Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)

Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)
Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)

Categorias

Continuação de A Palavra manifesta em carne
Continuação de A Palavra manifesta em carne

1. Por muitos anos, o meio tradicional de crença das pessoas (o do cristianismo, uma das três principais religiões do mundo) foi ler a Bíblia; afastar-se da Bíblia não é a crença no Senhor, afastar-se da Bíblia é um culto maligno e heresia, e mesmo quando as pessoas leem outros livros, a base de tais livros deve ser a explicação da Bíblia. Ou seja, se você diz que acredita no Senhor precisa ler a Bíblia, deve comer e beber a Bíblia e, fora da Bíblia, não deve adorar nenhum livro que não envolva a Bíblia. Se fizer isso, você está traindo a Deus. Desde que existe a Bíblia, a crença das pessoas no Senhor tem sido a crença na Bíblia. Em vez de dizer que as pessoas acreditam no Senhor, é melhor dizer que acreditam na Bíblia; em vez de dizer que começaram a ler a Bíblia, é melhor dizer que começaram a acreditar na Bíblia; e em vez de dizer que retornaram ao Senhor, seria melhor dizer que retornaram à Bíblia. Desta forma, as pessoas adoram a Bíblia como se fosse Deus, como se fosse sua força vital, e perdê-la seria o mesmo que perder sua vida. As pessoas veem a Bíblia tão elevada quanto Deus, e há até aqueles que a veem mais elevada que Deus. Se as pessoas estão sem a obra do Espírito Santo, se não conseguem sentir Deus, podem continuar vivendo, mas, assim que perdem a Bíblia ou os famosos capítulos e dizeres da Bíblia, é como se tivessem perdido a vida. Portanto, assim que as pessoas acreditam no Senhor, começam a ler e decorar a Bíblia, e quanto mais da Bíblia conseguirem decorar, maior a prova que amam o Senhor e têm muita fé. Aqueles que leram a Bíblia e podem falar a respeito dela para outros são todos bons irmãos e irmãs. Por todos esses anos, a fé e lealdade das pessoas ao Senhor tem sido medidas com base no quanto entendem da Bíblia. A maioria das pessoas simplesmente não entende por que deve acreditar em Deus, nem como acreditar Nele, e nada fazem além de procurar cegamente por pistas para decifrar os capítulos da Bíblia. Nunca buscaram a direção da obra do Espírito Santo; nada fizeram, o tempo todo, além de desesperadamente estudar e investigar a Bíblia, e ninguém jamais encontrou mais novas obras do Espírito Santo fora da Bíblia, ninguém jamais se afastou da Bíblia, nem jamais ousou se afastar da Bíblia. As pessoas estudaram a Bíblia por todos esses anos, encontraram muitas explicações e dedicaram muito trabalho; elas também têm muitas diferenças de opinião sobre a Bíblia, que debatem sem parar, de modo que hoje existem mais de duas mil denominações diferentes. Todos querem encontrar algumas explicações especiais, ou mistérios mais profundos na Bíblia, querem explorá-la e encontrar nela o pano de fundo da obra de Jeová em Israel, ou o pano de fundo da obra de Jesus na Judéia, ou outros mistérios que ninguém mais conhece. A abordagem das pessoas à Bíblia é de obsessão e fé, e ninguém pode ter total clareza a respeito da história interna ou da substância da Bíblia. O resultado disso é que, hoje, as pessoas ainda têm uma sensação indescritível de magia quando se trata da Bíblia, sobretudo são obcecadas por ela e nela têm fé. Hoje, todos querem encontrar as profecias da obra dos últimos dias na Bíblia, querem descobrir que obra Deus faz nos últimos dias e os sinais que há a respeito dos últimos dias. Desta forma, sua adoração da Bíblia torna-se mais fervorosa, e quanto mais se aproximam os últimos dias, mais credibilidade eles dão às profecias da Bíblia, particularmente àquelas sobre os últimos dias. Com tal crença cega na Bíblia, com tal confiança na Bíblia, elas não têm desejo de buscar a obra do Espírito Santo. Nas concepções das pessoas, somente a Bíblia pode trazer a obra do Espírito Santo; somente na Bíblia elas podem encontrar os passos de Deus; somente na Bíblia estão escondidos os mistérios da obra de Deus; somente a Bíblia – não outros livros ou pessoas – pode esclarecer tudo a respeito de Deus e da totalidade de Sua obra; a Bíblia pode trazer a obra do céu para a terra; e a Bíblia pode tanto iniciar quanto pôr fim às eras. Com essas concepções, as pessoas não têm propensão para procurar pela obra do Espírito Santo. Assim, independentemente de quanta ajuda a Bíblia deu às pessoas no passado, ela se tornou um obstáculo para a mais recente obra de Deus. Sem a Bíblia, as pessoas podem procurar pelos passos de Deus em outro lugar, ainda hoje; Seus passos estiveram contidos pela Bíblia, e estender Sua mais recente obra tornou-se duplamente difícil e uma dura batalha. Tudo isso por causa dos famosos capítulos e dizeres da Bíblia, bem como das várias de suas profecias. A Bíblia se tornou um ídolo na mente das pessoas, um quebra-cabeças em seus cérebros, e elas são simplesmente incapazes de acreditar que Deus pode operar de forma exclusiva da Bíblia, são incapazes de acreditar que as pessoas podem encontrar Deus fora da Bíblia, muito menos são capazes de acreditar que Deus poderia se afastar da Bíblia durante a obra final e começar de novo. Isso é impensável para as pessoas; elas não podem acreditar e nem imaginar isso. A Bíblia se tornou um grande obstáculo à aceitação, pelas pessoas, da nova obra de Deus, e ela dificultou a ampliação dessa nova obra.

de ‘Concernente à Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

2. Nos tempos antigos, antes da Era da Graça, as pessoas liam a Bíblia, mas naquela época havia apenas Antigo Testamento; não havia Novo Testamento. Desde que o Antigo Testamento da Bíblia existe, as pessoas começaram a ler as sagradas escrituras. Depois que a orientação de Jeová a Moisés foi concluída, ele escreveu Gênesis, Êxodo e Deuteronômio... Ele se lembrou da obra de Jeová na época e a escreveu. A Bíblia é um livro de história. Claro que ela também contém algumas previsões dos profetas e, lógico, essas previsões não são históricas de modo algum. A Bíblia inclui várias partes – não há apenas profecias, ou apenas a obra de Jeová, nem há apenas as epístolas paulinas. Você deve saber quantas partes a Bíblia contém; o Antigo Testamento inclui Gênesis, Êxodo... e há também os livros de profecia que eles escreveram. No final, o Antigo Testamento termina com o Livro de Malaquias. Ele registra a obra da Era da Lei, que foi liderada por Jeová; de Gênesis ao Livro de Malaquias, ele é um registro abrangente de toda a obra da Era da Lei. Isso quer dizer que o Antigo Testamento registra tudo o que foi vivenciado pelas pessoas que foram guiadas por Jeová na Era da Lei. Durante a Era da Lei do Antigo Testamento, o grande número de profetas levantados por Jeová liberaram profecia por Ele, instruíram várias tribos e nações e previram a obra que Jeová faria. Essas pessoas que foram levantadas receberam o Espírito de profecia de Jeová: puderam enxergar as visões de Jeová e ouvir Sua voz e, assim, foram inspiradas por Ele e escreveram profecias. A obra deles foi a expressão da voz de Jeová; foi obra da profecia que fizeram em nome de Jeová, e, à época, a obra de Jeová era simplesmente orientar as pessoas que utilizavam o Espírito; Ele não Se tornou carne, e as pessoas nada viram de Sua face. Assim, Ele levantou muitos profetas para fazer Sua obra e deu-lhes oráculos que repassaram para toda a tribo e clã de Israel. Sua obra era profetizar, e alguns anotavam as instruções de Jeová para mostrar aos outros. Jeová elevou essas pessoas para fazer profecias, para prever a obra do futuro ou a obra ainda a ser feita durante aquele tempo para que as pessoas pudessem contemplar a maravilha e a sabedoria de Jeová. Esses livros de profecia eram bem diferentes dos outros livros da Bíblia; eram palavras ditas ou escritas por aqueles que receberam o Espírito de profecia – por aqueles que obtiveram as visões ou voz de Jeová. Além dos livros de profecia, o restante do Antigo Testamento são registros feitos por pessoas após Jeová ter terminado Sua obra. Esses livros não podem substituir as previsões feitas pelos profetas levantados por Jeová, da mesma forma que Gênesis e Êxodo não podem ser comparados ao Livro de Isaías e ao Livro de Daniel. As profecias foram feitas antes de a obra ter sido realizada; os outros livros, enquanto isso, foram escritos depois de ela ter sido concluída, que é o que as pessoas eram capazes de fazer. [...] Desta forma, o que está registrado na Bíblia é puramente a obra feita em Israel naquele tempo. As palavras proferidas pelos profetas, por Isaías, Daniel, Jeremias e Ezequiel... suas palavras predizem Sua outra obra na terra, predizem a obra do Próprio Deus Jeová. Tudo isso veio de Deus, foi obra do Espírito Santo e, à parte desses livros dos profetas, todo o resto é um registro das experiências das pessoas sobre a obra de Jeová na época.

de ‘Concernente à Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

3. A obra da criação aconteceu antes que houvesse humanidade, mas o Livro do Gênesis só veio depois de haver a humanidade; foi um livro escrito por Moisés durante a Era da Lei. É como as coisas que acontecem entre vocês hoje: depois de acontecerem, vocês as escrevem para mostrar às pessoas no futuro e, para as pessoas do futuro, que o que vocês registraram são coisas que aconteceram em tempos passados – nada mais são do que história. As coisas registradas no Antigo Testamento são a obra de Jeová em Israel, e aquilo que está registrado no Novo Testamento é a obra de Jesus durante a Era da Graça; elas documentam a obra feita por Deus em duas eras diferentes. O Antigo Testamento documenta a obra de Deus durante a Era da Lei e, assim, o Antigo Testamento é um livro histórico, enquanto o Novo Testamento é o produto da obra da Era da Graça. Quando a nova obra começou, esses livros ficaram desatualizados, assim, o Novo Testamento também é um livro histórico. É claro que o Novo Testamento não é tão sistemático como o Antigo Testamento, nem registra tantas coisas.

de ‘Concernente à Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

4. Que tipo de livro é a Bíblia? O Antigo Testamento é a obra de Deus durante a Era da Lei. O Antigo Testamento da Bíblia registra toda a obra de Jeová durante a Era da Lei e Sua obra de criação. Ele todo registra a obra feita por Jeová e, em última análise, termina os relatos da obra de Jeová com o Livro de Malaquias. O Antigo Testamento registra duas obras realizadas por Deus: uma é a obra da criação, a outra o decreto da lei. Ambas foram feitas por Jeová. A Era da Lei representa a obra de Deus sob o nome de Jeová; é a totalidade da obra realizada principalmente sob o nome de Jeová. Assim, o Antigo Testamento registra a obra de Jeová, e o Novo Testamento a de Jesus, obra essa que foi realizada principalmente sob o nome de Jesus. A maior parte do significado do nome de Jesus e a obra que Ele fez estão registradas no Novo Testamento.

de ‘Concernente à Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

5. Se você deseja ver a obra da Era da Lei e como os israelitas seguiram o caminho de Jeová, deve ler o Antigo Testamento; se deseja entender a obra da Era da Graça, deve ler o Novo Testamento. Mas, como você vê a obra dos últimos dias? Você deve aceitar a liderança do Deus de hoje e entrar na obra de hoje, pois esta é a nova obra, e ninguém a registrou anteriormente na Bíblia. Hoje, Deus encarnou e selecionou outros escolhidos na China. Deus opera nessas pessoas, Ele continua a partir de Sua obra na terra, continua a partir da obra da Era da Graça. A obra de hoje é um caminho que o homem nunca trilhou, e que ninguém jamais viu. É obra que nunca foi feita antes – é a mais recente obra de Deus na terra. Assim, uma obra que nunca foi feita antes não é história, porque agora é agora, e ainda não se tornou o passado. As pessoas não sabem que Deus fez uma obra maior e mais recente na terra e fora de Israel, e que já foi além do escopo de Israel, além das previsões dos profetas, uma obra nova e maravilhosa fora das profecias, obra mais nova além de Israel, obra que as pessoas não podem perceber nem imaginar. Como a Bíblia poderia conter registros explícitos de tal obra? Quem poderia ter registrado cada pedacinho da obra de hoje, sem omissão, antecipadamente? Quem poderia registrar essa obra mais poderosa e mais sábia, que desafia as convenções, contida no velho livro mofado? A obra de hoje não é história e, como tal, se você deseja seguir o novo caminho de hoje deve se separar da Bíblia, deve ir além dos livros de profecia ou de história contidos na Bíblia. Só então você será capaz de percorrer o novo caminho corretamente, e só então você poderá entrar no novo reino e na nova obra. Você deve entender por que, hoje, pede-se que você não leia a Bíblia, porque há outra obra que é separada da Bíblia, porque Deus não procura uma prática mais nova e mais detalhada na Bíblia, porque, em vez disso, há uma obra mais poderosa fora da Bíblia. Isso é tudo o que vocês devem entender. Você deve saber a diferença entre a obra antiga e a nova, e mesmo que não leia a Bíblia, deve ser capaz de dissecá-la; se não, você ainda adorará a Bíblia e será difícil entrar na nova obra e passar por novas mudanças.

de ‘Concernente à Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

6. Como existe um caminho mais elevado, por que estudar esse caminho baixo e desatualizado? Como existem mais novos enunciados e obras mais recentes, por que viver em meio a registros históricos antigos? Os novos enunciados podem prover por você, o que prova que esta é a nova obra; os registros antigos não podem satisfazê-lo ou satisfazer suas necessidades atuais, o que prova que são história e não a obra do aqui e agora. O caminho mais elevado é a obra mais nova, e com a obra nova, não importa quão alto que seja o caminho do passado, ele ainda é a história das reflexões das pessoas, e não importa seu valor como referência, ele ainda é o caminho antigo. Embora esteja registrado no “livro sagrado”, o antigo caminho é história; mesmo que não haja registro disso no “livro sagrado”, o novo caminho é o do aqui e agora. Este caminho pode salvar e mudar você, pois esta é a obra do Espírito Santo.

de ‘Concernente à Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

7. A Bíblia é um livro histórico, e se você tivesse comido e bebido o Antigo Testamento durante a Era da Graça – se você tivesse posto em prática o que era necessário no tempo do Antigo Testamento durante a Era da Graça – Jesus teria rejeitado e condenado você; se você tivesse aplicado o Antigo Testamento à obra de Jesus, teria sido fariseu. Se, hoje, você juntar o Antigo e o Novo Testamentos para comer, beber e praticar, o Deus de hoje o condenará; você ficará para trás da obra do Espírito Santo de hoje! Se você come o Antigo Testamento e o Novo Testamento, está fora da corrente do Espírito Santo! Durante a época de Jesus, Ele liderou os judeus e todos os que O seguiram de acordo com a obra do Espírito Santo Nele, à época. Ele não utilizou a Bíblia como a base do que Ele fez, mas falou de acordo com Sua obra; Ele não prestou atenção ao que a Bíblia dizia, nem procurou na Bíblia um caminho para liderar Seus seguidores. Do momento em que iniciou sua obra, Ele espalhou o caminho do arrependimento – uma palavra que nunca foi mencionada nas profecias do Antigo Testamento. Não apenas Ele não agiu de acordo com a Bíblia, mas também liderou um novo caminho e fez uma nova obra. Ele nunca fez referência à Bíblia ao pregar. Durante a Era da Lei, ninguém jamais foi capaz de realizar os milagres Dele, de curar os enfermos e expulsar demônios. Sua obra, Seus ensinamentos, Sua autoridade – ninguém fez isso durante a Era da Lei. Jesus simplesmente fez Sua mais nova obra, e embora muitas pessoas O condenassem utilizando a Bíblia – e utilizaram até mesmo o Antigo Testamento para crucificá-Lo – Sua obra ultrapassou o Antigo Testamento; se assim não fosse, por que as pessoas O pregaram na cruz? Não foi porque nada havia no Antigo Testamento a respeito de Seus ensinamentos e Sua capacidade de curar os doentes e expulsar os demônios? Sua obra foi para liderar um novo caminho, não para deliberadamente escolher uma luta contra a Bíblia ou dispensar o Antigo Testamento intencionalmente. Ele simplesmente veio para realizar Seu ministério, trazer a nova obra àqueles que O desejavam e procuravam. Ele não veio para explicar o Antigo Testamento ou defender sua obra. Sua obra não buscava permitir que a Era da Lei continuasse se desenvolvendo, pois ela não levava em conta se era baseada na Bíblia; Jesus simplesmente veio para fazer a obra que Ele deveria fazer. Assim, Ele não explicou as profecias do Antigo Testamento, nem trabalhou de acordo com as palavras da Era da Lei do Antigo Testamento. Ele ignorou o que o Antigo Testamento dizia, não Se importava se estava de acordo com Sua obra, e não Se importava com o que outros sabiam sobre Sua obra, ou como eles a condenavam. Ele simplesmente continuou fazendo a obra que deveria fazer, mesmo que muitas pessoas utilizassem as previsões dos profetas do Antigo Testamento para condená-Lo. Para as pessoas, parecia que Sua obra não tinha base, e uma boa parte dela estava em desacordo com os registros do Antigo Testamento. Isso não é loucura? A doutrina precisa ser aplicada à obra de Deus? E ela deve estar de acordo com as profecias dos profetas? Afinal, o que é maior: Deus ou a Bíblia? Por que a obra de Deus deve estar de acordo com a Bíblia? Será que Deus não tem o direito de ir além da Bíblia? Deus não pode Se afastar da Bíblia e fazer outra obra? Por que Jesus e Seus discípulos não guardavam o sábado? Se guardasse o sábado e a prática de acordo com os mandamentos do Antigo Testamento, por que Jesus não guardou o sábado depois que veio, mas, em vez disso, lavou os pés, cobriu a cabeça, partiu o pão e bebeu vinho? Tudo isso não está ausente dos mandamentos do Antigo Testamento? Se Jesus honrava o Antigo Testamento, por que Ele desafiou essas doutrinas? Você deve saber qual veio primeiro, Deus ou a Bíblia! Sendo o Senhor do sábado, Ele não poderia também ser o Senhor da Bíblia?

de ‘Concernente à Bíblia (1)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Declarações de Cristo dos últimos dias (Seleções)

Somente aquele que experimenta a obra de Deus verdadeiramente crê em Deus A quarta declaração A quinta declaração A sexta declaração A sétima declaração A oitava declaração A nona declaração A décima declaração A décima primeira declaração A décima segunda declaração A décima terceira declaração A décima quarta declaração A décima quinta declaração A décima sexta declaração A décima sétima declaração A décima oitava declaração A décima nona declaração A vigésima declaração A vigésima primeira declaração A vigésima segunda declaração A vigésima terceira declaração A vigésima quarta declaração A vigésima quinta declaração A vigésima sexta declaração A vigésima sétima declaração A vigésima oitava declaração A vigésima nona declaração A aparição de Deus trouxe uma nova era Deus preside o destino de toda a humanidade Contemplar a aparição de Deus em Seu julgamento e Seu castigo Qual ponto de vista os crentes devem manter O homem corrupto é incapaz de representar Deus O caminho de serviço religioso deve ser proibido Você deve obedecer a Deus em sua fé Promessas para aqueles que foram aperfeiçoados Os perversos devem ser punidos Como servir em harmonia com a vontade de Deus Como conhecer a realidade Os mandamentos da nova era O Reino Milenar chegou Você deveria saber que o Deus prático é o Próprio Deus Conhecer a obra de Deus hoje A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina? Já que crê em Deus você deve viver para a verdade A diferença essencial entre o Deus encarnado e as pessoas usadas por Deus Crer em Deus deve focalizar a realidade, não rituais religiosos Somente aqueles que conhecem a obra de Deus hoje podem servir a Deus Aqueles que obedecem a Deus com um coração sincero certamente serão ganhos por Deus A Era do Reino é a Era da Palavra Tudo é realizado pela Palavra de Deus Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus Uma breve conversa sobre “O Reino Milenar chegou” Somente aqueles que conhecem a Deus podem testemunhar Dele Como Pedro conheceu Jesus Aqueles que amam a Deus viverão para sempre em Sua luz Você se tornou vivo? Ter um caráter inalterado é ser inimigo de Deus Todos os que não conhecem a Deus são aqueles que se opõem a Ele Seleção das dez passagens da palavra de Deus sobre “Obra e entrada” (Parte 2) Seleção das dez passagens da palavra de Deus sobre “Obra e entrada” Parte 3 Seleção das dez passagens da palavra de Deus sobre “Obra eentrada” (Parte 4) Seleção das três passagens da palavra de Deus sobre “A visão da obra de Deus” (Parte 1) Seleção das três passagens da palavra de Deus sobre “A visão da obra de Deus” (Parte 2) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “Concernente à Bíblia” (Parte 1) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “Concernente à Bíblia” (Parte 2) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “O mistério da encarnação” (Parte 1) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “O mistério da encarnação” (Parte 2) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “O mistério da encarnação” (Parte 3) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “A verdade interior da obra de conquista” (Parte 1) Seleção das quatro passagens da palavra de Deus sobre “A verdade interior da obra de conquista” (Parte 2) As duas encarnações completam o significado da encarnação A Trindade existe? As experiências de Pedro: seu conhecimento do castigo e do julgamento (Parte 1) As experiências de Pedro: seu conhecimento do castigo e do julgamento (Parte 2) Como desempenhar sua missão futura Quando se trata de Deus, qual é o seu entendimento? O que significa ser um homem de verdade Ninguém que seja da carne pode fugir do dia da ira O Salvador já voltou sobre uma “nuvem branca” A obra de difundir o evangelho é também a obra de salvar o homem A obra na Era da Lei A verdadeira história por trás da obra na Era da Redenção Você deve saber como toda a humanidade se desenvolveu até hoje (Parte 1) Você deve saber como toda a humanidade se desenvolveu até hoje (Parte 2) Sobre denominações e identidade (Parte 1) Sobre denominações e identidade (Parte 2) Somente os aperfeiçoados podem viver uma vida significativa Como o homem que definiu Deus de acordo com as suas concepções pode receber as revelações de Deus? Somente aqueles que conhecem Deus e Sua obra podem satisfazer Deus A diferença entre o ministério do Deus Encarnado e o dever do homem Deus é o Senhor de toda a criação O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem trilha (parte 1) O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem trilha (parte 2) A obra de Deus e a obra do homem (Parte 1) Conhecer os três estágios da obra de Deus é o caminho para conhecer Deus (Parte 1) Conhecer os três estágios da obra de Deus é o caminho para conhecer Deus (Parte 2) A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado (Parte 1) A humanidade corrupta está mais necessitada da salvação do Deus encarnado (Parte 2) A essência da carne habitada por Deus A obra de Deus e a prática do homem (Parte 1) A obra de Deus e a prática do homem (Parte 2) A substância de Cristo é obediência à vontade do Pai Celestial Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a um destino maravilhoso (Parte 1) Restaurar a vida normal do homem e levá-lo a destino maravilhoso (Parte 2) Deus e o homem entrarão em descanso juntos (Parte 1) Deus e o homem entrarão em descanso juntos (Parte 2) Quando você contemplar o corpo espiritual de Jesus será quando Deus já terá feito novo céu e nova terra Aqueles que são incompatíveis com Cristo certamente são oponentes de Deus Muitos são chamados, mas poucos são escolhidos Você deve buscar o caminho da compatibilidade com Cristo Você é um verdadeiro crente a Deus? Cristo realiza a obra do julgamento com a verdade Deus fez algo grandioso entre os homens, você sabia? Só o Cristo dos últimos dias pode dar ao homem o caminho de vida eterna Você deveria preparar uma quantidade suficiente de boas ações por seu destino A quem você é leal? Três admoestações É muito importante entender o caráter de Deus Como conhecer o Deus na Terra Os dez decretos administrativos que devem ser obedecidos pelo povo escolhido por Deus na Era do Reino Vocês precisam considerar seus feitos Deus é a fonte da vida do homem O suspiro do Todo-Poderoso O homem só pode ser salvo em meio ao gerenciamento de Deus O ressoar dos sete trovões ─ profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo

00:00
00:00

0Busca por x resultados