Aplicativo da Igreja de Deus Todo-Poderoso

Ouça a voz de Deus e dê as boas vindas ao retorno do Senhor Jesus!

Convidamos a todos os buscadores da verdade que entrem em contato conosco.

O juízo começa na casa de Deus

Cores sólidas

Temas

Fonte

Tamanho da fonte

Espaçamento entre linhas

Largura da página

Busca por

Nenhum resultado encontrado

`

Tudo é realizado pela palavra de Deus

Deus profere Suas palavras e faz Sua obra em conformidade com diferentes eras e, em eras diferentes, profere palavras diferentes. Deus não obedece às regras, nem repete a mesma obra; Ele não sente nostalgia pelas coisas do passado; Ele é um Deus que é sempre novo, nunca velho, e todo dia Ele profere palavras novas. Você deve obedecer àquilo que deve ser cumprido hoje; estes são a responsabilidade e o dever do homem. É fundamental que a prática seja centrada em torno da luz e das palavras de Deus dos dias atuais. Deus não obedece às regras e pode falar a partir de muitas perspectivas diferentes para tornar clara Sua sabedoria e onipotência. Não importa se Ele fala a partir da perspectiva do Espírito, ou do homem, ou da terceira pessoa – Deus é sempre Deus, e você não pode dizer que Ele não é Deus por causa da perspectiva do homem a partir da qual Ele fala. Entre algumas pessoas surgiram concepções resultantes das diferentes perspectivas a partir das quais Deus fala. Essas pessoas não têm conhecimento de Deus e não conhecem Sua obra. Se Deus sempre falasse a partir de uma só perspectiva, o homem não estabeleceria regras a respeito de Deus? Deus poderia permitir que o homem agisse de tal maneira? Independentemente da perspectiva a partir da qual Deus fala, Ele tem Seus objetivos para cada um. Se Deus fosse sempre falar a partir da perspectiva do Espírito, você seria capaz de se envolver com Ele? Assim, Ele fala na terceira pessoa para fornecer Suas palavras para você e guiá-lo à realidade. Tudo o que Deus faz é apropriado. Em suma, tudo é feito por Deus, e você não deve duvidar disso. Desde que Ele seja Deus, não importa a partir de qual perspectiva Ele fale, Ele ainda é Deus. Esta é uma verdade imutável. No entanto, Ele trabalha, Ele ainda é Deus e Sua substância não mudará! Pedro amou a Deus e foi um homem que seguiu o próprio coração de Deus, mas Deus não o testemunhou como o Senhor ou Cristo, pois a substância de um ser é o que é, e nunca pode mudar. Em Sua obra, Deus não cumpre regras, mas emprega diferentes métodos para tornar Sua obra eficaz e aumentar o conhecimento do homem sobre Ele. Todos os seus métodos de obra ajudam o homem a conhecê-Lo e buscam tornar o homem perfeito. Não importa qual método de obra Ele empregue, cada qual objetiva edificar o homem e torná-lo perfeito. Embora um de Seus métodos de obra possa ter durado muito tempo, o objetivo disso foi fortalecer a fé do homem Nele. Assim, você não deve ter dúvida. Essas são todas as etapas da obra de Deus, e devem ser obedecidas por vocês.

Hoje fala-se sobre a entrada na realidade. Não se fala em ascender ao céu ou sobre governar como reis; tudo o que é dito é sobre a busca da entrada na realidade. Não há busca mais prática do que essa, e falar de governar como reis não é prático. O homem tem grande curiosidade, e ele ainda mede a obra de Deus de hoje com base em suas concepções religiosas. Mesmo tendo vivenciado tantos métodos da obra de Deus, o homem ainda não conhece a obra de Deus, ainda busca sinais e maravilhas e ainda tenta verificar se as palavras de Deus foram cumpridas. Isto não é uma grande cegueira? Sem o cumprimento das palavras de Deus, você ainda acreditaria que Ele é Deus? Hoje, muitas pessoas desse tipo que estão na igreja esperam por sinais e maravilhas. Elas dizem: se as palavras de Deus forem cumpridas, então Ele é Deus; se as palavras de Deus não forem cumpridas, então Ele não é Deus. Então, você acredita em Deus por causa do cumprimento de Suas palavras ou porque Ele é o Próprio Deus? A visão do homem sobre a crença em Deus deve ser corrigida! Quando você vê que as palavras de Deus não foram cumpridas, você foge. Isso é crer em Deus? Quando acredita em Deus, deve deixar tudo à misericórdia de Deus e obedecer a toda a obra de Deus. Deus proferiu tantas palavras no Antigo Testamento – quais delas você viu cumpridas com seus próprios olhos? Você pode afirmar que Jeová não é Deus porque não viu isso? Ao ver que as palavras de Deus não foram cumpridas, alguns desejam fugir. Quem quiser ir deve ir, ninguém está impedindo! Experimente, veja se pode fugir. Depois de fugir, você ainda voltará. Deus controla você com Sua palavra, e se você deixar a igreja e a palavra de Deus, não terá como viver. Se você não acredita nisso, experimente por si mesmo. Você acha que pode simplesmente ir embora? O Espírito de Deus controla você, e você não pode partir. Este é um decreto administrativo de Deus! Se algumas pessoas quiserem tentar, bem, podem tentar! Você diz que essa pessoa não é Deus, então cometa um pecado contra Ele e veja o que Ele faz. É possível que sua carne não morra e você ainda possa se alimentar e se vestir, mas mentalmente será insuportável; você vai se sentir estressado e atormentado, nada será mais doloroso. O homem não pode suportar ser mentalmente atormentado e devastado – talvez você consiga suportar o sofrimento da carne, mas será totalmente incapaz de suportar o estresse mental e o tormento duradouro. Hoje, você não pode ver sinais e maravilhas, mas ninguém consegue fugir, pois Deus usa Sua palavra para controlar o homem. Intangível, invisível, sem o advento dos fatos, ainda assim o homem não pode fugir. Não são estas as ações de Deus? Hoje, Deus veio ao mundo para dar vida ao homem. Ao contrário daquilo que as pessoas imaginam, Ele não busca persuadi-las ao mostrar sinais e maravilhas a fim de garantir um relacionamento pacífico entre Deus e o homem. Todos aqueles cujos focos não estão na vida, aqueles que se concentram em fazer Deus mostrar sinais e maravilhas, são fariseus! Naquela época, foram os fariseus que pregaram Jesus na cruz; se você mede Deus de acordo com sua própria visão de crença em Deus, acreditando em Deus se Suas palavras forem cumpridas e duvidando e até mesmo blasfemando contra Deus se não forem, então você não O prega na cruz? Pessoas assim são negligentes em seus deveres e se regozijam gananciosamente em conforto!

Por um lado, o maior problema com o homem é que ele não conhece a obra de Deus. Embora a atitude do homem não seja de negação, ela é de dúvida; ele não nega, mas também não reconhece plenamente. Se as pessoas tiverem conhecimento profundo da obra de Deus, não fugirão. Por outro lado, é verdade que o homem não conhece a realidade. Hoje, é com a palavra de Deus que cada pessoa está envolvida; de fato, você não deve pensar em ver sinais e maravilhas no futuro. Eu lhes digo claramente: durante o estágio atual, tudo o que você pode ver são as palavras de Deus, e, embora não existam fatos, a vida de Deus ainda pode ser operada dentro do homem. Esta é a principal obra do Reino Milenar, e se você não consegue percebê-la, se tornará fraco e cairá, descenderá em meio a provações e, ainda mais dolorosamente, será levado cativo por Satanás. Deus veio à Terra principalmente para proferir Suas palavras; aquilo com o que você se envolve é a palavra de Deus, o que você vê é a palavra de Deus, o que você ouve é a palavra de Deus, o que você respeita é a palavra de Deus, o que você vivencia é a palavra de Deus, e esta encarnação de Deus utiliza principalmente a palavra para tornar o homem perfeito. Ele não mostra sinais e maravilhas, e, sobretudo, não faz a obra que Jesus fez no passado. Embora Sejam Deus, e ambos encarnados, Seus ministérios não são os mesmos. Quando Jesus veio, Ele também fez parte da obra de Deus e proferiu algumas palavras, mas qual foi a principal obra que Ele realizou? Sua principal realização foi a obra da crucificação. Ele se tornou a semelhança da carne pecaminosa para concluir a obra de crucificação e redimir toda a humanidade, e foi por causa de todo o pecado da humanidade que Ele serviu como oferta pelo pecado. Esta é a principal obra que Ele realizou. Por fim, Ele forneceu o caminho da cruz para guiar os que vieram depois. Quando Jesus veio, foi principalmente para completar a obra de redenção. Ele redimiu toda a humanidade e trouxe o evangelho do reino dos céus ao homem; além disso, trouxe o reino dos céus. Como resultado, aqueles que vieram depois disseram: “Devemos percorrer o caminho da cruz e nos sacrificar pela cruz”. Claro que, no início, Jesus também fez algumas outras obras e proferiu algumas palavras para fazer o homem se arrepender e confessar seus pecados. Mas Seu ministério ainda era a crucificação, e os três anos e meio que Ele passou pregando o caminho foram em preparação para a crucificação que veio depois. As várias vezes que Jesus orou também foram em nome da crucificação. A vida de homem normal que Ele levou e os trinta e três anos e meio que Ele viveu na Terra foram principalmente para concluir a obra da crucificação; eles deveriam dar-Lhe força e torná-Lo capaz de empreender esta obra, por isso Deus confiou a obra da crucificação a Ele. Hoje, qual obra o Deus encarnado realizará? Hoje, Deus encarnou primordialmente para completar a obra da “Palavra que aparece na carne”, para usar a palavra para tornar o homem perfeito e fazê-lo aceitar o tratamento e o refinamento da palavra. Em Suas palavras, Ele faz com que você receba provisão e ganhe vida; em Suas palavras, você vê Sua obra e feitos. Deus utiliza a palavra para castigá-lo e refiná-lo e, assim, se você sofre dificuldades, é também por causa da palavra de Deus. Hoje, Deus não trabalha empregando fatos, mas palavras. Somente depois de Sua palavra chegar a você, o Espírito Santo pode trabalhar dentro de você e fazer com que você sofra dor ou sinta doçura. Somente a palavra de Deus pode trazer você à realidade, e somente a palavra de Deus é capaz de tornar você perfeito. Assim, você deve no mínimo entender que a obra feita por Deus durante os últimos dias é principalmente o uso de Sua palavra para tornar cada pessoa perfeita e guiar o homem. Toda a obra que Ele faz é através da palavra; Ele não utiliza fatos para castigar você. Há momentos em que algumas pessoas resistem a Deus. Deus não causa grande desconforto para você, sua carne não é castigada e você não sofre dificuldades – mas assim que Sua palavra recai sobre você e refina você, ela lhe é insuportável. Não é assim? Na época dos servidores, Deus disse para jogar o homem no poço sem fundo. O homem realmente chegou ao poço sem fundo? Simplesmente, através do uso de palavras para refinar o homem, o homem entrou no poço sem fundo. Assim, durante os últimos dias, quando Deus encarna, Ele utiliza principalmente a palavra para realizar tudo e deixar tudo claro. Somente em Suas palavras você pode ver o que Ele é; apenas em Suas palavras você pode ver que Ele é o Próprio Deus. Quando Deus encarnado vem à Terra, Ele não faz outra obra a não ser proferir palavras, portanto, não há necessidade de fatos; palavras bastam. Isso porque Ele veio principalmente para fazer esta obra, para permitir ao homem contemplar Seu poder e supremacia em Suas palavras, para permitir que o homem veja em Suas palavras como Ele humildemente Se esconde e para permitir que o homem conheça Sua totalidade em Suas palavras. Tudo o que Ele tem e é está em Suas palavras, Sua sabedoria e maravilha estão em Suas palavras. Isso permite que você veja os muitos métodos pelos quais Deus profere Suas palavras. A maior parte da obra de Deus durante todo esse tempo foi provisão, revelação e tratamento. Ele não amaldiçoa um homem com leviandade, e mesmo quando o faz, é através da palavra. Assim, nesta era de Deus encarnado, não procure ver Deus novamente curar os enfermos e expulsar demônios, não tente ver sinais o tempo todo – isso não faz sentido! Esses sinais não podem tornar o homem perfeito! Para ser claro: hoje, o verdadeiro Próprio Deus encarnado só fala e não age. Essa é a verdade! Ele usa palavras para tornar você perfeito e para alimentar e regar você. Ele também usa palavras para trabalhar, e usa palavras em vez de fatos para fazer com que você conheça a realidade Dele. Se você for capaz de perceber este aspecto da obra de Deus, então será difícil permanecer passivo. Em vez de se concentrar em coisas negativas, você deve focar apenas naquilo que é positivo – ou seja, independentemente de as palavras de Deus serem cumpridas, ou se há ou não o advento dos fatos, Deus faz o homem ganhar vida a partir de Suas palavras, este é o maior de todos os sinais e, sobretudo, é um fato indiscutível. Esta é a melhor evidência através da qual se pode ter conhecimento de Deus, e é um sinal ainda maior do que sinais. Somente estas palavras podem tornar o homem perfeito.

Assim que a Era do Reino iniciou, Deus começou a liberar Suas palavras. No futuro, estas palavras serão paulatinamente cumpridas e, naquele tempo, o homem crescerá em vida. O uso que Deus faz da palavra para revelar o caráter corrupto do homem é mais real, e mais necessário, e Ele usa nada além da palavra para realizar Sua obra a fim de aperfeiçoar a fé do homem, pois hoje é a Era da Palavra, e ela requer a fé, resolução e cooperação do homem. A obra do Deus encarnado dos últimos dias é o uso de Sua palavra para servir e prover. Somente depois de Deus encarnado terminar de proferir Suas palavras é que elas começarão a ser cumpridas. Durante o tempo que Ele fala, Suas palavras não são cumpridas, porque quando Ele está no estágio encarnado, Suas palavras não podem ser cumpridas, e isto é para que o homem possa ver que Deus está encarnado e não é Espírito, para que o homem possa contemplar a realidade de Deus com seus próprios olhos. No dia em que Sua obra estiver completa, quando todas as palavras que deveriam ser proferidas por Ele na Terra tiverem sido proferidas, Suas palavras começarão a se cumprir. Esta não é a era do cumprimento, porque Ele não terminou de proferir Suas palavras. Então, quando você vir que Deus ainda está proferindo Suas palavras na Terra, não espere o cumprimento delas; quando Deus deixar de proferir Suas palavras e quando Sua obra na Terra tiver sido concluída, será então que Suas palavras começarão a se cumprir. Nas palavras que Ele profere na Terra, há, em um aspecto, a provisão de vida, e em outro, há profecia – a profecia das coisas por vir, das coisas que serão feitas e das coisas que ainda têm de ser realizadas. Também houve profecia nas palavras de Jesus. Em um sentido, Ele supriu vida, em outro proferiu profecia. Hoje, não se fala em realizar palavras e fatos ao mesmo tempo, pois a diferença entre aquilo que pode ser visto pelos próprios olhos do homem e aquilo que é feito por Deus é muito grande. Só se pode dizer que, uma vez concluída a obra de Deus, Suas palavras serão cumpridas e os fatos virão após as palavras. Na Terra, o Deus encarnado dos últimos dias realiza o ministério da palavra, e na execução do ministério da palavra, Ele apenas profere palavras e não se preocupa com outros assuntos. Assim que a obra de Deus mudar, Suas palavras começarão a ser cumpridas. Hoje, as palavras são usadas pela primeira vez para tornar você perfeito; quando Ele ganhar a glória em todo o universo, aí então Sua obra estará completa, quando todas as palavras que deveriam ser ditas tiverem sido ditas, e todas as palavras se tornaram fatos. Deus veio à Terra durante os últimos dias para realizar o ministério da palavra para que o homem possa conhecê-Lo e para que o homem possa ver o que Ele é e ver a Sua sabedoria e todas as Suas façanhas maravilhosas derivadas da Sua palavra. Durante a Era do Reino, Deus usa principalmente a palavra para conquistar todas as pessoas. No futuro, Sua palavra também cairá sobre todas as religiões, grupos, nações e denominações; Deus usa a palavra para conquistar, para fazer todos os homens verem que Sua palavra carrega autoridade e poder e, assim, hoje, você enfrenta apenas a palavra de Deus.

As palavras proferidas por Deus nesta era são diferentes daquelas proferidas durante a Era da Lei e, assim, também diferem das palavras proferidas durante a Era da Graça. Na Era da Graça, Deus não fez a obra da palavra, mas simplesmente descreveu a crucificação a fim de redimir toda a humanidade. A Bíblia apenas descreve porque Jesus deveria ser crucificado, os sofrimentos a que Ele foi submetido na cruz, e como o homem deveria ser crucificado por Deus. Durante aquela era, toda a obra feita por Deus centrou-se em torno da crucificação. Durante a Era do Reino, Deus encarnado profere palavras para conquistar todos aqueles que Nele creem. Esta é “a Palavra que aparece na carne”; Deus veio durante os últimos dias para fazer esta obra, o que significa dizer que Ele veio para realizar o real significado da Palavra que aparece na carne. Ele só profere palavras, e raramente há o advento de fatos. Esta é a própria substância da Palavra que aparece na carne, e quando Deus encarnado profere Suas palavras, esta é a aparição da Palavra encarnada, e é a Palavra que entra na carne. “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus, e o Verbo se fez carne”. Esta (a obra do aparecimento da Palavra na carne) é a obra que Deus realizará nos últimos dias, é o capítulo final de todo o seu plano de gerenciamento e, assim, Deus tem que vir à Terra e manifestar Suas palavras encarnado. Aquilo que é feito hoje, aquilo que será feito no futuro, aquilo que é realizado por Deus, o destino final do homem, aqueles que serão salvos, aqueles que serão destruídos, e assim por diante – esta obra que deve ser alcançada no final foi declarada com clareza, e é tudo para realizar o verdadeiro significado da Palavra que aparece na carne. Os decretos administrativos e a constituição que foram emitidos anteriormente, aqueles que serão destruídos, aqueles que entrarão em repouso – essas palavras devem todas ser cumpridas. Esta é principalmente a obra realizada por Deus encarnado durante os últimos dias. Ele faz as pessoas entenderem aonde pertencem os predestinados por Deus e aonde pertencem aqueles que não são predestinados por Deus, como Seu povo e filhos serão classificados, o que acontecerá com Israel, o que acontecerá com o Egito – no futuro, cada uma dessas palavras será cumprida. As etapas da obra de Deus estão se acelerando. Deus usa a palavra como o meio para revelar ao homem o que deve ser feito em todas as eras, o que deve ser feito pelo Deus encarnado dos últimos dias e Seu ministério que deve ser realizado, e estas palavras são todas para realizar o verdadeiro significado da Palavra que aparece na carne.

Eu já disse anteriormente: “Todos os que buscam contemplar sinais e maravilhas serão abandonados; eles não são aqueles que serão aperfeiçoados”. Já falei tantas palavras, mas você não tem o menor conhecimento desta obra e, tendo chegado neste ponto, ainda pede sinais e maravilhas. Sua crença em Deus é a busca de sinais e maravilhas, ou é para ganhar vida? Jesus também proferiu muitas palavras que, hoje, ainda precisam ser cumpridas. Você pode dizer que Jesus não é Deus? Deus testemunhou que Ele era Cristo e o amado Filho de Deus. Você pode negar isso? Hoje, Deus só profere palavras, e se você for incapaz de conhecer plenamente, você não pode ficar firme. Você acredita Nele porque Ele é Deus, ou acredita Nele com base no cumprimento ou não de Suas palavras? Acredita em sinais e maravilhas ou em Deus? Hoje, Ele não mostra sinais e maravilhas – Ele realmente é Deus? Se as palavras que Ele profere não são cumpridas, Ele é realmente Deus? A substância de Deus é determinada pelo cumprimento ou não das palavras que Ele profere? Por que algumas pessoas estão sempre esperando pelo cumprimento das palavras de Deus antes de crer Nele? Isso não significa que eles não O conhecem? Todos aqueles que têm tais concepções são pessoas que negam a Deus; elas utilizam concepções para medir Deus; se as palavras de Deus são cumpridas, elas acreditam em Deus, se não, não acreditam em Deus; e elas sempre buscam sinais e maravilhas. Elas não são os fariseus dos tempos modernos? Você ser ou não capaz de se manter firme depende de se conhece ou não o verdadeiro Deus – isso é fundamental! Quanto maior a realidade da palavra de Deus em você, maior seu conhecimento da realidade de Deus e mais você será capaz de permanecer firme durante as provações. Quanto mais você busca sinais e maravilhas, mais incapaz é de se manter firme, e você vai cair em meio a provações. Sinais e maravilhas não são a base; só a realidade de Deus é vida. Algumas pessoas não conhecem os efeitos que devem ser alcançados pela obra de Deus. Elas passam seus dias em desorientação, não buscando o conhecimento da obra de Deus. Sua busca é sempre fazer com que Deus realize seus desejos, somente depois disso são sérios em sua crença. Elas dizem que buscarão a vida se as palavras de Deus forem cumpridas, mas se não forem cumpridas, então não há possibilidade de elas buscarem a vida. O homem pensa que a crença em Deus é a busca de sinais e maravilhas e a busca de ascender ao céu e ao terceiro céu. Não há quem diga que sua crença em Deus é a busca da entrada na realidade, a busca da vida e a busca de ser ganho por Deus. Que valor tem essa busca? Aqueles que não buscam o conhecimento de Deus e a satisfação de Deus são pessoas que não creem em Deus, são pessoas que blasfemam contra Deus!

Agora você entende o que é a crença em Deus? A crença em Deus é contemplar sinais e maravilhas? É ascender ao céu? Acreditar em Deus não é fácil. Hoje, esse tipo de prática religiosa deveria ser purgada; buscar a manifestação dos milagres de Deus, buscar a cura de Deus e a Sua expulsão de demônios, buscar a dádiva da paz e amplas graças por Deus, buscar o ganho de perspectivas e conforto para a carne – essas são práticas religiosas e tais práticas religiosas são uma forma vaga e abstrata de crença. O que é crença real em Deus hoje? É a aceitação da palavra de Deus como a realidade de sua vida e o conhecimento de Deus a partir de Sua palavra, a fim de alcançar um verdadeiro amor Dele. Para ser claro: é a crença em Deus para que você possa obedecer a Deus, amar a Deus e realizar o dever que deve ser realizado por uma criatura de Deus. Este é o objetivo de acreditar em Deus. Você deve obter um conhecimento da amorosidade de Deus, de quão digno Deus é de reverência, de como, em Suas criaturas, Deus realiza a obra da salvação e a torna perfeita – este é o mínimo que você deve possuir em sua crença em Deus. A crença em Deus é principalmente passar de uma vida na carne para uma vida de amor a Deus, de uma vida dentro da naturalidade para uma vida dentro do ser de Deus, é sair do império de Satanás e viver sob o cuidado e proteção de Deus, é ser capaz de alcançar a obediência a Deus e não a obediência à carne, é permitir que Deus ganhe todo o seu coração, permitindo que Deus o torne perfeito e se libertar do caráter satânico corrupto. Crer em Deus é, principalmente, para que o poder e a glória de Deus se manifestem em você, para que você possa cumprir a vontade de Deus e realizar o plano de Deus e ser capaz de dar testemunho a Deus diante de Satanás. Crer em Deus não deve ser para contemplar sinais e maravilhas, nem deve ser por causa de sua carne pessoal. Deve ser para a busca de conhecer a Deus, e ser capaz de obedecer a Deus, e como Pedro, obedecer-Lhe até a morte. É isto que deve ser alcançado principalmente. Comer e beber a palavra de Deus é para conhecer a Deus e satisfazer a Deus. Comer e beber a palavra de Deus lhe dá um maior conhecimento de Deus, e somente depois disso você pode obedecer a Deus. Somente se você conhece a Deus pode amá-Lo, e a realização desse objetivo é o único objetivo que o homem deve ter em sua crença em Deus. Se, em sua crença em Deus, você sempre tenta ver sinais e maravilhas, então o ponto de vista dessa crença em Deus é errado. A crença em Deus é, principalmente, a aceitação da palavra de Deus como a realidade da vida. Somente colocar em prática as palavras de Deus, de Sua boca, e executá-las dentro de si é a obtenção do objetivo de Deus. Ao acreditar em Deus, o homem deve buscar ser aperfeiçoado por Deus, sendo capaz de se submeter a Deus e à completa obediência a Deus. Se você puder obedecer a Deus sem reclamar, estar atento aos desejos de Deus, alcançar a estatura de Pedro e ter o estilo de Pedro mencionado por Deus, será então que você terá sido bem-sucedido em alcançar sucesso na crença em Deus, e isso significará que você foi ganho por Deus.

Deus faz Sua obra em todo o universo. Todos os que Nele creem devem aceitar sua palavra e comer e beber a Sua palavra; ninguém pode ser ganho por Deus ao ver os sinais e maravilhas mostrados por Deus. Ao longo das eras, Deus sempre usou a palavra para tornar o homem perfeito, assim você não deve dedicar toda sua atenção a sinais e maravilhas, mas sim buscar ser aperfeiçoado por Deus. Na Era da Lei do Antigo Testamento, Deus proferiu algumas palavras, e na Era da Graça, Jesus também proferiu muitas palavras. Depois que Jesus terminou de dizer estas muitas palavras, os apóstolos e profetas que vieram depois levaram as pessoas a praticar de acordo com as leis e mandamentos estabelecidos por Jesus, e os levaram a viver de acordo com os princípios proferidos por Jesus. O Deus dos últimos dias usa principalmente a palavra para tornar o homem perfeito. Ele não usa sinais e maravilhas para oprimir ou convencer o homem; isso não pode tornar claro o poder de Deus. Se Deus apenas mostrasse sinais e maravilhas, então seria impossível tornar clara a realidade de Deus e, assim, impossível tornar o homem perfeito. Deus não torna o homem perfeito por meio de sinais e maravilhas, mas usa a palavra para regar e pastorear o homem, e depois disso é alcançada a completa obediência do homem e o conhecimento do homem sobre Deus. Este é o objetivo da obra que Ele faz e das palavras que Ele profere. Deus não usa o método de mostrar sinais e maravilhas para tornar o homem perfeito – Ele usa palavras e muitos métodos diferentes de obra para tornar o homem perfeito. Quer seja o refinamento, o lidar, a poda ou provisão de palavras, Deus fala a partir de muitas perspectivas diferentes para tornar o homem perfeito e para dar ao homem um conhecimento maior da obra, sabedoria e maravilha de Deus. Quando o homem for completado na era em que Deus concluir a era nos últimos dias, ele estará qualificado para ver sinais e maravilhas. Quando você tem um conhecimento de Deus e é capaz de obedecer a Deus, não importa o que Ele faça, você verá sinais e maravilhas, pois você não terá concepções sobre a realidade de Deus. No momento, você é corrupto e incapaz de obedecer completamente a Deus – você está qualificado para ver sinais e maravilhas? A era em que Deus mostra sinais e maravilhas é quando Deus pune o homem, e também quando a era muda e, sobretudo, quando a era termina. Quando a obra de Deus está sendo realizada normalmente, Ele não mostra sinais e maravilhas. Mostrar sinais e maravilhas é extremamente fácil, mas esse não é o princípio da obra de Deus, nem é o objetivo da gestão do homem por Deus. Se o homem visse sinais e maravilhas, e se o corpo espiritual de Deus aparecesse para o homem, todos não acreditariam em Deus? Eu disse anteriormente que se ganha um grupo de vencedores no Oriente, vencedores que vêm em meio à grande tribulação. Qual é o significado de tais palavras? Elas querem dizer que essas pessoas que foram ganhas só obedeceram verdadeiramente depois de passarem por julgamento e castigo e depois de serem lidadas e podadas e de passarem por todos os tipos de refinamento. A crença de tais pessoas não é vaga e abstrata, mas real. Elas não viram sinais e maravilhas, nem milagres; elas não falam de letras e doutrinas abstrusas, nem de introspecções profundas; em vez disso, têm a realidade e as palavras de Deus e um verdadeiro conhecimento da realidade de Deus. Esse grupo não é mais capaz de tornar claro o poder de Deus? A obra de Deus durante os últimos dias é uma obra real. Durante a era de Jesus, Ele não veio para tornar o homem perfeito, mas para redimir o homem, e assim Ele mostrou alguns milagres para fazer com que as pessoas O seguissem. Pois Ele veio principalmente para completar a obra da crucificação, e mostrar sinais não fazia parte da obra de Seu ministério. Tais sinais e maravilhas foram a obra que foi feita para tornar eficaz Sua obra; foram obras extras e não representavam a obra de toda a era. Durante a Era da Lei do Antigo Testamento, Deus também mostrou alguns sinais e maravilhas – mas a obra que Deus faz hoje é uma obra real, e Ele definitivamente não mostraria sinais e maravilhas agora. Assim que Ele mostrasse sinais e maravilhas, Sua verdadeira obra seria lançada em desordem, e Ele seria incapaz de fazer qualquer outra obra. Se Deus dissesse que a palavra deveria ser usada para tornar o homem perfeito, mas também mostrasse sinais e maravilhas, poderia verdadeiramente ficar claro que o homem crê Nele? Assim, Deus não faz essas coisas. Há religião demais dentro do homem; Deus veio durante os últimos dias para expulsar todas as concepções religiosas e coisas sobrenaturais de dentro do homem e fazer o homem conhecer a realidade de Deus. Ele veio para remover uma imagem de um Deus que é abstrata e fantasiosa – uma imagem de um Deus que, em outras palavras, não existe de forma alguma. Então, agora, a única coisa preciosa é que você tenha um conhecimento da realidade! A verdade substitui tudo. Quanta verdade você possui hoje? Tudo o que mostra sinais e maravilhas é Deus? Espíritos malignos também podem mostrar sinais e maravilhas; eles são todos Deus? Em sua crença em Deus, o que o homem procura é a verdade, o que ele busca é a vida, em vez de sinais e maravilhas. Tal deve ser o objetivo de todos aqueles que acreditam em Deus.

Anterior:A Era do Reino é a Era da Palavra

Próximo:Apenas amando a Deus é que verdadeiramente se crê em Deus

Coisas que talvez lhe interessem