Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

0 resultados

Nenhum resultado encontrado

10 Somente os que possuem a verdade podem realmente ser aptos para o uso de Deus

Agora, a maioria dos líderes e obreiros na igreja ainda compreende muito poucas verdades e é incapaz de enxergar claramente as coisas a fundo. Isso inevitavelmente os leva a ainda ter concepções e julgamentos sobre Deus e até mesmo rebeldia e resistência contra Ele em seus corações. Essas pessoas estão longe de ser aperfeiçoadas e alcançar compatibilidade com Cristo. A raiz do problema é que elas não possuem a verdade e seu caráter de vida ainda não foi transformado. Você é incapaz de enxergar claramente pessoas como XX, que é egoísta e desavergonhado, que tem uma natureza maliciosa, que está sempre agindo desordenadamente e fazendo bobagem, e que está sempre demolindo coisas em momentos críticos. E você também é incapaz de descobrir aquelas pessoas de bom calibre que podem ser aperfeiçoadas. Com relação às pessoas que agradam a Deus, às que são odiadas por Ele, às que a casa de Deus deveria usar ou eliminar, você não tem a menor ideia de quem sejam se o alto não mencionar diretamente seus nomes nem dissecá-las. Sua estatura é pequena demais e você não é apto para o uso de Deus. Veja XX, XX, XX, por exemplo. Eles não têm boa humanidade e não buscam a verdade. Por um lado, se recusam a aceitar poda e tratamento, e, por outro, são incapazes de cumprir seus deveres com lealdade. Portanto, certamente não são pessoas que Deus deseja aperfeiçoar. Ao contrário, são precisamente alvos de eliminação que foram revelados. As exigências fundamentais feitas aos que são usados pela casa de Deus são que devem buscar a verdade, buscar conhecer a Deus e se concentrar na transformação do caráter de vida. Somente tais pessoas podem ser aperfeiçoadas por Deus. Se for descoberto que alguém é capaz de buscar a verdade, é capaz de alcançar conhecimento de Deus e está equipado com as exigências para ser aperfeiçoado, então ele poderá ser promovido e usado. Se for descoberto que qualquer um dos líderes ou obreiros é definitivamente alguém que não busca a verdade e não pode ser aperfeiçoado, então ele deverá ser substituído e eliminado. Tais implementações correspondem totalmente à vontade de Deus. Se algum líder ou obreiro da igreja estiver sempre cultivando concepções sobre Deus, sempre agindo desordenadamente no cumprimento de seus deveres, sempre desleal, sempre fazendo exigências a Deus ou reclamando Dele, então ele não será capaz de conduzir o povo escolhido de Deus para comer e beber as palavras Dele e entrar nas verdades. Essas são as pessoas que devem ser substituídas e eliminadas. Os que não compreendem a verdade são maus assim; é assim que resistem a Deus. Também são autojustificados, arrogantes, convencidos e não escutam ninguém. Portanto, os que não compreendem a verdade não são aptos para ser usados por Deus. Os que comprovadamente não buscam a verdade – em outras palavras, pessoas que não gostam de comer e beber as palavras de Deus nem comunicar sobre as verdades, se eles se tornaram líderes ou obreiros, deverão ser substituídos e eliminados, pois essa é a única maneira de estar atento à vontade de Deus.

Compreender a verdade não é uma coisa fácil. Não pense que você ganhou a verdade simplesmente porque experimentou a obra de Deus por vários anos e é capaz de falar um pouco sobre suas experiências de vida e seu conhecimento Dele. Na realidade, ganhar a verdade não é tão simples quanto as pessoas imaginam. Como é que tantas pessoas que pregam são incapazes de usar a verdade para resolver problemas? Como é que elas são incapazes de resolver as concepções e corrupções das pessoas? Como é que elas ainda não se submetem verdadeiramente à obra de Deus e ainda cultivam concepções? Como é que seus pontos de vista ainda se opõem a Deus? Por que elas agem desordenadamente e fazem bobagem quando cumprem seus deveres e não têm lealdade a Deus? Como é que elas são incapazes de conduzir as pessoas à realidade das palavras de Deus? Por que elas ainda estão seguindo regras, fingindo e imitando outras pessoas? Isso é prova suficiente de que os que são capazes de pregar e operar não são necessariamente os que ganharam a verdade. Pode-se dizer que todos os que cultivam concepções sobre Deus são os que não ganharam a verdade; todos cuja pregação e trabalho são incapazes de resolver problemas práticos são os que não ganharam a verdade; todos com pontos de vista semelhantes aos da humanidade corrupta não têm a verdade; todos os que são incapazes de conhecer a substância de Cristo e que são incapazes de perceber que Cristo é a verdade, o caminho e a vida não têm a verdade. Porque pessoas que não têm a realidade não têm a verdade. Se você tiver concepções e equívocos sobre Deus em algumas coisas, isso mostra que você não tem conhecimento da obra de Deus e de Sua sabedoria e onipotência, e isso é prova suficiente de que você não tem a verdade.

Durante a Era do Reino, a obra de Deus é totalmente revelada e tornada pública, o que significa dizer que o caráter de Deus, Sua sabedoria e Sua onipotência são completamente revelados e expostos às pessoas. Isso é para que as pessoas possam verdadeiramente reconhecer que a sabedoria de Deus é exercida com base na trapaça de Satanás, que Deus está usando a maldade e trapaça de Satanás, os espíritos malignos e a humanidade corrupta como contraste, que Deus está usando a verdade e a sabedoria para derrotar Satanás e a resistência da humanidade corrupta. A única maneira fácil de conhecer a Deus é experimentar a obra de Deus desse modo. Portanto, os que verdadeiramente conhecem a Deus também devem ter conhecimento da natureza e essência de Satanás e do grande dragão vermelho, pois sem Satanás e o grande dragão vermelho como contraste, as pessoas não serão capazes de verdadeiramente conhecer a justiça e santidade de Deus. Os que ainda confundem Satanás e os espíritos malignos com Deus são os que realmente não conhecem a Deus. Os que têm conhecimento real da obra do Espírito Santo devem também ser capazes de discernir claramente a obra dos espíritos malignos, a falsidade de Satanás e a imitação das pessoas. Os que ainda confundem a obra do Espírito Santo com a obra de espíritos malignos são os que não possuem conhecimento real da obra do Espírito Santo. Se alguém puder alcançar o conhecimento de que as realidades de todas as coisas positivas se originam de Deus, então ele também deverá ser capaz de saber que todas as coisas negativas se originam de Satanás e que ele é a fonte de tudo o que é mau e sombrio. Se uma pessoa for incapaz de discernir coisas positivas de coisas negativas, então ela certamente não tem conhecimento de Deus e também não enxergou Satanás claramente. Se alguém puder verdadeiramente conhecer tudo o que Deus tem e é, então ele também conhecerá toda a falsidade, absurdidade e fingimento da humanidade corrupta, caso contrário ele não será alguém que realmente conhece a Deus. Se alguém for capaz de verdadeiramente conhecer a essência e a obra de Cristo, então ele não terá mais concepções e equívocos sobre Cristo; em vez disso, irá se tornar verdadeiramente compatível com Ele. Se uma pessoa for incapaz de se submeter completamente a Deus e sinceramente adorá-Lo, então ela será revelada como alguém que realmente não conhece a Deus nem O teme. Se uma pessoa ainda cultivar muita rebelião e resistência contra Deus, isso é prova suficiente de que ela não ganhou a verdade e de que não teve nenhuma transformação em seu caráter de vida. É realmente tão fácil assim ganhar a verdade? Ter algum conhecimento superficial de certas verdades ou algum conhecimento superficial da obra de Deus significa que você ganhou a verdade? Não, porque essa é uma compreensão apenas superficial da verdade e ainda está muito longe da compreensão da essência das verdades. Os que verdadeiramente ganharam a verdade ainda podem ter concepções e equívocos sobre Deus? Ainda podem lidar com Deus de uma maneira superficial? Ainda podem ir contra a vontade de Deus e servir a Deus como querem? Como é que eles ainda são incapazes de discernir os que podem ser aperfeiçoados e os que devem ser eliminados? Como é que não sabem que tipo de pessoas promover e usar e que tipo de pessoas eliminar e substituir? Portanto, podemos ver que somente aqueles que ganharam a verdade podem cumprir o critério para ser usado por Deus e podem servir a vontade de Deus. Disso não há dúvida.

A maioria das pessoas que servem a Deus, durante seu trabalho e seus sermões é capaz de falar de algum conhecimento de Deus, mas é incapaz de enxergar claramente problemas práticos específicos e é incapaz de enxergar claramente a substância de vários tipos de pessoas. São inúteis em lidar com as coisas em que as pessoas mais facilmente têm concepções sobre Deus e são incapazes de evitar ter suas próprias concepções. A maioria das pessoas que operam é capaz de realizar algum trabalho administrativo superficial, mas quando se trata do trabalho substancial e crítico de servir a Deus, elas são inaptas. Embora possam parecer “grandes, gloriosas e corretas” externamente, se forem feitas exigências reais a elas, não poderão realizar nenhum trabalho de substância, mas serão capazes apenas de executar algum trabalho administrativo que não envolva a verdade. Com relação a quaisquer questões que envolvam o uso das verdades para sua resolução, em relação a quaisquer questões que exijam o uso das verdades para distinguir o verdadeiro do falso, em relação a quaisquer questões que recorram à verdade para refutar várias falácias, elas simplesmente não podem fazê-lo; é como pedir ao Pigsy que lute contra os demônios. Ser tão autojustificado, arrogante e presunçoso, apesar de ter uma estatura tão pequena, mostra que essas pessoas são totalmente desavergonhadas.

Agora, a maioria das pessoas que operam talvez admita que “sem a verdade pouca coisa pode ser realizada. Só podemos realizar algum trabalho superficial, e realmente não somos aptos para ser usados por Deus”. Esse pouco conhecimento já é um progresso. Ao menos pode diminuir a arrogância delas e fazer com que sejam discretas ao fazer as coisas, e elas começam a ter algum senso e ganhar a aparência de um ser humano. Os que não têm a verdade cultivam mais facilmente concepções sobre Deus, julgam mais facilmente Sua obra, iludem-No e enganam-No mais facilmente, e também cometem mais facilmente o erro de resistir a Deus ao servir a Ele. Qual é a causa disso? Isso ocorre porque as pessoas têm uma natureza que resiste a Deus e porque têm a filosofia de Satanás. Elas têm também o conhecimento, as concepções e as imaginações da humanidade corrupta. Assim, passam naturalmente a ter concepções, julgamentos e resistência em relação a Deus. Isso é particularmente perigoso quando se trata dos assuntos sobre os quais as pessoas mais facilmente têm concepções, e, seja julgando ou condenando, elas passam a trair a Deus com muita facilidade. Se alguém possuísse a verdade, então, ao olhar esses assuntos sobre os quais as pessoas poderiam facilmente ter concepções, não somente não teria nenhuma concepção, como poderia até ganhar conhecimento verdadeiro da essência de Deus e, assim, louvar intensamente a Ele. Essa é a diferença entre ter ganhado a verdade e não ter ganhado a verdade, e há uma enorme diferença entre ambos. Os que não têm a verdade adquirem facilmente concepções e equívocos sobre Deus, portanto, eles julgam e traem a Deus com muita facilidade; já os que ganharam a verdade, porque eles têm conhecimento real de Deus, suas concepções e equívocos são esclarecidos, portanto, são capazes de obedecer a Deus, dar testemunho Dele e servir a Ele de acordo com Sua vontade. Os que ganharam a verdade alcançarão cada vez mais conhecimento de Deus, irão se tornar cada vez mais obedientes e, como tal, irão se tornar mais qualificados para dar testemunho de Deus, servir a Ele e ser formalmente usados por Ele. Os que não têm a verdade, por ter sempre concepções e julgamentos sobre Deus, são sempre negativos e não têm verdadeira obediência, estão meramente agindo desordenadamente e fazendo bobagem, mesmo quando estão cumprindo seus deveres. Eles sempre enfrentam o perigo de trair a Deus e abandoná-Lo. Em comparação com pessoas comuns, os que ganharam a verdade olham as coisas de maneira diferente. São capazes de enxergar com clareza a essência dos problemas e são capazes de compreender a chave e aderir a princípios ao operar, e, portanto, são capazes de resolver problemas usando a verdade. A chave de ser capaz de enxergar claramente a essência dos problemas é primeiramente compreender a verdade, pois sem a verdade as pessoas são incapazes de enxergar claramente a essência dos problemas. A maioria das pessoas não entende as palavras de Deus quando as lê e, por mais que tente, é incapaz de conhecer a vontade Dele, portanto, elas só são capazes de tratar as palavras de Deus como regras a serem seguidas; elas só são capazes de falar letras e doutrinas ou aprender a falar algumas palavras espirituais quando operam e dão sermões, portanto, caem facilmente na armadilha de restringir os outros com regras. Se lermos as palavras de Deus e compreendermos a Sua vontade, então nos sentiremos iluminados em nosso coração, e quando praticarmos as Suas palavras, teremos uma senda e agiremos por princípios. Viremos a sentir que as palavras de Deus são a verdade e que são extremamente significativas.

Há alguns dias, comunguei com vários irmãos e irmãs sobre um evento na vida de Davi durante a Era da Lei. Davi era Rei de Israel e era alguém que temia a Deus, mas certa vez havia tomado a esposa de outro e fora posteriormente julgado e punido por Deus. Mas por que Deus continuou dizendo que Davi era segundo o Seu coração? Isso é algo que não é fácil para as pessoas comuns compreender. Se analisarmos essa questão do ponto de vista humano, diremos que Deus é injusto, caso contrário, por que Ele escolheria essa pessoa para ser Rei de Israel? Isso é insondável para o homem. A maioria das pessoas não entende que Deus é a verdade e que Ele nunca comete erros, não importa o que faça. Elas também não conseguem perceber que Davi era verdadeiramente segundo o coração de Deus. Isso ocorre porque as experiências da maioria das pessoas são superficiais demais e porque compreendem muito poucas verdades, por isso é inevitável que não consigam compreender certas coisas. Em relação a Davi ter sido amaldiçoado e julgado por Deus depois de ter cometido seu pecado, a maioria das pessoas só é capaz de reconhecer a justiça e misericórdia de Deus em um nível superficial. Elas veem o lado de Deus em que Ele salva o máximo possível da humanidade, mas com relação ao castigo que Davi recebeu, elas só compreendem que a humanidade corrupta é certamente infligida com corrupção, e contanto que sejam capazes de se arrepender e obedecer, Deus as abençoará. O conhecimento da maioria das pessoas é simples assim, um tanto baseado em regras, convencional e carente de detalhes. Na verdade, o julgamento de Davi por Deus foi justo, mas também amoroso e misericordioso, pois Davi era alguém que agradava a Deus e era também segundo o Seu coração. Deus consagrou Davi como Rei de Israel, permitindo que ele liderasse o povo de Israel na adoração a Deus, portanto, quando ele pecou, Deus teve de discipliná-lo e julgá-lo como um procedimento normal. Deus somente disciplina aqueles a quem Ele ama, e se o povo de Israel tivesse pecado, Ele teria lidado com a questão de uma maneira diferente. As exigências de Deus a Davi eram certamente mais rigorosas do que as que Ele fazia para as pessoas comuns, portanto, o julgamento e punição de Davi por Deus, depois que ele pecou, revelaram Seu caráter justo. A partir da maneira e dos detalhes do julgamento de Davi por Deus podemos ver Seu caráter justo, bem como Sua sabedoria e onipotência em Sua salvação da humanidade. Não há necessidade de detalhar tais coisas aqui; elas podem ser gradualmente compreendidas por meio de uma leitura cuidadosa. Com relação a esse evento, as pessoas têm apenas um conhecimento convencional do que Deus fez. Elas só são capazes de dizer que Deus é extremamente justo e que Ele trata a todos da mesma maneira – o príncipe seria tratado exatamente como os camponeses seriam se ele pecasse. Isso mostra quão carentes as pessoas são. A maioria das pessoas não reconhece a razão pela qual a unção de Davi por Deus foi apropriada nem a razão pela qual Davi era segundo o Seu coração. Tudo o que as pessoas podem ver é que Davi pecou, que ele ofendeu a Deus e que recebeu julgamento e punição Dele, como se Davi fosse inferior às pessoas comuns. E se elas mesmas fossem reis, talvez não tivessem pecado como Davi fez.

Essa questão revela inteiramente que a maioria das pessoas tem concepções sobre a unção de Davi por Deus. Elas certamente não se submetem à vontade de Deus e podem até resistir e se revoltar contra ela. Isso é determinado pela natureza da humanidade corrupta. O que devemos compreender é: por que Deus ungiu Davi? De que maneira David era diferente de todos os outros? Quão melhor do que todos os outros era Davi? De que maneira David era segundo o coração de Deus? De toda a humanidade corrupta, quantas pessoas são equipadas com o que Davi tinha? Se essas questões forem esclarecidas, as pessoas terão uma compreensão real da unção de Davi por Deus. Não mais terão concepções, não mais terão preconceito contra Davi, não mais o julgarão nem o condenarão, e, portanto, suas dificuldades serão basicamente resolvidas. No entanto, na verdade, nenhuma pessoa é capaz de perceber que a unção de Davi por Deus foi inteiramente apropriada. Deus poderia estar errado em ungir Davi? De fato, ninguém mais pode chegar perto da fé de Davi, da sua determinação em amar a Deus, da sua coragem e do seu arrojo em combater os inimigos, da sua lealdade e obediência a Deus, da sua qualidade de humanidade. Apesar de David ter transgredido, ele ainda era o melhor homem de toda a humanidade corrupta, um fato que ninguém reconheceu. Em particular, depois que Davi recebeu o julgamento e a punição de Deus por sua transgressão, ele foi capaz de verdadeiramente se arrepender, sem a menor queixa, sem negatividade nem resistência. Isso é prova suficiente de que, através dos tempos, ninguém foi capaz de igualar a obediência e lealdade de Davi. Deus disse que Davi era alguém segundo o Seu coração, do qual Davi era plenamente merecedor. Infelizmente, as pessoas dos últimos dias são profundamente corrompidas, são todas arrogantes e vaidosas, não têm autoconhecimento e são incapazes de enxergar isso claramente, o que é uma coisa muito triste. Isso também mostra que as pessoas sabem muito poucas verdades, sua experiência das palavras de Deus é superficial e elas não têm nenhuma compreensão real de si mesmas. Considerando isso, como elas podem ver a compatibilidade de Davi com Deus, que é de uma forma que ninguém mais é capaz de igualar? As pessoas são incapazes de ver claramente como Davi era segundo o coração de Deus e, portanto, é impossível para elas obedecer ou não ter concepções sobre a unção de Davi por Deus. Pelo que as pessoas dizem, podemos ver que a rebeldia ainda existe dentro delas, como se dissessem: “No entanto, independentemente de como Davi foi punido, ainda assim foi o ungido de Jeová depois do fato…” As pessoas parecem pensar que independentemente de como Davi pecou, uma vez que Deus o ungiu, nada poderia ser mudado. A partir da revelação da corrupção das pessoas, podemos ver que elas ainda têm concepções sobre a unção de Davi por Deus e não compreendem a vontade Dele. É esse o princípio da ação de Deus? Deus escolheu Saul como rei, então por que Ele mudou de ideia? Qual é, na verdade, o princípio da ação de Deus? As pessoas são incapazes de compreender isso. Meramente reconhecer que Deus age por princípios significa que elas compreendem isso? Davi era essencialmente um homem bondoso e ele revelou somente alguma corrupção. Como se pode dizer que “ainda há um lado dele que é bondoso”? A partir disso, é óbvio que ninguém pode ver claramente se Davi era ou não alguém segundo o coração de Deus. Enquanto as pessoas inevitavelmente admitem que Deus é justo, que Ele trata a todos da mesma forma, no entanto, elas também cultivam concepções contra a unção de Davi por Deus, achando que, visto que Deus ungiu Davi, então as pessoas devem obedecer, que não há mais nada a dizer. A maioria das pessoas diz coisas como: “O homem se concentra nas aparências e Deus Se concentra na essência”. No entanto, ninguém pode realmente ver isso: somente Davi era segundo o coração de Deus e ninguém ao longo da história foi capaz de se igualar a ele. Os “homens bons” que as pessoas imaginavam não existem entre a humanidade corrupta. Podemos dizer que Davi foi o melhor homem entre a humanidade corrupta e as pessoas que são melhores do que Davi vivem apenas na imaginação das pessoas e não existem. Essa é a coisa mais difícil para as pessoas compreender. Mesmo agora, as pessoas são incapazes de discernir se a essência de uma pessoa é boa ou má, pois sua corrupção é profunda demais, sua experiência das palavras de Deus é superficial demais e sua compreensão das verdades é limitada demais. As pessoas sequer são capazes de ver o grau de sua própria corrupção. Se elas próprias se tornassem um governante, não haveria certeza sobre quais atos elas poderiam cometer nem aonde poderiam conduzir as pessoas, e, sendo assim, como seriam capazes de ver de que maneira Davi era segundo o coração de Deus? Nos tempos atuais, quantas verdades a maioria dos líderes realmente possui? Eles podem garantir que trarão o povo escolhido de Deus diante Dele? Podem usar as verdades para resolver a revelação da corrupção das pessoas? Podem operar as palavras de Deus no coração das pessoas? Eles ainda são incapazes de resolver suas próprias concepções sobre Deus e sua rebeldia e absurdidade, então como podem garantir que não estão resistindo a Deus? Eu vejo que a compreensão de algumas pessoas é repleta de arrogância e autojustificação, como se fossem melhores do que Davi, como se se estivessem na posição de Davi nunca teriam tomado a esposa de outro. Na verdade, Davi cometeu a transgressão uma vez, mas depois de receber o julgamento de Deus ele foi capaz de se arrepender e, então, forneceu um testemunho maravilhoso. Se fosse qualquer outra pessoa, teria pecado três ou cinco vezes, e mesmo depois de ter sido julgado, podado ou tratado, talvez não tivesse se arrependido na mesma medida que Davi. Enquanto Davi foi rei, ele só pecou uma vez, só cometeu essa única transgressão, mas se fosse qualquer outra pessoa que fosse rei, não haveria como dizer quantas transgressões teria cometido. Enquanto Davi foi rei, sua transgressão foi em apenas uma área, mas se fosse qualquer outra pessoa, poderia ter cometido transgressões em múltiplas áreas. O maior desejo de Davi era construir um templo para Jeová em que todo o povo de Israel pudesse adorar a Jeová, e a esse fim Davi dedicou toda a sua vida e fez todos os esforços para realizá-lo. Quem pode se comparar a ele nesse sentido? Ninguém ao longo da história pode se igualar a ele. Todos nós pertencemos à humanidade corrupta, todavia, com exceção de Davi, todos nós só nos preocupamos conosco; dedicamos nossas vidas apenas aos nossos próprios interesses e objetivos. Qual de nós está dedicando toda a sua vida unicamente para realizar a vontade de Deus? Essa é outra coisa na qual ninguém consegue se igualar a Davi. Por que a humanidade é incapaz de seguir o exemplo de Davi e descobrir as virtudes dele? De que maneira essas pessoas são qualificadas para criticar as deficiências de Davi? De modo algum a única transgressão de Davi representou a sua natureza e de modo algum representou a essência dele. Tal transgressão foi meramente uma revelação ocasional de corrupção, mas o próprio Davi não era esse tipo de pessoa. O que pode melhor representar Davi é o esforço que ele fez e o preço que pagou para cumprir a vontade de Deus, sua lealdade e obediência a Ele, sua verdadeira fé Nele e sua confiança Nele, sua adoração e reverência a Ele. E depois da única transgressão de Davi, seu verdadeiro arrependimento e obediência foram revelados precisamente na maneira como ele tratou o julgamento e a punição de Deus. Ele não só não fez uma reclamação sequer, como se tornou mais reverente e leal a Deus. Se Davi não tivesse cometido essa transgressão, não seria fácil para nós ver que ele foi capaz de verdadeiramente reverenciar e obedecer ao julgamento e à punição de Deus, pois isso só poderia ser revelado quando ele estava sendo julgado e punido por Deus. Esse é verdadeiramente um testemunho maravilhoso de reverência e obediência a Deus que Davi deu. A partir disso, podemos ver que enquanto as pessoas estão desfrutando a graça de Deus, sua natureza e as coisas que estão profundamente enterradas dentro de si não são facilmente expostas. As pessoas só são verdadeiramente reveladas quando são provadas e refinadas por Deus. Quanto menos a obra de Deus corresponde às concepções das pessoas, mais elas são reveladas. Se as pessoas têm verdadeira fé em Deus, se submetem verdadeiramente a Ele, são verdadeiramente leais a Ele ou se rebelam contra Ele, isso só é revelado quando elas passam por provações.

O julgamento de Davi por Deus revelou ainda que, de toda a humanidade corrupta, Davi era de fato o mais leal a Deus, o mais obediente a Ele e tinha maior confiança em Deus. Davi era alguém que verdadeiramente reverenciava a Deus. O testemunho de Davi nessas áreas confirma plenamente que, entre a humanidade corrupta, Davi era de fato a pessoa com a melhor humanidade. Davi tinha mais consciência, mais senso, mais dignidade e mais integridade. Davi amava coisas positivas, tinha senso de justiça e era alguém que buscava satisfazer a Deus. Deus disse que Davi era segundo o Seu coração e isso é universalmente aceito e aprovado. Deus merece louvor e glória! A questão de Davi receber julgamento por adultério nos mostra que Davi foi cem vezes, mil vezes melhor do que todos os outros corruptos. Se isso não tivesse ocorrido, não seríamos capazes de ver o arrependimento de Davi por sua transgressão e sua verdadeira obediência a Deus durante Seu julgamento e punição. David pertencia à mesma humanidade corrompida por Satanás e experimentou o mesmo julgamento e castigo de Deus, mas a conduta de Davi foi muito melhor do que a do povo escolhido de Deus de hoje. Davi não ouviu tantas palavras de Deus e a quantidade de Suas palavras que ouvimos e de Suas ações que experimentamos superaram em muito o que David ouviu e experimentou, no entanto, nossa conduta é muito pior do que a de David. Nossa obediência a Deus não pode ser comparada com a de Davi, nossa fé Nele não pode ser comparada com a de Davi e nossa lealdade também não pode ser igualada à de Davi, no entanto, cometemos muito mais transgressões do que ele. Nós até continuamos a transgredir depois de muitas confissões, permanecemos incorrigíveis e essa é a verdade. Nossos momentos de superficialidade, nossas fraudes, nossas exigências a Deus são muito numerosas e não temos nenhuma lealdade nem obediência a Deus. Isso é prova de que nossas transgressões são muito mais numerosas do que as de Davi, que ele era muito melhor do que nós. Além disso, nosso desempenho é muito ruim mesmo sem ocupar a alta posição de Davi. Se estivéssemos na posição dele, não nos sairíamos muito melhor do que o grande dragão vermelho. Esse é um fato que ninguém pode negar.

Aos olhos de Deus, Davi era cem vezes, mil vezes melhor do que nós, mas ainda não percebemos isso. Algumas pessoas chegam a julgar Davi e negar suas virtudes. Isso não é arrogância a ponto de não ter senso algum? Você é incapaz de descobrir as muitas virtudes de Davi, você é incapaz de vê-las nas numerosas palavras da Bíblia e, portanto, é óbvio que você é inferior na medida em que nem ao menos é capaz de discernir as pessoas realmente boas. Não é de admirar que você tenha promovido e usado muitos malfeitores hipócritas sem perceber. Você não tem nenhuma verdade e não consegue enxergar nada claramente. Ao examinar a conduta de Davi ao receber o julgamento e a punição de Deus por sua transgressão, é óbvio para mim que muitas virtudes que Davi tinha não são possuídas por pessoas comuns. Pode-se dizer que talvez nunca sejamos capazes de encontrar alguém tão bom quanto David nos dias de hoje. Pode ser totalmente impossível. Baseado na compreensão da maioria das pessoas sobre o julgamento que David recebeu, é evidente que elas de fato não possuem a verdade. São também arrogantes e carentes de discernimento e, portanto, são capazes de tratar pessoas boas como malfeitores e considerar falsos cristos, anticristos e hipócritas pessoas boas. Pessoas que não têm verdades são fáceis demais de enganar! A maioria das pessoas não tem ideia de como olhar para a essência de uma pessoa; elas só olham para a conduta das pessoas. Como podem não ser enganadas? Pessoas com tal estatura definitivamente não podem resistir a nenhuma provação, e se falsos cristos e anticristos aparecessem para enganá-las, seriam capazes de aliciá-las. Neste exato momento, falsos cristos e anticristos têm aparecido em igrejas por toda a parte. Estão todos furtivamente negando a Deus, julgando-O e difamando o homem usado pelo Espírito Santo. Como resultado, algumas pessoas têm sido enganadas. Aqueles que não têm verdades se submetem facilmente aos anticristos e malfeitores hipócritas e os seguem, mesmo contra sua vontade. Se uma pessoa não possuir a verdade, como poderá conduzir o povo escolhido de Deus a entrar nas verdades das Suas palavras? Como poderá lutar contra Satanás e os anticristos para proteger o povo escolhido de Deus? Como poderá usar e promover as pessoas que são compatíveis com a vontade de Deus? Como poderá discernir e abandonar todos aqueles que são incompatíveis com a vontade de Deus? Os que não possuem a verdade são cegos, não conseguem enxergar ninguém nem nada claramente, suas ações estão sempre causando perturbações e interrupções, mas eles ainda pensam que são leais a Deus. Como os que não têm compreensão das verdades podem ser aptos para ser usados por Deus?

Vamos comungar mais sobre o boato acerca de Jesus. A maioria das pessoas nega esse boato, mas, se fosse verdade, elas o aceitariam obedientemente. Tal atitude faz algum sentido. Vamos primeiramente deixar de lado outras questões e analisar se casar-se e ter filhos são coisas positivas ou negativas. Casar-se e ter filhos se originam da criação e predestinação de Deus. Foi Deus quem inicialmente criou o homem e a mulher para que a humanidade se reproduzisse e se multiplicasse. Esse é um fato indiscutível. Já que se casar e ter filhos se originam de Deus, consequentemente, são coisas positivas. Isso é inegável. A humanidade considera casar-se e ter filhos uma coisa natural, uma felicidade familiar, e ninguém condena tais coisas. No entanto, em relação a essa questão, a humanidade trata Cristo com uma atitude diferente daquela dispensada a si mesmos. O que haveria de tão errado se Jesus realmente tivesse Se casado e tido filhos? O fato de Ele Se casar e ter filhos não teria entrado em conflito com Sua missão e não teria afetado a obra de Deus de nenhuma maneira, portanto, por que as pessoas precisam julgá-Lo e condená-Lo por essas coisas? Isso mostra que a humanidade não tem senso. Ela aprova que outras pessoas se casem e tenham filhos, mas por que não aprova que Cristo Se case e tenha filhos? Deus encarnado é o Filho do homem. Por que Ele não deveria ter Se casado e tido filhos? Quem decretou tais leis? Isso é injusto demais para com Jesus. Por que as pessoas precisam tratar Jesus desse jeito? O que haveria de errado com Jesus se Ele Se casasse e tivesse filhos? É o caso de Satanás poder se casar e ter filhos, de a humanidade corrupta poder se casar e ter filhos, mas de Jesus não poder Se casar e ter filhos? De quem é essa lógica? Jesus não era digno de Se casar e ter filhos? Jesus não merecia ter descendentes? O filho de Jesus representaria algum ameaça à humanidade? Quem a humanidade acolhe e quem a humanidade rejeita? Por que a humanidade abomina a ideia de Jesus Se casar e ter filhos? Isso é inacreditável. Algumas pessoas até usam as palavras da Bíblia para sustentar seu argumento, dizendo que Jesus nunca disse que Se casaria nem teria filhos, e que a Bíblia também não contém profecias sobre Jesus Se casar ou ter filhos. Estão dizendo que Jesus teria primeiro de avisar a humanidade antes de Se casar e ter filhos? Ele teria de ter solicitado a aprovação da humanidade antes de Se casar e ter filhos? Isso é extremamente absurdo. Por que a humanidade precisa sempre impor tais limitações a Deus? Por que a humanidade precisa sempre resistir a Deus dessa maneira? O que poderia haver de tão errado se Jesus realmente tivesse Se casado e tido filhos? Por que a humanidade precisa julgar tão freneticamente? É prova de que a humanidade é por demais injusta. A humanidade não permite justiça. A humanidade é maligna demais. A humanidade é demasiadamente irracional. Não é por menos que o mundo esteja nas trevas. Em última análise, a humanidade sempre perseguiu Deus, O discriminou, não permitindo que coisas positivas existissem e apenas permitindo que coisas ruins existissem. Como o mundo poderia não se afundar cada vez mais nas trevas a cada dia que passa?

O ponto de vista do qual a humanidade corrupta vê as coisas é simplesmente absurdo. Independentemente do assunto, ela precisa sempre procurar um fundamento na Bíblia e nas palavras de Deus. Faz sentido procurar um fundamento nas palavras de Deus em relação a assuntos que envolvam a entrada na vida e a verdade, mas as pessoas também buscam um fundamento na Bíblia sobre a vida de Deus e Suas ações, até mesmo na questão de Jesus Se casar e ter filhos. Na verdade, a obra de Deus não segue regras. Em Suas ações, Deus segue apenas princípios. Com exceção da obra de Deus, em todas as questões que dizem respeito a Ele, Seu princípio é não discutir com as pessoas e não ser restringido por elas. Deus tem a Sua liberdade; Ele não necessita que as pessoas O monitorem. Suas ações não exigem que as pessoas tomem quaisquer decisões nem exigem que elas sejam guardiãs. É por isso que Deus não profetiza nem diz tais coisas pessoalmente a ninguém. Isso é decidido pela dignidade de Deus e por Seu caráter. Independentemente de como as pessoas veem isso, Deus não Se importa. Deus é sempre Deus, o homem é sempre o homem, e a verdade é sempre a verdade que, mais cedo ou mais tarde, será conhecida pelas pessoas salvas e aperfeiçoadas por Deus. Todos os que ousam julgar a Deus e condená-Lo serão destruídos. Os que podem aceitar verdades serão salvos e os que não podem aceitar verdades perecerão. Será o mesmo que para a humanidade que não aceitou o testemunho de Noé durante a era de Noé: no dia em que a arca ficou pronta, veio o dilúvio e todas as pessoas que não acreditaram se afogaram. Isso é fato. Os que ousam julgar a Deus e condená-Lo estão cavando suas próprias sepulturas e merecem colher o que semearam.

A crença em Deus deveria envolver a busca e a aceitação da verdade. Isso é fundamental. Não estude nem julgue a Deus constantemente nem interfira nas Suas ações. Os criados deveriam ter esse mínimo de senso. As pessoas não têm nenhum direito nem qualificação para interferir com Deus. Os que continuam interferindo com Deus e monitorando-O são certamente diabos. Portanto, como as pessoas devem julgar a diferença entre o modo como Deus faz as coisas e o modo como os humanos fazem as coisas? É um pecado quando um humano faz uma má ação, pois os humanos têm naturezas corruptas, e essas ações que se originam de suas naturezas corruptas que resistem a Deus são pecados. No entanto, quando Deus faz uma ação que não corresponde às concepções das pessoas, mesmo assim ela se origina da essência de Deus e de Seu caráter. Porque Deus não tem corrupção, consequentemente, o que Ele diz e faz são tudo a verdade. Mesmo que não correspondam às concepções das pessoas, ainda assim têm significado e são coisas positivas. Mas para a humanidade, a mesma coisa feita por duas pessoas diferentes pode ter naturezas diferentes. Por exemplo, meu modo de lidar com outra pessoa e a censurar, comparado com o modo de alguém arrogante lidar com outra pessoa e a censurar, ambos têm a mesma natureza? A natureza da maneira como eu sirvo a Deus, comparada com a natureza da maneira como os outros que me imitam servem a Deus, ambos são iguais? Ou seja, devemos sempre basear nosso ponto de vista na essência das coisas ao invés de simplesmente confiar nas aparências superficiais. Quando pessoas diferentes fazem a mesma coisa, há uma distinção na natureza do modo como fazem. Portanto, quando Deus e as pessoas estão fazendo coisas que parecem ser iguais na superfície, a natureza do modo como fazem é ainda mais diferente. Pessoas absurdas, pessoas que não compreendem o espírito e pessoas que não possuem a verdade são todas incapazes de ver as coisas claramente, e elas facilmente têm concepções e julgam. Os que não têm a verdade não podem enxergar claramente as coisas, e muito facilmente julgam a Deus e resistem a Ele. Os pontos de vista dos que não têm a verdade são falaciosos, absurdos e risíveis. Eu vi que o conhecimento da maioria das pessoas em relação a essas duas questões é doutrinário e dogmático. Apenas poucas pessoas têm algum conhecimento real; a maioria das pessoas fala sem conhecimento algum. Elas simplesmente julgam a Deus, O criticam e O delimitam com base em suas próprias imaginações. Como se quisessem dizer que se Deus agisse de tal maneira – se a ação Dele superasse a imaginação das pessoas, se Ele contrariasse as concepções das pessoas – então Ele não seria mais Deus. É como se elas estivessem em uma disputa com Deus, que se Ele realmente for assim, então elas não mais O reconhecerão como Deus. A implicação é que elas não mais acreditarão em Deus. Veja bem, um ponto de vista como esse não indica que elas estão julgando a Deus, delimitando-O e negando-O? Elas não têm nenhuma racionalidade nem obediência. Isso poderia ser um conhecimento real de Deus? Isso é inteiramente uma manifestação da arrogância das pessoas e se origina de uma natureza que resiste a Deus. Falando de forma tão arrogante e presunçosa, elas são dignas de servir a Deus? Como tais pessoas podem não resistir a Deus quando servem a Ele? Assim que elas descobrem que os atos de Deus não correspondem às suas concepções, sua natureza satânica se manifesta e elas podem acabar até mesmo se rebelando publicamente contra Deus ou organizando uma rivalidade contra Ele. Portanto, Deus disse que durante os últimos dias, muitos falsos cristos e anticristos aparecerão para enganar as pessoas. Essas são as pessoas arrogantes e convencidas que particularmente estudam a Deus, são oportunistas que buscam se destacar, encontrando falhas em Deus para que possam ganhar posições. Essas pessoas estão ficando inquietas e começando a revelar sua verdadeira natureza. Quando Deus concluir Sua obra na terra, elas darão início a ataques. Elas querem se vingar de Deus e, nesse momento, as pessoas verão suas verdadeiras faces satânicas. Essas pessoas são os Satanases e anticristos que mais perturbam a obra de Deus, e é por isso que elas devem ser removidas primeiro. Os anticristos que estão aparecendo nas igrejas por toda a parte – isto é, essas pessoas arrogantes e maliciosas que foram reveladas e eliminadas pela obra de Deus – ficaram indignadas por vergonha e estão finalmente mostrando sua verdadeira natureza. Elas estão começando a dizer coisas que blasfemam contra Deus e O condenam. Com todo o esforço que estão fazendo para encontrar defeitos Nele, como não poderiam condenar a Deus? Essas pessoas são verdadeiros inimigos de Deus e são ainda mais perigosas e cruéis do que os anticristos dentro da religião. São totalmente capazes de enganar pessoas ignorantes que não têm compreensão da verdade. Quando o trigo amadurecer, o joio também terá crescido como inimigo. Elas não irão se resignar ao fracasso e não irão se resignar a ser eliminadas, portanto, como podem não recorrer a fazer um escândalo? Portanto, devemos ser especialmente cautelosos com essas pessoas, esses vários malfeitores na casa de Deus que já foram revelados e eliminados. Eles não desistirão facilmente e não irão se submeter de bom grado às punições de Deus por todas as más ações que perpetraram. Na verdade, isso resulta de eles não terem buscado a verdade, mas persistido em fazer o mal. Eles não têm mais ninguém a culpar além de si mesmos. Se os que não buscam a verdade ainda tiverem alguma consciência e senso, então cessarão de intensificar ainda mais sua resistência a Deus. Essas pessoas não têm a verdade nem a menor consciência e senso, portanto, como podem não ser eliminadas e condenadas?

Cristo é o caminho, a verdade e a vida. Os que não ganharam a verdade certamente não podem ser compatíveis com Cristo, assim como os que não possuem a verdade nunca são aptos para ser usados por Deus. Ao experimentar a obra de Deus, os que ganharam a verdade são os que são aperfeiçoados por Deus, e somente os que possuem a verdade são aptos para ser usados por Ele. Há três condições para alguém ser apto para ser usado por Deus: I. Pela compreensão da verdade, ele é capaz de usar a verdade para resolver os vários problemas que as pessoas têm. II. Pela compreensão da verdade, ele pode discernir as pessoas e enxergar claramente a essência de cada tipo de pessoa, e, portanto, é capaz de promover e usar as pessoas que podem ser aperfeiçoadas por Deus, bem como eliminar e abandonar os hipócritas que não podem ser aperfeiçoados por Ele. III. Pela compreensão da verdade, ele pode compreender a vontade de Deus, realizar bem um trabalho substancial para cumprir seus deveres em servir a Ele e, no mínimo, não irá se opor aos arranjos de trabalho da casa de Deus. Esses são os três critérios para servir a Deus de acordo com a vontade Dele. As pessoas que não possuem a verdade nunca poderão cumprir esses três critérios. Qualquer um que tenha cumprido esses três critérios é alguém apto para o uso de Deus, enquanto qualquer pessoa que não tenha cumprido esses três critérios é alguém que não é apto para o uso de Deus. Cada líder e obreiro pode aplicar esses três critérios para avaliar seu serviço a Deus, e então saberá se é apto para ser usado por Deus ou não. Se ele realmente cumpre esses três critérios, sem desvio nem disparidade óbvia, então ele é compatível com a vontade de Deus. Vejam todos esses líderes e obreiros que foram eliminados. Porque eles não compreenderam a verdade, em seu serviço a Deus resistiram muito a Ele, agiram desordenadamente ou fizeram bobagem com muita frequência, criaram muito engano, destruição e perturbação, o que finalmente resultou em sua eliminação. Em relação ao trabalho de liderar o povo escolhido de Deus, a pessoa deve antes ter experiência, ter conhecimento de Deus, ter verdadeira obediência a Ele, e só então terá testemunho. Ao servir a Deus, alguém não poderá liderar pessoas se não tiver experiência prática nem testemunho de verdadeira obediência a Deus. O verdadeiro testemunho vem da compreensão da verdade e do verdadeiro conhecimento de Deus. É preciso entrar nas palavras de Deus e ganhar a verdade para conduzir os outros a entrar nas Suas palavras e ganhar a verdade. Se você puder falar apenas sobre doutrinas espirituais, se aprender a dizer apenas algumas coisas sobre a realidade espiritual, mas você mesmo não tiver realidade, então a obra que você realizará não produzirá resultados. Sem uma compreensão das verdades, as questões práticas não poderão ser resolvidas, portanto, as pessoas que não compreendem as verdades não são aptas para ser usadas por Deus. Considere seu conhecimento sobre a questão de Davi e os rumores sobre Jesus e você verá que sua capacidade de julgar as coisas é muito pobre. Então, como você será capaz de gerenciar adequadamente as muitas pessoas e questões complicadas dentro da igreja? No futuro, você será obrigado a testemunhar sobre a obra de Deus para estrangeiros, o que será ainda mais complicado. Sem a compreensão das verdades e sem nenhuma sabedoria, como você poderá realizar corretamente o trabalho de testemunhar a respeito de Deus? Como você poderá convencer os outros? Experimentar a obra de Deus não exige meramente falar sobre algumas doutrinas. Você deve dissecar as diferentes provações, testes e pessoas especiais que encontrou e ver claramente a essência delas para que seja capaz de olhar as coisas com precisão e lidar com as coisas apropriadamente, de uma forma que seja totalmente compatível com a vontade de Deus. Essa não é uma tarefa fácil. Os que não têm compreensão da verdade podem realizar tal trabalho? Nesses tempos, diabos e Satanases disfarçados e malfeitores hipócritas são muito numerosos. Você poderá discerni-los se não tiver compreensão da verdade? Você poderá derrotar esses diabos e Satanases sofisticados sem compreensão da verdade? Sem a verdade e carente de sabedoria, como você será capaz de lutar contra Satanás e os anticristos? Como você poderá proteger adequadamente o povo escolhido de Deus das falsidades dos anticristos e dos malfeitores hipócritas? Sem compreender a verdade, como você será apto a ser usado por Deus? Os que servem a Deus devem ter clareza sobre isto: você só será apto para o uso de Deus quando tiver compreensão da verdade.

14 de dezembro de 2005

Anterior:Princípios para estabelecer uma igreja e gerenciar a vida da igreja

Próximo:Os que foram operados por espíritos malignos e os possessos por demônios devem ser tratados de modo distinto