22. Os princípios para buscar a verdade

(1) É necessário comer e beber das palavras de Deus com frequência, para ter verdadeira comunhão com Ele, para ser capaz de buscar a verdade em Suas palavras, colocar a verdade em prática e entrar na realidade;

(2) É necessário se submeter à obra de Deus e aceitar Seu julgamento e castigo, sendo podado e tratado por Ele. Também é necessário ser capaz de autorrefletir e se conhecer para ter seu caráter corrupto transformado;

(3) É necessário estabelecer um relacionamento normal com Deus e se dedicar sinceramente a Ele. Somente assim se pode ser conduzido e aperfeiçoado pela obra do Espírito Santo;

(4) É necessário trilhar a senda de Pedro, buscando a verdade e refletindo sobre si mesmo em todos os assuntos, concentrar-se em efetuar mudanças no caráter e tornar-se alguém que ama a Deus verdadeiramente.

Palavras de Deus relevantes:

A verdade é a realidade de todas as coisas positivas. Ela pode ser a vida do homem e a direção em que viaja; ela pode levá-lo a se livrar de seu caráter corrupto, a vir a temer a Deus e evitar o mal, a se tornar alguém que obedece a Deus e um ser criado qualificado, alguém que Deus ama e que recebe o Seu favor. Dada a sua preciosidade, qual atitude e perspectiva devem ser assumidas ao contemplar as palavras de Deus e a verdade? É um tanto óbvio: para aqueles que realmente acreditam em Deus e têm um coração de reverência por Ele, Suas palavras são sua força vital. O homem deve prezar as palavras de Deus, comer e beber delas, desfrutá-las e aceitá-las como a sua vida, como a direção na qual ele segue o seu caminho, como sua pronta ajuda e provisão; o homem deve viver, praticar e experimentar de acordo com as declarações e os requerimentos da verdade e se submeter às suas exigências a ele, a cada uma das declarações e exigências que a verdade concede a ele, em vez de sujeitá-la a estudo, análise, especulação e dúvida. Visto que a verdade é a pronta ajuda do homem, sua pronta provisão e pode ser sua vida, o homem deve tratar a verdade como a coisa mais preciosa, pois ele deve confiar na verdade para viver, para vir a satisfazer as exigências de Deus, temendo a Ele e evitando o mal, e para encontrar em seu dia a dia a senda para praticar, compreendendo os princípios da prática e alcançando submissão a Deus. O homem deve confiar também na verdade para se livrar de seu caráter corrupto, para se tornar alguém que é salvo e um ser criado qualificado.

Extraído de ‘Eles odeiam a verdade, desprezam publicamente os princípios e ignoram os arranjos da casa de Deus (parte 7)’ em “Expondo os anticristos”

Agora mesmo, Deus faz a obra de julgamento dos últimos dias e expressou muitas palavras. Na senda da fé em Deus, encontramos muitas coisas relacionadas à verdade. Se não buscamos a verdade, então não há senda, portanto devemos ter conhecimento da verdade, e quando lemos as palavras de Deus, devemos combiná-las em realidade. Todas as palavras de Deus são a verdade e devem ser pessoalmente experimentadas. Desde o momento em que as pessoas nascem até quando se tornam adultas, começam a trabalhar, formam uma família e estabelecem uma carreira, ao longo de sua vida inteira — incluindo as pessoas, eventos e coisas que encontram e tudo o mais que acontece com elas — nada existe que chegue perto da verdade, muito menos de qualquer coisa que percebam por meio da verdade. Como tal, toda e qualquer pessoa é um estranho para a verdade. E é precisamente porque todos nós carecemos da verdade que, a partir de hoje, devemos buscar a verdade; isso é imperativo. Se você ainda tem que perceber que, quando acredita em Deus, você deve buscar a verdade e que somente a verdade pode mudá-lo, aperfeiçoá-lo, salvá-lo e verdadeiramente trazê-lo para diante de Deus, então a verdade não pode ter nenhum interesse para você, e você é, portanto, incapaz de buscá-la. Algumas pessoas dizem: “É suficiente que, em minha fé em Deus, eu não hesite em comer e beber as palavras de Deus, levar a vida da igreja, cumprir meu dever e pregar o evangelho — então, por que eu também preciso buscar a verdade? Normalmente, eu nunca cometo um pecado, nem resisto a Deus, nem sou um anticristo. Eu evito os maus. Só preciso de algumas regras simples para me orientar e me ajudar, só isso; não preciso buscar nenhuma verdade obscura”. Essa é a maneira certa de olhar as coisas? (Não.) Por que não? (Porque as pessoas só podem ser salvas por Deus quando tiverem ganho a verdade.) Agora mesmo, existem algumas pessoas que possuem uma vaga consciência de quão importante a verdade é para sua salvação, e isso é uma coisa boa. No entanto, se essa consciência pode se enraizar depende de como você subsequentemente busca a verdade. Buscar a verdade é muito importante. Por exemplo, quando é negativo e fraco, você pode se tornar forte sem o apoio e a provisão da verdade? Você é capaz de superar sua fraqueza? Você é capaz de perceber por que tem sido negativo e fraco? Definitivamente não. Quando você é descuidado e superficial ao cumprir seu dever, você consegue consertar esse aspecto de sua corrupção sem buscar a verdade? Você é capaz de ser leal a Deus? As pessoas podem conhecer a si próprias e lidar com seu caráter corrupto se não buscarem a verdade? Não. Quando as pessoas constantemente têm noções sobre Deus e estão sempre O comparando com suas próprias noções e imaginações, tais coisas podem ser resolvidas sem a verdade? Não podem. Em muito do que encontramos — incluindo questões em nossa vida cotidiana — se não possuímos a verdade, se não buscamos a verdade e, além disso, se não entendemos a verdade e se somos ignorantes em relação ao que Deus diz a respeito de tais coisas e de Sua vontade, então como abordaremos o que acontece conosco? Aqueles que são um pouco melhores podem tentar encontrar uma solução usando palavras, frases e regras com as quais estão familiarizados ou usando métodos humanos, mas estes podem tomar o lugar da verdade na resolução de seus problemas? Se não buscamos a verdade, pode-se dizer que nada em nossa vida tem algum princípio e que também não temos uma senda para praticar, muito menos algum objetivo ou direção. Se for esse o caso, então tudo o que fazemos se opõe a Deus e O trai. Portanto, Ele então não odeia e não amaldiçoa tudo que fazemos? Nossas ações não serão julgadas e castigadas por Ele? Portanto, é provável que antes de entender genuinamente a verdade, cada pessoa encontrará um pouco do julgamento, do castigo, da correção e da disciplina de Deus — o propósito de tudo isso é fazer as pessoas ganharem a verdade.

Extraído de ‘A importância de buscar a verdade e a senda de buscá-la’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Ao buscar a vida, você deve estar atento a duas coisas: primeiro, compreender a verdade nas palavras de Deus; segundo, compreender a si mesmo nas palavras de Deus. Essas duas coisas são absolutamente fundamentais. Não há vida ou verdade fora das palavras de Deus. Se você não buscar a verdade nas Suas palavras, onde, então, poderá buscá-la? Onde há verdade no mundo? Todos os livros do mundo consistem nas teorias do diabo Satanás, não é assim? Eles não contêm um único pingo de verdade! As partes mais importantes de compreender a verdade na palavra de Deus são compreender a Deus em Suas palavras, compreender a vida humana em Suas palavras e compreender todos os aspectos da verdade em Suas palavras, tais como o entendimento verdadeiro de si mesmo, e descobrir o significado da existência humana nas palavras de Deus. Toda a verdade está nas palavras de Deus. Não se pode entrar na verdade senão por meio das palavras de Deus. O principal desfecho que você deve alcançar é saber o que significa possuir compreensão e entendimento reais das palavras de Deus. Com uma compreensão real das palavras de Deus, você poderá então compreender a verdade. Essa é a coisa mais fundamental.

Extraído de ‘Somente buscando a verdade pode-se alcançar uma mudança no caráter’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Em suma, tomar a senda de Pedro na fé de alguém significa caminhar na senda da busca da verdade, a qual também é a senda de conseguir se conhecer verdadeiramente e mudar seu caráter. Só ao caminhar na senda de Pedro a pessoa estará na senda de ser aperfeiçoada por Deus. Deve-se estar certo de como, exatamente, caminhar na senda de Pedro e também de como colocá-la em prática. Primeiro, é preciso deixar de lado as próprias intenções da pessoa, as buscas inadequadas e até a família e todas as coisas da própria carne. É preciso ser devotado de todo o coração; isto é, é preciso devotar-se completamente à palavra de Deus, manter o foco em comer e beber as palavras de Deus, concentrar-se na busca pela verdade e na busca pelas intenções de Deus em Suas palavras e tentar compreender a vontade de Deus em tudo. Esse é o método de prática mais fundamental e vital. Foi o que Pedro fez após ver Jesus e é somente praticando dessa maneira que alguém pode alcançar os melhores resultados. Dedicar-se de todo o coração às palavras de Deus envolve primeiramente buscar a verdade, buscar as intenções de Deus em Suas palavras, focando-se em compreender a vontade de Deus, entender e obter mais verdade das palavras de Deus. Quando lia Suas palavras, Pedro não estava focado em entender as doutrinas, muito menos em obter conhecimento teológico; em vez disso, concentrava-se em compreender a verdade e captar a vontade de Deus, bem como alcançar um entendimento de Seu caráter e Sua amabilidade. Pedro também tentava entender os diversos estados corruptos do homem a partir das palavras de Deus, bem como a natureza corrupta e a real deficiência do homem, conhecendo assim todos os aspectos das exigências de Deus ao homem a fim de satisfazê-Lo. Pedro tinha muitas práticas corretas que acatavam as palavras de Deus; isso estava mais de acordo com a vontade de Deus e era a melhor maneira de uma pessoa poder colaborar ao experimentar a obra de Deus. Ao vivenciar as centenas de provações de Deus, Pedro examinou rigorosamente a si mesmo, comparando-se com cada palavra do julgamento de Deus em relação ao homem, com cada palavra da revelação de Deus ao homem, com cada palavra de Suas demandas ao homem, e se esforçou para sondar o significado daquelas palavras. Com determinação, ele tentou ponderar e memorizar cada palavra que Jesus lhe dissera e alcançou resultados muito bons. Através dessa maneira de praticar, ele foi capaz de alcançar um entendimento de si mesmo a partir das palavras de Deus, e não só veio a entender os vários estados corruptos do homem, como também veio a entender a essência, a natureza e as várias deficiências do homem. Isso é o que significa entender verdadeiramente a si mesmo. Das palavras de Deus, Pedro não só alcançou um entendimento verdadeiro de si mesmo, mas, das coisas expressas nas palavras de Deus — o caráter justo de Deus, o que Ele tem e é, a vontade de Deus para Sua obra, Suas exigências à humanidade —, dessas palavras, ele veio a conhecer Deus completamente. Ele veio a conhecer o caráter de Deus e a Sua essência; ele veio a conhecer e entender o que Deus tem e é, bem como a amabilidade de Deus e as exigências de Deus ao homem. Embora Deus não falasse tanto naquele tempo quanto fala hoje, resultados nesses aspectos, todavia, foram alcançados em Pedro. Isso foi algo raro e precioso. Pedro passou por centenas de provações, mas não sofreu em vão. Ele não só veio a entender a si mesmo a partir das palavras e da obra de Deus, como também veio a conhecer Deus. Além disso, ele se concentrou sobretudo nas exigências de Deus para com a humanidade sob Suas palavras. Em quaisquer que fossem os aspectos que o homem deveria satisfazer a Deus para estar alinhado com a Sua vontade, Pedro foi capaz de dedicar um grande esforço nesses aspectos e alcançar total clareza; isso foi extremamente benéfico em relação à sua entrada. Independentemente do que Deus falasse, contanto que aquelas palavras pudessem se tornar a vida e são a verdade, Pedro frequentemente era capaz de esculpi-las em seu coração para refletir sobre elas e apreciá-las. Após ouvir as palavras de Jesus, ele foi capaz de levá-las a sério, o que mostra que ele estava concentrado sobretudo nas palavras de Deus e verdadeiramente alcançou os resultados no fim. Ou seja, de livre vontade ele foi capaz de pôr as palavras de Deus em prática, de praticar a verdade e alinhar-se com a vontade de Deus perfeitamente, de agir inteiramente de acordo com a intenção de Deus e de desistir de suas opiniões e imaginações pessoais. Dessa forma, Pedro entrou na realidade das palavras de Deus. O serviço de Pedro veio alinhar-se à vontade de Deus basicamente por ele ter feito isso.

Se alguém pode satisfazer a Deus ao cumprir seu dever, tem princípios em suas palavras e ações e pode entrar na verdade-realidade em todos os aspectos da verdade, então essa é uma pessoa que é aperfeiçoada por Deus. Pode-se dizer que a obra e as palavras de Deus foram totalmente eficazes para tal pessoa, que as palavras de Deus se tornaram sua vida, que ela obteve a verdade e é capaz de viver de acordo com as palavras de Deus. Depois disso, a natureza de sua carne — isto é, o próprio fundamento da sua existência original — irá se desestruturar e desmoronar. Após possuir as palavras de Deus como sua vida, a pessoa se tornará uma nova pessoa. Se as palavras de Deus se tornam a sua vida, se a visão da obra de Deus, Suas exigências à humanidade, Suas revelações aos humanos e os padrões para uma vida verdadeira que Deus exige que ela atenda tornam-se a sua vida, se ela vive de acordo com essas palavras e verdades, então ela é aperfeiçoada pelas palavras de Deus. Tal pessoa é renascida e tornada uma nova pessoa através das palavras de Deus. Esse é o caminho pelo qual Pedro buscava a verdade; é o caminho de ser aperfeiçoado, aperfeiçoado pelas palavras de Deus e alcançar a vida por essas palavras. A verdade expressa por Deus tornou-se sua vida e só então ele se tornou alguém que obteve a verdade.

Extraído de ‘Como trilhar a senda de Pedro’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Tudo o que Pedro buscava era segundo o coração de Deus. Ele buscava satisfazer o desejo de Deus e, a despeito do sofrimento e da adversidade, ainda estava disposto a satisfazer o desejo de Deus. Não há busca maior para um crente em Deus. O que Paulo procurava era contaminado por sua própria carne, por suas noções e por seus próprios planos e esquemas. Ele não era de modo algum uma criatura de Deus qualificada, não era alguém que procurava satisfazer o desejo de Deus. Pedro buscou submeter-se às orquestrações de Deus e, embora seu trabalho não sido grande, a motivação por trás de sua busca e a senda que percorreu eram corretas; apesar de não ser capaz de ganhar muitas pessoas, ele soube buscar o caminho da verdade. Em razão disso, pode-se dizer que ele foi uma criatura de Deus qualificada. Hoje, mesmo que não seja um trabalhador, você deve ser capaz de cumprir o dever de uma criatura de Deus e procurar submeter-se a todas as orquestrações de Deus. Você deve ser capaz de obedecer ao que quer que Deus disser e experimentar todo tipo de tribulação e refinamento e, embora seja fraco, ainda deve ser capaz de amar a Deus em seu coração. Aqueles que assumem a responsabilidade pela própria vida estão dispostos a cumprir o dever de uma criatura de Deus, e o ponto de vista de tais pessoas sobre a busca é o certo. É destas pessoas que Deus precisa. Se você fez trabalhou muito e outros ganharam seus ensinamentos, mas você mesmo não mudou, não deu nenhum testemunho e não teve nenhuma experiência verdadeira, de modo que, no fim de sua vida, ainda nada do que fez dá testemunho, então você é alguém que mudou? Você é alguém que busca a verdade? Na ocasião, o Espírito Santo usou você, mas quando Ele o fez, usou a parte de você que podia ser usada para trabalhar e não usou a parte de você que não podia ser usada. Se você procurasse mudar, teria sido tornado perfeito paulatinamente durante o processo de ser usado. Todavia, o Espírito Santo não assume nenhuma responsabilidade por você ser ganho ou não em definitivo, e isso depende de seu modo de busca. Se não há mudanças em seu caráter pessoal é porque seu ponto de vista quanto à busca está errado. Se não lhe é conferida nenhuma recompensa, o problema é seu, e é porque você mesmo não pôs a verdade em prática e não é capaz de satisfazer o desejo de Deus. Assim, nada é de maior importância do que suas experiências pessoais e nada é mais crucial do que sua entrada pessoal! Algumas pessoas acabarão por dizer: “Tenho feito tanto trabalho por Ti e, embora possa não ter feito quaisquer conquistas celebradas, ainda assim fui diligente nos meus esforços. Não podes simplesmente me deixar entrar no céu para comer o fruto da vida?” Você deve saber que tipo de pessoa Eu desejo; a quem é impuro não se permite entrar no reino, a quem é impuro não se permite macular o solo santo. Ainda que possa ter feito muito trabalho e trabalhado por muitos anos, no fim, se você ainda é deploravelmente imundo, será intolerável para a lei do Céu que você deseje entrar no Meu reino! Desde a fundação do mundo até hoje, nunca ofereci fácil acesso ao Meu reino àqueles que Me bajulam. Esta é uma regra celestial, e ninguém pode infringi-la! Você deve buscar a vida. Hoje, os que serão tornados perfeitos são do mesmo tipo que Pedro. Eles são aqueles que procuram mudanças em seu próprio caráter e que se dispõem a dar testemunho de Deus e a cumprir seu dever como criaturas de Deus. Somente pessoas como essas serão tornadas perfeitas. Se você só busca recompensas e não procura mudar seu próprio caráter de vida, então todos os seus esforços serão inúteis — essa é uma verdade inalterável!

Extraído de ‘O sucesso ou o fracasso dependem da senda que o homem percorre’ em “A Palavra manifesta em carne”

A busca da verdade é um problema prático e uma lição prática. Não podemos alcançar a compreensão da verdade ou colocar a verdade em prática confiando em nossa imaginação, pensamentos, noções ou fragmentos de conhecimento; não é assim tão fácil. O que é necessário é que paguemos realmente um preço e, em nossa vida cotidiana, tentemos realmente experimentar, buscar, contemplar, ter comunhão e trabalhar nisso; só então, pouco a pouco, conseguiremos alguma entrada e ganharemos algo com respeito às palavras de Deus e à verdade. Quando chegar o dia em que você entender o que é a verdade e qual é a sua essência, quando estiver ciente de que as palavras faladas por Deus encarnado são os princípios que devem ser realmente colocados em prática em tudo que encontramos e que elas são os objetivos e a direção de nossa vida, então, nesse momento, você verá quão significativo é tudo que Deus faz, e quão importante e valioso é o Deus encarnado para nós! O propósito por trás de tudo que Deus diz, cada passo da obra que Ele faz, cada declaração Sua, cada ação e cada movimento e todas as Suas ideias, pontos de vista e pensamentos servem para trazer a salvação para o homem; é para permitir que as pessoas sejam salvas. Nenhum deles é vazio; cada um deles é real e verdadeiro. Portanto, quer as pessoas venham da Era da Graça ou de entre os incrédulos, todas devem parar de sonhar; elas devem parar de acreditar em Deus através das lentes de sua imaginação e parar de viver nos pensamentos vazios de seu próprio idealismo. A obra real e verdadeira de Deus requer que a experimentemos de fato e verdadeiramente e que paguemos um preço; só então a verdade que alcançamos por meio da experiência se tornará a vida que ganhamos. Ao experimentar a obra de Deus, o que devemos ganhar mais que tudo é a verdade. Quando você tiver ganho a verdade, Deus terá um lugar no coração de você — que é precisamente o que Ele deseja alcançar. Uma vez que você compreender a verdade e estiver ciente do que ela é, depois que ela tiver se enraizado em seu coração e uma vez que você realmente tiver experimentado a verdade, então, no fundo, as palavras de Deus realmente terão se tornado sua vida. Este processo é real? É sim. Então, o que se espera que façamos nesse processo? Antes de tudo, devemos experimentar a realidade das palavras de Deus e entrar nela. Devemos estar cientes do que Ele deseja fazer em nós e dos resultados que deseja alcançar. Existem basicamente dois resultados que Deus deseja alcançar em nós: em primeiro lugar, fazer com que conheçamos a nós mesmos; e em segundo lugar, fazer com que conheçamos a Deus.

Extraído de ‘A importância de buscar a verdade e a senda de buscá-la’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Deus não está aí para ser crido pelo homem, mas amado, buscado e adorado por ele. Se você não buscar hoje, chegará o dia em que você dirá: “Naquele tempo, por que eu não segui a Deus de maneira apropriada, não O satisfiz de maneira apropriada, não busquei mudanças no meu caráter de vida? Como me arrependo de não ter sido capaz de me submeter a Deus naquele tempo e de não ter buscado o conhecimento da palavra de Deus. Deus disse tanto lá atrás; como pude não buscar? Fui tão estúpido!” Você odiará a si mesmo em alguma medida. Hoje, você não crê nas palavras que digo e não presta atenção nelas; quando chegar o dia de difundir essa obra e você perceber a totalidade dela, você se lamentará e, naquele tempo, você ficará perplexo. Há bênçãos, mas você não sabe como desfrutá-las, e há a verdade, mas você não a busca. Acaso você não está trazendo desprezo sobre si mesmo? Hoje, embora o próximo passo da obra de Deus ainda esteja por começar, nada há de excepcional no que se refere às demandas feitas a você e ao que se espera que você viva. Há tanta obra e tantas verdades; elas não são dignas de serem conhecidas por você? O castigo e o julgamento de Deus são incapazes de despertar seu espírito? O castigo e o julgamento de Deus são incapazes de fazer com que você se odeie? Você se contenta com viver sob a influência de Satanás, em paz e alegria e com um pouco de conforto carnal? Será que você não é a mais baixa de todas as pessoas? Ninguém é mais tolo do que aquelas que contemplaram a salvação, mas não buscam ganhá-la; são pessoas que se empanturram com a carne e se deliciam com Satanás. Você espera que sua fé em Deus não envolva quaisquer desafios ou tribulações nem a menor dificuldade. Você sempre busca coisas sem valor e não dá valor à vida; em vez disso, coloca seus pensamentos extravagantes acima da verdade. Você é tão inútil! Você vive como um porco — que diferença há entre você, porcos e cães? Os que não buscam a verdade e, em vez disso, amam a carne não são todos bestas? Os mortos sem espírito não são todos cadáveres ambulantes? Quantas palavras foram ditas no meio de vocês? Apenas uma pequena obra foi feita no meio de vocês? Quantas coisas Eu providenciei entre vocês? Então, por que você não as ganhou? Do que você pode se queixar? Não é o caso que você não ganhou nada porque está amando demais a carne? E não será porque seus pensamentos são exorbitantes? Não será porque você é estúpido demais? Se você é incapaz de ganhar essas bênçãos, você pode culpar Deus por não salvá-lo? O que você busca é ser capaz de ter paz depois de crer em Deus, que suas crianças estejam livres de doenças, que seu marido tenha um bom emprego, que seu filho encontre uma boa esposa, que sua filha encontre um marido decente, que seus bois e cavalos arem bem o solo, que tenha um ano de clima bom para suas colheitas. É isso que você busca. Sua busca visa tão somente viver com conforto, que nenhum acidente sobrevenha sua família, que os ventos passem ao largo, que sua face não seja tocada pela areia, que as colheitas de sua família não sejam inundadas, que você não seja atingido por nenhum desastre, em suma, você busca viver no abraço de Deus, viver em um ninho aconchegante. Um covarde como você que sempre busca a carne — você tem um coração, tem um espírito? Você não é uma besta? Eu lhe dou o caminho verdadeiro sem pedir nada em troca, mas você não busca. Você é mesmo alguém que crê em Deus? Eu lhe concedo vida humana real, mas você não busca. No que você se diferencia de um porco ou de um cão? Porcos não buscam a vida do homem, não buscam ser purificados e não entendem o que é vida. Todo dia, depois de comer sua porção, eles simplesmente dormem. Dei a você o caminho verdadeiro, mas você não o ganhou: você está de mãos vazias. Você está disposto a continuar nessa vida, na vida de um porco? Qual é o significado de tais pessoas estarem vivas? Sua vida é desprezível e ignóbil, você vive no meio da imundície e licenciosidade e não busca nenhum objetivo; acaso sua vida não é a mais ignóbil de todas? Você se atreveria a levantar os olhos para Deus? Se você continuar a experimentar desse modo, o que adquirirá além de nada? O caminho verdadeiro foi dado a você, mas ganhá-lo ou não depende, em última análise, da sua busca pessoal.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

O homem deve buscar viver uma vida com sentido e não deveria se contentar com suas circunstâncias atuais. Para viver a imagem de Pedro, ele precisa possuir o conhecimento e as experiências de Pedro. O homem deve buscar coisas que são mais elevadas e mais profundas. Ele deve buscar um amor mais profundo e mais puro por Deus e uma vida que tenha valor e sentido. Somente isso é vida; somente então o homem será igual a Pedro. Você deve concentrar-se em ser proativo para com sua entrada no lado positivo e não deve permitir de modo submisso que você retroceda em função de algum alívio momentâneo enquanto ignora verdades mais profundas, mais específicas e mais práticas. Seu amor tem de ser prático e você deve encontrar maneiras de libertar-se dessa vida depravada e despreocupada, que não se diferencia da vida de um animal. Você deve viver uma vida com sentido, uma vida de valor, e não deve enganar a si mesmo nem tratar sua vida como um brinquedo com que se brinque. Para quem aspira amar a Deus não existem verdades inalcançáveis nem justiça pela qual não possa se manter firme. Como você deve viver sua vida? Como deve amar a Deus e usar esse amor para satisfazer Seu desejo? Não existe assunto mais importante do que esse para a sua vida. Acima de tudo, você deve ter tais aspirações e perseverança, e não pode ser como aqueles que não têm espinha dorsal, que são fracotes. Você deve aprender a experimentar uma vida com sentido e experimentar verdades com sentido, e não deve tratar a si mesmo de modo superficial dessa maneira. Sua vida passará sem que você se dê conta; depois, você terá outra oportunidade de amar a Deus? O homem pode amar a Deus depois que estiver morto? Você deve ter as mesmas aspirações e a mesma consciência que Pedro; sua vida deve ter sentido e você não dever brincar consigo mesmo. Como um ser humano e como uma pessoa que busca a Deus, você deve ser capaz de considerar cuidadosamente como trata a sua vida, como deve se oferecer a Deus, como deve ter uma fé em Deus mais significativa e, já que você ama a Deus, você deveria amá-Lo de modo mais puro, mais belo e melhor. Hoje, você não pode se contentar apenas com a maneira como é conquistado, mas deve considerar também a senda que tomará no futuro. Você deve ter aspirações e a coragem de ser aperfeiçoado e não deve sempre pensar que é incapaz. A verdade tem seus favoritos? A verdade pode se opor às pessoas deliberadamente? Se você buscar a verdade, isso pode sobrecarregá-lo? Se você assumir uma posição firme pela justiça, isso o derrubará? Se verdadeiramente for sua aspiração buscar a vida, a vida pode escapar de você? Se você estiver sem a verdade, isso não é porque a verdade o ignora, mas porque você se mantém afastado da verdade; se você não conseguir se manter firme pela justiça, não é por que há algo de errado com a justiça, mas porque você acredita que ela não está alinhada com os fatos; se você não ganhou vida depois de buscá-la por muitos anos, isso não é porque a vida não tem consciência de você, mas porque você não tem consciência da vida e afugentou a vida; se você vive na luz e tem sido incapaz de ganhar a luz, não é porque a luz é incapaz de iluminar você, mas porque você não deu qualquer atenção à existência da luz, e, assim, a luz silenciosamente se afastou de você. Se você não buscar, só resta dizer que você é lixo sem valor, não tem coragem na sua vida e não tem espírito para resistir às forças das trevas. Você é fraco demais! Você é incapaz de escapar das forças de Satanás que o estão sitiando e apenas está disposto a levar esse tipo de vida segura e protegida e morrer na ignorância. O que você deve alcançar é sua busca por ser conquistado; esse é seu dever moral. Se você estiver contente por ter sido conquistado, você expulsa a existência da luz. Você deve sofrer dificuldades pela verdade, deve se entregar à verdade, deve suportar humilhação pela verdade e, para ganhar mais da verdade, você deve passar por mais sofrimento. É isso que você deve fazer. Você não deve jogar a verdade fora em favor de uma vida familiar pacífica nem deve perder a dignidade e integridade da sua vida por causa de um prazer momentâneo. Você deve buscar tudo que é belo e bom e buscar uma senda na vida que seja mais significativa. Se você levar uma vida tão vulgar e não buscar quaisquer objetivos, você não desperdiça a vida? O que você pode ganhar com uma vida assim? Você deve abandonar todos os prazeres da carne em favor da verdade e não deve jogar fora todas as verdades em favor de um pouco de prazer. Pessoas assim não têm integridade nem dignidade; sua existência não faz sentido!

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 21. Os princípios para experimentar a obra de Deus

Próximo: 23. Os princípios para buscar a compreensão da vontade de Deus

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro