Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna (Trecho II)

Se você realmente deseja alcançar o caminho de vida eterna e se o procura avidamente, responda primeiro esta pergunta: onde está Deus hoje? Talvez você responda que Deus vive no céu, claro — Ele não estaria vivendo na sua casa, não é mesmo? Talvez você diga que Deus, obviamente, vive entre todas as coisas. Ou quiçá diga que Deus vive no coração de cada pessoa, ou que Deus está no mundo espiritual. Não nego nenhuma dessas coisas, mas devo esclarecer o assunto. Não é totalmente correto dizer que Deus vive no coração do homem, mas também não é completamente errado. Acontece que entre os crentes em Deus há aqueles cuja crença é verdadeira e aqueles cuja crença é falsa, há aqueles que Deus aprova e aqueles que Deus desaprova, aqueles que Lhe agradam e aqueles a quem Ele detesta, bem como aqueles que Ele aperfeiçoa e aqueles que Ele elimina. Então, Eu digo que Deus vive apenas no coração de algumas pessoas e que essas pessoas são, sem dúvida, aquelas que realmente acreditam em Deus, aquelas que Deus aprova, aquelas que Lhe agradam e aquelas que Ele aperfeiçoa. São aquelas conduzidas por Deus. Uma vez que Deus as conduz, elas são as pessoas que já ouviram e viram o caminho de vida eterna de Deus. Aquelas cuja crença em Deus é falsa, aquelas não aprovadas por Deus, aquelas desprezadas por Deus, aquelas a quem Deus elimina — essas estão fadadas a ser rejeitadas por Deus, fadadas a ficar sem o caminho de vida e fadadas a continuar a ignorar onde Deus está. Pelo contrário, aquelas em cujos corações Deus vive sabem onde Ele está. São as pessoas a quem Deus concede o caminho de vida eterna, e são as que seguem a Deus. Sabe agora onde Deus está? Deus está tanto no coração do homem quanto a seu lado. Não está apenas no mundo espiritual e acima de todas as coisas, mas, principalmente, na terra em que o homem existe. Logo, o advento dos últimos dias levou a marcha da obra de Deus para um novo território. Deus exerce soberania sobre todas as coisas no universo, é o esteio do homem no seu coração e, ademais, existe entre os homens. Somente assim Ele pode levar o caminho de vida à humanidade e introduzir o homem no caminho de vida. Deus veio à terra e vive entre os homens para que o homem possa alcançar o caminho de vida, para que o homem possa existir. Ao mesmo tempo, Deus também rege todas as coisas no universo, de modo a elas colaborarem com Seu gerenciamento entre os homens. E, portanto, se você professa a doutrina de que Deus está no céu e no coração do homem, mas não professa a verdade da existência de Deus entre os homens, nunca alcançará a vida e nunca alcançará o caminho da verdade.

O Próprio Deus é vida e é a verdade, e Sua vida e verdade coexistem. Quem é incapaz de ganhar a verdade nunca ganhará vida. Sem a guia, o apoio e o suprimento de verdade, você ganhará apenas letras e doutrinas, além de morte. A vida de Deus está sempre presente e a verdade e a vida Dele coexistem. Se você não pode achar a fonte da verdade, não ganhará o alimento da vida; se não pode conseguir o suprimento da vida, certamente não terá verdade alguma e, por consequência, para além de imaginações e concepções, a totalidade do seu corpo nada será à exceção de carne, sua carne fétida. Saiba que as palavras dos livros não contam como vida, os registros da história não podem ser celebrados como se fossem a verdade e as doutrinas do passado não podem servir como relato do que Deus diz atualmente. Só o que Deus expressa quando vem à terra e vive entre os homens é verdade, vida, vontade de Deus e Seu atual modo de operar. Se você aplica à atualidade os registros das palavras ditas por Deus em tempos passados, você é um arqueólogo e pode ser muito bem descrito como um especialista em herança histórica. Isso porque você sempre acredita em vestígios da obra feita por Deus em tempos idos, acredita apenas na sombra que ficou de Deus quando Ele operou entre os homens no passado e só acredita no caminho que Deus deu aos Seus seguidores em tempos antigos. Não acredita no rumo da obra de Deus hoje, não acredita no glorioso semblante de Deus hoje e não acredita no caminho de verdade expresso por Deus hoje. Logo, é incontestável que você é um sonhador e está completamente fora da realidade. Se ainda agora você se apega a palavras incapazes de levar vida ao homem, você é um galho seco inútil, pois é conservador demais, refratário demais, impermeável demais à razão!

Deus tornado carne é chamado de Cristo, logo, o Cristo capaz de dar a verdade às pessoas é chamado de Deus. Não há exagero nenhum nisso, uma vez que Ele possui a substância de Deus e possui o caráter de Deus, e sabedoria em Sua obra, que são inatingíveis pelo homem. São impostores aqueles que se dizem Cristo, mas não podem fazer o trabalho de Deus. Cristo não é simplesmente a manifestação de Deus na terra, mas sim a carne específica de que Deus se reveste enquanto realiza e conclui Sua obra entre os homens. Essa carne não é passível de ser substituída por qualquer homem, mas é capaz de encarregar-se adequadamente da obra de Deus na terra, de expressar o caráter de Deus, de bem representar Deus e de fornecer vida ao homem. Cedo ou tarde, todos esses falsos Cristos cairão porque, embora afirmem ser Cristo, nada possuem da substância de Cristo. E por isso eu digo que o homem não pode definir a autenticidade de Cristo, mas o Próprio Deus resolve e decide quanto a ela. Assim, se você deseja mesmo buscar o caminho de vida, deve primeiro reconhecer que é vindo à terra que Ele concede o caminho de vida ao homem, bem como deve reconhecer que é nos últimos dias que Ele vem à terra para conceder o caminho de vida ao homem. Isso não é o passado, isso está acontecendo hoje.

Extraído de “A Palavra manifesta em carne”

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado