Deus e o homem entrarão em descanso juntos (Trecho III)

Hoje as pessoas são incapazes de abrir mão das coisas carnais, não conseguem renunciar ao prazer da carne, não conseguem abrir mão do mundo, do dinheiro nem de seu caráter corrupto. A maioria das pessoas se ocupa das próprias buscas de forma superficial. Na verdade, essas pessoas não têm Deus no coração; ou melhor, não temem a Deus. Elas não têm Deus no coração e por isso não podem perceber tudo que Deus faz; são ainda mais incapazes de acreditar nas palavras que provêm da Sua boca. Essas pessoas são muito carnais, profundamente corrompidas e carecem de toda a verdade; além disso, não acreditam que Deus pode Se tornar carne. Aquele que não acredita no Deus encarnado — ou seja, aquele que não acredita na obra e na fala do Deus visível, que não acredita no Deus visível e ao mesmo tempo adora o Deus invisível que está no céu — não tem Deus no coração. São pessoas desobedientes e resistentes a Deus. Essas pessoas carecem de humanidade e razão, para não falar da verdade. Para essas pessoas, o Deus visível e tangível é ainda menos crido; já o Deus invisível e intangível é o mais crível e também o que mais alegra o coração delas. O que elas buscam não é a verdade dos fatos, nem a verdadeira essência da vida, muito menos as intenções de Deus; em vez disso, elas perseguem a excitação. Quaisquer coisas que lhes permitam alcançar os próprios desejos são, sem dúvida, suas crenças e buscas. Elas só acreditam em Deus a fim de satisfazer os próprios desejos, não para buscar a verdade. Essas pessoas não são perversas? São extremamente autoconfiantes e não acreditam que Deus no céu irá destruí-las, essas “pessoas boas”. Em vez disso, acreditam que Deus vai lhes permitir ficar e, além do mais, vai recompensá-las generosamente, pois elas fizeram muitas coisas para Deus e demonstraram bastante “lealdade” para com Ele. Se elas fossem buscar o Deus visível, revidariam imediatamente contra Deus ou ficariam furiosas quando seus desejos não fossem atendidos. Essas são pessoas vis que buscam satisfazer os próprios desejos, não são íntegras na busca da verdade. Esse tipo de gente é o chamado povo perverso que segue a Cristo. Essas pessoas que não buscam a verdade não podem acreditar na verdade. São ainda mais incapazes de perceber o futuro desfecho da humanidade, pois não acreditam em nenhuma obra ou fala do Deus visível e não podem acreditar no destino futuro da humanidade. Portanto, mesmo que elas sigam o Deus visível, ainda perpetram o mal e não buscam a verdade, nem praticam a verdade que Eu exijo. Essas pessoas que não acreditam que serão destruídas são precisamente os indivíduos que serão destruídos. Todas elas se consideram muito espertas e se veem como praticantes da verdade. Consideram que a sua má conduta seja a verdade e, portanto, valorizam-na. Essas pessoas más são muito autoconfiantes: tomam a verdade como doutrina, julgam seus atos maus como sendo a verdade e, no fim, só podem colher o que plantaram. Quanto mais autoconfiantes e desenfreadamente arrogantes as pessoas são, mais se tornam incapazes de obter a verdade; quanto mais acreditam no Deus celestial, mais resistem a Deus. Essas são as pessoas que serão punidas.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado