Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

O Pergaminho aberto pelo Cordeiro

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

Já que crê em Deus você deve viver para a verdade

O problema comum que existe em todos os homens é que eles compreendem a verdade, mas não podem pô-la em prática. Um fator é que o homem não está disposto a pagar o preço, e o outro é que seu discernimento é deficiente demais – ele não é capaz de enxergar além de muitas das dificuldades que existem na vida real e não sabe como praticar adequadamente. Tendo pouquíssima experiência, calibre baixo e compreensão limitada da verdade, o homem não consegue resolver as dificuldades com que se depara na vida. Pode apenas falar da boca para fora sobre a sua fé em Deus, mas não é capaz de trazer Deus ao seu dia a dia. Em outras palavras, Deus é Deus e a vida é a vida, como se o homem não tivesse relacionamento com Deus em sua vida. É isso que todos os homens acreditam. Tal forma de fé em Deus não permitirá que o homem seja ganho e aperfeiçoado por Ele na realidade. Na verdade, não é que a palavra de Deus seja incompleta, mas sim que o homem tem capacidade simplesmente inadequada para receber Sua palavra. Pode-se dizer que quase nenhum homem age de acordo com as intenções de Deus. Antes, a fé deles em Deus está em conformidade com suas próprias intenções, suas noções religiosas estabelecidas e seus costumes. Poucos são os que passam por uma transformação após aceitarem a palavra de Deus e começam a agir de acordo com a vontade Dele. Ao contrário, eles persistem em suas crenças equivocadas. Quando o homem começa a acreditar em Deus, ele o faz baseando-se nas regras convencionais da religião e vive e interage com outrem baseando-se inteiramente em sua própria filosofia de vida. Esse é o caso de nove de cada dez pessoas. São muito poucas as que formulam outro plano e viram a página quando começam a crer em Deus. Nenhuma considera ou põe em prática a palavra de Deus como a verdade.

Veja a fé em Jesus, por exemplo. Quer fossem neófitos, quer tivessem fé por muito tempo, todos os homens simplesmente lançaram mão dos talentos que tinham e demonstraram as habilidades que possuíam. Eles apenas acrescentaram “fé em Deus”, estas três palavras, à sua vida habitual, mas não fizeram mudança alguma em seu caráter e sua fé em Deus não cresceu nem minimamente. A busca do homem não foi quente nem fria. Ele não disse que não acreditava, mas também não se entregou a Deus por inteiro. Nunca tinha amado nem obedecido a Deus verdadeiramente. Sua fé em Deus era ao mesmo tempo genuína e fingida, ele fazia vista grossa e era insincero na prática dessa fé. Ele continuou nesse estado de confusão desde o início até a hora da sua morte. Qual o sentido disso? Hoje, você deve seguir pela trilha certa já que acredita no Deus prático. Tendo fé em Deus, você não deveria só buscar bênçãos, mas também amar e conhecer a Deus. Através de Seu esclarecimento e de sua própria busca, você pode comer e beber a Sua palavra, desenvolver uma autêntica compreensão sobre Deus e ter por Ele um amor verdadeiro que vem do seu coração. Em outras palavras, seu amor por Deus é tão genuíno que não pode ser destruído nem obstaculizado por ninguém. Então, você está na trilha certa da fé em Deus. Isso prova que você pertence a Deus, pois Ele tomou posse de seu coração e nada mais pode se apossar de você. Em virtude de sua experiência, do preço que pagou e da obra de Deus, você é capaz de desenvolver um amor espontâneo por Ele. Então você fica livre da influência de Satanás e vive à luz da palavra de Deus. Só quando você se liberta da influência da escuridão é que se pode considerar que ganhou a Deus. Você deve perseguir essa meta em sua fé em Deus. É o dever de cada um de vocês. Ninguém deve ser complacente com as coisas como são. Vocês não podem ter duas formas de pensar quanto à obra de Deus nem considerá-la com leviandade. Vocês deveriam pensar em Deus em todos os aspectos e em todo momento, bem como fazer todas as coisas para o bem Dele. E, ao falarem ou fazerem coisas, vocês deveriam colocar em primeiro lugar os interesses da casa de Deus. Só isso condiz com a vontade de Deus.

A maior falha de o homem ter fé em Deus é que essa fé é só da boca para fora e Deus não existe em sua vida prática. Na verdade, todos os homens acreditam na existência de Deus, mas Ele não faz parte da vida cotidiana deles. Muitas preces a Deus vêm da boca do homem, mas há pouco espaço para Ele no seu coração e por isso Deus o põe à prova com frequência. Como o homem é impuro, Deus não tem alternativa a não ser prová-lo para que ele se sinta envergonhado e se conheça nas provações. Do contrário, todos os homens se tornarão filhos do arcanjo e cada vez mais corruptos. No curso da fé do homem em Deus, muitos motivos e objetivos pessoais são abandonados à medida que ele é incessantemente purificado por Deus. Do contrário, Deus não poderia usar homem nenhum e não teria como fazer no homem a obra que Ele precisa realizar. Primeiro, Deus purifica o homem. Nesse processo, o homem pode conhecer-se e Deus pode modificá-lo. Só depois disso, Deus pode operar Sua vida no homem e só assim é possível fazer o coração do homem se converter totalmente para Ele. Portanto, acreditar em Deus não é tão fácil como o homem diz. Como Deus o vê, se você tem só conhecimento, mas não tem Sua palavra como vida, se você fica limitado ao seu próprio conhecimento, mas não consegue praticar a verdade nem viver a palavra de Deus, isso ainda é prova de que você não tem um coração que ama Deus e mostra que seu coração não pertence a Ele. Chegar a conhecer Deus por acreditar Nele é a meta final que o homem deve perseguir. Você tem de dedicar esforços a viver plenamente as palavras de Deus para que elas possam ser realizadas em sua prática. Se você tiver apenas conhecimento doutrinal, então sua fé em Deus acabará dando em nada. Só se você também praticar e viver a palavra Dele, sua fé poderá ser considerada completa e de acordo com a vontade de Deus. Nessa estrada, muitos homens podem falar sobre grande conhecimento, mas na hora da sua morte, seus olhos se enchem de lágrimas e eles têm ódio de si mesmos por terem desperdiçado uma vida inteira, vivendo por nada até a velhice. Tiveram apenas entendimento, mas nunca a oportunidade de glorificar a Deus. Passaram a vida inteira lutando e viajando de um lado para outro e, no entanto, na hora da sua morte, há remorso no coração deles. É só na hora em que vão morrer que muitos deles caem em si e compreendem o significado da vida. Agora não é tarde demais? Por que você não aproveita o dia e procura a verdade que ama? Por que esperar até amanhã? Se não sofre na vida pela verdade nem procura obtê-la, será possível que você deseja sentir arrependimento na hora de morrer? Nesse caso, por que acreditar em Deus? Em verdade, há muitas questões em que o homem, se dedicar apenas o mínimo esforço, pode pôr a verdade em prática e assim satisfazer a Deus. O coração do homem é constantemente possuído por demônios e por isso ele não pode agir em benefício de Deus. Em vez disso, ele viaja daqui para lá no interesse da carne e no fim não tira proveito algum. É por esses motivos que o homem sempre tem problemas e aflições. Não são esses os tormentos de Satanás? Não é essa a corrupção da carne? Você não deveria enganar Deus falando só da boca para fora. Ao contrário, você deveria adotar ações tangíveis. Não se engane; qual o sentido nisso? O que você pode ganhar vivendo para sua carne e labutando em busca de fama e fortuna?

Anterior:A obra de Deus é tão simples quanto o homem imagina?

Próximo:O ressoar dos sete trovões ─ profetizando que o evangelho do reino se expandirá por todo o universo

Coisas que talvez lhe interessem