Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

Testemunhos da experiência do julgamento de Cristo

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

9. Eu vejo o caminho para conhecer a Deus

Xiaocao Cidade de Changzhi, Província de Shanxi

Certo dia, li a seguinte passagem da palavra de Deus no texto “Como Pedro conheceu Jesus”: “Durante o tempo em que ele seguiu a Jesus, Pedro observou e guardou em seu coração tudo sobre a vida Dele: Suas ações, palavras, movimentos e expressões. [...] A partir de seu tempo em contato com Jesus, Pedro também percebeu que Seu caráter era diferente do caráter do homem comum. Ele sempre agia com constância e nunca com pressa, nunca exagerava nem subestimava uma questão, e conduzia Sua vida de um modo que era ao mesmo tempo normal e admirável. Na conversação, Jesus era elegante e gracioso, aberto e animado, contudo, sereno, e nunca perdeu Sua dignidade na execução de Seu trabalho. Pedro viu que Jesus, por vezes, era taciturno, porém, em outras ocasiões, falava incessantemente. Às vezes, Ele estava tão feliz que Ele se tornava ágil e vivaz como uma pomba, outras vezes, porém, ele estava tão triste que Ele não queria falar de modo algum, como se Ele fosse uma mãe sofrida pelo tempo. Às vezes, Ele estava cheio de raiva, como um soldado valente atacando para matar inimigos e, às vezes, até mesmo como um leão rugindo. Por vezes, Ele gargalhava; outras vezes Ele orava e chorava. Não importando como Jesus agia, Pedro cresceu ao ponto de ter um amor e respeito sem limites por Ele. A gargalhada de Jesus o encheu de alegria, Sua tristeza o lançou na tristeza, Sua raiva o assustou, ao passo que Sua misericórdia, perdão e severidade fizeram com que ele viesse a amar a Jesus de verdade, desenvolvendo uma reverência e um anseio verdadeiros por Ele. É claro que Pedro somente chegou a perceber tudo isso gradualmente, depois de ter vivido ao lado de Jesus por poucos anos.” Depois de ler essa passagem, pensei: não é de se admirar que Pedro pôde atingir o conhecimento de Deus! Ocorre que durante o tempo em que conviveu dia e noite com Jesus, ele testemunhou pessoalmente cada palavra e cada movimento de Jesus, e a partir disso, descobriu mais do caráter venerável de Deus. Foi também o período em que Deus se fez carne para descer pessoalmente ao mundo do homem para realizar Sua obra. Se eu também tivesse a sorte de poder entrar em contato com Deus e passar tempo com Ele como Pedro teve, então eu também não iria conhecer melhor a Deus? Ó! Pena que agora só posso ler a palavra de Deus, mas não posso ver a face de Cristo. Desse jeito, como eu poderia obter o verdadeiro conhecimento de Deus?

Foi quando eu estava triste e decepcionado com isso, e perdendo minha confiança em Deus, que Suas palavras me iluminaram: “Conhecer a Deus deve se dar por meio da leitura da palavra de Deus e por entender a palavra de Deus. Algumas pessoas dizem: eu não vi o Deus encarnado, por isso, como posso conhecer a Deus? A palavra de Deus é, de fato, uma expressão do caráter de Deus. A partir da palavra de Deus pode-se ver o amor de Deus pela humanidade, Sua salvação da humanidade, e o modo como Ele a salva. [...] porque a palavra de Deus é expressa por Deus, que é o oposto de Deus utilizar o homem para escrevê-la. Ela é expressa pessoalmente por Deus. É o Próprio Deus expressando Suas próprias palavras e Sua voz interior. [...] expressando Seu caráter, Sua vontade, Seus pensamentos, Seu amor pela humanidade, Sua salvação da humanidade e Suas expectativas quanto à humanidade. Dentre as palavras de Deus, [...] às vezes, Deus fala de uma perspectiva gentil e compassiva, e as pessoas veem o amor de Deus pela humanidade; às vezes, Ele fala a partir de uma perspectiva austera, e as pessoas veem o caráter de Deus incapaz de ser ofendido. O homem é deploravelmente imundo e não é digno de ver a face de Deus, e não é digno de comparecer diante de Deus. O comparecimento das pessoas diante de Deus, agora, se dá puramente pela graça de Deus. A sabedoria de Deus pode ser vista a partir do modo como Deus opera e por meio do significado da Sua obra. Mesmo se as pessoas não entrarem em contato com Deus, elas ainda serão capazes de ver estas coisas na palavra de Deus” (de ‘Conhecimento da Encarnação’ em “Registros das falas de Cristo”). Repentinamente, as palavras de Deus me fizeram ver a luz. Sim! Deus na carne dos últimos dias já usou Sua palavra para expressar todo o Seu caráter ao homem, permitindo-lhe ver, por meio de Sua palavra, Seu grande poder, supremacia, humildade e ocultabilidade, e Seu caráter venerável e, ademais, permitiu ao homem compreender Suas alegrias e tristezas, e saber tudo o que Ele tem e é. Isso é suficiente para mostrar que ler a palavra de Deus e viver a palavra de Deus é o único caminho para conhecê-Lo. Se eu me afastar da palavra de Deus, de que adianta, mesmo que eu O veja em carne? Os fariseus também não viram Jesus naquela época? Então, por que pregaram Jesus na cruz? Não foi porque não ouviram as palavras de Jesus, eram arrogantes e se atinham obstinadamente às suas próprias concepções e imaginações, e resistiram e condenaram o Senhor Jesus com base no pouco que entendiam das Escrituras? Por outro lado, Pedro foi capaz de conhecer Jesus porque abriu mão de suas próprias concepções e imaginações, ouviu atentamente as palavras do Senhor Jesus, e contemplava atentamente cada palavra e frase enunciada por Ele. Por meio das declarações e da obra do Senhor Jesus, ele veio a conhecer o caráter de Deus e tudo o que Ele tem e é, chegando, por fim, ao verdadeiro conhecimento de Deus. Esse fato primordial não é suficiente para explicar que o homem só pode conhecer a Deus por meio de Sua palavra? Além disso, uma vez que a principal obra de Deus na carne dos últimos dias é a obra da palavra, isso não me ajuda a conhecê-Lo?

Quanto mais eu relembrava o meu raciocínio lógico, mais sentia a minha própria miséria, insensatez e imaturidade. Todos os dias eu tinha a palavra de Deus em minhas mãos, comia e bebia da palavra de Deus, lia a palavra de Deus, e experimentava a palavra de Deus, mas não amava enternecidamente Sua palavra, pensando que eu só poderia conhecer Deus vendo a face de Cristo. Eu realmente estava vivendo uma vida abençoada sem dar valor a ela! Ó Deus! Eu Te agradeço por revelares e mudares a minha concepção equivocada do que é conhecer e por me fazeres ver o caminho para Te conhecer. De agora em diante, quero ler a Tua palavra, contemplar a Tua palavra, buscar compreender Tuas alegrias e tristezas por meio da Tua palavra e, ao descobrir mais do Teu caráter venerável, conhecer-Te ainda mais.

Anterior:Reconhecendo que estive trilhando o caminho dos fariseus

Próximo:Não encontre novos truques ao servir a Deus

Coisas que talvez lhe interessem