40. Os princípios para alcançar a salvação de Deus

(1) É necessário aceitar o julgamento e o castigo de Deus, Sua poda e Seu tratamento, Suas provações e Seu refinamento e conhecer Seu caráter justo, suscitando a reverência a Deus em seu coração;

(2) É necessário ser capaz de aceitar a verdade conforme você come e bebe das palavras de Deus e praticar a verdade, ganhando assim a obra do Espírito Santo, chegando a entender a verdade e entrar na realidade;

(3) É necessário estabelecer um relacionamento normal com Deus. Seja capaz de orar a Ele e ter comunhão com Ele em Suas palavras e torná-Lo primordial no seu coração, onde Ele reina como Rei;

(4) Seja capaz de discernir falsos líderes, anticristos e todo tipo de heresia e falácia e torne-se capaz de se submeter e testemunhar a Cristo. Somente fazendo isso se pode ser salvo.

Palavras de Deus relevantes:

A obra dos últimos dias é proferir palavras. Grandes mudanças podem ser efetuadas no homem por meio das palavras. As mudanças ora efetuadas nessas pessoas, na aceitação dessas palavras, são muito maiores do que as efetuadas nas pessoas na aceitação dos sinais e maravilhas da Era da Graça. Pois, na Era da Graça, os demônios eram expulsos do homem com a imposição das mãos e pela oração, mas os caracteres corruptos dentro do homem ainda permaneciam. O homem foi curado de sua doença e teve seus pecados perdoados, mas quanto a como exatamente o homem seria purificado dos caracteres satânicos corruptos dentro dele, essa obra ainda estava por ser feita. O homem foi apenas salvo e teve seus pecados perdoados por sua fé, mas a natureza pecaminosa do homem não foi extirpada e ainda permaneceu dentro dele. Os pecados do homem foram perdoados por meio da agência do Deus encarnado, mas isso não significou que o homem não tivesse mais pecado dentro de si. Os pecados do homem podiam ser perdoados através da oferta pelo pecado, mas quanto a como exatamente se pode fazer o homem não pecar mais, e como sua natureza pecaminosa pode ser extirpada completamente e transformada, ele não tem como resolver esse problema. Os pecados do homem foram perdoados, e isso foi por causa da obra da crucificação de Deus, mas o homem continuou a viver no seu caráter satânico corrupto antigo. Sendo assim, o homem deve ser completamente salvo de seu caráter satânico corrupto para que a natureza pecaminosa do homem seja completamente extirpada para nunca mais se desenvolver, permitindo, assim, que o caráter do homem seja transformado. Isso requer que o homem entenda a senda do crescimento na vida, entenda o caminho da vida e entenda o caminho para mudar seu caráter. Além disso, requer que o homem aja de acordo com essa senda, para que o caráter do homem possa ser mudado paulatinamente e que ele possa viver sob o brilho da luz, para que tudo o que ele faça esteja de acordo com a vontade de Deus, para que ele possa eliminar o seu caráter satânico corrupto e para que possa libertar-se da influência das trevas de Satanás, emergindo, assim, completamente do pecado. Só então o homem receberá a salvação completa. Quando Jesus estava fazendo Sua obra, o conhecimento do homem sobre Ele ainda era vago e obscuro. O homem sempre acreditou que Ele era o filho de Davi e proclamou que Ele era um grande profeta, o benevolente Senhor que redimiu os pecados do homem. Alguns, na força de sua fé, foram curados só por tocar a borda de Suas vestes; o cego podia enxergar e até mesmo os mortos podiam ser trazidos de volta à vida. No entanto, o homem era incapaz de descobrir o caráter satânico corrupto profundamente enraizado dentro de si mesmo, nem sabia como eliminá-lo. O homem recebeu muita graça, tal como a paz e a felicidade da carne, a fé de um membro trazendo a bênção para toda uma família, a cura de doenças, e assim por diante. O restante foram as boas ações do homem e sua aparência piedosa; se alguém fosse capaz de viver baseado nisso, ele seria considerado um crente aceitável. Somente crentes desse tipo poderiam entrar no Céu após a morte, o que significava que eram salvos. Mas, durante o tempo de sua vida, não entenderam nada do caminho da vida. Tudo o que faziam era cometer pecados e então confessá-los em um ciclo constante, sem nenhuma senda para mudar seu caráter: tal era a condição do homem na Era da Graça. O homem recebeu a salvação completa? Não! Portanto, depois da conclusão desse estágio, ainda restava a obra de julgamento e castigo. Esse estágio é para tornar o homem puro por meio da palavra e, desse modo, dar ao homem uma senda para seguir. Esse estágio não seria frutífero ou significativo se continuasse com a expulsão de demônios, pois falharia em extirpar a natureza pecaminosa do homem, e o homem chegaria a uma paralização no perdão dos pecados. Através da oferta pelo pecado, o homem foi perdoado por seus pecados, pois a obra da crucificação já chegou ao fim e Deus prevaleceu sobre Satanás. Mas o caráter corrupto do homem ainda permanece dentro dele, o homem ainda pode pecar e resistir a Deus, e Deus não ganhou a humanidade. É por isso que neste estágio da obra, Deus utiliza a palavra para revelar o caráter corrupto do homem e fazer com que ele pratique de acordo com a senda correta. Este estágio é mais significativo do que o anterior e mais frutífero também, pois agora é a palavra que supre diretamente a vida do homem e permite que o caráter do homem seja completamente renovado; é uma etapa mais completa de obra. Portanto, a encarnação nos últimos dias completou o significado da encarnação de Deus e concluiu por completo o plano de gerenciamento de Deus para a salvação do homem.

Extraído de ‘O mistério da encarnação (4)’ em “A Palavra manifesta em carne”

O significado da crença em Deus é o de ser salvo, o que, então, significa ser salvo? “Ser salvo”, “livrar-se da influência sombria de Satanás” — as pessoas falam sobre esses temas com frequência, mas não sabem o que significa ser salvo. O que significa ser salvo? Isso se relaciona à vontade de Deus. Em palavras simples, ser salvo significa que você pode continuar vivendo, e que é trazido de volta à vida. Então, antes disso, você está morto? Você pode falar e pode respirar, então como podem dizer que você está morto? (O espírito está morto.) Por que se diz que as pessoas estão mortas se o espírito delas está morto? Qual é a base para se dizer isso? Sob o império de quem as pessoas vivem antes de terem obtido a salvação? (Sob o império de Satanás.) E com que as pessoas contam para viver sob o império de Satanás? Contam com sua natureza satânica e caracteres corruptos para viver. Quando uma pessoa vive segundo essas coisas, seu ser inteiro — sua carne e todos os outros aspectos, como sua alma e seu pensamento — está vivo ou morto? Do ponto de vista de Deus, ele está morto. Aparentemente, você parece estar respirando e pensando, mas tudo em que você está constantemente pensando é maligno; você pensa em coisas que desafiam a Deus e se rebelam contra Deus, coisas que Deus detesta, odeia e condena. Aos olhos de Deus, todas essas coisas não só pertencem à carne, mas também pertencem inteiramente a Satanás e aos diabos. Então o que são pessoas aos olhos de Deus? São humanas? Não, não são. Deus as vê como diabos, como animais e como satanases, satanases vivos! As pessoas vivem pelas coisas e pela essência de Satanás e, aos olhos de Deus, elas mesmas são satanases vivos revestidos de carne humana. Deus define essas pessoas como cadáveres ambulantes; como pessoas mortas. Deus faz a Sua obra de salvação atual para abranger tais pessoas — esses cadáveres ambulantes que vivem segundo seus caracteres satânicos corruptos e segundo sua essência satânica corrupta — Ele pega essas tais pessoas mortas e as transforma em vivas. É isso o que significa ser salvo.

O objetivo de acreditar em Deus é alcançar a salvação. Ser salvo significa que você passa de uma pessoa morta para uma pessoa viva. A implicação disso é que sua respiração é revivida e você está vivo; você é capaz de conhecer Deus e é capaz de curvar-se para adorá-Lo. Em seu coração, você não tem mais resistência a Deus; você não O desafia mais, não O ataca mais, nem se rebela contra Ele. Só pessoas como essas estão genuinamente vivas aos olhos de Deus. Se alguém disser apenas que reconhece Deus, então ela está entre os vivos ou não? (Não, não está.) Então, que tipo de pessoas são os vivos? Que espécie de realidade os vivos possuem? No mínimo, os vivos podem falar uma linguagem humana. O que é isso? Significa que as palavras que proferem envolvem ideias, pensamentos e discernimento. Sobre que coisas os vivos pensam e o que fazem com frequência? São capazes de se engajar em atividades humanas e de cumprir seus deveres. Qual é a natureza do que eles fazem e dizem? É que tudo que eles revelam, tudo que pensam e tudo que fazem é feito com a natureza de temer a Deus e evitar o mal. Colocando mais apropriadamente, como um dos vivos, todos os seus atos e pensamentos não são condenados por Deus nem detestados e rejeitados por Deus; ao contrário, são aprovados e elogiados por Deus. É isso que os vivos fazem e também é o que os vivos deveriam fazer.

Extraído de ‘Só sendo verdadeiramente obediente pode-se ter fé verdadeira’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

Se as pessoas desejam se tornar seres vivos, dar testemunho de Deus e ser aprovadas por Deus, então devem aceitar a salvação de Deus; devem se submeter de bom grado a Seu julgamento e castigo, aceitar de bom grado a poda e o tratamento por Deus. Só então elas serão capazes de colocar em prática todas as verdades exigidas por Deus, só então ganharão a salvação de Deus e realmente se tornarão seres vivos. Os vivos são salvos por Deus; foram julgados e castigados por Deus, estão dispostos a se devotar e ficam felizes em oferecer sua vida por Deus, e de bom grado dedicariam sua vida inteira a Deus. Apenas quando os vivos dão testemunho de Deus é que Satanás pode ser envergonhado; apenas os vivos podem espalhar a obra do evangelho de Deus, apenas os vivos são segundo o coração de Deus e apenas os vivos são pessoas reais. Originalmente, o homem criado por Deus estava vivo, mas, por causa da corrupção de Satanás, o homem vive em meio à morte, vive sob a influência de Satanás, e, dessa maneira, as pessoas se tornaram os mortos sem espírito, se tornaram inimigos que se opõem a Deus, se tornaram as ferramentas de Satanás, se tornaram os prisioneiros de Satanás. Todas as pessoas vivas criadas por Deus se tornaram pessoas mortas, e assim Deus perdeu Seu testemunho, perdeu a humanidade que Ele criou e que é a única coisa que tem o Seu sopro. Se Deus for recuperar Seu testemunho e recuperar aqueles que foram criados por Sua própria mão, mas que foram levados cativos por Satanás, então Ele deve ressuscitá-los para que se tornem seres vivos e deve reivindicá-los para que vivam em Sua luz. Os mortos são aqueles que não têm espírito, aqueles que estão entorpecidos ao extremo e que se opõem a Deus. Eles são, sobretudo, os que não conhecem Deus. Essas pessoas não têm a menor intenção de obedecer a Deus; elas só se rebelam contra Ele, se opõem a Ele e não têm a menor lealdade. Os vivos são aqueles cujo espírito renasceu, que sabem obedecer a Deus e que são leais a Deus. Eles possuem a verdade e o testemunho, e somente essas pessoas são agradáveis a Deus em Sua casa.

Extraído de ‘Você é alguém que veio para a vida?’ em “A Palavra manifesta em carne”

Na sua fé, se as pessoas desejam alcançar a salvação, o cerne da questão é se elas temem a Deus e se Ele tem um lugar no coração delas. Se seu coração for incapaz de viver diante Dele ou se não existir um relacionamento normal entre você e Deus, você nunca será salvo. Sua senda para a salvação será bloqueada; você terá alcançado um beco sem saída. Sua crença em Deus será inútil se existir apenas no nome, e não importa quanta doutrina você é capaz de falar, quanto sofreu ou quão grandes são os seus dons naturais. Deus dirá: “Afaste-se de Mim, seu malfeitor”. Você terá sido classificado como um malfeitor. Você não tem nenhuma conexão com Deus; Ele não é seu Governante, Ele não é seu Criador, Ele não é seu Deus, Ele não é Aquele que você adora, e Ele não é Aquele que você segue. Você segue a Satanás e demônios. Você é seu próprio senhor. Em última instância, pessoas como você serão eliminadas, detestadas, rejeitadas e punidas por Deus. Ele não salva pessoas assim. Somente quando as pessoas aceitam que Deus é seu Senhor e Governante, somente quando aceitam que Ele é a verdade e a fonte do caminho e da vida do homem, e somente quando tudo o que fazem e a senda que trilham estão conectados à verdade, a Deus, à submissão a Ele e a seguir Seu caminho — somente então elas serão salvas. Caso contrário, serão condenadas por Deus. É correto as pessoas terem a esperança de apenas serem sortudas? É correto elas sempre se agarrarem às próprias noções? É correto se apegarem constantemente a imaginações vagas e abstratas? (Não.) Não pense que você pode simplesmente ter sorte; se você quer alcançar salvação em sua fé em Deus, não existe outra senda a seguir. […]

O que o exalta após ter ouvido esses sermões não importa; no fim das contas, a única senda correta é a senda que o leva a temer a Deus e a evitar o mal. Se você acredita em Deus, mas sua fé nada tem a ver com Ele, se Ele não é seu Senhor nem seu Criador, se você não aceita que Ele é o Governador de seu destino, se você não se submete a tudo que Ele estabeleceu para você, se você não aceita o fato de que Ele é a verdade, então seu sonho de ser salvo está em farrapos. Se você trilha essa senda, você está na senda da destruição. Suponhamos que aquilo em que você se concentra, aquilo que você busca, aquilo pelo que você ora e suplica a cada dia lhe dê um senso cada vez maior de que você deve se submeter ao Criador, de que Deus é seu Senhor. E suponhamos que você aceite e obedeça alegremente à Sua soberania e orquestração para você, submetendo-se ao que Deus arranja para você com uma alegria cada vez maior, seu estado se tornando cada vez mais normal, seu relacionamento com Deus se tornando cada vez mais íntimo e seu amor por Ele se tornando cada vez mais puro, e que, então, você tenha cada vez menos desejos, queixas e equívocos extravagantes em relação a Deus, que cometa cada vez menos males, evitando-os cada vez mais, e que seu temor de Deus se torne cada vez mais genuíno. O que isso significaria? Significaria que você colocou o pé na senda da salvação.

Extraído de ‘Somente vivendo diante de Deus o tempo todo você pode trilhar a senda da salvação’ em “Registros das falas de Cristo dos últimos dias”

A carne do homem é de Satanás, está cheia de caráter rebelde, é deploravelmente imunda e é algo impuro. As pessoas cobiçam demais o desfrutar da carne e há manifestações excessivas da carne; é por isso que Deus despreza a carne do homem até certo ponto. Quando as pessoas se livram das coisas satânicas imundas e corruptas, elas ganham a salvação de Deus. Mas se elas ainda não se despiram da imundície e da corrupção, então elas ainda estão vivendo sob o império de Satanás. A conivência, o engano e a desonestidade das pessoas são todas coisas de Satanás. A sua salvação por Deus é para libertar você dessas coisas de Satanás. A obra de Deus não pode estar errada; tudo é feito para salvar as pessoas das trevas. Quando você tiver crido até um certo ponto e conseguir se despir da corrupção da carne, e você não estiver mais algemado por essa corrupção, você não terá sido salvo? Quando você vive sob o império de Satanás você é incapaz de manifestar Deus, você é algo imundo e não pode receber a herança de Deus. Quando você tiver sido purificado e aperfeiçoado, você será santo, você será uma pessoa normal e você terá sido abençoado por Deus e será um prazer para Deus.

Extraído de ‘Prática (2)’ em “A Palavra manifesta em carne”

O homem vive em meio à carne, o que significa que ele vive em um inferno humano, e, sem o julgamento e castigo de Deus, o homem é tão imundo quanto Satanás. Como o homem poderia ser santo? Pedro acreditava que o castigo e o julgamento por Deus eram a melhor proteção e a maior graça do homem. Somente através do castigo e julgamento de Deus o homem poderia despertar e odiar a carne, odiar Satanás. A disciplina estrita de Deus liberta o homem da influência de Satanás, o livra do seu próprio mundinho e lhe permite viver na luz da presença de Deus. Não há melhor salvação do que castigo e julgamento! Pedro orou: “Ó Deus! Enquanto Tu me castigares e julgares, saberei que não me abandonaste. Mesmo que não me dês alegria ou paz e me faças viver em sofrimento e me inflijas incontáveis castigos, enquanto não me deixares, meu coração estará tranquilo. Hoje, Teu castigo e julgamento tornaram-se minha melhor proteção e minha maior bênção. A graça que me dás me protege. A graça que Tu me concedes hoje é a manifestação de Teu caráter justo, e é castigo e julgamento; além disso, é uma provação e, mais do que isso, é uma vida de sofrimento”. Pedro foi capaz de deixar de lado os prazeres da carne e buscar um amor mais profundo e uma proteção maior, porque tinha ganho tanto pelo castigo e julgamento de Deus. Se o homem desejar ser purificado em sua vida e obter mudanças em seu caráter, se desejar viver uma vida com sentido e cumprir seu dever como criatura, ele precisará aceitar o castigo e o julgamento de Deus e não poderá permitir que a disciplina de Deus e os golpes de Deus se afastem dele, para que ele possa se livrar da manipulação e influência de Satanás e viver na luz de Deus. Saiba que o castigo e o julgamento de Deus são a luz, a luz da salvação do homem, e que não há maior bênção, graça ou proteção para ele. O homem vive sob a influência de Satanás e existe na carne; se não for purificado e não receber a proteção de Deus, o homem ficará cada vez mais depravado. Se quiser amar a Deus, ele deve ser purificado e salvo.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Tudo o que Deus faz é necessário, e possui um significado extraordinário, pois tudo o que Ele faz no homem diz respeito ao Seu gerenciamento e a salvação da humanidade. Naturalmente, a obra que Deus fez em Jó não é diferente, apesar de Jó ser perfeito e reto aos olhos de Deus. Em outras palavras, independentemente do que Deus faz ou dos meios pelos quais Ele o faz, independentemente do custo, independentemente do Seu objetivo, o propósito de Suas ações não muda. Seu propósito é operar as palavras de Deus no homem, como também os requisitos e a vontade de Deus para o homem; em outras palavras, é operar no homem tudo o que Deus acredita ser positivo de acordo com Seus passos, capacitando o homem a entender o coração de Deus e compreender a essência de Deus, permitindo ao homem obedecer à soberania e aos arranjos de Deus, permitindo assim que o homem alcance o temor de Deus e evite o mal — tudo isso é um aspecto do propósito de Deus em tudo que Ele faz. O outro aspecto é que, porque Satanás é o contraste e objeto de serviço na obra de Deus, o homem é frequentemente entregue a Satanás; esse é o meio que Deus usa para permitir que as pessoas vejam nas tentações e nos ataques de Satanás a maldade, a fealdade e o desprezo de Satanás, fazendo com que as pessoas odeiem Satanás e sejam capazes de conhecer e reconhecer o que é negativo. Esse processo permite que elas gradualmente se libertem do controle de Satanás e das acusações, interferência e ataques — até que, graças às palavras de Deus, seu conhecimento e obediência a Deus, e sua fé em Deus e temor Dele triunfem sobre os ataques e as acusações de Satanás; somente então elas serão completamente libertas do império de Satanás. A libertação das pessoas significa que Satanás foi derrotado, significa que elas não são mais o alimento na boca de Satanás — em vez de engoli-las, Satanás renunciou a elas. Isso ocorre porque tais pessoas são retas, porque elas têm fé, obediência e temor a Deus, e porque elas rompem completamente com Satanás. Elas envergonham a Satanás, fazem de Satanás um covarde e derrotam completamente a Satanás. A convicção delas em seguir a Deus e obediência e temor a Deus derrotam Satanás e fazem com que Satanás desista completamente delas. Somente pessoas como essas foram verdadeiramente ganhas por Deus, e esse é o objetivo final de Deus ao salvar o homem. Se desejam ser salvos, e desejam ser completamente ganhos por Deus, então todos aqueles que seguem a Deus devem enfrentar tentações e ataques tanto grandes como pequenos da parte de Satanás. Aqueles que emergem dessas tentações e ataques são capazes de derrotar completamente Satanás são aqueles que foram salvos por Deus. Isso significa que aqueles que foram salvos para Deus são aqueles que passaram pelas provações de Deus e que foram tentados e atacados por Satanás por um número incontável de vezes. Aqueles que foram salvos para Deus entendem a vontade e os requisitos de Deus, e são capazes de concordar com a soberania e os arranjos de Deus, e não abandonam o caminho de temer a Deus e evitar o mal em meio às tentações de Satanás. Aqueles que são salvos para Deus possuem honestidade, são bondosos, diferenciam entre amor e ódio, têm senso de justiça e são racionais, e são capazes de se preocupar com Deus e valorizar tudo o que é de Deus. Tais pessoas não são amarradas, espiadas, acusadas ou abusadas por Satanás; elas estão completamente livres, elas foram completamente liberadas e libertadas. Jó era tal homem de liberdade, e esse é exatamente o significado de por que Deus o entregou a Satanás.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

A fé, a obediência e o testemunho de Jó para vencer Satanás têm sido uma fonte de grande ajuda e encorajamento para as pessoas. Em Jó, elas veem a esperança de sua própria salvação e veem que, pela fé, obediência e temor a Deus, é inteiramente possível derrotar Satanás e prevalecer sobre Satanás. Elas veem que, desde que concordem com a soberania e arranjos de Deus e desde que e possuam a determinação e fé de não abandonar a Deus depois de terem perdido tudo, então elas podem envergonhar e derrotar Satanás, e veem que precisam somente possuir a determinação e perseverança para permanecer firmes em seu testemunho — mesmo que isso signifique perder a vida — para que Satanás seja intimidado e bata rapidamente em retirada. O testemunho de Jó é uma advertência às gerações posteriores, e essa advertência diz-lhes que, se não derrotarem a Satanás, nunca poderão livrar-se das acusações e da interferência de Satanás, nem poderão escapar do abuso e dos ataques de Satanás. O testemunho de Jó esclareceu as gerações posteriores. Esse esclarecimento ensina às pessoas que, somente se elas forem perfeitas e corretas, serão capazes de temer a Deus e se desviar do mal; ensina-lhes que, somente se eles temerem a Deus e se desviarem do mal, elas poderão dar testemunho forte e retumbante de Deus; somente se derem um testemunho forte e retumbante de Deus, nunca poderão ser controlados por Satanás e viver sob a orientação e proteção de Deus — somente então terão sido verdadeiramente salvas. A personalidade de Jó e a busca de sua vida devem ser imitadas por todos que buscam a salvação. Aquilo que ele viveu durante toda sua vida e sua conduta durante suas provações é um tesouro precioso para todos aqueles que buscam o caminho de temer a Deus e evitar o mal.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quando as pessoas ainda precisam ser salvas, suas vidas são frequentemente perturbadas e até mesmo controladas por Satanás. Em outras palavras, pessoas que não foram salvas são prisioneiras de Satanás, elas não têm liberdade, elas não foram renunciadas por Satanás, elas não estão qualificadas ou têm o direito de adorar a Deus, e elas são perseguidas de perto e violentamente atacadas por Satanás. Essas pessoas não têm felicidade de que falar, não têm direito a uma existência normal de que falar e, além disso, não têm dignidade de que falar. Somente se você se levantar e lutar contra Satanás, usando sua fé em Deus e obediência e temor a Deus como armas para lutar uma batalha de vida ou morte com Satanás, de modo que você derrote completamente a Satanás e o faça se retirar e virar um covarde sempre que o vir, de modo que ele abandone completamente seus ataques e acusações contra você — somente então você será salvo e liberto. Se você está determinado a romper totalmente com Satanás, mas não está equipado com as armas que o ajudarão a derrotar Satanás, então você ainda estará em perigo; conforme o tempo passa, quando você tiver sido tão torturado por Satanás que não haja uma gota de força em você, no entanto, você ainda não for capaz de dar testemunho, ainda não se libertou completamente das acusações e ataques de Satanás contra você, então você terá pouca esperança de salvação. No final, quando a conclusão da obra de Deus for proclamada, você ainda estará nas garras de Satanás, incapaz de se libertar, e assim você nunca terá uma chance ou esperança. A implicação, então, é que tais pessoas estarão completamente no cativeiro de Satanás.

Extraído de ‘A obra de Deus, o caráter de Deus e o Próprio Deus II’ em “A Palavra manifesta em carne”

Quais são as condições que uma pessoa deve cumprir para receber a salvação? Em primeiro lugar, deve possuir a habilidade de identificar anticristos satânicos; deve ter esse aspecto da verdade. Apenas se possuir esse aspecto da verdade ela pode crer genuinamente em Deus e se abster de adorar ou seguir o homem; somente pessoas que conseguem identificar anticristos têm a habilidade de crer verdadeiramente em Deus, de segui-Lo e dar testemunho Dele. A fim de identificar anticristos, as pessoas devem aprender primeiro a ver pessoas e coisas com clareza e entendimento completos; devem ser capazes de perceber a essência dos anticristos e devem enxergar todas as suas conspirações, truques, motivações interiores e objetivos. Se consegue fazer isso, você consegue permanecer firme. Se você quiser obter salvação, então o primeiro teste pelo qual deve passar é aprender a derrotar Satanás e a vencer e triunfar sobre forças hostis e a interferência do mundo externo. Uma vez que você possui estatura e verdade suficiente para perseverar até o fim numa batalha contra as forças de Satanás e as derrotar, então — e somente então — você pode buscar a verdade continuamente, e somente então pode pisar firmemente e sem contratempo na senda de buscar a verdade e receber salvação. Se você não conseguir passar nesse teste, então pode-se dizer que está em grande perigo, e é suscetível a ser capturado por um anticristo e a vir a viver sob a influência de Satanás. É possível que, atualmente, existam alguns entre vocês que impedem e fazem tropeçar as pessoas que estão buscando a verdade, e são inimigos dessas pessoas. Vocês aceitam isso? Existem aqueles que não ousam encarar esse fato nem ousam aceitá-lo como fato. Na verdade, essas coisas realmente existem na igreja. Se você não passar nesse teste — o teste dos anticristos — e, em vez disso, for golpeado por eles e contra-atacado, empurrado para o grupo B ou expulso, então, no fim das contas, sua pequena vida miserável não resistirá por muito tempo e murchará; você deixará de ter fé em Deus e O abandonará, dizendo: “Deus nem é justo; onde está Deus? Não há justiça nem luz neste mundo, e não existe tal coisa como a salvação da humanidade por Deus. Podemos igualmente passar nossos dias indo trabalhar e ganhando dinheiro!”. Você nega a Deus e não acredita mais que Ele existe; qualquer esperança de que você obterá salvação se foi completamente. Então, se você quiser chegar aonde a salvação possa ser concedida a você, o primeiro teste no qual deverá passar é aquele de ser capaz de enxergar Satanás, e você também deve ter a coragem de se levantar e expor e abandonar Satanás. Onde, então, está Satanás? Satanás está ao seu lado e em toda a sua volta; ele pode até estar vivendo dentro do seu coração. Se você estiver vivendo dentro do caráter de Satanás, pode-se dizer que você pertence a Satanás. Você não pode ver nem tocar o Satanás do reino espiritual, mas o Satanás que existe na vida prática está por toda parte. Qualquer pessoa que detesta a verdade é maligna, e qualquer líder ou obreiro que não aceita a verdade é um anticristo e uma pessoa maligna. Tais pessoas não são satãs vivos? Essas pessoas podem ser justamente aquelas que você adora e admira; podem ser as pessoas que lideram você ou as pessoas que você tem ansiado, admirado, em quem você tem confiado e se apoiado em seu coração. Na verdade, porém, elas são barreiras que obstruem seu caminho e o impedem de obter salvação; são anticristos. Elas podem assumir o controle sobre sua vida e a senda que você trilha, e podem arruinar sua chance de receber salvação. Se não as identificar e enxergar, então, a qualquer momento, você pode cair em suas armadilhas ou ser capturado e levado por elas. Por isso, você se encontra em grande perigo.

Extraído de ‘Eles excluem e atacam aqueles que buscam a verdade’ em “Expondo os anticristos”

Depois de corrompido por Satanás, o homem se tornou uma besta. Seus pensamentos se encheram de maldade e imundície, desprovidos de bondade e santidade. Acaso isso não é o próprio Satanás? Você já experimentou muito da obra de Deus, mas não mudou nem foi purificado. Ainda vive sob o império de Satanás e ainda não se submete a Deus. Isso é alguém que foi conquistado, mas não aperfeiçoado. E por que se diz que uma pessoa assim ainda não foi aperfeiçoada? É porque essa pessoa não busca vida nem conhecimento da obra de Deus e nada cobiça além dos prazeres da carne e do conforto momentâneo. Em consequência, não há mudanças em seu caráter de vida, e ela não recuperou a aparência original do homem como foi criado por Deus. Essas pessoas são cadáveres ambulantes, são os mortos sem espírito! As que não buscam um conhecimento de questões espirituais, que não buscam santidade e que não buscam viver a verdade, que se contentam apenas com ser conquistadas no aspecto negativo e não podem viver segundo as palavras de Deus e tornar-se humanos santos — essas são pessoas que não foram salvas. Pois, sem a verdade, o homem é incapaz de permanecer firme durante as provações de Deus; somente os que conseguirem permanecer firmes durante as provações de Deus são os que foram salvos. O que Eu quero são pessoas como Pedro, pessoas que buscam ser aperfeiçoadas. A verdade de hoje é dada aos que anseiam e buscam por ela. Essa salvação é concedida aos que anseiam ser salvos por Deus, e não pretende apenas ser ganha por vocês. Seu propósito é que vocês possam ser ganhos por Deus; vocês ganham Deus para que Deus possa ganhar vocês. Hoje falei estas palavras para vocês e vocês as ouviram, e vocês deveriam praticar de acordo com essas palavras. No final, o tempo em que vocês puserem essas palavras em prática será o momento em que Eu terei ganho vocês através dessas palavras; ao mesmo tempo, vocês também terão ganho essas palavras, e isso quer dizer que vocês terão ganho essa salvação suprema. Depois que tiverem sido limpos, vocês terão se tornado seres humanos reais. Se você for incapaz de viver a verdade ou de viver a semelhança de alguém que foi aperfeiçoado, então se pode dizer que você não é humano, mas um cadáver ambulante, uma besta, porque está sem a verdade, o que quer dizer que você está sem o sopro de Jeová e, assim, é uma pessoa morta que não tem espírito! Embora seja possível dar testemunho depois de ser conquistado, o que você ganha é apenas uma pequena salvação e ainda não se tornou um ser vivo possuído de um espírito. Embora você tenha experimentado castigo e julgamento, seu caráter não foi renovado ou mudado em decorrência disso; você ainda é seu velho eu, ainda pertence a Satanás e não é alguém que foi purificado. Só aquelas pessoas que foram aperfeiçoadas têm valor, e só essas ganharam a verdadeira vida.

Extraído de ‘As experiências de Pedro: seu conhecimento de castigo e julgamento’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior: 39. Os princípios para trilhar a senda de Pedro

Próximo: 41. Os princípios para alcançar compatibilidade com Deus

Durante desastres, além de rezar, a coisa mais crítica para nós é encontrar a maneira de sermos protegidos. Junte-se ao nosso grupo de estudo gratuitamente.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Sumário

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro