você será capaz de manter um estado normal. Só então, você será uma pessoa que leva um fardo em sua vida, uma pessoa que tem fé. Por que é que algumas pessoas, depois de ler as palavras de Deus, são incapazes de colocá-las em prática? Não é porque não conseguem captar as coisas mais cruciais? Não é porque não levam a vida a sério? A razão pela qual não conseguem captar as coisas cruciais e não têm uma senda para a prática é que, quando leem as palavras de Deus, elas são incapazes de relacioná-las com o próprio estado, nem podem dominar o próprio estado. Algumas pessoas dizem: “Eu leio as palavras de Deus e relaciono meu próprio estado a elas, sei que sou corrupto e de calibre pobre, mas sou incapaz de satisfazer a vontade de Deus”. Você só viu a mera superfície; há muitas coisas reais que você não sabe: como colocar de lado os prazeres da carne, como deixar de lado a hipocrisia, como mudar a si mesmo, como entrar nessas coisas, como melhorar o seu calibre e a partir de qual aspecto começar. Você só capta umas poucas coisas superficialmente, e tudo que sabe é que você é verdadeiramente muito corrupto. Quando encontra seus irmãos e irmãs, você conversa sobre como você é corrupto, e parece que você se conhece e leva um grande fardo por sua vida. De fato, seu caráter corrupto não mudou, o que prova que você não encontrou a senda para a prática.

Extraído de ‘Prática (7)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quanto mais atento você estiver à vontade de Deus, maior o fardo que você carregará, e quanto maior o fardo que você carregar, mais rica será a sua experiência. Quando você estiver atento à vontade de Deus, Deus colocará um fardo sobre você e, então, o iluminará sobre as tarefas que Ele tem confiado a você. Quando Deus lhe der esse fardo, você prestará atenção a todas as verdades relativas a ele enquanto estiver comendo e bebendo das palavras de Deus. Se você tiver um fardo relacionado ao estado da vida dos seus irmãos e irmãs, então esse é um fardo que lhe foi confiado por Deus, e você sempre carregará esse fardo consigo em suas orações diárias. O que Deus faz foi colocado sobre você, e você está disposto a fazer o que Deus quer fazer; isso é o que significa assumir o fardo de Deus como se fosse seu. Nesse ponto, ao comer e beber das palavras de Deus, você estará focado nesses tipos de questões e você se perguntará: como resolverei esses problemas? Como capacitarei meus irmãos e irmãs para que alcancem libertação e encontrem prazer espiritual? Você também estará focado em resolver esses problemas enquanto comunicar, e quando comer e beber das palavras de Deus, você estará focado em comer e beber das palavras que se relacionam a essas questões. Você também levará um fardo enquanto comer e beber das Suas palavras. Quando tiver entendido as exigências de Deus, você terá uma ideia mais clara sobre qual senda a tomar. Esse é o esclarecimento e a iluminação do Espírito Santo trazidos pelo seu fardo, e isso também é a direção de Deus que foi concedida a você. Por que digo isso? Se você não tiver um fardo, então você não estará atento enquanto come e bebe das palavras de Deus; quando você come e bebe das palavras de Deus enquanto carrega um fardo, você é capaz de captar a essência delas, de encontrar o seu caminho e de estar atento à vontade de Deus. Portanto, nas suas orações, você deveria desejar que Deus colocasse mais fardos em você e lhe confiasse coisas ainda maiores, para que mais adiante, você possa ter mais senda na qual praticar; para que seu comer e beber das palavras de Deus tenha um efeito maior; para que você se torne capaz de captar a essência das Suas palavras; e para que você se torne mais capaz de ser movido pelo Espírito Santo.

Extraído de ‘Fique atento à vontade de Deus para alcançar a perfeição’ em “A Palavra manifesta em carne”

Comer e beber as palavras de Deus pode capacitar você a compreender a verdade somente se isso for feito da maneira certa. Entretanto, apenas compreender a verdade não significa que você seja capaz de entrar na verdade-realidade. Algumas pessoas são de bom calibre, mas não amam a verdade; embora possam compreender um pouco da verdade, não a praticam. Tais pessoas podem entrar na verdade-realidade? Compreender a verdade não é tão simples como compreender doutrinas. Para entender a verdade, você deve saber como comer e beber das palavras de Deus. Considere comer e beber uma passagem a respeito da verdade do amor por Deus, por exemplo. A palavra de Deus diz: “O ‘amor’, como é chamado, refere-se a uma emoção que é pura e sem máculas, em que você usa o coração para amar, sentir e ser atencioso. No amor não há condições, barreiras ou distância. No amor não há desconfiança, nem engano e nem esperteza. No amor não há negociações nem nada impuro”. É assim que Deus define o amor, e esta é a verdade. Mas a quem você deve amar? Você deve amar seu marido? Sua mulher? Seus irmãos e irmãs? Não. Quando Deus fala de amor, Ele fala não de amor pelo próximo, mas do amor do homem por Deus. Esse amor é amor verdadeiro. Como você deve compreender essa verdade? Ela significa que Deus quer que as pessoas não duvidem Dele ou se distanciem Dele, mas que tenham um amor puro e sem mácula por Ele. “Sem mácula” significa não ter desejos extravagantes e não fazer exigências extravagantes a Deus, não impor condições a Ele e não dar quaisquer desculpas. Significa que Ele vem primeiro em seu coração; significa que apenas Suas palavras ocupam seu coração. Essa é uma emoção pura e sem mácula. Essa emoção ocupa um certo lugar em seu coração; você está sempre pensando Nele e sentindo falta Dele e pode lembrar-se Dele a cada momento. Amar significa amar com seu coração. Amar com seu coração consiste em ser solícito, atencioso e desejoso. Para ter êxito em amar com o coração, você deve passar por um processo de conhecimento. No presente momento, embora você tenha pouco conhecimento de Deus, você deve utilizar seu coração para desejá-Lo, ansiar por Ele, obedecê-Lo, ter consideração por Ele, orar a Ele e clamar por Ele; você deveria até ser capaz de compartilhar dos pensamentos e preocupações Dele. Você deve empenhar seu coração nessas coisas. Não fale apenas da boca para fora, dizendo: “Amado Deus! Estou fazendo isso por Ti, estou fazendo aquilo por Ti!” Somente amar e satisfazer a Deus com seu coração é real. Embora você não diga isso em voz alta, você tem Deus em seu coração, em seu coração você está pensando Nele. Você pode desistir de seu marido, sua mulher, seus filhos, seus pais; mas seu coração não pode estar sem Deus. Sem Deus, você simplesmente não pode viver. Isso significa que você tem amor, e você tem Deus em seu coração. “Usa o coração para amar, sentir e ser atencioso”. Isso envolve muitas coisas. É o verdadeiro amor que Deus exige do homem; em outras palavras, você deve amá-Lo e cuidar Dele com seu coração e sempre mantê-Lo em mente. Isso não significa apenas dar voz às palavras, nem significa como você se expressa com seu comportamento; significa, antes, fazer as coisas com o coração e permitir que seu coração governe todas as suas ações. Ao fazer as coisas dessa maneira, não há motivação, nem adulteração, nem suspeita; um coração como este é muito mais puro. Como as dúvidas se expressam em seu coração? Elas se expressam quando você fica pensando: “É correto Deus fazer isso? Por que Deus diz isso? Se não houver motivo para Deus dizer isso, não obedecerei. Se é injusto Deus fazer isso, não obedecerei. Vou parar com isso por enquanto.” Não abrigar dúvidas significa reconhecer que tudo o que Deus diz e faz é certo, e com Deus não há certo ou errado. O homem deve obedecer a Deus, ter consideração por Deus, satisfazer a Deus e tomar parte em Seus pensamentos e preocupações. Não importa se tudo o que Deus faz parece ou não significativo para você, se é agradável às noções e imaginações do homem, e não importa se faz sentido para o homem, você pode sempre obedecer e ter um coração reverente e submisso com relação a essas coisas. Tal prática não está em conformidade com a verdade? Ela não é a manifestação e a prática do amor? Portanto, se, a partir das palavras de Deus, você não entender a vontade de Deus e as intenções por trás de Suas declarações, se você não entende os objetivos e resultados que Suas palavras pretendem alcançar, se você não entende o que Suas palavras pretendem realizar e aperfeiçoar no homem, se você não entende essas coisas, isso prova que você ainda não compreende a verdade. Por que Deus diz o que Ele diz? Por que Ele fala naquele tom? Por que Ele é tão sério e sincero em cada palavra que fala? Por que Ele decide usar determinadas palavras? Você sabe? Se você não souber com certeza, isso significa que você não entende a vontade de Deus nem Suas intenções, você não entende o contexto por trás de Suas palavras. Se você não compreende isso, como, então, você pode ganhar a verdade? Ganhar a verdade significa entender o significado de Deus por meio de cada palavra que Ele diz; significa que você é capaz de colocar as palavras de Deus em prática quando você as entender para que as palavras de Deus possam ser vividas por você e se tornar sua realidade. Somente quando você tem um entendimento completo da palavra de Deus é que você pode realmente compreender a verdade.

Extraído de ‘Somente aqueles com verdade-realidade podem liderar’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Se deseja cumprir bem o seu dever, você deve primeiro entender a verdade e se esforçar mais para buscar a verdade. Uma parte crucial de buscar a verdade é aprender a ponderar as palavras de Deus. O propósito de ponderar as palavras de Deus é entender o sentido verdadeiro por trás dessas palavras: por meio da busca, você virá a conhecer o significado das declarações de Deus, o que Ele exige e qual é a Sua vontade nessas palavras — é isso que significa entender a realidade da verdade. Uma vez que entender a realidade da verdade, você será capaz de entender os princípios de prática e, assim, também alcançará entrada na verdade-realidade. Dessa forma e sem estar ciente disso, você será esclarecido em assuntos que não entendia antes, ganhará novas percepções, e, aos poucos, elas se tornarão a sua realidade.

Extraído de ‘A senda vem de ponderar com frequência sobre a verdade’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Se deseja buscar a verdade, se deseja entender e ganhar a verdade, você deve aprender a se aquietar diante de Deus, a ponderar sobre a verdade e sobre as palavras de Deus. Existem formalidades a serem seguidas a fim de ponderar sobre a verdade? Existe alguma regra? Existe algum limite de tempo? Você deve fazê-lo em determinado lugar? Não — as palavras de Deus podem ser ponderadas a qualquer hora e em qualquer lugar. Se você gastasse menos tempo com seus pensamentos vazios e voos de imaginação e o usasse para ponderar sobre a verdade, quanto tempo por dia não seria desperdiçado como resultado disso? O que as pessoas fazem quando desperdiçam tempo? Passam o dia inteiro conversando e fofocando, fazendo apenas o que as interessa, envolvendo-se apenas em frivolidades, pensando apenas nas coisas inúteis de tempos passados e imaginando o que seu futuro trará, onde será o reino futuro, onde fica o inferno — essas não são frivolidades? Se esse tempo for gasto com coisas positivas — se você se aquietar diante de Deus, gastar mais tempo ponderando sobre as palavras de Deus e comunicando a verdade, refletir sobre cada uma de suas ações e as apresentar a Deus, para que Ele as escrutinize, e depois vir se há alguma questão importante que deixou de perceber ou identificar, analisando especialmente aquelas áreas críticas em que você mais se revolta contra Deus e buscando as palavras correspondentes de Deus para resolvê-las — você entrará gradualmente na verdade-realidade.

Como se deve ponderar sobre as palavras de Deus? Em primeiro lugar, você precisa de clareza sobre termos espirituais frases espirituais, então você deve comungar sobre os princípios de prática que você acredita serem corretos. Essas são as coisas sobre as quais você absolutamente deve ter clareza. Algumas pessoas dizem: “Tenho clareza sobre essas frases e terminologia na teoria, eu tenho um bom entendimento de seu significado literal, mas e quanto à sua realidade? Como devo pô-las em prática?”. É assim que se pondera sobre as palavras de Deus; comece com esse aspecto. Se, quando acreditam em Deus, as pessoas não souberem como ponderar sobre Suas palavras, elas terão muita dificuldade de entrar e entender a verdade. Se são incapazes de realmente entender a verdade, as pessoas são capazes de entrar na verdade-realidade? Se são incapazes de entrar na verdade-realidade, elas podem ganhar a verdade? Se não podem ganhar a verdade e não podem entrar na verdade-realidade, elas podem satisfazer a vontade de Deus? Isso seria muito difícil. Tome, por exemplo, as palavras “temer a Deus e evitar o mal”, repetidas com tanta frequência: você deve contemplar essas palavras e dizer a si mesmo: “O que é temer a Deus? Se eu digo algo errado, isso é temer a Deus ou não? Falar assim é fazer o mal ou o bem? Isso é lembrado por Deus? É condenado por Deus? Quais coisas são más? Minhas próprias ideias, motivações, pensamentos, opiniões, o ímpeto e as origens por trás das coisas que eu digo e faço, os diversos caracteres que revelo — eles são considerados maus? Quais deles são aprovados por Deus? Em quais questões existe uma alta probabilidade de eu cometer um erro grave?”. Tudo isso merece ser considerado. Vocês ponderam sobre a verdade com regularidade? Quanto tempo desperdiçaram? A quantas questões referentes à verdade, à fé em Deus, à entrada na vida, a temer a Deus e evitar o mal você já dedicou seus pensamentos? Quando sua ponderação das palavras de Deus ou de questões referentes à fé em Deus e à verdade produzir frutos, vocês terão alcançado entrada na vida. Vocês ainda não sabem como ponderar essas coisas hoje e não alcançaram entrada na vida. Quando alguém alcançou entrada na vida e é capaz de ponderar sobre as palavras de Deus e contemplar questões, ele começou a entrar na verdade-realidade.

Extraído de ‘A senda vem de ponderar com frequência sobre a verdade’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

O que é a palavra de Deus? É a realidade de todas as coisas positivas; ela é a verdade, o caminho e a vida que Deus concede ao homem. As palavras de Deus não são doutrinas, lemas ou argumentos, tampouco são algum tipo de filosofia e conhecimento. Ao contrário, elas têm a ver com a vida e a existência do homem, com seu comportamento e caráter, com tudo que o homem revela e com as ideias e opiniões que são concebidas no coração do homem e que existem em sua mente. Se sua contemplação das palavras de Deus estiver livre dessas coisas e se você estiver livre delas quando ler Suas palavras e ouvir sermões e comunicações, então aquilo que você entende será superficial e limitado. Vocês devem aprender a como contemplar as palavras de Deus. Isso é crucial. Existem muitas maneiras de contemplar as palavras de Deus: você pode lê-las em silêncio e orar em seu coração, buscando iluminação e esclarecimento do Espírito Santo; você pode também comunicar e fazer leitura-oração na companhia daqueles que buscam a verdade; e, é claro, você pode integrar comunicações e sermões em sua contemplação para aprofundar seu entendimento e sua compreensão das palavras de Deus. As maneiras são muitas e variadas. Em suma, se, ao ler as palavras de Deus, deseja-se alcançar uma compreensão delas, então é crucial contemplar as palavras de Deus e fazer uma leitura-oração delas. O propósito de fazer uma leitura-oração das palavras de Deus não é poder recitá-las, tampouco é memorizá-las; ao contrário, é ganhar um entendimento correto dessas palavras após fazer uma leitura-oração e contemplá-las e é conhecer o significado dessas palavras ditas por Deus e também a Sua intenção. É encontrar nelas a senda na qual se deveria praticar e evitar voltar-se para o seu próprio caminho. Além disso, é ser capaz de discernir entre todos os diversos tipos de estados e tipos de pessoas revelados nas palavras de Deus, ser capaz de encontrar a senda correta de prática para tratar cada tipo de pessoa. Ao mesmo tempo, é para evitar desviar-se e colocar o pé na senda que Deus abomina. Só quando você aprender a fazer uma leitura-oração e a contemplar as palavras de Deus e o fizer com frequência, as palavras de Deus podem criar raízes em seu coração e se tornar sua vida.

Extraído da comunhão de Deus

Qualquer que seja o aspecto da verdade-realidade que tenha ouvido, se você se comparar a ele, se você implementar essas palavras na própria vida e as incorporar em sua prática, então você definitivamente ganhará algo e estará fadado a mudar. Se simplesmente encher sua barriga com essas palavras e memorizá-las em sua mente, então você nunca mudará. Enquanto ouve os sermões, você deve ponderar o seguinte: “A que tipo de estado essas palavras se referem? A que aspecto da essência elas se referem? A que assuntos devo aplicar esse aspecto da verdade? Sempre que eu faço algo relacionado a esse aspecto da verdade, estou agindo de acordo com ele? E quando estou colocando isso em prática, meu estado está de acordo com essas palavras? Se não, devo buscar comunhão ou esperar?” Vocês praticam dessa maneira em sua vida? Se não o fazem, então suas vidas estão sem Deus e sem a verdade. Vocês vivem de acordo com letras e doutrinas ou de acordo com seus próprios interesses, confiança e entusiasmo. Aqueles que não possuem a verdade como realidade são os que não têm realidade, e as pessoas que não têm as palavras de Deus como realidade são as que não entraram em Suas palavras.

Extraído de ‘A prática mais fundamental de ser uma pessoa honesta’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Se as pessoas não investirem esforço na verdade, mais cedo ou mais tarde elas cairão e terão dificuldade de permanecer firmes. Isso porque, quando as provações lhes sobrevierem, a solução não estará em algumas letras e doutrinas. Letras e doutrinas não podem resolver problemas reais! Você deve ter um entendimento claro de cada verdade, ponderando sobre elas regularmente, para que as entenda em seu coração e as conheça como a palma da sua mão; somente então você saberá o que fazer quando algo lhe acontecer. Mas você pode ganhar essas verdades se não refletir sobre elas? Se não ponderar sobre elas, não importa quantas você ouça ou quanto possa dizer sobre elas, você jamais passará de seu sentido literal. Muitas vezes, esses sentidos literais lhe darão a ilusão de que sua fé em Deus já produziu fruto e que sua estatura é muito grande, porque você tem paixão e energia — mas assim que algo lhe acontecer, você descobrirá que esses sentidos literais não podem garantir que você passe tranquilamente por cada provação ou teste. Muitas vezes, as pessoas ficam confusas quando algo acontece com elas, e pensam: “O que devo fazer em relação a isso? Devo me apressar e buscar as palavras de Deus e identificar os vários princípios. Qual aspecto da verdade corresponde a isso?”. Em momentos como esse, você perceberá que se equipou com um número insuficiente de verdades, que você entende poucas das verdades-realidade. Muitas vezes, as pessoas só descobrem isso quando estão passando por necessidades. Quando não estão, sempre pensam que já se equiparam com muitas verdades, que estão transbordando de verdade. Elas transbordam de quê? De letras e doutrinas, de superficialidades. Estão erradas quando pensam que transbordam de verdade; quando você acha que está transbordando de verdade, você está em perigo. Mas quando você achar que é um nada, que há muito que não entende, você será capaz de contemplar como entrar. Se você sempre pensa que já possui a verdade, que transborda dela, que tem o suficiente, que conhece a si mesmo e ama a Deus e pode fazer tudo por Deus, isso é um sinal de perigo. Quanto mais você pensa desse jeito, mais isso prova que você não entende nada, que carece de verdade-realidade. Reflita com cuidado sobre isso. Aprenda a ponderar sobre a verdade; essa é uma parte muito importante da vida das pessoas que acreditam em Deus.

Extraído de ‘A senda vem de ponderar com frequência sobre a verdade’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Nota de rodapé:

a. O texto original não contém a frase “da parábola”.

Anterior: 2. Como se pode entrar numa vida espiritual normal

Próximo: 4. Como se pode estabelecer um relacionamento normal com Deus

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Conteúdo relacionado

1. O que são a encarnação e sua essência

“Daquele dia e hora, porém, ninguém sabe, nem os anjos do céu, nem o Filho, senão só o Pai. Pois como foi dito nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem. […] Por isso ficai também vós apercebidos; porque numa hora em que não penseis, virá o Filho do homem.” Quando esse dia chegar, o Próprio Filho do homem não saberá. O Filho do homem se refere à carne encarnada de Deus, uma pessoa normal e comum. Nem mesmo o Próprio Filho do homem sabe, então como você pode saber?

4. As consequências de alguém se sujeitar ao engano e ao controle dos fariseus e anticristos do mundo religioso e se ele pode ser salvo por Deus

Basta olhar para os líderes de cada denominação — são todos arrogantes e hipócritas, eles interpretam a Bíblia fora de contexto e de acordo com a própria imaginação. Eles todos se fiam em seus dons e em sua erudição para realizar seu trabalho. Se fossem incapazes de pregar qualquer coisa, será que aquelas pessoas iriam segui-los? Afinal de contas, eles, de fato, possuem certo conhecimento e conseguem pregar sobre alguma doutrina, ou sabem como conquistar as pessoas e como usar alguns artifícios. Eles usam isso para trazer as pessoas para si mesmos e enganá-las. Teoricamente, essas pessoas acreditam em Deus, mas, na realidade, seguem seus líderes. Se encontrarem alguém pregando o caminho verdadeiro, algumas dizem: “Temos que consultar nosso líder sobre a nossa fé”. A fé dessas pessoas tem de passar por um ser humano; isso não é um problema? Então, no que esses líderes se transformaram? Será que não se tornaram fariseus, falsos pastores, anticristos e pedras de tropeço para que as pessoas aceitem o caminho verdadeiro?

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro