411 Deus usa a nação do grande dragão vermelho como demonstração

1 Deus estreitou o escopo de Sua obra no universo, usando o país do grande dragão vermelho como demonstração. Ele está concentrando toda a Sua energia e Seus esforços em um só lugar. Isso terá resultados mais favoráveis e será mais benéfico para o Seu testemunho. Foi sob essas duas condições que Deus moveu Sua obra de todo o universo para essas pessoas do mais pobre calibre na China continental e começou Seu trabalho amoroso de conquista para que depois que essas pessoas forem capazes de amá-Lo, Ele possa executar o próximo passo da Sua obra. Esse é o plano de Deus.

2 Quão grande é o preço que Deus pagou e quanto esforço despendeu ao realizar Sua obra em nós ao chegar o nosso dia. Essa é nossa bênção.os ocidentais nos invejam por termos nascido em um lugar agradável, mas todos nós nos vemos como simples e humildes. Esse Deus não está nos elevando? Os descendentes do grande dragão vermelho, que sempre foram pisoteados, são admirados pelos ocidentais — essa é, verdadeiramente, a nossa bênção. Quando penso nisso, sou invadido pela bondade de Deus e por Sua estima e proximidade.

3 O que Deus faz é totalmente incompatível com as noções humanas e, embora todas essas pessoas sejam amaldiçoadas, Ele não está limitado pelas restrições da lei, e Ele centrou intencionalmente Sua obra em torno dessa porção da terra. É por isso que Me regozijo, por que Me sinto imensamente feliz. Quem ousaria pensar em algo assim? Hoje, porém, isso chegou até nós de maneira inesperada. É verdadeiramente uma enorme alegria que merece a nossa celebração. Espero que Deus continue a nos abençoar e nos elevar para que aqueles de nós que estão no monturo possam ser grandemente usados por Deus, permitindo a nós, assim, retribuirmos o Seu amor.

Adaptado de ‘A senda… (3)’ em “A Palavra manifesta em carne”

Anterior : 410 Todo o reino regozija

Próximo : 412 Deus está buscando aqueles que têm sede de Sua aparição

Quando o desastre vem, como nós cristãos devemos lidar com ele? Convidamos você a participar da nossa reunião online, onde podemos explorar juntos e encontrar o caminho.
Contate-nos
Entre em contato conosco pelo Whatsapp

Conteúdo relacionado

2. Cristo é realmente o Filho de Deus ou é o Próprio Deus?

O Deus encarnado é chamado de Cristo e Cristo é a carne vestida pelo Espírito de Deus. Essa carne é diferente de qualquer homem que é da carne. Essa diferença existe porque Cristo não é de carne e sangue, mas é a encarnação do Espírito. Ele tem tanto uma humanidade normal como uma divindade completa. Sua divindade não é possuída por nenhum homem. Sua humanidade normal sustenta todas as Suas atividades normais na carne, enquanto Sua divindade realiza a obra do Próprio Deus. Seja Sua humanidade ou divindade, ambas se submetem à vontade do Pai celestial. A substância de Cristo é o Espírito, isto é, a divindade.

3. Quais são as diferenças entre a vida da igreja na Era da Graça e a vida da igreja na Era do Reino?

Sempre que se congregam, essas pessoas religiosas perguntam: “Irmã, como tem passado esses dias?”. Ela responde: “Sinto-me em dívida com Deus e incapaz de satisfazer o desejo de Seu coração”. Outra diz: “Também eu estou em dívida com Deus e sou incapaz de satisfazê-Lo”. Essas poucas frases e palavras em si expressam as coisas vis que existem no fundo do coração dessas pessoas. São as palavras mais repulsivas, extremamente repugnantes. A natureza desses homens opõe-se a Deus. Aqueles que se concentram na realidade comunicam o que quer que tenham no coração e se abrem na comunicação. Não há um único exercício falso, nem cortesias nem cordialidades vazias. Eles são sempre francos e não observam regras terrenais.

Configurações

  • Texto
  • Temas

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Conteúdos

Busca

  • Pesquise neste texto
  • Pesquise neste livro