64. Os princípios para destituir líderes e obreiros

(1) Líderes e obreiros que não fazem trabalho prático podem ser denunciados, destituídos e substituídos após a confirmação disso por várias pessoas que entendem a verdade;

(2) Líderes e obreiros desonestos e que violam gravemente os arranjos de trabalho devem ser denunciados, destituídos e substituídos após verificação acurada de terem feito isso;

(3) Um líder ou obreiro que comete uma transgressão ou exibe corrupção deve ser apoiado com amor. Se ele se recusar a aceitar a verdade, poderá ser denunciado, destituído e substituído;

(4) Se um líder ou obreiro cometer vários atos malignos e causar sofrimento a outros, ludibriando-os e acusando-os injustamente, ele deve ser destituído e denunciado, e seu afastamento deve ser decretado.

Palavras de Deus relevantes:

Qual é a atitude que as pessoas devem ter em termos de como tratar um líder ou obreiro? Se o que ele faz é certo, então você pode lhe obedecer; se o que ele faz é errado, então você pode expô-lo e até se opor a ele e expressar uma opinião diferente. Se ele for incapaz de fazer obra prática e revelar ser um falso líder, falso obreiro ou anticristo, então você pode se recusar a aceitar sua liderança e também pode denunciá-lo e expô-lo. Entretanto, alguns entre o povo escolhido de Deus não entendem a verdade e são especialmente covardes; então não ousam fazer nada. Eles dizem: “Se o líder me expulsar, para mim acabou; se ele fizer com que todos me exponham ou abandonem, então eu não serei mais capaz de crer em Deus. Se eu deixar a igreja, então Deus não vai me querer e não me salvará. A igreja representa Deus!”. Essas formas de pensar não afetam a atitude de tal pessoa em relação a essas coisas? Poderia realmente ser verdade que, se o líder o expulsar, você não pode mais ser salvo? A questão de sua salvação depende da atitude de seu líder em relação a você? Por que tantas pessoas têm tal grau de temor? Se, assim que alguém que é um falso líder ou anticristo o ameaça, você não ousa denunciar aos superiores e até garante que, dali em diante, você terá o mesmo modo de pensar que o líder, então você não está perdido? Esse é o tipo de pessoa que busca a verdade? Não só você não ousa expor tal comportamento perverso como pode ser cometido por anticristos satânicos, mas, ao contrário, você lhes obedece e até toma as palavras deles como verdade, às quais você se submete. Esse não é o epítome da estupidez? Então, quando você é prejudicado, isso não é o que você merece? Deus fez com que você fosse prejudicado? Você mesmo desejou isso para si mesmo. Você tomou um anticristo para que fosse seu líder e o tratou como se fosse um irmão ou irmã — e isso é culpa sua. Qual é a atitude com a qual se deve tratar um anticristo? Ele deve ser exposto e combatido. Se você não consegue fazer isso sozinho, então muitas pessoas devem se unir e denunciá-lo. Quando descobriram que certos líderes e obreiros em posições mais altas estavam trilhando a senda do anticristo, fazendo os irmãos e as irmãs sofrer, não fazendo um trabalho real e cobiçando os benefícios do status, algumas pessoas assinaram uma petição para remover esses anticristos. Que trabalho fantástico fizeram essas pessoas! Isso mostra que elas entendem a verdade, que possuem certa estatura e que não são nem controladas nem enganadas por Satanás. Isso prova também que anticristos e falsos líderes não detêm uma posição dominante na igreja, e não ousam mostrar seu ser verdadeiro de forma demasiadamente clara em qualquer coisa que digam ou façam. Se revelarem a si mesmos, há pessoas para monitorá-los, identificá-los e expulsá-los. Isto é, no coração das pessoas que genuinamente entendem a verdade, o status, o prestígio e a autoridade de uma pessoa não são coisas que imperam; todos aqueles que entendem a verdade são capazes de ter discernimento e de repensar e refletir sobre que senda as pessoas devem seguir em sua fé em Deus e também como devem tratar líderes e obreiros. Também começam a pensar sobre quem as pessoas devem seguir, quais comportamentos constituem seguir pessoas e quais comportamentos constituem seguir a Deus. Tendo ponderado essas verdades por vários anos e ouvido sermões muitas vezes, elas inconscientemente vêm a entender as verdades sobre crer em Deus, e assim ganharam alguma estatura. Elas se puseram na trilha certa de crer em Deus.

Extraído de ‘Eles excluem e atacam aqueles que buscam a verdade’ em “Expondo os anticristos”

Como os escolhidos de Deus devem tratar os anticristos? Eles devem identificá-los, expô-los, denunciá-los e expulsá-los. Não importa como um anticristo venha a ocupar uma posição de liderança, ele é, invariavelmente, alguém que resiste a Deus. Você não deve aceitar a liderança de um anticristo e também não deve reconhecê-lo como seu líder, pois o que ele faz não é conduzi-los para dentro das palavras de Deus; ele quer arrastá-lo para o inferno e puxá-lo ao longo da mesma senda dos anticristos que ele está trilhando. Ele faz com que você se una a ele em resistência a Deus e em perturbar e destruir a obra de Deus. Ele arrasta e puxa você para que você venha se revirar na lama com ele. Você consentirá com isso? Se consentir e se comprometer com ele, implorar por sua misericórdia ou for conquistado por ele, então você não terá dado testemunho e será uma pessoa que trai a verdade e a Deus — e tais pessoas não podem ser salvas. Quais são as condições que uma pessoa deve cumprir para receber a salvação? Em primeiro lugar, deve possuir a habilidade de identificar anticristos satânicos; deve ter esse aspecto da verdade. Apenas se possuir esse aspecto da verdade ela pode crer genuinamente em Deus e se abster de adorar ou seguir o homem; somente pessoas que conseguem identificar anticristos têm a habilidade de crer verdadeiramente em Deus, de segui-Lo e dar testemunho Dele. A fim de identificar anticristos, as pessoas devem aprender primeiro a ver pessoas e coisas com clareza e entendimento completos; devem ser capazes de perceber a essência dos anticristos e devem enxergar todas as suas conspirações, truques, motivações interiores e objetivos. Se consegue fazer isso, você consegue permanecer firme. Se você quiser obter salvação, então o primeiro teste pelo qual deve passar é aprender a derrotar Satanás e a vencer e triunfar sobre forças hostis e a interferência do mundo externo. Uma vez que você possui estatura e verdade suficiente para perseverar até o fim numa batalha contra as forças de Satanás e as derrotar, então — e somente então — você pode buscar a verdade continuamente, e somente então pode pisar firmemente e sem contratempo na senda de buscar a verdade e receber salvação. Se você não conseguir passar nesse teste, então pode-se dizer que está em grande perigo, e é suscetível a ser capturado por um anticristo e a vir a viver sob a influência de Satanás.

Extraído de ‘Eles excluem e atacam aqueles que buscam a verdade’ em “Expondo os anticristos”

Alguns anticristos, assim que têm status, insistem que os outros lhes sirvam o chá que bebem, que os outros lavem as roupas que usam e até que uma pessoa especial esfregue suas costas quando tomam banho e que outra os atenda quando comem. Pior ainda, alguns têm até um cardápio para cada uma das três refeições do dia, tomam suplementos de saúde adicionais e também querem que todos os tipos de sopas diferentes sejam preparados para eles. Os anticristos não têm vergonha? Não, não têm! Vocês diriam que é um tanto leniente simplesmente podar e lidar com tal tipo de pessoa? Podar e lidar com eles fará com que sintam vergonha? (Não, não fará.) É bem simples. Lidem com eles e os podem, depois os exponham. Digam-lhes o que eles são. Não importa se eles se submetem ou não, eles devem ser substituídos, e todos devem rejeitá-los.

Uma vez que tenham descoberto um anticristo, vocês podem rejeitá-lo? Vocês ousam se levantar e denunciá-lo, expô-lo? (Sim.) Vocês realmente ousam ou é apenas fingimento? Quando tiver outros que o apoiem, você ousará se levantar e expô-lo; mas sem apoio, ainda assim você ousará expô-lo? É seguro onde você está agora, não há nenhum grande dragão vermelho reinando aí, então você pensa: “O que tenho a temer? Ele nada mais é do que um anticristo. O povo escolhido de Deus tem a Sua comissão, portanto ouso expor o anticristo e não tenho medo”. No entanto, é diferente no país do grande dragão vermelho. Se você expuser um anticristo e ele perder seu status, ele procurará punir você e cairá matando, vai trai-lo e entregá-lo nas mãos das autoridades. Ainda assim você ousaria expô-lo? (Não, não ousaríamos.) Nesse ambiente, você não ousaria. Então, não ousar é a atitude correta? Não é correta e não é testemunho. Essas não são palavras que um vencedor ou um seguidor de Deus deveria dizer. Mesmo que você não diga nada, seu coração clama sem parar: “Seu anticristo, seu diabo Satanás, eu o exporei. Usarei sabedoria para rejeitá-lo, expulsá-lo da igreja. Você não é digno de residir na casa de Deus, você é um diabo, é Satanás! Mesmo que eu não o exponha publicamente, eu o rejeito do fundo do meu coração. Procurarei muitos irmãos e irmãs que entendem a verdade, e juntos nós o rejeitaremos. Não aceitaremos sua liderança nem sua manipulação”. Isso é o certo? (Sim.) O ambiente pode ser adverso, e agir dessa maneira pode colocar você em risco, mas a comissão de Deus, a verdade-princípio e o dever do homem não podem ser renunciados nem abandonados. Quanto àqueles anticristos que desfrutam de privilégios, que descaradamente desfrutam dos benefícios do status — nós devemos rejeitá-los, não podemos permitir que se tornem parasitas na casa de Deus, que prejudiquem ou enganem mais irmãos e irmãs. Devemos expulsá-los. Os recursos da casa de Deus não são para a alimentação desses parasitas. Eles não são dignos de comer dentro da casa de Deus, não são dignos de desfrutar de qualquer coisa na casa de Deus, pois são diabos. Merecem ser rejeitados. Essa é outra manifestação do anticristo — o desfrute desenvergonhado de privilégios. Sem contribuir com nada, eles tomam o poder assim que alcançam uma posição de liderança. Uma vez feitos líderes, desfrutam dos benefícios de seu status e obrigam os irmãos e irmãs a preparar e comprar comida deliciosa para eles, se apropriam dos frutos de sua labuta e desapropriam sua propriedade. Para eles, é algo lógico, uma oportunidade impagável, uma chance que não voltará. Não é assim que pensa um diabo? Que pensamento sem vergonha é esse. Esse tipo de pessoa deve ser tratado e podado, exposto e rejeitado pelos irmãos e irmãs.

Extraído de ‘Eles não aceitam tratamento e poda nem têm uma atitude de arrependimento quando cometem algum erro; em vez disso, espalham noções e publicamente julgam Deus’ em “Expondo os anticristos”

Quando você descobre que alguém é um anticristo, Eu lhe digo, se você acha que ele tem grande poder e que, se você o expuser, você pode ser expurgado, isolado ou ter seus livros das palavras de Deus confiscados, não bata de frente com ele. Você deve pensar prontamente em maneiras de expô-lo, denunciá-lo e renunciar a ele, enquanto guarda seus livros, sem romper seu contato com a igreja. Não o confronte diretamente. Seria inútil argumentar com ele, seria inútil tentar reformá-lo por meio do amor e seria inútil comungar sobre a verdade com ele. Você não pode mudá-lo. Visto que você não pode mudá-lo, seu melhor curso é evitar qualquer conversa pessoal e qualquer tentativa de argumentar com ele, com a expectativa de que ele se arrependerá. Ao contrário, exponha-o e denuncie-o de modo que ele não fique sabendo. Deixe que seus superiores lidem com ele ou reúna mais pessoas para expô-lo, denunciá-lo e renunciar a ele, fazendo, assim, com que a igreja o ponha de lado. Essa não é uma boa maneira de lidar com isso? Se você reconhecer um anticristo e ele tentar extrair seus pensamentos íntimos e ver se você o identificou, o que você vai fazer? Você deve enxergar o truque do diabo Satanás; você não pode cair na armadilha ou no buraco que ele cavou para você. Confrontado com o diabo Satanás, você precisa ser sábio. Você não deve falar sinceramente com ele. Aqueles com os quais você pode falar sinceramente são Deus e seus verdadeiros irmãos e irmãs, por isso você não pode nunca contar a verdade a Satanás, aos diabos ou aos anticristos. Somente Deus é digno de saber o que você pensa em seu coração; somente Deus é digno de soberania e escrutínio sobre o seu coração. Ninguém, muito menos o diabo Satanás, é qualificado para controlar seus pensamentos ou escrutinizar seu coração. Portanto, caso o diabo Satanás tente extrair suas palavras sinceras, você tem o direito de dizer “não”, de se recusar a responder, de não lhe dizer o que está pensando. Esse é um direito seu. Se você disser: “Você, diabo — tente extrair palavras de mim, mas eu não lhe direi a verdade; não lhe direi. Eu denunciarei você; e aí? Se você ousar se vingar de mim, eu o denunciarei. Se você se vingar de mim, Deus o amaldiçoará e punirá”, isso vai bastar? (Não.) A Bíblia diz: “sede prudentes como as serpentes e simples como as pombas” (Mateus 10:16). Em momentos como esse, você deve ser prudente como as serpentes e deve ser sábio. Devemos permitir que apenas Deus escrutinize nosso coração e devemos permitir que apenas Ele o ocupe. Devemos dar nosso coração apenas a Deus; somente Ele é digno de possuir nosso coração — Satanás, o diabo, não é! Portanto, os anticristos não são qualificados para saber como ou o que pensamos. Eles tentam extrair palavras de você, sondá-lo. O propósito deles é controlar você. Você precisa enxergar isso com clareza. Portanto, não seja sincero com um anticristo. Você tem que dar um jeito de se juntar com mais dos seus irmãos e irmãs para expô-lo, abandoná-lo e derrubá-lo do cargo. Jamais permita que ele prevaleça. Exclua-o da igreja e não lhe dê mais chance de causar perturbação ou exercer poder na casa de Deus.

Extraído de ‘Eles tratam a casa de Deus como seu império pessoal’ em “Expondo os anticristos”

Anterior: 63. Os princípios para eleger líderes e obreiros

Próximo: 65. Os princípios para assumir responsabilidade e renunciar

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro